segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Bom dia! Que Deus nos abençoe com muita PAZ e SAÚDE. Amém!

FELIZ TERÇA-FEIRA! Fica na Paz!!! - Senhor, Põem Teus Anjos Aqui - DEUS TE ABENÇOE.





GIFS NATALINA - PAPAI-NOEL




BOA NOITE! "Em paz me deito e logo pego no sono, porque só Tu, Senhor, me fazes repousar seguro." Salmo 4,7

Feliz Natal! "O Natal é um tempo de benevolência, perdão, generosidade e alegria. A única época que conheço no calendário do ano, em que homens e mulheres parecem de comum acordo, abrir livremente seus corações." Charles Dickens

O presépio é um enfeite que simboliza o momento do nascimento de Jesus.

Um Feliz Natal! Que o Natal seja um símbolo de amor e paz no coração de todo mundo!

FELIZ NATAL! "Ainda que se percam outras coisas ao longo dos anos, mantenhamos o Natal como algo brilhante... Regressemos a nossa fé infantil..." Grace Noll Crowell


GIFS NATALINA - PRESÉPIO





FELIZ NATAL! - "O Senhor é o espírito do Natal! Então neste Natal, deixe Jesus nascer em seu coração!"

GIFS NATALINAS

Foto



GIFS NATALINAS




GIFS NATALINAS


        





GIFS NATALINAS




GIF´S NATALINAS




GIFS NATALINAS





 

DESEJO A TODOS.... UM FELIZ NATAL... E MUITO MAIS.

O NATAL ESTÁ CHEGANDO. VAMOS DISTRIBUIR ESSES PRESENTES ENTRE NOSSOS AMIGOS? PAZ, SAÚDE, PROSPERIDADE, AMOR, HARMONIA, DINHEIRO, PROTEÇÃO DIVINA E FELICIDADE. VAMOS DEIXAR NO MURAL DELES? VAMOS DIZER: AQUI DEIXO O MEU CARINHO E O AGRADECIMENTO POR SUA AMIZADE!

FELIZ NATAL - Então é Natal....



"Desejo a voce e a sua familia um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias." Boas Festas!

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DOS DIAS 21/12/2015 a 23/12/2015

ANO C



21 de Dezembro de 2015

Lc 1,39-45

Comentário do Evangelho

A alegria do encontro entre o Precursor e o Messias

Ao saber da gravidez de Isabel pelo anjo Gabriel, Maria percorre uma longa distância até uma cidade de Judá para ajudar sua prima, de idade avançada, nos últimos dias de gravidez do seu primogênito. O relato da visita de Maria a sua prima Isabel é a conclusão dos relatos das duas anunciações. Assim como a gravidez de Isabel é objeto de revelação a Maria, do mesmo modo a de Maria é objeto de revelação a Isabel. A revelação de Isabel vem do fato de a criança pular em seu ventre. Trata-se da alegria da salvação; da alegria do encontro entre o Precursor e o Messias. A Isabel, pela graça do Espírito Santo, é dado conhecer não somente que Maria está grávida, mas que o menino é o Messias: “Como mereço que a mãe do meu Senhor venha me visitar?”. Pulando de alegria no ventre de Isabel, João começa a realizar sua missão de precursor. A cada uma das mães Lucas atribui um cântico. A Isabel: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito o fruto do teu ventre”. A Maria, o Magnificat, um hino de louvor a Deus, composto de um mosaico de referências bíblicas, como se ele tivesse presente toda a história passada de Israel.
Pe. Carlos Alberto Contieri, sj
ORAÇÃO
Pai, a exemplo de Isabel, anseio conhecer a verdadeira identidade de Maria que, na sua humildade, tornou-se o ser humano abençoado por excelência.
FONTE: PAULINAS

Reflexão

Vemos no evangelho de hoje o encontro de duas mulheres que estão grávidas sem que isso fosse possível. De um lado, Isabel, idosa e estéril, e de outro Maria, virgem. A idosa representando o Antigo Testamento, pois será a mãe do último profeta da Antiga Aliança. A virgem representando o Novo Testamento, pois será a mãe daquele que no seu sangue selará a Nova e Eterna Aliança entre Deus e os homens. Vemos a complementariedade entre as duas Alianças e vemos também em Maria a essência da missão evangelizadora: levar Jesus a todas as pessoas para que possam reconhecê-lo e acolhê-lo.
FONTE: CNBB

Comentário do Evangelho

BENDITA ENTRE AS MULHERES

A visita de Maria a Isabel revelou traços importantes da personalidade da mãe do Messias Jesus. Ao levantar-se e ir às pressas até a Judéia, para servir a uma parenta necessitada de sua ajuda, Maria demonstrou sua disponibilidade para servir, sem interpor nenhum obstáculo: viagem longa, caminho perigoso, sua gravidez. Muito menos, julgou que a condição de mãe do Messias a colocava numa situação de superioridade. Com toda simplicidade, ela se pôs a caminho, para servir.
A saudação de Isabel sublinhou o quanto Maria era querida por Deus. Era uma mulher abençoada e trazia, no ventre, um ser igualmente abençoado. Por conseguinte, portadora e penhor de bênçãos. Donde a alegria de João Batista, ainda no ventre materno, quando do encontro com a mãe de Jesus. Esta era bem-aventurada, sobretudo por ser mulher de fé, capaz de acreditar no cumprimento de tudo o que lhe fora dito da parte do Senhor.
As palavras de Isabel foram inspiradas. Explicitaram, perfeitamente bem, o que se passava com Maria. Talvez, a própria mãe de Jesus não compreendesse as reais dimensões de sua relação com Deus. Sua simplicidade a impedia de se ter em grande conta. Sua condição de mãe do Senhor não mudou a idéia que fazia de si mesma. A servidora de Deus estava ali para servir à parenta necessitada. Uma coisa implicava a outra.
Oração
Senhor Jesus, ajuda-me a compreender a bem-aventurança aplicada a Maria, que se fez servidora de Deus e dos irmãos.
FONTE: dom total


22 de Dezembro de 2015