sexta-feira, 21 de junho de 2013

TERÇOS - VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
   

TERÇO DA FÉ
   
TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
   

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora

Terço - Mistério Gozosos - Segunda-Feira e Sábado.


Terço do Rosário: Mistérios Gozosos




HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 22/06/2013

22 de Junho de 2013

Ano C


Mt 6,24-34

Comentário do Evangelho


Não se pode viver uma vida de ambiguidade

Como sugerimos acima, o ser humano não pode deixar de decidir, nem viver a sua vida de fé na ambiguidade (servir a dois senhores). A preocupação excessiva com os bens terrenos se opõe a Deus e reivindica o lugar de Deus: “Ninguém pode servir a dois senhores… Não podeis servir a Deus e ao dinheiro” (v. 24). O discípulo deve rejeitar a ambiguidade e viver a sua vida na confiança em Deus: “Vosso Pai que está nos céus sabe que precisais de tudo isso” (v. 32). Não é convite ao comodismo ou à passividade, mas à confiança, “fazendo tudo como se tudo dependesse de nós, e esperando tudo como se tudo dependesse de Deus” (Santo Inácio de Loyola).
Carlos Alberto Contieri, sj

Vivendo a Palavra

O Evangelho nos convida à confiança total na Graça de Deus. Sigamos o exemplo dos pássaros, dos lírios e de toda a criação: vivamos serenamente, na certeza de que o nosso Deus, muito mais do que Criador é Pai que nos quer bem e zela pela nossa plena felicidade agora e para sempre.

Reflexão

A vida moderna é cada vez mais marcada pela satisfação de necessidades urgentes criadas pela sociedade e pela cultura. A busca da satisfação dessas necessidades nos ocupa praticamente o tempo todo e nunca obtém pleno sucesso, pois sempre fica faltando alguma coisa. Por que acontece isso? É porque a pessoa contemporânea deixou de lado o Deus verdadeiro para se colocar ao serviço dos deuses que marcam o paganismo moderno, como o dinheiro, o prazer e o poder, e esses deuses nunca estão satisfeitos e nem trazem satisfação para o coração humano. É claro que não devemos nos alienar, nos afastar do mundo como se ele fosse uma coisa má, mas não distanciamento não pode significar servidão aos deuses e mitos da modernidade.

Meditação

Você consegue colocar as coisas de Deus acima de tudo? - Você é rico? Em que consiste sua riqueza? - Você é disponível para socorrer os necessitados? - Você se preocupa com o Reino de Deus? - Seu olho reflete a bondade que vai em seu coração?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R 

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. Confiar em Deus
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Este evangelho parece que vai tratar de um assunto, mas trata de outro, primeiro ele afirma que não podemos ter o pé em duas canoas, mas depois aborda a questão da confiança em Deus, que tem com a gente muito mais preocupação do que com as árvores, animais e flores do campo. Parece que Jesus não quer que nos preocupemos com os problemas desta vida, para deixar que ele resolva... Seria isso?

Claro que não! Na verdade o evangelho aborda um assunto só: a confiança que devemos ter em Deus Nosso Pai. Imagine se um dos seus filhos pede ajuda financeira e orientação a um estranho, tendo a você como Pai... O evangelho fala que há entre Deus e nós, um canal permanentemente aberto, a partir de Jesus Cristo, e que o Pai nunca está distante de nós e conhece e sabe de todas as nossas necessidades. O problema que o evangelho põe às claras, é o fato de não crermos de maneira consistente na Providência Divina como tal, e preferimos acreditar muito mais em nós mesmos, e nas soluções que conseguimos apresentar diante dos problemas que enfrentamos. Porque daí, esbarramos nas nossas limitações e percebemos que diante de alguns desses problemas somos impotentes e nada podemos fazer,  e diante do mal, que muitas vezes parece dominar tudo o que está ao nosso redor, chegamos á ousadia de perguntar : “Será que Deus não está vendo isso?”.

