terça-feira, 28 de maio de 2013

TERÇOS - VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
   

TERÇO DA FÉ
   

TERÇO DAS LÁGRIMAS DE SANGUE MEDITADO
   

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
   

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

Dia da semana: Quarta-feira - Dedicado a - São José


TERÇO DE SÃO JOSÉ



São José, carpinteiro



Consagração a São José

Oh! Glorioso Patriarca São José, eis-me aqui, prostrado de joelhos ante vossa presença, para pedir-vos vossa proteção.
Desde já vos elejo como meu pai, protetor e guia.
Sob vosso amparo ponho meu corpo e minha alma, propriedade, vida e saúde.
Aceitai-me como filho vosso.
Preservai-me de todos os perigos, ataques e laços do inimigo.
Assisti-me em todo momento e sobre tudo na hora de minha morte. Amém.
São José, rogai por nós!!!

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora

Terço - Mistérios Gloriosos - Quarta-Feira e Domingo


Terço do Rosário: Mistérios Gloriosos




Santa Maria Madalena de Pazzi - 29 de Maio

Santa Maria Madalena de Pazzi
NascimentoNo ano de 1566
Local nascimentoFlorença (Itália)
OrdemCarmelita
Local vidaItália
EspiritualidadeSeu nome de batismo era Catarina de Pazzi. Ao se tornar carmelita, passou a se chamar Maria Madalena. Nasceu em uma época de rico florescimento de santos. Madalena escreveu muitas cartas ao Papa, aos cardeais, aos bispos, aos príncipes apontando sempre as causas dos males que afligiam a Igreja na deficiência de seus pastores e dos cristãos. Essa sua paixão em apontar os erros para vencê-los estava aliada, sem dúvida, a sua grande paixão por Cristo: adquiriu estigmas, teve fenômenos místicos como visões, êxtases, raptos, durante os quais travava questões teológicas. O livro intitulado "Contemplações" é redigido de uma forma excepcional e´considerado como um importante tratado da teologia mística, enquanto nos revela o itinerário espiritual da santa que, aos 18 anos de idade, havia entrado para o Carmelo. Desde pequenina mostrava-se mais inclinada à devoção do que às brincadeiras infantis. Fez a primeira Comunhão aos dez anos de idade. Sua vida foi toda coroada por visões místicas até a escuridão abissal da aridez espiritual: durante cinco anos ela foi provada na fé, na esperança e na caridade. Finalmente, em 1690, dia de Pentecostes recebeu novamente a luz do êxtase que a preparava para a prova sucessiva da dor física. Com úlceras dolorosíssimas ainda encontrava forças para repetir: Padecer e não morrer. Foi canonizada em 1669.
Local morteConvento de Santa Maria dos Anjos, em Florença
Morte25 de maio de 1607, aos 41 anos de idade
Fonte informaçãoUm santo para cada dia e Webcatolica
OraçãoÓ Deus, que destes grandes graças na vida mística de Santa Maria Madalena de Pazzi, fazei que eu também seja um dócil instrumento em suas mãos para a maior Glória de Vosso Nome. Santa Maria Madalena de Pazzi, rogai por nós.
DevoçãoÀ paixão por Nosso Senhor Cristo
PadroeiroDos místicos
Outros Santos do diaSão Marcelino Champagnati (religioso e fund); Restituo e Sisísnio. Martírio e Alexandre, Conão, Teodósia, Gêncio, André, Amon e Sofia (mártires); Máximo, Maximino (bispos); Eleutério (conf) Voto e Felix (ers); Santa Úrsula Ledochowska (rel. fundadora)
FONTE: ASJ

São Fernando - 29 de Maio


Hoje lembramos um herói da história da Espanha que marcou também a Igreja com sua santidade de vida. São Fernando era filho do rei de Leão, e nasceu em 1198.
Quando pequeno ficou muito doente, mas uma experiência com Nossa Senhora o curou e preparou para assumir com fé o trono, que aconteceu quando tinha apenas 18 anos, com o passar do tempo Fernando casou, teve treze filhos com Beatriz, que juntos educaram todos no santo temor de Deus. São Fernando sempre foi reconhecido como cristão de fé, esperança e caridade comprova e elevada.

