segunda-feira, 6 de abril de 2015

Últimas Notícias »

Últimas Notícias »

FONTE: http://www.acidigital.com/

Papa Francisco: Que a Ressurreição de Cristo se reflita na vida diária


O Papa Francisco presidiu esta segunda-feira de Páscoa a oração do Regina Coeli da janela do Palácio Apostólico com milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro. Em suas palavras prévias à oração, o Pontífice recordou que a Páscoa levou ao mundo uma novidade radical: o triunfo da vida sobre a morte e exortou os cristãos a refletirem a Ressurreição em suas vidas quotidianas.

Também:

Vaticano »

Jovem cristã que se salvou do massacre no Quênia: Mataram todos os que não liam como muçulmanos


Cynthia Cheroitich é uma estudante cristã de 19 anos que sobreviveu o massacre da Universidade da Garissa (Quênia) graças a ter se escondido no armário de seu dormitório antes que entrassem os guerrilheiros do Shabab, que advertiram aos estudantes que só sairiam livres os que sabiam ler como muçulmano.

Também:

Controvérsia »

Coptos no Egito construirão um templo em honra aos 21 mártires assassinados pelo Estado Islâmico na Líbia


Morreram como mártires, assassinados por ódio à fé, pelas mãos dos terroristas do Estados Islâmico (ISIS) no mês de janeiro na Líbia. Agora um templo construído no seu país natal os recordará para sempre.

Também:

Vaticano »

Emergência no Iraque segue agravando-se, alerta autoridade do Pontifício Conselho Cor Unum


A dramática situação no Iraque e na Síria se agrava e aumenta também a preocupação do Papa Francisco pelos cristãos e membros de outras minorias religiosas que se viram obrigadas a fugir de suas casas para proteger sua vida do fundamentalismo do Estado Islâmico (ISIS).

Também:

Mundo »

Terroristas islâmicos atacam templos cristãos no Egito e na Síria no Domingo de Páscoa


Igrejas cristãs no Egito e na Síria foram alvos de ataques de terroristas islâmicos em pleno Domingo de Páscoa. Na cidade de Alexandria uma igreja foi o alvo de um atentado que feriu sete pessoas enquanto na mesma data alguns insurgentes do Estado Islâmico (ISIS) explodiram um artefato dentro de uma igreja na província de Hassaka, nordeste da Síria.

Também:

aticano »

[ÌNTEGRA] Mensagem Urbi et Orbi do Papa Francisco


O Papa Francisco presidiu esta manhã a Missa da Páscoa de Ressurreição  na Praça de São Pedro. O Pontífice não pronunciou homilia posto que depois leria sua Mensagem Pascal junto à tradicional bênção Urbi et Orbi (à cidade e ao mundo). Abaixo ACI Digital traz a íntegra da Mensagem do Santo Padre:

Também:

Vaticano »

[Íntegra] Homilia do Papa na Vigília Pascal: Não se pode viver a Páscoa sem entrar no mistério


Refletindo sobre a atitude das discípulas do Senhor, que por serem as primeiras a buscá-lo no túmulo se tornam as primeiras testemunhas da Ressurreição, o Papa na sua homilia da Vigília Pascal convidou os cristãos a entrarem sem medo no mistério do amor de Deus que se faz concreto na vitória de Jesus sobre a morte e o pecado na manhã da Ressurreição. Abaixo apresentamos na Íntegra a homilia do Santo Padre:

SANTOS DO DIA 6 DE ABRIL


CLIQUE NO NOME ABAIXO


BOM DIA! BOA TARDE! BOA NOITE! Oração da noite, Oração da manhã e Oração do entardecer - Deus te abençoe!