Jesus pede a todos uma esperança e confiança total no Pai, mas que não seja passiva, senão é perigoso cair em uma Fé Mágica, onde Deus resolve tudo e a gente só vai pedindo as soluções para os problemas, que na maioria das vezes, a gente mesmo é que arranja.

A verdadeira Fé supõe o equilíbrio entre o que cremos e o que vivemos. Preocupações excessivas com o que ainda virá, além de serem desnecessárias, causam angústia, sofrimento e desespero. Se agirmos com seriedade e nos empenharmos no presente, sempre fazendo o melhor, tendo como referência o evangelho, deixemos que venham os acontecimentos, pois teremos forças e coragem para enfrentá-los. O fato é que, Deus sempre cuida de cada um de nós, como o mesmo carinho e seriedade que a mãe cuida dos filhos que ainda não têm o uso da razão.

A Salvação não vem do Homem, mas de Deus, lembre-se que o homem da Pós-Modernidade pensa o contrário...

2. Não se pode viver uma vida de ambiguidade
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
ORAÇÃO
Pai, centra toda minha vida na busca do teu Reino e na justiça que dele vem, de forma que nenhuma outra preocupação possa ser importante para mim.

3. CONFIAR NA PROVINCIA
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

Nada mais contrário à espiritualidade do Sermão da Montanha do que a ansiedade por causa da sobrevivência pessoal, em termos de satisfação das necessidades materiais. A preocupação exagerada em relação aos bens deste mundo revela que a opção fundamental do discípulo do Reino está alicerçada na própria segurança e nos esforços humanos para consegui-la, e não em Deus.

Quem orienta sua vida pela busca do Reino de Deus e sua justiça, não tem por que deixar-se dominar pela avidez de bens materiais. O olhar do discípulo centra-se no que é essencial. O resto vem-lhe por acréscimo.

Numa sociedade como a nossa, em que somos pressionados a consumir e acumular para garantir o nosso futuro, e na qual se exalta o valor do trabalho, da produção e da planificação, é desafiador por em prática este ensinamento de Jesus.

Muitos irão considerá-lo utópico e impraticável. Outros acharão que seus destinatários são um pequeno grupo de pessoas especiais, capazes de se manterem radicalmente livres diante do consumismo moderno. Outros, ainda, o tomarão como fundamento de uma religião ecológica, baseada num estilo de vida espontâneo, sem preocupações.

Nada disto corresponde ao pensamento de Jesus. Seu esforço concentrou-se em levar os discípulos a terem confiança total em Deus e na sua providência. Esta será a opção orientadora de suas vidas, eles saberão como colocá-la em prática.
Oração
Espírito de fé na Previdência, num mundo que valoriza a acumulação de bens, ensina-me a viver uma vida despojada, totalmente confiada no amor previdente do Pai.
Nunca seja escravo do dinheiro
Nunca seja escravo do dinheiro, não se deixe dominar por ele, não se venda e nunca compre ninguém pela força do dinheiro; muito pelo contrário, que seja o Senhor o guia da nossa vida.
“Ninguém pode servir a dois senhores (…) Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro” (Mt 6,24).
Não podemos colocar a nossa vida a serviço do dinheiro, dos valores financeiros. É verdade que precisamos do dinheiro, e todos nós – para sobrevivermos, para alimentarmos nossa casa, para cuidarmos da nossa família – precisamos também dele para evangelizar.
O que não podemos é sermos dominados, sermos servidores do ‘senhor do dinheiro’. Nós temos de colocar o dinheiro a nosso serviço, nós temos que colocá-lo a serviço de uma causa nobre, do Evangelho, do bem do próximo. Nós não podemos gastar todas as nossas energias para, simplesmente, acumular nossas economias.
Precisamos viver nessa terra, cuidar dos nossos. Mas quando colocamos os bens materiais, a busca desenfreada por ganhar dinheiro e lucrar cada vez mais como prioridade, o nosso coração fica lá em baixo, porque pertence a Deus.
Estou convidando você a fazer uma reflexão sobre os valores na sua vida. Trabalhe honestamente, lute para conseguir um bem-estar para você, para sua casa e sua família, mas nunca seja escravo do dinheiro, não se deixe dominar por ele, não se venda e nunca compre ninguém pela força do dinheiro; muito pelo contrário, que seja o Senhor o guia da nossa vida.
Deus abençoe você nesse dia!
Padre Roger Araújo – Comunidade Canção Nova
LEITURA ORANTE

