quarta-feira, 17 de abril de 2013

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora

Terço - Mistérios Luminosos - Quinta-Feira


Terço do Rosário: Mistérios Luminosos




São Galdino - 18 de Abril

São Galdino

Galdino nasceu em 1096 e cresceu em Milão, na Porta Oriental, no início do século XII, e ali também se tornou religioso, passando logo a auxiliar diretamente o arcebispo Oberto de Pirovano. Juntos enfrentaram um inimigo pesado, o antipapa Vitor IV que, apoiado pelo Imperador Frederico, o Barbaroxa, que oprimia violentamente para dominar o mundo.

Bem-aventurada Maria da Encarnação - 18 de Abril

Maria da Encarnação
(Bárbara Avrillot)
Bem-aventurada
1566-1618
Ela nasceu em Paris, no dia 1o de fevereiro de 1566, e se chamava Bárbara Avrillot, filha do senhor de Champstreaux, riquíssimo, influente na corte francesa e na vida religiosa por ser um homem muito devoto, assim como sua descendência.

Santo Apolônio - 18 de Abril






Santo do século II, era uma figura pública, um senador. Pôde assistir e se deixar tocar pelo testemunho de inúmeros mártires no tempo de Nero.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 18/04/2013

18 de Abril de 2013

Ano C

 

João 6,44-51

Comentário do Evangelho


A fé nos possibilita sermos atraídos para Deus

Somos criaturas de Deus. Enquanto tais, possuímos, na nossa existência terrena, um desejo de Deus que nos faz tender para ele. Dele, nós todos recebemos o sopro original da vida (cf. Gn 2,7). Deus nos atrai para ele para nos fazer viver, para que o sopro original não se esvaia. O profeta Jeremias exprime belissimamente essa realidade: “Com amor eterno eu te amei, por isso te atraí” (Jr 31,3). A fé é que possibilita ceder livremente a essa atração de Deus. O maná era somente figura do que haveria de vir: o pão que desce do céu é o que livra da morte. Jesus explicita que o pão descido do céu é a sua carne, sua existência histórica e terrena, sua vida entregue para que o mundo tenha vida, e vida em plenitude. Jesus nos ensina a vida verdadeira que não está na garantia das seguranças pessoais, nem na defesa dos próprios interesses, nem tampouco na abundância de bens materiais, mas na entrega, no despojamento da própria vida.
Carlos Alberto Contieri,sj


Vivendo a Palavra
«Quem come deste pão viverá para sempre.» ‘Comer o pão’ é tornar-se Um com o Cristo e participar de sua missão: anunciar a presença do Amor já neste mundo – ainda que não em sua plenitude. É tomar consciência de nosso papel pessoal e insubstituível na história da humanidade, por mais humilde que ele seja, e desempenhá-lo com alegria e esperança.

Reflexão
Um dos elementos fundamentais na fé católica é o primado da graça. Se Deus não age, nós não podemos agir, nos tornamos incapazes de fazer o bem. Para nós, o bem maior é conhecer Jesus, sermos capazes de ir até ele, mas isso só é possível pela atuação da graça. Mas, se por um lado, a graça é necessária para chegarmos até Jesus, por outro lado, Deus respeita a nossa liberdade, de modo que associada à graça divina, deve estar a nossa procura de Cristo. De nada adianta a graça nos mostrar que Jesus é o Pão da vida descido do céu para ser alimento de vida eterna a todos nós, se nós não queremos vê-lo.

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. Único Caminho
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Confesso que quando vou a algum lugar desconhecido, mesmo com GPS acabo me perdendo, normalmente porque há outros caminhos e modos de se chegar a este lugar, e o que temos de fazer é ver qual é o melhor caminho, o mais curto e fácil...Mas já conheci lugares que só há um caminho de acesso, os demais caminhos passam por perto mas não dão acesso ao lugar.