Oração da manhã

Bom-dia, Senhor Deus e Pai!
A ti, a nossa gratidão pela vida que desperta, pelo calor que
cria vida, pela luz que abre nossos olhos.
Nós te agradecemos por tudo que forma nossa vida, pela terra, pela água, pelo ar, pelas pessoas. Inspira-nos com teu Espírito Santo os pensamentos que vamos alimentar,as palavras que vamos dizer, os gestos que vamos dirigir,a comunicação que vamos realizar.
Abençoa as pessoas que nós encontramos, os alimentos que vamos ingerir.
Abençoa os passos que nós dermos, o trabalho que devemos fazer.
Abençoa, Senhor, as decisões que vamos tomar, a esperança que vamos promover,a paz que vamos semear,a fé que vamos viver, o amor que vamos partilhar.
Ajuda-nos, Senhor, a não fugir diante das dificuldades, mas a abraçar amor as pequenas cruzes deste dia.
Queremos estar contigo, Senhor, no início, durante e no fim deste dia.
Amém.

Oração do entardecer

Ó Deus!
Cai à tarde, a noite se aproxima.
Há neste instante, um chamado à elevação, à paz, à reflexão.
O dia passa e carregam os meus cuidados.
Quem fez, fez.
Também a minha existência material é um dia que se passa,
uma plantação que se faz, um caminho para algo superior.
Como fizeste a manhã, à tarde e a noite, com seus encantos,
fizeste também a mim, com os meus significados, meus resultados.
Aproxima de mim, Pai, a Tua paz para que usufrua desta
hora e tome seguras decisões para amanhã.
Que se ponha o sol no horizonte, mas que nasça
em mim o sol da renovação e da paz para sempre.
Obrigado, Deus, muito obrigado!
Amém!

Oração da Noite

Boa noite Pai.
Termina o dia e a ti entrego meu cansaço.
Obrigado por tudo e… perdão!!
Obrigado pela esperança que hoje animou meus passos, pela alegria que vi no rosto das crianças;
Obrigado pelo exemplo que recebi daquele meu irmão;
Obrigado também por isso que me fez sofrer…
Obrigado porque naquele momento de desânimo lembrei que tu és meu Pai; Obrigado pela luz, pela noite, pela brisa, pela comida, pelo meu desejo de superação…
Obrigado, Pai, porque me deste uma Mãe!
Perdão, também, Senhor!
Perdão por meu rosto carrancudo; Perdão porque não me lembrei que não sou filho único, mas irmão de muitos; Perdão, Pai, pela falta de colaboração e serviço e porque não evitei aquela lágrima, aquele desgosto; Perdão por ter guardado para mim tua mensagem de amor;
Perdão por não ter sabido hoje entregar-me e dizer: “sim”, como Maria.
Perdão por aqueles que deviam pedir-te perdão e não se decidem.
Perdoa-me, Pai, e abençoa os meus propósitos para o dia de amanhã, que ao despertar, me invada novo entusiasmo; que o dia de amanhã seja um ininterrupto “sim” vivido conscientemente.
Amém!!!

Dia da semana: Segunda-feira - Dedicado ao: Espírito Santo - Almas do Purgatório






Acesse:

1 - Terço do Espírito Santo - http://youtu.be/BJqMkwQsOeQ

2 - Terço das Almas - https://youtu.be/coILFXEwLZg

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 06/04/2015

ANO B


Mt 28,8-15

Comentário do Evangelho

Com alegria reconhecer a presença do Senhor

Nosso relato do evangelho de Mateus é a sequência do relato em que o Anjo do Senhor anuncia à Maria Madalena e à outra Maria que Jesus havia ressuscitado dos mortos. Alegria e temor reverencial são sinais e, ao mesmo tempo, critério para o reconhecimento do Ressuscitado, dons que impulsionam a transmitir, sem demora, a mensagem cristã por excelência: Jesus ressuscitou. O Cristo não só convida à alegria, mas a oferece como dom de sua presença. Esse dom da alegria é, ao mesmo tempo, um dos critérios pelos quais se pode reconhecer a presença do Senhor que venceu o mal e a morte e vive no meio do seu povo. O medo é paralisante. Por isso, o convite a vencer o medo. Portadoras desse anúncio jubiloso, as duas mulheres são enviadas pelo Senhor a fazer os discípulos partirem para a Galileia, palco da grande atividade pública de Jesus. É como se eles fossem convidados a refazer a história para encontrar nela o próprio Ressuscitado. A alegria e o envio das mulheres contrastam com a atitude dos sumos sacerdotes e anciãos, que pagaram pela mentira dos soldados.
Pe. Carlos Alberto Contieri
Oração
Pai, faze-me compreender que a ressurreição de Jesus é obra do teu amor por ele e por toda a humanidade.

Vivendo a Palavra

Através das mulheres, Jesus manda seu recado pra os apóstolos: “Voltem para a Galileia, lá vocês me encontrarão.” Galileia, para os apóstolos era o lugar de suas vidas comuns. Para nós, Galileia é o lugar de trabalho, de nossa convivência com os companheiros. É aí que encontramos o Irmão Maior, Cristo Jesus e, com Ele, o Pai Misericordioso.

Reflexão

A ressurreição de Jesus, assim como a sua vida e a sua morte, tornou-se causa de divisão. Os que não crêem fazem tudo e usam de todos os meios para negarem o fato. Apesar de saberem a verdade e as conseqüências que acarretariam suas mentiras, os sumos sacerdotes e os anciãos, que ouviram das únicas testemunhas do fato da ressurreição a narrativa do fato, pagam para que tudo fique oculto e a ressurreição seja negada. Mas para quem nele crê, a ressurreição é motivo de grande alegria, é motivação para que a notícia seja espalhada rapidamente, mas principalmente é ocasião para o encontro pessoal com o ressuscitado.

Meditando o Evangelho

UMA FALSA EXPLICAÇÃO

Os judeus adeptos da sinagoga divulgaram falsas explicações a respeito da ressurreição de Jesus no contexto da controvérsia com os cristãos. Foram tentativas de esvaziar o elemento central da fé cristã, reduzindo ao descrédito tudo quanto se dizia a respeito do Senhor. Com isto, buscava-se dar um xeque-mate no que se configurava como uma nova seita no interior do judaísmo.
Uma falsa explicação consistiu em dizer que os discípulos haviam roubado o corpo de Jesus, num momento de descuido dos soldados romanos que vigiavam o sepulcro. O túmulo vazio, portanto, resultava de uma fraude grosseira.
Os cristãos rebateram tal acusação. Os soldados prestaram-se para mentir, grosseiramente, por terem sido subornados. O dinheiro fê-los ocultar a verdade e propagar uma reconhecida mentira!
Ao rebater a falsa acusação, os cristãos tornavam seus acusadores testemunhas do evento maravilhoso acontecido com Jesus. Eles sabiam que o corpo do Mestre não se encontrava mais no sepulcro, embora desconhecessem como isto acontecera. Também desconheciam as reais dimensões do que se passara. Tinham apenas consciência de não terem tirado o corpo de Jesus do sepulcro. Faltava-lhes ainda saber que tinha sido o Pai quem o ressuscitara.
Oração
Pai, faze-me compreender que a ressurreição de Jesus é obra do teu amor por ele e por toda a humanidade.

REFLEXÕES DE HOJE


DIA 06 DE ABRIL-SEGUNDA

===============
PARA REZAR CLICA AQUI
========================

HOMÍLIA DIÁRIA

Pai,
faze-me compreender que a ressurreição de Jesus
é obra do teu amor por ele e por toda a humanidade.