Santa Úrsula Ledochowska - 29 de Maio

Santa Úrsula Ledochowska
1865-1939

Fundou a congregação
das Irmãs Ursulinas do
Sagrado Coração Agonizante
Júlia Ledochowska pertencia a uma família especialmente abençoada. A sua irmã mais velha, Maria Teresa, era religiosa, fundou uma congregação e foi inscrita no livro dos santos. O irmão, o padre Vladimiro foi o vigésimo sexto preposto-geral dos jesuítas . Ela nasceu em 17 de abril de 1865 e os pais eram nobres poloneses que residiam na Áustria.

São Maximino - 29 de Maio






Nasceu na França no século IV e muito cedo sentiu o chamado a vida sacerdotal.
Sucedeu Agrício e teve que combater o Arianismo, que confundia muitos cristãos.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 29/05/2013

29 de Maio de 2013

Ano C


Mc 10,32-45

Comentário do Evangelho


O medo é falta de

Jesus caminha subindo pra Jerusalém, para a sua morte, sua entrega definitiva; caminha decididamente. Os discípulos, por sua vez, iam com medo (v. 32). O medo é falta de fé.
Trata-se do terceiro anuncio da paixão, morte e ressurreição. Cada um dos anúncios provoca uma reação dos discípulos, fruto de sua incompreensão. Aqui são os filhos de Zebedeu, Tiago e João. Querem garantir seu lugar, não qualquer lugar, mas posto de privilégio “na glória”.
Pelos lugares postulados, à direita e à esquerda, querem ainda participar do julgamento de todo o mundo. Ora, o caminho do discípulo é o caminho do Mestre – pois o “discípulo não é maior que o Mestre, basta ser como o Mestre” (Mt 10,24-25). É preciso participação efetiva e afetiva na paixão-morte de Jesus: “Podeis beber o cálice que eu vou beber? Ou ser batizado com o batismo com o qual eu serei batizado?” (v. 38). Essa é a decisão que importa: “Podemos” (v. 39).
É Deus quem dá a recompensa. Aos discípulos compete a tarefa de construírem uma comunidade de serviço gratuito e generoso, à imitação de Jesus, que “não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida em resgate de muitos” (v. 45).
Carlos Alberto Contieri, sj

Vivendo a Palavra

‘Eles estavam a caminho, seguindo para Jerusalém’. Eles estavam sempre em movimento, dizem os evangelistas. Jesus e seus amigos. Talvez um apelo para que nós, seus discípulos evangelizadores, nos ponhamos a caminho, em busca do irmão que sofre, do irmão carente, do irmão discriminado.
Reflexão

Todas as pessoas querem, e muito, participar da glória de Deus, mas poucas pessoas querem assumir um compromisso maior com o reino de Deus. O evangelho de hoje nos mostra um pouco isso quando Jesus anuncia o mistério da cruz, mas os discípulos estão mais interessados na sua participação na sua glória. Assim, nos dias de hoje nós vemos muitas pessoas exaltando o amor de Deus, cantando os seus louvores, mas sem o menor compromisso com o serviço ao Reino de Deus, principalmente no que se refere à questão dos pobres, dos sofredores, dos marginalizados e dos excluídos.Todos querem ser os maiores, mas poucos estão dispostos a servir.
 COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. "Ciúmes e concorrência pelo poder afetam os Discípulos de ontem e de hoje"
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Recorramos ao Discípulo anônimo, que se dispõe a dialogar conosco, sobre essa narrativa de São Marcos

______ Olha Discípulo, não nos leve a mal, mas nós aqui, cristãos do ano de 2012 lemos essa narrativa e ficamos indignados, pois isso não é a conduta de um discípulo, concorda?
Discípulo _____ Bom, nesse negócio de ter ciúmes, brigar por cargos e disputar para ver quem é mais poderoso ou importante na comunidade, não dá para vocês falarem muito do nós...