O acesso do homem a Deus tem um único e Verdadeiro caminho: Jesus Cristo! É único e verdadeiro por uma razão muito simples: Só Ele veio de Deus, Só Ele viu o Pai, todas as demais definições sobre Deus – Pai,  não merecem confiança e crédito, e usando uma linguagem bem de hoje, apenas a Revelação de Jesus sobre o Pai têm o certificado de garantia e autenticidade, o resto é imitação grotesca, se a Revelação não for cristã, não merece nenhum crédito.

É o próprio Pai que atrai a todos os homens, e esta atração é Jesus Cristo. Muitos existem que querem inventar um Deus diferente do Deus Cristão, principalmente na pós modernidade, tentando adequar Deus ao consumismo, um Deus que satisfaz plenamente o Cliente, em certas igrejas que asseguram ter entre seus ministros os Porta-Vozes Oficiais da Vontade Divina, e ainda usam Jesus Cristo, que nas mãos desses gananciosos torna-se apenas um garoto propaganda da Fé.

E o que faz Jesus Cristo, único caminho, único acesso para se chegar ao Pai? Fecha-se em uma comunhão egoísta na Vida de Deus, deixando os homens a incumbência de descobrirem por si só esse caminho? Não, de modo algum! E aqui está o Amor Divino em toda sua magnificência....Jesus não é só o caminho, ele nos ajuda a caminhar, Jesus não é só a Verdade, ele nos ajuda a encontrá-la, Jesus não é só a Vida, ele nos possibilita termos essa Vida, por isso se faz Pão, se dá e se entrega a cada Homem que Nele professa a sua Fé.

E o Pão enquanto alimento, se transforma em parte do nosso ser, e daí podemos experimentá-lo e senti-lo em nós, e cada vez mais por ele próprio, alimentados e maduros em nossa Fé, vamo-nos configurando a Ele, vivendo assim mergulhados na Vida de Deus e ao mesmo tempo permitindo que Deus mergulhe em nós.....E assim, aquele que é eterno penetra no mortal, e aquele que é mortal, penetra no que é Eterno e ganha a Vida Eterna para sempre.

2. A fé nos possibilita sermos atraidos para Deus
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
ORAÇÃO
Espírito de docilidade ao Pai, reforça minha disposição para acolher os ensinamentos divinos e colocar-me, resolutamente, na busca do Ressuscitado.

3. O ENSINAMENTO DO PAI
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

É o Pai quem tem a iniciativa na dinâmica da fé dos cristãos. No seu amor, elege o ser humano para ser objeto de sua revelação, e o convida a aderir ao Filho Jesus. Só vai a Jesus quem é escolhido e impelido pelo Pai. Só se entrega a Jesus quem se deixa guiar pelo Pai. E tudo quanto o Pai realiza está em função de guiar a humanidade para o Filho. O ato de fé no Senhor Jesus é, portanto, indício de obediência ao ensinamento do Pai e de submissão à sua vontade.

A incredulidade configura-se como rebeldia contra o Pai. Não se trata de mera oposição a Jesus, numa atitude sem maiores conseqüências. Nem, tampouco, pode ser considerada como uma fatalidade na vida das pessoas, numa espécie de anulação de sua liberdade. 

No ato de fé, está implicada a liberdade humana. Instruído pelo Pai, cabe ao ser humano acolher ou não a instrução recebida. Se a acolhe, sem dúvida será capaz de reconhecer em Jesus o enviado do Pai. Se a rejeita, não somente se tornará um adversário do Filho, mas também do Pai. Não é possível acolher a moção do Pai, mas fechar-se para o Filho. Ou seja, não dá para ficar no meio do caminho. Quem recebeu o ensinamento do Pai, necessariamente, irá a Jesus.
Oração
Espírito de docilidade ao Pai, reforça minha disposição para acolher os ensinamentos divinos e colocar-me, resolutamente, na busca do Ressuscitado.

