domingo, 7 de julho de 2013

TERÇOS - VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
   

TERÇO DA FÉ
   

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
   

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora

Terço - Mistério Gozosos - Segunda-Feira e Sábado.


Terço do Rosário: Mistérios Gozosos




Bem-aventurado Pedro Vigne - 08 de Julho

Pedro Vigne
Bem-aventurado
1670-1740

Fundou a Congregação das Religiosas
do Santíssimo Sacramento
Irmãs Sacramentinas
Pierre, ou Pedro, Vigne nasceu no dia 20 de agosto de 1670 na França, em Privas, uma pequena cidade ainda sob as seqüelas de lutas religiosas entre católicos e protestantes no século anterior. Seus pais, Pedro e Francisca, eram protestantes, mas batizaram os cinco filhos também na paróquia católica de Privas. Era assim que os protestantes agiam, tentando resguardar os filhos de uma possível discriminação religiosa. Duas meninas morreram cedo. Ele e seus dois irmãos mais velhos tiveram uma vida confortável.

Santo Eugênio III - 08 de Julho




Um dado importante é que de cada três Papas, praticamente, um foi oficialmente declarado santo. Assim aconteceu com Santo Eugênio, que se tornou para a Igreja o homem certo para o tempo devido. Eugênio III nasceu no fim do século XI, em Pisa na Itália e, depois de ordenado, consagrou-se a Deus como sacerdote, até que abandonou todas suas funções para viver como monge.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 08/07/2013

8 de Julho de 2013

Ano C


Mt 9,18-26

Comentário do Evangelho

Jesus, o Senhor da vida

Entre a súplica de um chefe por sua filha já morta e a chegada na casa deste notário, há o episódio da mulher que sofria de um fluxo de sangue. Nos dois episódios, Jesus irrompe como o Senhor da vida.
No horizonte simbólico antigo, perder sangue significa perder a vida. A hemorragia torna a própria pessoa e quem a toca impura. A fé da mulher está em que ela rompe a barreira da Lei de pureza para tocar na franja da veste de Jesus.
A “franja” era para ajudar a lembrar e a cumprir os mandamentos do Senhor (cf. Nm 15,37-41). Mas a razão dos mandamentos é fazer viver, preservar o dom da vida, não permitir cair na escravidão (cf. Nm 15,41). Tocando Jesus, ao invés de torná-lo impuro, ela é purificada e, pela fé, é salva e recebe o dom da vida.
Jesus chega, então, à casa do chefe. Para os cristãos, os ritos de lamentação fúnebre perderam sentido (ver: 1Ts 4,13-14), já que a morte era comparada ao sono, algo transitório, na espera do despertar da Ressurreição. Aqui é Jesus quem tem a iniciativa de tocar a menina, pegando-a pela mão, como que para despertá-la do sono. É o Senhor da vida que desperta para a feliz ressurreição.
Carlos Alberto Contieri, sj

Vivendo a Palavra

O tema central do texto é a fé. Fé daquele Chefe que procurou Jesus e fé da mulher que tanto sofria. Fé é entrega corajosa e incondicional nas mãos do Senhor – dom que recebemos como semente e que, por isto, precisa ser cultivada carinhosamente e desenvolvida com ânimo.

Reflexão

O Evangelho de hoje nos mostra que não existe problema que não tenha solução verdadeira quando nos aproximamos de Jesus. Tanto o chefe que se aproxima de Jesus reconhecendo a morte da sua filha, mas acreditando que a imposição das mãos de Jesus lhe devolverá a vida quanto a mulher que, depois de 12 anos de enfermidade, reconhece que basta tocar a barra do manto de Jesus que ficará curada foram atendidos. A palavra que Jesus disse à mulher vale para todos nós: devemos ter coragem, pois a nossa fé nos salva. Devemos acreditar em Deus e enfrentar, com confiança nele, todos os nossos problemas, pois ele está ao lado de quem crê.

Meditação


O homem se aproximou de Jesus com confiança. O que significa a confiança para mim? - Sei buscar ajuda em Deus? - Qual é minha atitude se Ele não atende a meus pedidos? - Procuro me dirigir a Deus com humildade, fé e confiança? - Busco por Deus, de coração sincero?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. Cura e Ressurreição: sinais do Reino
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

A cura de todo tipo de enfermidades e a ressurreição de mortos, eram por excelência sinais de que o Reino Messiânico havia chegado e estava no meio dos homens. Quando restringimos o nosso foco á cura física e a ressuscitação de cadáveres, estamos esvaziando a nossa Fé Cristã que é tão rica e eficiente.

Jesus não ressuscitou todos os que morreram, no seu tempo, e nem curou todos os enfermos do seu tempo, mas os relatos principais dessas curas e prodígios, são uma resposta a Fé das pessoas por ele curadas ou ressuscitadas. Milagres são necessários e acontecem ainda hoje mas como um meio e não como o fim, e aqui não falamos dos milagres televisivos das igrejas da Mídia, mas sim das nossas comunidades cristãs, onde o poder de Jesus continua a ser manifestado.