_____ Desculpe Discípulo, se a gente pegou pesado, mas é que vocês formam a comunidade dos santos, onde se viu aqueles dois, o Tiago e João querer determinar a Jesus como queriam ser atendidos!
Discípulo____ E vocês aí, que brigam entre pastorais e movimentos, disputam cargos de coordenação, concorrem para ver quem fica mais perto do padre ou do Diácono, para influenciá-los a seu favor, a gente fica olhando aqui do "Céu" e também ficamos indignados!

____Mas discípulo, tudo bem, ninguém é perfeito, aqui em nosso tempo somos influenciados pela sociedade, que é regida pelo egoísmo, pela concorrência e disputa, pela correria atrás de grandezas, e até a politicagem dos medíocres infesta as comunidades...
Discípulo____ Pois é, com o nosso grupo e nas primeiras comunidades, isso também aconteceu, e aí entre vocês também acontece. Tem leigos antigos que brigam até pelo seu lugar no banco da igreja. Quer mais? Até no Clero estão brigando por causa do poder!

____Oh Discípulo, vai com calma, você está falando da nossa querida Igreja, nossos amados pastores, padres, sacerdotes, diáconos, Bispos e Leigos. Se você está nervoso a gente para por aqui com a reflexão...
Discípulo (sorrindo) ____Claro que não meu amado, não estou nervoso... Só quero que você entenda que somos uma Igreja Santa, mas também pecadora, nós aqui já estamos na Igreja Celestial, não precisamos mais de prestígio, badalação, status, cargos e poderes, sucesso e marketing pessoal, mas vocês enfrentam isso dentro da igreja e não adiante querer tapar o sol com a peneira...

____Escuta Discípulo, será que Deus não poderia fazer alguma coisa nesse sentido? Manifestar a sua glória e seu poder mostrando de uma vez por todas, que o Dono da Igreja é Jesus Cristo, daí todo mundo punha o rabo entre as pernas e cada um ficava no seu canto, sem querer, nos trabalhos pastorais, ser o "Rei da Cocada Preta".
Discípulo____ Ah meu amado, e todos os domingos, vocês aí fazem o que? Vão à comunidade jogar Bingo?

______Claro que não, a gente vai à missa aos domingos celebrar a Eucaristia, Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus, a gente está afiado nesses conceitos doutrinários...
Discípulo_____ Pois é, de Cristianismo vocês sabem até demais. Celebram a Eucaristia, mas não a vivem entre vocês. Olha, para ficar mais fácil vou resumir o que o Mestre nos ensinou naquele dia meio conturbado para o grupo...

_____É isso que a gente quer, querido Discípulo, a reflexão está se alongando e você não falou o que nos interessa de verdade... Vamos lá, diz aí querido irmão.
Discípulo____ Jesus quer que olhem para Ele e façam uma doação total de suas vidas, nos trabalhos pastorais e ministérios, com disposição de beber, quando necessário, o cálice amargo, como Jesus bebeu. Segundo, Não se deixem influenciar pela busca de poder, que marca a História de vocês na política, na economia e nas relações de um modo geral. Terceiro, que em vossas orações não queiram manipular a Deus pedindo favores nesse sentido, como fizeram meus irmãos Tiago e João que não sabiam o que estavam pedindo. E por último meu caro, sejam Servos e Servas de Deus servindo a todos com os carismas que Deus lhes concedeu, essa é a prática essencial da vida em comunidade. Como você falou, o Dono da Igreja é Jesus Cristo, nosso Mestre e Senhor, e ele se fez escravo de todos, lavando nossos pés e morrendo na cruz por nós. Alguma dúvida?

_____Nenhuma, amado Discípulo, vamos começar agora mesmo a fazer alongamento, para podermos nos abaixar melhor e servir aos irmãos e irmãs, com alegria e humildade, sem querer ser importante naquilo que fazemos.
Discípulo ___E por que o alongamento?