Alimentar-se de Jesus é ter vida


Postado por: homilia

abril 18th, 2013


O Mestre insiste: “Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo”.
Estamos diante da continuação do longo discurso sobre o pão, pronunciado após a partilha dos pães com a multidão, na montanha. Um dos aspectos que Jesus vem salientando é que a iniciativa da salvação vem do Pai. Ninguém se faz discípulo de Jesus se não for designado por Deus, seu Pai. E todo aquele escuta a sua palavra e procura fazer a vontade daquele que o enviou é introduzido na vida que nunca mais terá fim. Visto que aqui está o pão que desce do céu; e quem comer desse pão nunca morrerá.
Nos nossos dias, alimentar-se de Jesus é ter vida, é contemplá-lo e seguir seus passos. No serviço, na fraternidade e na solidariedade social, na busca da justiça e da paz, entra-se em comunhão de vida eterna com Jesus.
Deixemo-nos tocar pelo convite que Jesus: “Vinde convidados do meu Pai, a mesa está posta. Vinde!” Participemos plena, consciente e ativamente; comamos e bebamos o Corpo e o Sangue de Jesus.
Padre Bantu Mendonça
LEITURA ORANTE

Jo 6,44-51 - Pão do céu



Preparo-me para a Leitura Orante, rezando:

Vinde, Espírito Santo,
E dai-nos o dom da sabedoria, 
para que possamos avaliar todas as coisas 
à luz do Evangelho e 
ler nos acontecimento da vida 
os projetos de amor do Pai. 

1. Leitura (Verdade) 
O que diz o texto do dia? 
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Jo 6,44-51, e observo Jesus que fala do pão da vida. 

Só poderão vir a mim aqueles que forem trazidos pelo Pai, que me enviou, e eu os ressuscitarei no último dia. Nos Profetas está escrito: "Todos serão ensinados por Deus." E todos os que ouvem o Pai e aprendem com ele vêm a mim. Isso não quer dizer que alguém já tenha visto o Pai, a não ser aquele que vem de Deus; ele já viu o Pai.
- Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem crê tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Os antepassados de vocês comeram o maná no deserto, mas morreram. Aqui está o pão que desce do céu; e quem comer desse pão nunca morrerá. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer desse pão, viverá para sempre. E o pão que eu darei para que o mundo tenha vida é a minha carne.
Ele afirma que quem crê, tem a vida eterna. Volta a dizer que é o pão da vida. Diz ainda que quem come deste pão tem a vida eterna.
Espírito de verdade, a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me. Que eu conheça Jesus Mestre e compreenda o seu Evangelho. Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Jesus me questiona de novo sobre meus alimentos. 
O que busco como alimento para meu espírito, para minha vida cristã? 
Como pessoa batizada sou também convocada a uma missão. 
De que me nutro para esta missão
Qual é a fonte que sacia minha sede de vida? 
Os bispos em Aparecida, disseram que a Eucaristia deve ser o centro da nossa vida: “Todas as comunidades e grupos eclesiais darão fruto na medida em que a Eucaristia for o centro de sua vida e a Palavra de Deus for o farol de seu caminho e de sua atuação na única Igreja de Cristo.”(DAp 180)

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? 
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo: 
Espírito vivificador, a ti consagro o meu coração: 
aumenta em mim o amor a Jesus, Vida da minha vida. 
Faze-me sentir filho amado do Pai. Amém.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.
4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra? 
Buscarei alimentar minha vida com o pão do céu e ver o mundo na ótica de Jesus Mestre.

Bênção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Irmã Patrícia Silva, fsp

Oração Final
Pai Santo, não permitas que as luzes do mundo nos façam perder a consciência de que o teu reino de amor já está presente em nós e de que nossa missão é compartilhá-lo com os peregrinos que seguem conosco nesta vida, em busca do teu abraço definitivo. Por Jesus Cristo, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA - 18/04/2013




Tema do Dia

«Eu acredito que Jesus Cristo é o Filho de Deus!»

A leitura fala do trabalho de Filipe. A história da Igreja volta a citar o ministro da rainha Candace: ele acolheu Mateus quando, perseguido, se dirigiu à Etiópia. Ali o Apóstolo exerceu seu ministério e foi morto quando celebrava com o povo.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 

e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame

 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por

 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores

se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 

a vida eterna. Amém.