Mt 6,24-34 - Confie em Deus



Preparo-me para a Leitura Orante, rezando, com os internautas que visitam este espaço:
Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
O amor e a paz de Deus nosso Pai,
que em Cristo nos libertou para que permanecêssemos livres,
estejam com todos nós
e nos mantenham firmes no evangelho de Jesus.
Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Mt 6,24-34, e observo as recomendações de Jesus.
- Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro; ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e também servir ao dinheiro.
- Por isso eu digo a vocês: não se preocupem com a comida e com a bebida que precisam para viver nem com a roupa que precisam para se vestir. Afinal, será que a vida não é mais importante do que a comida? E será que o corpo não é mais importante do que as roupas? Vejam os passarinhos que voam pelo céu: eles não semeiam, não colhem, nem guardam comida em depósitos. No entanto, o Pai de vocês, que está no céu, dá de comer a eles. Será que vocês não valem muito mais do que os passarinhos? E nenhum de vocês pode encompridar a sua vida, por mais que se preocupe com isso.
- E por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem as flores do campo: elas não trabalham, nem fazem roupas para si mesmas. Mas eu afirmo a vocês que nem mesmo Salomão, sendo tão rico, usava roupas tão bonitas como essas flores. É Deus quem veste a erva do campo, que hoje dá flor e amanhã desaparece, queimada no forno. Então é claro que ele vestirá também vocês, que têm uma fé tão pequena! Portanto, não fiquem preocupados, perguntando: "Onde é que vamos arranjar comida?" ou "Onde é que vamos arranjar bebida?" ou "Onde é que vamos arranjar roupas?" Pois os pagãos é que estão sempre procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso. Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas. Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades.
Jesus recomenda a confiança em Deus e a busca dos valores do Reino. Jesus nos ensina a sermos contemplativos na observação da natureza: as flores do campo, os passarinhos. Recomenda também a confiança em Deus para que cesse a preocupação com o alimento, o vestuário. E chega a dizer que este tipo de preocupação é de pessoas pagãs e não, de quem acredita no Pai. No final, recomenda uma ordem de valores que tem como prioridade o Reino de Deus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Quais são os valores que ocupam o primeiro lugar na minha vida?
Como ajudamos na construção do Reino de Deus?
Em Aparecida, na V Conferência, os bispos disseram que a alegria que se recebe no encontro com Cristo deve ser comunicada a todos: "Desejamos que a alegria que recebemos no encontro com Jesus Cristo, a quem reconhecemos como o Filho de Deus encarnado e redentor, chegue a todos os homens e mulheres feridos pelas adversidades; desejamos que a alegria da boa nova do Reino de Deus, de Jesus Cristo vencedor do pecado e da morte, chegue a todos quantos jazem à beira do caminho, pedindo esmola e compaixão (cf. Lc 10,29-37; 18,25-43). A alegria do discípulo é antídoto frente a um mundo atemorizado pelo futuro e agoniado pela violência e pelo ódio. A alegria do discípulo não é um sentimento de bem-estar egoísta, mas uma certeza que brota da fé, que serena o coração e capacita para anunciar a boa nova do amor de Deus. Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria." (DAp 32).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço o oferecimento do meu dia:
Bom-dia, Senhor Deus e Pai!
A ti, a nossa gratidão pela vida que desperta, pelo calor que cria vida,
pela luz que abre nossos olhos.
Nós te agradecemos por tudo que forma nossa vida,
pela terra, pela água, pelo ar, pelas pessoas.
Inspira-nos com teu Espírito Santo
os pensamentos que vamos alimentar,
as palavras que vamos dizer,
os gestos que vamos dirigir,
a comunicação que vamos realizar.
Abençoa as pessoas que nós encontrarmos,
os alimentos que vamos ingerir.
Abençoa os passos que nós dermos,
o trabalho que devemos fazer.
Abençoa, Senhor, as decisões que vamos tomar,
a esperança que vamos promover,
a paz que vamos semear,
a fé que vamos viver,
o amor que vamos partilhar.
Ajuda-nos, Senhor,
a não fugir diante das dificuldades,
mas a abraçar com amor as pequenas cruzes deste dia.
Queremos estar contigo,
Senhor, no início, durante e no fim deste dia.
Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é de confiança em Deus.
Vou lembrar muitas vezes o convite de Jesus: "Olhe os passarinhos do céu... olhe as flores... O Pai cuida".

