terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Dia da semana: Quarta-feira - Dedicado a - São José

São José, Custódio dos Sagrados Corações

TERÇO DE SÃO JOSÉ



SÃO JOSÉ, ROGAI POR NÓS!

Terço de Cura e Libertação - VÍDEO

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS




JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora

Terço - Mistérios Gloriosos - Quarta-Feira e Domingo


Terço do Rosário: Mistérios Gloriosos


  

Santa Margarida de Cortona - 20 de fevereiro

Santa Margarida de Cortona
NascimentoNo ano de 1247
Local nascimentoToscana/Itália
OrdemFranciscana Secular
Local vidaCortona
EspiritualidadeSanta Margarida de Cortona nasceu em 1247, em Alviano, Toscana, Itália. Morreu no ano 1297. Foi sepultada em Cortona. Durante sua infância, esta santa teve poucas alegrias. Órfã de mãe viveu sob a crueldade do próprio pai e da madrasta. Fez-se amante de um rico senhor, vivendo no luxo e numa vida fácil. Assim viveu por nove anos, tornando-se mãe de um filho, que mais tarde entrou para a Ordem terceira de São Francisco. Certo dia, seu companheiro foi tragicamente assassinado. Foi encontrado - quando o corpo já se decompunha. Graças a uma cachorrinha de estimação que indicou o lugar do crime. Margarida ficou vivamente impressionada e tocada pela fragilidade humana. Para espanto de todos pôs uma corda no pescoço e se penitenciou publicamente. Ingressou depois na Ordem Terceira de São Francisco, tomando o hábito de penitente, levando uma vida de austeridade, de oração e de serviço aos pobres.
Local morteCortona
MorteNo ano 1297, aos 50 anos de idade
Fonte informaçãoOs santos de cada dia
OraçãoÓ Deus, concedei-nos, pelas preces de Santa Margarida de Cortona, a quem destes perseverar na imitação de Cristo pobre e humilde, seguir a nossa vocação com fidelidade e chegar àquela perfeição que nos propusestes em vosso Filho. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
DevoçãoÀ meditação da paixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo
PadroeiroDas penitentes e webcatolica
Outros Santos do diaS.Silvano S.Leao de Catânia S.Zenóbio
FONTE: ASJ

Santos Tirânio, Cenóbio e Outros Mártires - 20 de fevereiro

Santos Tirânio, Cenóbio e Outros Mártires
A Igreja comemora também o dia de São Tirânio, bispo de Tiro, que havia presenciado o triunfo dos mártires e os havia alentado, mas seis anos depois, foi tomado prisioneiro e o conduziram junto com São Cenóbio de Tiro a Antioquia. Cenóbio era médico e sacerdote da cidade de Sidônia. Tirânio foi jogado ao Rio Orantes, após sofrer cruéis torturas, enquanto que Cenóbio morreu no potro. Igualmente, vários cristãos egípcios que haviam se estabelecido na Palestina e em Tiro, deram provas de sua paciência e de sua constância na fé. Depois de terem sido golpeados inmuráveis vezes, coisa que suportaram com grande paciência, foram jogados aos leopardos, ursos selvagens, javalis e touros.

Santo Eleutério - 20 de fevereiro

Santo Eleutério
456-531
Eleutério nasceu no ano de 456 na cidade de Tournai, França. São Gregório de Tours, que foi um dos primeiros historiadores da Igreja da França, narrou que na infância enquanto Eleutério brincava com os amiguinhos, um deles lhe disse que iria chegar a ser um bispo. Não foi um aviso profético. Certamente foi um gracejo maldoso, pois na sua época, as responsabilidades desta função geralmente incluíam ameaças de morte.

Santo Ulrico - 20 de Fevereiro

Santo Ulrico
Ano 1154

Igreja de Haselbury
Cela onde morreu o santo
Inglaterra
Ulrico Nasceu em Bristol, Inglaterra. Sabemos muito pouco a respeito de sua vida. Inicialmente Ulrico estava entregue aos vícios da nobreza inglesa. Muitos sacerdotes não observavam as normas da Igreja. Certa vez, Ulrico foi abordado por um mendigo. Este o advertiu a respeito de seus atos e da decadência dos costumes daquela época. Ulrico reconheceu envergonhado a verdade nas palavras daquele mendigo.

Santo Euquério - 20 de fevereiro

Santo Euquério
+ 738
O bispo francês Euquério foi um grande defensor da Igreja em seu tempo. Defensor não só de seus conceitos e dogmas, mas também dos seus bens, que tanto atraíam os poderosos.