_____Para flexibilizar o nosso coração que está duro e travado de orgulho, vaidade e egoísmo. Viver a Eucaristia é viver no amor que é serviço. Agora entendi, na comunidade a única disputa que deve haver, é QUEM SERVE MAIS E MELHOR,OS IRMÃOS E IRMÃS...

2. O medo é falta de fé
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
ORAÇÃO
Pai, a exemplo de Jesus, transforma-me em servidor de meus semelhantes, e não me deixes ter medo de colocar minha vida a serviço de quem precisa de mim.

3. O PEDIDO INCONSIDERADO
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

Quanto mais os discípulos se aproximavam de Jerusalém, onde Jesus haveria de morrer e ressuscitar, tanto mais nutriam esperanças equivocadas a seu respeito. Uma falsa expectativa consistia em identificar Jesus com o Messias davídico, que estava para realizar a esperança popular de restauração do reino de Israel. Não lhes parecia haver mal algum em garantir logo os primeiros lugares na corte do futuro rei. 

Jesus questionou esta mentalidade mundana descrevendo o Messias como servo e não como senhor, deslocando o eixo de sua ação da autoridade para o serviço. Os grandes do mundo fazem questão de impor-se sobre os demais e serem tratados como senhores. Eles se comportam como se fossem proprietários das pessoas, exigindo-lhes submissão. No contexto do Reino, as coisas se passam de forma muito diversa, revertendo os esquemas do mundo. Nele, a grandeza consiste em fazer-se servidor de todos e o ocupante do primeiro lugar será quem se predispuser a ser submisso a todos. Por conseguinte, quem é grande no Reino não coisifica seu semelhante. Ele vê no outro um irmão a quem é chamado a servir, com disponibilidade e generosidade.

A vida de Jesus, o Filho do Homem, ilustra seu ensinamento. Toda ela se definiu como serviço à humanidade, para resgatá-la do pecado. Ele não veio para ser servido.
Oração
Senhor Jesus, livra-me da ambição humana de grandezas e faz de mim um servidor de todos.

Busque tão somente o reconhecimento do Senhor

O discípulo de Deus é aquele que não busca reconhecimentos, aplausos nem a valorização dos homens; muito pelo contrário, ele busca o reconhecimento do Senhor, de fazer a vontade d’Ele na sua vida.
Jesus os chamou e lhes disse: “Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande, seja vosso servo; e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos” (Mc 10,43-44).
Na escola de Jesus, as pessoas buscam os primeiros lugares, buscam o favorecimento, o reconhecimento, a valorização, buscam aparecer mais do que as outras.
No Reino de Deus, muitas vezes, existem competições. Os discípulos estão pedindo a Jesus para se sentarem à Sua direita e outros à Sua esquerda. Pedindo ao Senhor um lugar mais privilegiado ao Seu lado, percebemos que todos nós gostamos de reconhecimento, de sermos favorecidos em detrimento de outros. A mensagem do Evangelho é a mensagem da humildade.
Muitas vezes, somos desprezados, deixados de lado por causa do nome do Senhor, e é por isso que temos de continuar firmes, porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir.
Todas as vezes que nos desprezarem, saibamos que estamos no lugar certo. O discípulo de Deus é aquele que não busca reconhecimentos, aplausos nem a valorização dos homens; muito pelo contrário, ele busca o reconhecimento do Senhor, de fazer a vontade d’Ele na sua vida, nem que para isso precise ser desprezado, não amado, não reconhecido.
Permaneça firme, meu filho, no serviço a Deus e no amor a Nosso Senhor Jesus Cristo.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo – Comunidade Canção Nova
LEITURA ORANTE

Mc 10,32-45 – Os apóstolos buscavam honrarias



Saudação
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Jesus,
Sois o Mestre e a Verdade:
iluminai-nos, para que melhor compreendamos
as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho:
fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.
Sois a Vida:
transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos
abundantes de santidade e missão.
(Bv. Alberione)