HOMILIA - Mt 28,8-15
A RESSURREIÇÃO DE JESUS
O anúncio pascal, hoje ressoa vibrante não se trata de um roubo como os chefes dos sacerdotes queriam forjar à todo o custo: O SENHOR RESSUSCITOU, VENCEU A MORTE E VIVE PARA SEMPRE! Nasce imortal, a humanidade nova! Dá-se a nova criação e o novo êxodo! Celebramos a energia amorosa de Deus que, pelo Espírito, faz novas todas as coisas. Com as santas mulheres, vamos ao túmulo vazio e nos tornemos testemunhas da ressurreição. Celebramos a Páscoa de Jesus Cristo que se realiza em todas as pessoas e grupos que promovem a dignidade humana, a vida nova e a paz. Alegres, cantemos.
Esta é a notícia mais importante para a humanidade de todos os tempos que você e eu somos enviados a anunciar: Cristo ressuscitou. Ressuscitando, Cristo venceu o mal e a morte; derrotou o pecado e as suas conseqüências. Ressuscitando, Cristo garantiu vida plena, vida em abundância, vida eterna para nós.
O mal e a morte estão presentes no nosso mundo, mas não têm mais a última palavra; Cristo ressuscitado venceu-os para sempre. Com Cristo, nós também venceremos o mal que nos cerca; com Cristo passaremos da morte para a vida.
Mais uma vez, o anúncio da ressurreição do Senhor vem tornar mais firme a nossa esperança diante dos desafios e dificuldades que encontramos no nosso dia-a-dia, pois Cristo ressuscitou, Cristo está vivo no meio de nós! Ele caminha conosco e orienta a nossa história pessoal, familiar e comunitária.
Desejo que Jesus ressuscitado se faça presente na sua vida e na de todos os homens com a sua força de vida nova e de paz. Que você se deixe alcançar pelo Ressuscitado que sempre infunde coragem e paz. Desejo que você, como os discípulos de Emaús, se deixe envolver pessoalmente pelo Ressuscitado e, assim, se torne melhor discípulo e missionário d’Ele. Pois, a sua ordem como Ressuscitado é: Não tenhais medo! Ide dizer aos meus irmãos que partam para a Galiléia e lá Me verão! A Galiléia de hoje é a sua casa, são os seus familiares, vizinhos, colegas e amigos a quem você deve anunciar sem medo de nada e de ninguém que Ele ressuscitou verdadeiramente, como havia dito.
A certeza de que o Filho de Deus se fez um de nós em Jesus e completou em sua vida, morte e ressurreição o projeto de Salvação que brotou do amor apaixonado da Trindade Santíssima em favor da humanidade decaída, nos deve encher de uma alegria transbordante e tornar-nos apaixonados seguidores e anunciadores de seu Evangelho. Com São Paulo devemos todos dizer: “Com os fracos eu me fiz fraco para ganhar os fracos. Com todos, eu me fiz tudo, para certamente salvar alguns. Por causa do evangelho eu faço tudo, para ter parte nele” (1Cor 9,22-23). Que a celebração da Ressurreição do Senhor, nos leve ao compromisso de construirmos juntos um reino que se mostre discípula e missionária de Jesus, dos excluídos da sociedade. A ti e a toda a tua família continuou desejando uma Feliz e Santa Páscoa!
Pai, faze-me compreender que a ressurreição de Jesus é obra do teu amor por ele e por toda a humanidade.

Fonte Padre BANTU SAYLA
http://www.liturgiadapalavra.com/
HOMILIA DIÁRIA
O amor do Ressuscitado aplaca todo medo da nossa alma
O amor do Ressuscitado aplaca todo medo da nossa alma. Quando somos envolvidos pela certeza plena de que Deus venceu a morte, o medo já não tem mais poder sobre nós!
“Não tenhais medo. Ide anunciar a meus irmãos que se dirijam para a Galileia. Lá eles me verão” (Mateus 28, 10).