Bênção
A bênção do Deus de Sara, Abraão e Agar,
a bênção do Filho, nascido de Maria,
a bênção do Espírito Santo de amor,
que cuida com carinho,
qual mãe cuida da gente,
esteja sobre todos nós. Amém!
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, livra-nos da ansiedade. Dá-nos coragem para a entrega confiante da nossa vida em tuas mãos. E se alguma preocupação nos ocorrer, que seja o cuidado dos companheiros de caminhada, irmãos que caminham ao nosso lado nesta terra encantada. Por Jesus, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA - 22/06/2013




Tema do Dia

Vocês não podem servir a Deus e às riquezas.

No texto da Carta aos Coríntios, Paulo, ao mesmo tempo em que confessa sua fragilidade humana, se gaba de poder apresentar, pela força do Cristo Jesus que habita nele, o tesouro inefável da Graça do Pai pela qual ele suportou e venceu tantas dores.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 
a vida eterna. Amém.

Verde. Sábado da 11ª Semana Tempo Comum


Primeira Leitura (2Cor 12,1-10)
11ª Semana Comum
 Sábado 22/06/13

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios.

1 Irmãos, será que é preciso gloriar-me? Na verdade, não convém. No entanto, passarei a falar das visões e revelações do Senhor.
Conheço um homem, unido a Cristo, que, há catorze anos, foi arrebatado ao terceiro céu. Se ele foi arrebatado com o corpo ou sem o corpo, eu não o sei, só Deus sabe. 3Sei que esse homem – se com o corpo ou sem o corpo, não sei, Deus o sabe – foi arrebatado ao paraíso e lá ouviu palavras inefáveis que nenhum homem consegue pronunciar.
Quanto a esse homem eu me gloriarei, mas, quanto a mim mesmo, não me gloriarei, a não ser das minhas fraquezas. No entanto, se eu quisesse gloriar-me, não seria insensato, pois só diria a verdade. Mas evito gloriar-me, para que ninguém faça de mim uma ideia superior àquilo que vê em mim ou que ouve de mim. E para que a extraordinária grandeza das revelações não me enso­berbecesse, foi espetado na minha carne um espinho, que é como um anjo de Satanás a esbofetear-me, a fim de que eu não me exalte demais.
A esse propósito, roguei três vezes ao Senhor que o afastasse de mim. Mas ele disse-me: “Basta-te a minha graça. Pois é na fraqueza que a força se manifesta”. Por isso, de bom grado, eu me gloriarei das minhas fraquezas, para que a força de Cristo habite em mim. 10 Eis por que me comprazo nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições e nas angústias sofridas por amor a Cristo. Pois, quando eu me sinto fraco, é então que sou forte.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 33)
11ª Semana Comum
 Sábado 22/06/13

— Provai e vede quão suave é o Senhor!
— Provai e vede quão suave é o Senhor!

— O anjo do Senhor vem acampar ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!
— Respeitai o Senhor Deus, seus santos todos, porque nada faltará aos que o temem. Os ricos empobrecem, passam fome, mas aos que buscam o Senhor não falta nada.
— Meus filhos, vinde agora e escutai-me: vou ensinar-vos o temor do Senhor Deus. Qual o homem que não ama sua vida, procurando ser feliz todos os dias?