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Mc 10,35-45, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Depois Tiago e João, filhos de Zebedeu, chegaram perto de Jesus e disseram:
- Mestre, queremos lhe pedir um favor. 
- O que vocês querem que eu faça para vocês? - perguntou Jesus. 
Eles responderam: 
- Quando o senhor sentar-se no trono do seu Reino glorioso, deixe que um de nós se sente à sua direita, e o outro, à sua esquerda. 
Jesus respondeu: 
- Vocês não sabem o que estão pedindo. Por acaso vocês podem beber o cálice que eu vou beber e podem ser batizados como eu vou ser batizado? 
Eles disseram: 
- Podemos. 
Então Jesus disse: 
- De fato, vocês beberão o cálice que eu vou beber e receberão o batismo com que vou ser batizado. Mas eu não tenho o direito de escolher quem vai sentar à minha direita e à minha esquerda. Pois foi Deus quem preparou esses lugares e ele os dará a quem quiser. 
Quando os outros dez discípulos ouviram isso, começaram a ficar zangados com Tiago e João. Então Jesus chamou todos para perto de si e disse: 
- Como vocês sabem, os governadores dos povos pagãos têm autoridade sobre eles e mandam neles. Mas entre vocês não pode ser assim. Pelo contrário, quem quiser ser importante, que sirva os outros, e quem quiser ser o primeiro, que seja o escravo de todos. Porque até o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida para salvar muita gente.
Tiago e João pedem a Jesus um favor. Um favor pretensioso: queriam sentar-se à direita e à esquerda do Mestre no Reino glorioso.Os filhos de Zebedeu sonham com honrarias, poder, destaque. Querem estar acima dos demais apóstolos. E Jesus lhes diz mais uma vez que seu Reino não é este que eles sonham. É um Reino onde quem quer ser mais importante serve os demais e quem quer ser o primeiro deve se tornar escravo dos outros.  A comunidade do Mestre rege-se por critérios e atitudes opostas aos critérios do mundo.  A ambição e o desejo de ser o melhor e o maior são substituídos pelo espírito de serviço. Não no sentido de que o serviço é exercido para obter o primeiro lugar, mas no sentido de que no serviço reside a dignidade. A referência ao cálice e ao batismo pode ser interpretada como a Eucaristia e o batismo como participação no mistério pascal de Cristo. O Mestre convida Tiago e João a reverem seu pedido a partir de uma revisão da mentalidade. E a assumirem os critérios do Reino.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? 
Minha vida reflete as atitudes de Tiago e João? 
O meu Projeto de vida traz os critérios do Mestre Jesus Cristo?Os bispos da América Latina me animam: Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor, ao nos chamar e nos eleger, nos confiou” (DAp 18).
3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? 
Rezo com o bem-aventurado Alberione:
Jesus Mestre, disseste que a vida eterna consiste
em conhecer a ti e ao Pai.  Derrama sobre nós, a abundância
do Espírito Santo!
Que ele nos ilumine, guie e fortaleça no teu seguimento,
porque és o único caminho para o Pai.
Faze-nos crescer no teu amor,
para que sejamos, como o apóstolo Paulo
testemunhas vivas do teu Evangelho.
Com Maria,
Mãe Mestra e Rainha dos Apóstolos,
guardaremos tua Palavra,
meditando-a  no coração.

Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, tem piedade de nós.

4.Contemplação (Vida e Missão) 
Qual meu novo olhar a partir da Palavra? 
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos do Mestre.  Vou eliminar do meu modo de pensar e agir aquilo que não vem de Deus, que não é conforme os critérios de Jesus Mestre. 

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Irmã Patrícia Silva, fsp

Oração Final
Pai Santo, ajuda-nos a vencer a grande tentação de nos acomodarmos, satisfeitos com o já feito, em busca de sermos reconhecidos pelo trabalho que realizamos. Faze-nos seguidores vigorosos, entusiasmados e alegres do Cristo Jesus, teu Filho que se fez nosso Irmão e contigo reina na unidade do Espírito Santo.