Branco. 5ª-feira da 3ª Semana da Páscoa


Primeira leitura (Atos dos Apóstolos 8,26-40)
Quinta-Feira, 18 de Abril de 2013 
3ª Semana da Páscoa

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 26um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: “Prepara-te e vai para o sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza. O caminho é deserto”. Filipe levantou-se e foi.27Nisso apareceu um eunuco etíope, ministro de Candace, rainha da Etiópia, e administrador geral do seu tesouro, que tinha ido em peregrinação a Jerusalém.
28Ele estava voltando para casa e vinha sentado no seu carro, lendo o profeta Isaías.29Então o Espírito disse a Filipe: “Aproxima-te desse carro e acompanha-o”. 30Filipe correu, ouviu o eunuco ler o profeta Isaías e perguntou: “Tu compreendes o que estás lendo?”
31O eunuco respondeu: “Como posso, se ninguém mo explica?” Então convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele. 32A passagem da Escritura que o eunuco estava lendo era esta: “Ele foi levado como ovelha ao matadouro; e qual um cordeiro diante do seu tosquiador, ele emudeceu e não abriu a boca. 33Eles o humilharam e lhe negaram justiça; e seus descendentes, quem os poderá enumerar? Pois sua vida foi arrancada da terra”.
34E o eunuco disse a Filipe: “Peço que me expliques de quem o profeta está dizendo isso. Ele fala de si mesmo ou se refere a algum outro?” 35Então Filipe começou a falar e, partindo dessa passagem da Escritura, anunciou Jesus ao eunuco. 36Eles prosseguiam o caminho e chegaram a um lugar onde havia água. 37Então o eunuco disse a Filipe: “Aqui temos água. O que impede que eu seja batizado?”
38O eunuco mandou parar o carro. Os dois desceram para a água e Filipe batizou o eu­nuco. 39Quando saíram da á­gua, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe. O eunuco não o viu mais e prosseguiu sua viagem, cheio de alegria. 40Filipe foi parar em Azoto. E, passando adiante, evan­gelizava todas as cidades até chegar a Cesareia.

- Palavra do Senhor. 

- Graças a Deus.


Salmo (Salmos 65)
Quinta-Feira, 18 de Abril de 2013 
3ª Semana da Páscoa

— Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira.
— Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira.

— Nações, glorificai ao nosso Deus, anunciai em alta voz o seu louvor! É ele quem dá vida à nossa vida, e não permite que vacilem nossos pés.
— Todos vós que a Deus temeis, vinde escutar: vou contar-vos todo bem que ele me fez! Quando a ele o meu grito se elevou, já havia gratidão em minha boca! 
— Bendito seja o Senhor Deus que me escutou, não rejeitou minha oração e meu clamor, nem afastou longe de mim o
seu amor!


Evangelho (João 6,44-51)
Quinta-Feira, 18 de Abril de 2013 
3ª Semana da Páscoa


O pão que dá vida sempre 

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 44“Ninguém pode vir a mim, se o pai que me enviou não o atrai. E eu o ressuscitarei no último dia. 45Está escrito nos Profetas: ‘Todos serão discípulos de Deus’. Ora, todo aquele que escutou o Pai e por ele foi instruído, vem a mim. 46Não que alguém já tenha visto o Pai. Só aquele que vem de junto de Deus viu o Pai. 47Em verdade, em verdade vos digo, quem crê possui a vida eterna.
48Eu sou o pão da vida. 49Os vossos pais comeram o maná no deserto e, no entanto, morreram. 50Eis aqui o pão que desce do céu: quem dele comer, nunca morrerá. 51Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo”. 

- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.


TENHA UM DIA PLENO DE PENSAMENTOS POSITIVOS, IDÉIAS LUMINOSAS, OTIMISMO E BOM HUMOR! MOMENTOS DE HARMONIA, OPORTUNIDADES DE AMOR E PAZ EM SEU CORAÇÃO... BOM DIA

0

Os bispos na Conferência de Aparecida, disseram: (DAp 25)



DEUS É BOM... DEUS É MARAVILHOSO... DEUS É PERFEITO... DEUS É PERFEITO... DEUS É INCRÍVEL... DEUS É TUDO...