Beatos Francisco e Jacinta - 20 de Fevereiro




No ano de 1908, nasceu Francisco Marto. Em 1910, Jacinta Marto. Filhos de Olímpia de Jesus e Manuel Marto. Eles pertenciam a uma grande família; e eram os mais novos de nove irmãos. A partir da primavera de 1916, a vida dos jovens santos portugueses sofreria uma grande transformação: as diversas aparições do Anjo de Portugal (o Anjo da Paz) na "Loca do Cabeço" e, depois, na "Cova da Iria". A partir de 13 de maio de 1917, Nossa Senhora apareceria por 6 vezes a eles.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 20/02/2013

20 de Fevereiro de 2013

Ano C


Lucas 11,29-32

Comentário do Evangelho

A multidão busca um sinal

O sinal requerido de Jesus, que corresponde à terceira tentação (Lc 4,9-12), e de que se fala aqui, é um gesto grandioso e espetacular que levasse as pessoas a crerem na sua divindade. A multidão que acorre a Jesus busca um sinal. A esta solicitação Jesus responde: ". nenhum sinal lhe será dado a não ser o sinal de Jonas" (Lc 11,29). Lucas explicita o sentido deste sinal: "... assim como Jonas tornou-se um sinal para os ninivitas, do mesmo modo o Filho do homem será um sinal para esta geração" (Lc 11,30). Trata-se de um chamado à penitência, em vista da salvação, e, convenhamos, isso é muito diferente de um prodígio. Diante do anúncio de Jonas, os ninivitas fizeram penitência e acreditaram em Deus (Jn 3,4). O apelo é de não subordinar a fé em Jesus a nenhum prodígio. Os seus gestos e palavras é que fazem dele alguém digno de confiança e são sinais que revelam sua filiação divina.
Carlos Alberto Contieri,sj

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx

Vivendo a Palavra

Como aquele povo a quem falava Jesus, também nós não poucas vezes somos tentados a pedir sinais extraordinários para justificar a fé. Acostumamo-nos de tal forma com o grande milagre que é a Vida que o Pai Misericordioso nos oferece, que não somos mais capazes de reconhecê-lo, cheios de gratidão.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg05.php

Reflexão

Para muitas pessoas, Deus deve manifestar-se constantemente para todos, pois somente assim o mundo poderá crer. Na verdade, essas pessoas querem uma demonstração evidente da existência de Deus e da sua presença no nosso dia a dia, porém o Evangelho de hoje nos mostra que assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, Jesus é um sinal para nós, e Jonas foi um sinal para os ninivitas apenas por suas palavras, que os ninivitas ouviram e creram. Deste modo, Jesus é um sinal para nós por sua palavra e é nela que devemos crer e não ficar exigindo que ele fique realizando "milagres" para que fundamentemos a nossa fé.
http://www.cnbb.org.br/liturgia/app/user/user/UserView.php?ano=2013&mes=2&dia=20

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. A Frágil Fé dos Sinais
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Em uma Festa de corpus Christi, uma mulher muito piedosa confidenciou-me que todos os dias rezava para que Jesus mostrasse um sinal eucarístico á seu esposo, que tinha dívidas sobre a presença real do Senhor na Hóstia consagrada. Uma outra Senhora rezava para que Nossa Senhora se manifestasse em algum milagre para o seu vizinho que não a aceitava como mãe de Deus.

Uma jovem rezava todos os dias para que Deus lhe desse um sinal de que o seu namorado era a pessoal ideal para casar-se, pois tinha muito medo de casar-se com a pessoa errada. No meio do povo de Deus estão presentes muitas devoções que pedem sinais prodigiosos para poder crer ou acontecer algo miraculoso na vida.

Respeitar todas essas devoções que fazem parte da religiosidade popular, é dever e obrigação de toda Igreja, entretanto, ela não pode se omitir de motivar essas pessoas a abrirem a mente e o coração para acolherem a Força Transformadora do Santo evangelho, que é a essência do Cristianismo. Persistir e acomodar-se nesta Fé dos sinais, sem ter compromisso algum com os valores do evangelho, exigindo de Deus algo que parece que ele nos deve, é um tremendo equívoco...Quantas vezes a gente ouve histórias de novos convertidos que começam, assim "Ah o Senhor realizou um milagre na minha vida e daí eu passei a frequentar a Igreja....". quer dizer, antes nada havia em Jesus de especial e se não fosse o milagre realizado, aquela pessoa nunca iria á comunidade...