 

LITURGIA DIÁRIA - 29/05/2013




Tema do Dia

«Deus dará esses lugares aos que Ele preparou.»

Lemos fragmentos do Eclesiástico. Trata-se de uma oração dirigida a Javé, onde se pede sua compaixão e se exalta o seu poder, a grandeza e os prodígios de Senhor dos Exércitos. Bem diferente do ‘Abá’/Papai querido, que Jesus de Nazaré nos revelou.
 Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 
a vida eterna. Amém.

Verde. 4ª-feira da 8ª Semana Tempo Comum


Primeira Leitura (Eclo 36,1-2a.5-6.13-19)
8ª Semana do Tempo Comum
Quarta-feira 29/05/13

Leitura do Livro do Livro do Eclesiástico.

1Tende piedade de nós, Senhor, Deus do mundo inteiro, e olhai! Mostrai-nos a luz do vosso amor. 2aInfundi o vosso temor em todos os povos que não vos procuram, para que saibam que não há outro Deus senão vós. 5Que eles vos reconheçam, como nós reconhecemos, que não há Deus além de vós, Senhor. 6Fazei novos milagres, renovai os prodígios. 13Reuni as tribos todas de Jacó, e dai-lhes a herança como no tempo antigo. 14Tende piedade do povo chamado pelo vosso nome, e de Israel, a quem tratastes corno primogênito. 15Compadecei-vos de vossa santa cidade. de Jerusalém, lugar de vossa morada. 16Enchei Sião de vossa majestade, e de vossa glória o templo. 17Dai testemunho daqueles que, desde o inicio, são vossas criaturas, realizai o que os profetas em vosso nome disseram. 18Dai a recompensa àqueles que esperam em vós, mostrai que os vossos profetas tinham razão. Escutai, Senhor, a oração dos vossos servos, 19pela benevolência que tendes para com vosso povo, conduzi-nos no caminho da justiça, e que o mundo inteiro reconheça que vós sois o Senhor, o Deus de todos os tempos.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 78)
8ª Semana do Tempo Comum
Quarta-feira 29/05/13

— Tende compaixão e olhai por nós, Senhor! 
— Tende compaixão e olhai por nós, Senhor!

— Não lembreis as nossas culpas do passado, mas venha logo sobre nós vossa bondade, pois estamos humilhados em extremo. 
— Ajudai-nos, nosso Deus e Salvador! Por vosso nome e vossa glória, libertai-nos! Por vosso nome, perdoai nossos pecados! 
— Até vós chegue o gemido dos cativos: libertai com vosso braço poderoso os que foram condenados a morrer! 
— Quanto a nós, vosso rebanho e vosso povo, celebraremos vosso nome para sempre, de geração em geração vos louvaremos.


Evangelho (Mc 10,32-45)
8ª Semana do Tempo Comum
Quarta-feira 29/05/13


Os apóstolos queriam honrarias


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 32os discípulos estavam a caminho, subindo para Jerusalém.
Jesus ia na frente. Os discípulos estavam espantados, e aqueles que iam atrás estavam com. medo. Jesus chamou de novo os Doze à parte e começou a dizer-lhes o que estava para acontecer com ele: 33“Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem vai ser entregue aos sumos sacerdotes e aos doutores da Lei. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos pagãos. 34Vão zombar dele, cuspir nele, vão torturá-lo e matá-lo. E depois de três dias ele ressuscitará”. 35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre. queremos que faças por nós o que vamos pedir”. 36Ele perguntou: “Que quereis que eu vos faça?” 37Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!” 38Jesus então lhes disse: ‘Vos não sabeis o que pedis
Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” 39Eles responderam: “Podemos”. E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. E para aqueles a quem. foi reservado”. 41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João, 42Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande seja vosso servo: 44e quem quiser ser o primeiro seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos.”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.

<