Hoje, na segunda-feira da Oitava da Páscoa, é Páscoa em todo o mundo, é Páscoa para o nosso coração e nossa vida. Contemplamos o Cristo vivo, o Cristo Ressuscitado, que se manifesta às primeiras testemunhas: a Seus discípulos, a Madalena e àqueles que têm o primeiro encontro com Ele, primeiro com o túmulo vazio, depois com Ele vivo, em carne, osso, Espírito e em toda a Sua divindade.
É a Ele a quem nós adoramos, proclamamos e exaltamos porque Cristo está vivo e Ressuscitado para a glória de Deus. A primeira ordem do Cristo Ressuscitado: “Não tenhais medo!”.
Sabem, meus irmãos, quando a morte é vencida e destruída, porque ela é a coisa mais misteriosa, dolorosa e enigmática para aqueles que não conhecem a graça e o poder de Deus, o homem talvez possa adiá-la e tentar viver um pouco mais, mas a verdade é que da morte ninguém escapará. A morte que, para alguns, pode representar um fim e uma tristeza incansável; para nós, é vitória, é participação e porta de entrada para a glória do Senhor. E o Cristo, que hoje aparece e se manifesta a nós, é o Cristo que venceu o último inimigo, este último inimigo se chama morte.
Uma vez que a morte foi vencida não existe mais nada neste mundo que a graça de Deus não possa vencer! É por isso que Ele nos diz: “Não tenhais medo!”. O medo, quando entra em nós, obscurece o nosso coração, a nossa vontade, nos faz tremer por dentro e nos faz desconfiar de tudo. O medo nos apavora, tira a nossa alegria de viver, suscita tristeza e desconfiança. Ao passo que, quando somos envolvidos pela certeza plena de que Deus venceu a morte, o medo já não tem mais poder sobre nós! Por isso é como se o Senhor nos dissesse: “Sem nenhum medo, ide agora anunciar [o Evangelho] aos meus irmãos!”.
Uma vez que o medo foi vencido e a incredulidade já foi deixada de lado, é preciso ir proclamar, anunciar e dizer a todos que a razão da nossa vida está viva, que a nossa vida tem sentido, tem sabor, tem esperança! Que a nossa vida tem jeito; e o jeito quem dá à nossa vida é Deus! É Ele quem traz, na ressurreição gloriosa do Seu Filho Jesus, o sentido e a razão de que a nossa vida precisa.
Quero, olhando para o Cristo vivo, glorioso e Ressuscitado, desejar que todo medo, que, às vezes, apavora a nossa vida, nossa casa, nossa família e os nossos; o medo que gera inseguranças, incerteza e nos apavora com as doenças, as enfermidades e a morte, desapareça.
Quando o medo é vencido Deus é pleno em nós; quando o medo vai nos vencendo a graça de Deus vai se esvaziando em nós.
Que a graça de Cristo cresça, que o medo diminua até morrer de vez, porque uma vez que estamos em Deus nada mais vai nos apavorar. Por isso esperamos o nosso encontro definitivo com Ele, quando não haverá mais morte, não haverá mais dor, não haverá mais tristeza porque Ele mesmo vai enxugar todas as nossas lágrimas.
Enquanto caminhamos como peregrinos rumo à pátria definitiva e celeste, deixemo-nos ser envolvidos pelo amor do Ressuscitado, que cura e aplaca todo medo da nossa alma!
Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
LEITURA ORANTE

Mt 28,8-15 - Busco e encontro o Cristo Ressuscitado



Preparo-me para a Leitura Orante, rezando:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Creio, Senhor Jesus, que sou parte de seu Corpo.
Trindade Santíssima
- Pai, Filho, Espírito Santo -
presente e agindo na Igreja e na profundidade do meu ser.
Eu vos adoro, amo e agradeço.