Este é um modo perigoso de se Crer em Jesus, pois a qualquer momento ele pode não atender nossas súplicas e a frustração e decepção poderá ser muito grande, porque também o oposto é verdadeiro, a história de pessoas cristãs que abandonaram a Igreja porque se sentiram traídas por Deus quando este permitiu que alguma desgraça caísse sobre sua vida. Para estes, Deus significa garantia e proteção, contra todos os males, e se ele falha ou falta para com a promessa, não há razão para se acreditar e ser um discípulo. Parece bem assustador dizer isso assim na "bucha" mais é a pura verdade...

É isso que Jesus diz ao povo, chamando-o de geração perversa, justamente porque exige um sinal para poder acreditar em seu messianismo. O evangelho mostra exatamente o poder da palavra de Deus, que quando bem acolhida provoca mudança radical naquele que a acolheu, e não é preciso nenhum sinal prodigioso.

Mas o problema maior é que essas maravilhas de Deus estão enraizadas na vida do Homem, em suas ações, suas palavras e ações,Jesus é a revelação do Pai, quem o ouve, é ao Pai que ouve, quem lhe obedece, é ao Pai que obedece. A sua Palavra libertadora estava em Jonas e os Ninivitas acreditaram de imediato, a sua sabedoria que vem do alto estava em Salomão, e a Rainha de Sabá a soube vislumbrar como algo Divino e especial. Ora, Jesus é mais do que Jonas, e do que Salomão, mas os seus não o aceitaram.

2. A multidão busca um sinal
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
Oração
Pai, torna-me dócil e sensível para acolher as palavras de Jesus, sem exigir sinais espetaculares como pré-requisito para aderir a ele.

3. UMA CHANCE PERDIDA
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

Os contemporâneos de Jesus não fizeram muito caso de sua pregação. Quando confrontados com a exigência de conversão, colocavam em dúvida a pessoa de Mestre, exigindo dele sinais que comprovassem sua autoridade.

No fundo, a geração perversa daquele tempo não estava disposta a abrir mão de seus esquemas, e a acolher a proposta que lhe era apresentada. As exigências de Jesus eram vistas com desprezo por quem se sentia seguro, apegado às próprias idéias, e convencido da própria salvação; por quem havia reduzido Deus aos limites da própria mentalidade, um Deus que já não tinha mais força para questionar; por quem cultuava a tradição, apegando-se ao passado.

A censura de Jesus a seus contemporâneos evidencia que eles tinham perdido uma grande chance oferecida por Deus. Até mesmo os habitantes de Nínive, apesar de serem pagãos, deram ouvido a Jonas; e fizeram penitência, após a pregação do profeta. Mesmo a rainha de Sabá, vinda de longe, fora ter com o rei Salomão - homem extraordinariamente sábio -, a fim de ser instruída por ele. A geração do tempo de Jesus, ao invés disso, fechou-se, decididamente, diante do convite que lhe era feito, chegando até a suspeitar do Mestre.

A prudência nos recomenda a estarmos atentos aos apelos de Deus, para que não tenhamos de lamentar a chance perdida. Diante do convite de Jesus, é necessário converter-se, sem demora.
Oração 
Espírito de prudência, faze-me acolher, sem demora, o convite de Jesus, de modo que eu não perca a chance de converter-me ao Evangelho da salvação.