Evangelho (Mt 6,24-34)
11ª Semana Comum
 Sábado 22/06/13


Deus e as riquezas

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 24 “Ninguém pode servir a dois senhores: pois, ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro.
25 Por isso eu vos digo: não vos preocupeis com a vossa vida, com o que havereis de comer ou beber; nem com vosso corpo, com o que havereis de vestir. Afinal a vida não vale mais do que o alimento, e o corpo, mais do que a roupa? 26 Olhai os pássaros dos céus: eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, vosso Pai que está nos céus os alimenta. Vós não valeis mais do que os pássaros?
27 Quem de nós pode prolongar a duração da própria vida, só pelo fato de se preocupar com isso? 28 E por que ficais preocupados com a roupa? Olhai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. 29 Porém, eu vos digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. 30 Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, não fará ele muito mais por vós, gente de pouca fé?
31 Portanto, não vos preocupeis, dizendo: Que vamos comer? Que vamos beber? Como vamos nos vestir? 32 Os pagãos é que procuram essas coisas. Vosso Pai, que está nos céus, sabe que precisais de tudo isso. 33 Pelo contrário, buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo. 34 Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações! Para cada dia, bastam seus próprios problemas”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém

TE DESEJO UM BOM FINAL DE SEMANA.

LINDO DIA. PAZ, AMOR. SAÚDE E MUITA ALEGRIA!!

FELIZ SÁBADO!

BOA NOITE! - Nada como uma boa noite de sono para repor as energias. Amigo, tenha uma boa noite!

ORAÇÃO DE UMA MÃE QUE ABORTOU



Oração de uma Mãe que Abortou

Senhor, Pai querido, quanto somos fracos, miseráveis em nossa vida, como nos deixamos sermos seduzidos pelo mal, quanto mal fazemos a nós e aos outros, isto nos faz perder nossa paz, nossa felicidade, nossa alegria. Pai querido, tudo isto é fruto de não viver bem a tua palavra, seus mandamentos e por acharmos que somos capazes de tudo, e dono da nossa própria vida, nosso pensar, do nosso corpo. E muitas vezes também por acreditar nas outras pessoas.

O Sofrimento da mãe que abortou

ORAÇÃO POR UMA CRIANÇA ABORTADA


Louvado seja Deus por seu amor bondoso, que vai além da nossa compreensão;
Por Seu amor que concebeu você, uma criança perfeita, bela, única e plena.
Por Seu amor que ansiava compartilhar com você as maravilhas da criação.
Por Seu amor que esperou – o momento certo, os pais certos, você.
Mas algo aconteceu antes de você nascer.
O pecado deste mundo investiu contra sua pequena vida, enfraquecendo, 
ofuscando sua pequena centelha brilhante.
Deus tinha que decidir o caminho de mais amor.
Curá-la nesta vida, e deixar que você nascesse;
Ou chamá-la para Ele – para segurá-la em seus braços e curá-la com um beijo.
É difícil para nós compreender por que Deus curou você da maneira que o fez.
Muitas vezes desejamos que você estivesse aqui; que não tivesse morrido tão cedo.
Então, por favor, peça que Jesus nos ajude a ver você através dos olhos Dele:
Perfeito, livre e feliz, brincando ao lado de Jesus.
Ave-Maria...

(Carolyn Harney )

Invocações ao Sagrado Coração


Invocações ao Sagrado Coração

Amor do Coração de Jesus, abrasai meu coração.
Formosura do Coração de Jesus, cativai meu coração.
Bondade do Coração de Jesus, atrai meu coração.
Caridade do Coração de Jesus, derramai-vos em meu coração.
Clêmencia do Coração de Jesus, consolai meu coração.

Jaculatórias ao Sagrado Coração


Jaculatórias ao Sagrado Coração

Bendito seja o Sacratíssimo Coração de Jesus no Santíssimo Sacramento.
Coração de Jesus em Ti confio.
Coração de Jesus, Ardente de amor por nós, inflamai nosso coração em teu amor.
Coração de Jesus, convertei aos pobres blasfemos.
Coração de Jesus, inflamado em nosso amor, inflamai nosso coração em amor por vós.
Coração de Jesus, que eu vos ame e vos faça amar.