1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto do Evangelho do Dia: Mt 28,8-15.
Elas foram embora depressa do túmulo, pois estavam com medo, mas muito alegres. E correram para contar tudo aos discípulos. De repente, Jesus se encontrou com elas e disse:
- Que a paz esteja com vocês!
Elas chegaram perto dele, abraçaram os seus pés e o adoraram.
Então Jesus disse:
- Não tenham medo! Vão dizer aos meus irmãos para irem à Galileia, e eles me verão ali.
Enquanto as mulheres ainda estavam no caminho, alguns dos soldados que estavam vigiando o túmulo voltaram para a cidade e contaram aos chefes dos sacerdotes tudo o que havia acontecido. Os chefes se reuniram com os líderes judeus e fizeram os seus planos. Então deram uma grande quantia de dinheiro aos soldados e ordenaram o seguinte:
- Digam que os discípulos dele vieram de noite, quando vocês estavam dormindo, e roubaram o corpo. Se o Governador souber disso, nós vamos convencê-lo de que foi isso mesmo o que aconteceu, e vocês não terão nenhum problema.
Os soldados pegaram o dinheiro e fizeram o que os chefes dos sacerdotes tinham mandado. E esse boato se espalhou entre os judeus até o dia de hoje.
Jesus ressuscitado aparece primeiro, às mulheres. Por quê? Por que não apareceu primeiro aos discípulos? Não é fácil entender. Mas, pouco antes, quem estava junto à cruz de Jesus eram as mulheres. Provaram ter um grande e verdadeiro amor. Amor que não terminou com a morte. Isto se deduz pelo fato de serem elas as que por primeiro vão ao túmulo para ungir o corpo do Senhor. Há um provérbio popular que diz: “Quem procura, acha!” Poderíamos completar: quem procura o bem, o encontra. Quem procura Deus, o encontra! Aconteceu com as mulheres que ficaram “muito alegres” por ver o Senhor vivo. Tornaram-se assim as primeiras anunciadoras da Ressurreição!

2. Meditação(Caminho)
- O que a Palavra diz para mim?
Pergunto-me: para onde caminho?
Busco o quê?
O bem?
O amor?
A Verdade?
A justiça?
Veja o que os bispos nos sugeriram em Aparecida:
“No rosto de Jesus Cristo, morto e ressuscitado, maltratado por nossos pecados e glorificado pelo Pai, nesse rosto doente e glorioso, com o olhar da fé podemos ver o rosto humilhado de tantos homens e mulheres de nossos povos e, ao mesmo tempo, sua vocação à liberdade dos filhos de Deus, à plena realização de sua dignidade pessoal e à fraternidade entre todos. A Igreja está a serviço de todos os seres humanos, filhos e filhas de Deus.” (DAp 32).

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Rezo com Maria, a Mãe de Jesus, as alegrias da Ressurreição de seu Filho Jesus.
- Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia!
- Porque quem merecestes trazer em vosso puríssimo seio, aleluia!
- Ressuscitou como disse, aleluia!
- Rogai a Deus por nós, aleluia!
- Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria, aleluia!
- Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia!
Ave, Maria...
- Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.
- Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Oremos
Ó Deus, que alegrastes o mundo com a ressurreição de vosso Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, concedei-nos, vos suplicamos, que por sua Mãe, a Virgem Maria, alcancemos as alegrias da vida eterna. Pelo mesmo Cristo, nosso Senhor. Amém.

4. Contemplação(Vida/ Missão)
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou cultivar um olhar que BUSCA Deus em tudo e em todos! Ver o rosto de Cristo ressuscitado no rosto das pessoas que encontrar.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Am
ém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.

- Abençoe-nos Deus misericord
ioso,

 Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Irmã Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br

LEITURA ORANTE

ORAÇÃO INICIAL
Nesta oitava da Páscoa, celebremos cada dia com grande júbilo, pois o Senhor ressuscitou e está vivo em nosso meio. A liturgia que nos apresenta a aparição do Ressuscitado às mulheres e aos seus discípulos, também nos coloca diante do Senhor ressuscitado, para que cada um de nós possa viver com profundidade o encontro com o Senhor em sua vida.
Pedimos a graça de bem compreendermos a Palavra que vamos meditar e rezar. Silenciando o coração, repita algumas vezes a oração: Jesus Mestre, iluminai minha mente, movei meu coração, para que esta meditação produza em mim frutos de vida. Amém.