http://www.npdbrasil.com.br/religiao/evangelho_do_dia_semana.htm#d4

Cuidado com o sinal do sucesso

Postado por: homilia

fevereiro 20th, 2013


Essa geração pede um sinal. Também nós esperamos a manifestação, o sinal do sucesso, tanto na história universal como na nossa vida pessoal.
Quando a multidão se ajuntou em volta de Jesus, Ele começou a falar e disse o seguinte: “Esta geração é má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas. Com efeito, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração. No dia do julgamento, a Rainha do Sul se levantará juntamente com os homens desta geração e os condenará, porque ela veio de uma terra distante para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior que Salomão. No dia do julgamento, os ninivitas se levantarão juntamente com essa geração e a condenarão. Porque eles se converteram quando ouviram a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas”.
Jesus, dirigindo-se às multidões, menciona esta “geração má” que busca um sinal. Com o termo “geração”, Jesus está se referindo aos escribas de Jerusalém que vêm questioná-lo e provocá-lo.
Em Mateus, com um sentido cristológico, o “sinal de Jonas” é tomado como símbolo da Ressurreição. Em Lucas, a perspectiva é missionária. O “sinal” é relacionado com a pregação de Jonas em Nínive, por meio da qual esta cidade se converteu. O anúncio da Palavra é um sinal suficiente da presença do Reino. É convincente, provocando mudanças. A Palavra carregada de sabedoria é um sinal. Na concepção da tradição davídica bíblica, a Rainha do Sul foi atraída pela sabedoria de Salomão (cf. 1Rs 10,1-10).
Esta narrativa, dirigida às comunidades, descarta as expectativas de sinais maravilhosos da presença de Jesus. O grande sinal é o anúncio de Sua Palavra ao mundo.
Na raiz deste pedido descarado de um sinal, está o egoísmo, a impureza de um coração que só espera de Deus o sucesso pessoal e uma ajuda para afirmar o absoluto do “eu”. Essa forma de religiosidade é a recusa absoluta de conversão que também o mundo de hoje vive. Mas quantas vezes não dependemos nós mesmos do sinal do sucesso? Quantas vezes não reclamamos do sinal e recusamos a conversão!
Padre Bantu Mendonça
http://blog.cancaonova.com/homilia/2013/02/20/
Leitura orante

Lc 11,29-32 - O sinal



Preparo-me,
em comunhão com todos os internautas,
para a Leitura Orante,
orando com Santo Agostinho:
Tarde vos amei, 
ó beleza tão antiga e tão nova.
Tarde vos amei!
Eis que habitáveis dentro de mim, 
e eu lá fora procurando-vos!
Disforme, 
lançava-me sobre estas formosuras que criastes.
Estáveis comigo, 
e eu não estava convosco!

1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz? 

Leio atentamente o texto de hoje, na Bíblia: Lc 11,29-32.

Quando a multidão se ajuntou em volta de Jesus, ele começou a falar e disse o seguinte:
- Como as pessoas de hoje são más! Pedem um milagre como sinal de aprovação de Deus, mas nenhum sinal lhes será dado, a não ser o milagre de Jonas. Assim como o profeta Jonas foi um sinal para os moradores da cidade de Nínive, assim também o Filho do Homem será um sinal para a gente de hoje. No Dia do Juízo a rainha de Sabá vai se levantar e acusar vocês, pois ela veio de muito longe para ouvir os sábios ensinamentos de Salomão. E eu afirmo que o que está aqui é mais importante do que Salomão. No Dia do Juízo o povo de Nínive vai se levantar e acusar vocês porque, quando ouviram a mensagem de Jonas, eles se arrependeram dos seus pecados. E eu afirmo que o que está aqui é mais importante do que Jonas.
Jesus denomina de "más" as pessoas que pedem um milagre como sinal da aprovação de Deus. Afirma que o Filho do Homem é o sinal para as pessoas de hoje. Não é um sinal espetacular que deve levar as pessoas à conversão, mas à adesão ao projeto da nova história, manifestado na palavra de Jesus.

2. Meditação(Caminho)
- O que a Palavra diz para mim? 
Como é a minha fé? 
Fico à procura de milagres, sinais especiais em meu favor? 
Ou acredito em Deus, independentemente dos sinais?

Os bispos, em Aparecida, apontam para um sinal muito importante na vida de todo cristão – o anúncio do amor de Deus:
Anunciamos a nossos povos que Deus nos ama, que sua existência não é uma ameaça para o homem, que Ele está perto com o poder salvador e libertador de seu Reino, que Ele nos acompanha na tribulação, que alenta incessantemente nossa esperança em meio a todas as provas.” (DAp 29).

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Rezo com toda Igreja a Oração oficial da CF 2013

Pai santo, vosso Filho Jesus,
conduzido pelo Espírito
e obediente à vossa vontade,
aceitou a cruz como prova de amor à humanidade.
Convertei-nos e, nos desafios deste mundo,
tornai-nos missionários
a serviço da juventude.
Para anunciar o Evangelho como projeto de vida,
enviai-nos, Senhor;
para ser presença geradora de fraternidade,
enviai-nos, Senhor;
para ser profetas em tempo de mudança,
enviai-nos, Senhor;
para promover a sociedade da não violência,
enviai-nos, Senhor;
para salvar a quem perdeu a esperança,
enviai-nos, Senhor;
para...
4. Contemplação (Vida/ Missão) 
 - Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou hoje, descobrir a presença e os sinais de Deus em tudo que me acontecer.
Bênção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Sugestões: 
- Campanha da Fraternidade 2013 - Veja informações no blog:
http://comunicacatequese.blogspot.com.br/