DESEJO QUE SUA QUINTA-FEIRA SEJA SUPER FELIZ. E NÃO SE ESQUEÇA: VOCÊ É ESPECIAL PARA MIM!

MAIS UMA NOITE CHEGOU! DEIXE A PAZ DOMINAR SEUS SONHOS.

JUVENTUDE, JMJ E QUILOMBOLAS NA COLETIVA DOS BISPOS

IMG_6398-001

A cada dia a Assembleia Geral da CNBB concede uma entrevista coletiva comentando os principais assuntos do dia.
Nesta quarta-feira (17) os bispos abordaram o trabalho com a juventude no Brasil, os últimos encaminhamentos para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e um documento da CNBB sobre a realidade dos povos quilombolas.

Curso de preparação para o Crisma é a nova obra da Coleção YOUCAT

São Paulo - SP (Terça-feira, 16-04-2013, Gaudium Press) - O YOUCAT surgiu como uma nova tentativa de inspirar os jovens católicos de todo o mundo para o conteúdo da fé. São quase 3,5 milhões de jovens usando essa ferramenta.

crisma_youcat.jpg

Campos dos Goytacazes tem seu I Sínodo Diocesano

abertura-sinodo-1.jpg

Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro (Terça-feira, 26-03-2013, Gaudium Press) Dom Roberto Francisco Ferreria Paz, Bispo da Diocese de Campos dos Goytacazes proclamou solenemente no último dia 16 o I Sínodo da Diocese de Campos dos Goytacazes (RJ).

VISITA DOS SÍMBOLOS DA JMJ NA DIOCESE DE CAMPOS DOS GOYTACAZES (RJ): DE 12 A 19 DE MAIO DE



VISITA DOS SÍMBOLOS DA JMJ 
NA DIOCESE DE CAMPOS DOS GOYTACAZES: 
DE 12 A 19 DE MAIO DE 2013

JMJ - Campos 2013

ROTEIRO

a) Domingo 12 de maio: Chegada na Catedral Diocesana
• Carreata, concentração no Jardim São Benedito e caminhada até a Catedral.
• Santa Missa Campal na Praça Ssmo. Salvador (Catedral).
• Show de Evangelização

b) Segunda-feira 13 de maio:
• Durante o dia: visita ao IFF, à Faculdade Cândido Mendes e outras
Universidades.
• 19h – Santa Missa e Procissão de Nossa Senhora de Fátima na Igreja Principal
da Administração Apostólica.

c) Terça-feira 14 de maio:
• Visita aos Presídios de Campos: feminino e masculino.
• 19h – Santa Missa na Paróquia de Santo Antônio em Guarus.
• Adoração Eucarística.

d) Quarta-feira 15 de maio:
• Durante o dia, visita aos Colégios Católicos.
19h – Missa na Paróquia Santa Teresinha (Pecuária).

e) Quinta-feira 16 de maio:
• Durante o dia, visita aos Colégios e Instituições Sociais de São Fidélis.
• 19h – Missa na Paróquia de São Fidélis.

f) Sexta-feira 17 de maio:
• Durante o dia, visita aos Colégios e Instituições Sociais de Bom Jesus do
Itabapoana .
• 19 h – Missa na Paróquia Senhor Bom Jesus.

g) Sábado 18 de maio:
• Durante o dia, visita às Paróquias e Instituições Sociais de Itaperuna.
• 19h – Missa Campal e Grandioso Evento Católico (Local: a definir).

h) Domingo 19 de maio:
• Passagem dos Símbolos pelas cidades de Laje do Muriaé, Miracema e Santo
Antônio de Pádua.
• À tarde, entrega dos Símbolos à Arquidiocese de Niterói.