1- LEITURA (VERDADE)
O que diz o texto bíblico?
Leia-o atentamente e procure compreendê-lo.
Qual é a experiência vivida pelas mulheres diante do túmulo vazio?
Por que a preocupação dos sumos sacerdotes em esconder a ressurreição de Jesus?
Qual é a mensagem que o próprio Cristo dirige às mulheres?
No texto anterior ao relato que estamos rezando, lemos que José de Arimatéia colocou Jesus num túmulo novo, rolou uma grande pedra e retirou-se. Pilatos havia designado uma guarda para assegurar o sepulcro, pois os fariseus haviam recordado as palavras de Jesus enquanto ele estava vivo: "Depois de três dias eu vou ressuscitar!". No primeiro dia da semana, as mulheres foram ver o sepulcro. Apareceu então um anjo que lhes disse: "Sei que procurais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui! Ressuscitou como havia dito!" O evangelista destaca que também os guardas que vigiavam o túmulo viram o anjo e ficaram com muito medo. São eles que levam a notícia aos sumos sacerdotes e são subornados para dizerem que o corpo de Jesus foi roubado pelos discípulos. Já as mulheres, saem do túmulo correndo, com sentimentos de temor e alegria para darem a notícia aos discípulos.
Depois dos diversos textos sobre as mulheres que vão ao túmulo e a constatação de que o Senhor não estava mais ali, agora, nesta oitava pascal, nos encontraremos com relatos sobre a aparição do Senhor ressuscitado. É o próprio Cristo que vai ao encontro das mulheres com o convite: Alegrai-vos! Imaginamos tamanha alegria que vivem aquelas mulheres. Elas caem aos pés de Jesus em adoração. Não há mais o que temer, o seu Senhor está vivo conforme ele mesmo havia prometido. E em breve, na Galiléia, também o Senhor se dará a conhecer aos seus discípulos, confirmando a sua vitória sobre a morte.

2- MEDITAÇÃO (CAMINHO)
O que o texto diz para mim, hoje?
Qual foi a palavra que encontrou sintonia com a realidade que vivo?
Como ressoa em mim as palavras de Jesus:
"Alegrai-vos! Não tenhais medo"?
Por que Jesus diz: "Alegrai-vos"?
O que significa viver a alegria?
Reconheço a presença de Jesus em minha vida?

3- ORAÇÃO (VIDA)
Celebremos as alegrias da ressurreição de Jesus Cristo, com Maria, sua mãe.
- Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia!
- Porque quem merecestes trazer em vosso puríssimo seio, aleluia!
- Ressuscitou como disse, aleluia!
- Rogai a Deus por nós, aleluia!
- Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria, aleluia!
- Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia!
Ave, Maria...
- Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.
- Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Oremos: Ó Deus, que alegrastes o mundo com a ressurreição de vosso Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, concedei-nos, vo-lo suplicamos, que por sua Mãe, a Virgem Maria, alcancemos as alegrias da vida eterna. Pelo mesmo Cristo, nosso Senhor. Amém.

4- CONTEMPLAÇÃO (VIDA E MISSÃO)
O que me disponho a viver neste tempo pascal?
Que apelos a Palavra de Deus despertou em mim e que desejo colocar em prática na minha vida?

BÊNÇÃO
- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Angela Klidzio, fsp

Oração Final
Pai Santo, faze-nos sensíveis para perceber Tua Presença carinhosa em nós, nos irmãos que caminham conosco, na natureza que nos envolve de encanto e nos sinais dos tempos que vivemos. E nos dá força para anunciá-la a todos, cheios de gratidão. Pelo Cristo Jesus, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.