- Veja a mensagem do Papa Bento XVI para a Quaresma em 
http://paulinascomunica.blogspot.com/

- Faça o Retiro de Quaresma e Páscoa seguindo o blog
http://viverecomunicarcristo.blogspot.com

Ir. Patrícia Silva, fsp
http://leituraorantedapalavra.blogspot.com.br/

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx
COPIE O LINK ABAIXO E
OUÇA O COMENTÁRIO DO
EVANGELHO DO DIPELAS PAULINAS
http://www.paulinas.org.br/media/biblia/musicas.asp?musica=20130220
Oração Final
Pai Santo, não permitas que sejamos seres ‘acostumados’, incapazes de reconhecer a tua Presença inefável em nós e no mundo. Mantém-nos crianças encantadas por teu Reino de Amor, já presente nesta terra, ainda que não em sua plenitude. Por Jesus, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg06.php

LITURGIA DIÁRIA - 20/02/2013




Tema do Dia

«Esta geração busca sinais. Nenhum mais será dado.»
A história de Jonas nos enche de esperança. A ele foi concedida uma segunda oportunidade de cumprir o mandato do Senhor. Também para nós – assim esperamos! – permanece aberto o convite e a expectativa do Pai para que sejamos discípulos missionários.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/index.php

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 

e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame

 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por

 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores

se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 

a vida eterna. Amém.


Roxo. 4ª-feira da 1ª Semana Quaresma


Primeira leitura (Jonas 3,1-10)
Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2013 
1ª Semana da Quaresma


Leitura da Profecia de Jonas.

1A palavra do Senhor foi dirigida a Jonas, pela segunda vez: 2“Levanta-te e põe-te a caminho da grande cidade de Nínive e anuncia-lhe a mensagem que eu te vou confiar”.
3Jonas pôs-se a caminho da grande cidade de Nínive, conforme a ordem do Senhor. Ora, Nínive era uma cidade muito grande; eram necessários três dias para ser atravessada.4Jonas entrou na cidade, percorrendo o caminho de um dia; pregava ao povo, dizendo: “Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída”.
5Os ninivitas acreditaram em Deus; aceitaram fazer jejum, e vestiram sacos, desde o superior ao inferior. 6A pregação chegara aos ouvidos do rei de Nínive; ele levantou-se do trono e pôs de lado o manto real, vestiu-se de saco e sentou-se em cima de cinza. 7Em seguida, fez proclamar, em Nínive, como decreto do rei e dos príncipes: “Homens e animais bovinos e ovinos não provarão nada! Não comerão e não beberão água.8Homens e animais se cobrirão de sacos, e os homens rezarão a Deus com força; cada um deve afastar-se do mau caminho e de suas práticas perversas.
9Deus talvez volte atrás, para perdoar-nos e aplacar sua ira, e assim não venhamos a perecer”. 10Vendo Deus as suas obras de conversão e que os ninivitas se afastavam do mau caminho, compadeceu-se e suspendeu o mal, que tinha ameaçado fazer-lhes, e não o fez.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Salmo (Salmos 50)
Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2013 
1ª Semana da Quaresma


— Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!
— Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

— Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! Na imensidão de vosso amor, purificai-me! Lavai-me todo inteiro do pecado, e apagai completamente a minha culpa!
— Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido. Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!
— Pois não são de vosso agrado os sacrifícios, e, se oferto um holocausto, o rejeitais. Meu sacrifício é minha alma penitente, não desprezeis um coração arrependido!


Evangelho (Lucas 11,29-32)
Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2013 
1ª Semana da Quaresma


Jesus é o grande sinal


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 29quando as multidões se reuniram em grande quantidade, Jesus começou a dizer: “Esta geração é uma geração má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas.
30Com efeito, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração. 31No dia do julgamento, a rainha do Sul se levantará juntamente com os homens desta geração, e os condenará. Porque ela veio de uma terra distante para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior que Salomão.
32No dia do julgamento, os ninivitas se levantarão juntamente com esta geração e a condenarão. Porque eles se converteram quando ouviram a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática. Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.

 

BOM DIA - COM AMOR E ALEGRIA

QUARTA-FEIRA - TENHA UM DIA FELIZ!