‘IGREJA EM COMUNHÃO’ ENTREVISTA DOM GREGÓRIO PAIXÃO SOBRE EDUCAÇÃO E CULTURA

igreja_em_comunhao

Redação Portal A12
A TV Aparecida exibe hoje (17) ao vivo o programa ‘Igreja em Comunhão’ a partir das 19h30 com a presença de dom Gregório Paixão, bispo da Diocese de Petrópolis (RJ) e atualmente referencial para a Cultura, da CNBB.

Papa Francisco na Audiência geral: No Céu Jesus é sempre nosso defensor!


Vaticano, 17 Abr. 13 / 10:44 am (ACI).- Diante dos milhares de peregrinos que encheram na manhã desta quarta-feira 17 de abril, o Papa Francisco, continuando as catequeses sobre o Credo falou da parte que toca a Ascensão de Jesus ao Céu.
Primeiramente Francisco explicou que no Credo, encontramos a afirmação de que Jesus "subiu aos céus e está sentado à direita do Pai". 

O Papa Francisco se solidariza com as vítimas dos terremotos no Irã e o Paquistão


Vaticano, 17 Abr. 13 / 11:29 am (ACI).- Na audiência geral desta quarta-feira, o Papa Francisco mostrou sua proximidade espiritual com os afetados por recentes terremotos ocorridos no Irã e no Paquistão em dias recentes.

Vaticano apresenta centro que velará pela família a nível mundial

Dom Vincenzo Paglia

VATICANO, 17 Abr. 13 / 11:24 am (ACI/EWTN Noticias).- O Presidente do Pontifício Conselho para a Família, Dom Vincenzo Paglia, e o Presidente do ramo italiano do movimento "Renovação no Espírito", Salvatore Martinez, apresentaram a Fundação Vaticana "Centro Internacional Família de Nazaré", que desde a Terra Santa velará pela família a nível internacional.
Durante a apresentação, Dom Paglia explicou que este centro será um "centro de espiritualidade familiar, de formação sobre a vida parental e familiar, de pastoral, de preparação para a nova evangelização, de atividades fundadas sobre o caráter específico, eclesial e social, da família".

Uma placa será colocada na casa do Papa Francisco em Buenos Aires

Papa Francisco

Buenos Aires, 17 Abr. 13 / 11:12 am (ACI/EWTN Noticias).- Hoje, quarta-feira ao meio dia (hora da Argentina), será colocada, por iniciativa da Legislatura da Cidade de Buenos Aires, uma placa na casa onde viveu o Arcebispo local, Cardeal Jorge Mario Bergoglio, hoje o Papa Francisco.

AFRODESCENTES SÃO HOMENAGEADOS POR BISPOS DA 51ª ASSEMBLEIA GERAL

IMG_6286

Redação Nesta quarta-feira (17), a celebração que abriu os trabalhos da 51ª Assembleia Geral da CNBB homenageou os mais de trinta bispos afrodescentes, todos os sacerdotes e a atuação da Pastoral Afro-brasileira no país. As orações foram dirigidas principalmente ao povo quilombola – grupos étnico-raciais de ancestralidade negra, presentes em 24 estados e divididos em mais de 3.500 comunidades, de acordo com a Fundação Cultural Palmares.
“Hoje eu gostaria de agradecer a Deus, e colocar junto ao pão e o vinho, a vida de tantos irmãos e irmãs afrodescentes que testemunharam em vida a fé que receberam da Igreja”, iniciou o celebrante, dom Zanoni de Castro, bispo de São Mateus (ES).

TEMA CENTRAL, JMJ E QUILOMBOLAS SÃO ASSUNTOS DE HOJE NA 51ª ASSEMBLEIA

IMG_5537

Portal A12
A 51ª Assembleia Geral da CNBB apresenta hoje sessões sobre Jornada Mundial da Juventude, o tema central e as questões sobre os povos quilombolas.
Com a proximidade da realização da Jornada Mundial da Juventude, foi apresentado, na manhã de hoje (17), aos bispos as informações sobre a Semana Missionária e a peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora, além de realizarem uma reflexão sobre o modo como a Igreja no Brasil vai prosseguir sua missão evangelizadora com os jovens após a realização do grande encontro da juventude no Rio de Janeiro.