Mas que milagres são esses? Quase não ouvimos falar neles? Parece que os Neopentecostais fazem muito mais sucesso do que a nossa Igreja Católica. Se pensarmos nos milagres apenas fisicamente, vamos ser obrigados a admitir que nossa atuação é muito fraca nesse campo. Prestem atenção no que o evangelista diz desse Chefe que se aproximou de Jesus: aproximou-se, inclinou-se profundamente diante dele e disse: “Minha Filha acaba de morrer: Mas vem, impõe suas mãos sobre ela e ela viverá...” Aproximar-se e inclinar-se significa que ele encontrou em Jesus o Deus da sua vida, depois professa sua Fé de que Jesus é também o Deus da Vida, que consegue com a imposição de mãos, reanimar a Vida de quem estava morto.

Há tantos sinais de morte em nossos tempos, não só da morte física, mas a relação é muito grande: morte dos casais que se separam, de pais e filhos que não mais se entendem, de jovens vítimas das drogas e da dependência química, da morte das injustiças sociais, desigualdades, preconceitos, da morte das divisões, da violência e dos desentendimentos, da morte da honestidade e da integridade humana. Tudo isso é um processo de morte que está aí no quotidiano. No Poder de Jesus, o que nós cristãos estamos fazendo? Se como este Chefe não acreditarmos em Jesus como o Deus Supremo da Vida, não veremos o milagre acontecer.

Mas a nossa Fé tem de ser de qualidade, segura e consistente como o dessa mulher, que nem exigiu de Jesus um ritual de cura, e para ela foi suficiente tocá-lo em meio a multidão e Jesus faz questão de identifica-la, pois agora ela não é mais uma anônima em meio a multidão, mas um exemplo de Fé. E fica então a segunda pergunta desta reflexão: nossas ações cristãs movidas pela Fé, nos identifica perante o mundo como Homens e Mulheres que creem, ou continuamos a ser Cristãos anônimos, sem nenhum compromisso em fazer o Reino acontecer?

2. Jesus, o Senhor da vida
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
ORAÇÃO
Pai, que minha resposta imediata aos apelos de meus semelhantes manifeste a veracidade do que proclamo por meio de palavras.

3. PALAVRA E AÇÃO
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

O ministério de Jesus foi todo tecido de palavra e ação. A interrupção de seu ensinamento, por parte de alguma pessoa necessitada de ajuda, parecia-lhe algo normal. Com tranqüilidade, interrompia sua atividade de Mestre, passando à de taumaturgo. Desta forma, sua missão evangelizadora não se limitava à transmissão de uma doutrina, por mais sublime que fosse. O conteúdo doutrinal era sempre respaldado pelo serviço misericordioso a todas as pessoas, sem distinção.

No episódio evangélico, a pregação de Jesus foi interrompida por uma pessoa importante, um chefe da sinagoga, que lhe implorava a cura da filhinha. Estando a caminho para atender à solicitação, aconteceu uma nova interrupção. Desta vez, foi uma mulher, vítima de hemorragia persistente. No primeiro caso, a pregação foi suspensa imediatamente porque Jesus e seus discípulos se encaminharam logo para a casa do chefe. No segundo caso, embora a mulher quisesse manter-se oculta, Jesus deu-lhe atenção, livrando-o da doença incomoda.

O testemunho do Mestre era um ensinamento vivo para os seus discípulos. Também eles, no futuro, deveriam ser capazes anunciar a Boa-Nova do Reino com palavras e ações. Os constantes apelos das multidões haveriam de desafiá-los a ser pacientes e misericordiosos. E estas atitudes revelariam ser verdadeira a doutrina que ensinavam.
Oração
Pai, que minha resposta imediata aos apelos de meus semelhantes manifeste a veracidade do que proclamo por meio de palavras.
A mão de Jesus é poderosa
A mão de Jesus é poderosa. Quando ela toca em nossos corações, em nosso ser, nós voltamos à vida.
Enquanto Jesus estava falando, um chefe aproximou-se, inclinou-se profundamente diante dele, e disse: ‘Minha filha acaba de morrer. Mas vem, impõe tua mão sobre ela e ela viverá’” (Mt 9,18).
Você veja o desespero de um pai que tem a sua filha praticamente morta. Ele sabe que só Jesus pode fazer algo por ela. E é por isso que no seu desespero, na sua dor, ele se aproxima de Jesus e diz: “Senhor, impõe tua mão sobre ela e ela voltará a viver”.
A mão de Jesus é poderosa. Quando ela toca em nossos corações, em nosso ser, nós voltamos à vida. Nós estamos muitas vezes sem alento, desanimados, tristes, sem gosto e sem sabor pela vida. Nós nos encontramos, muitas vezes, praticamente mortos, sem ânimo e sem saber qual direção tomar.
Precisamos deixar que Jesus toque em nós. Mas também precisamos levar o toque da mão poderosa de Jesus para outras pessoas. Precisamos deixar que Jesus realmente, com a Sua mão, toque em nossa enfermidade e aflição. Que Ele toque a tristeza que há dentro do nosso coração.
E porque aquele pai confiou, a mão de Jesus tocou em sua filha e ela voltou à vida. Quantos, hoje, podem voltar à vida! Uma mulher também, que sofria há tanto tempo, toca no manto de Jesus e fica curada.
Que hoje possamos ir ao encontro do Senhor para tocarmos na Sua graça, no Seu amor, e para que Ele também nos toque com a Sua misericórdia e nos levantemos de qualquer coisa que nos deixa prostrados.
Que Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo – Comunidade Canção Nova
LEITURA ORANTE

Mt 9,18-26 - Um toque de



Preparo-me para a Leitura rezando, com os internautas do mundo inteiro:

Jesus Mestre,
vós dissestes que a vida eterna consiste em
conhecer a vós e ao Pai.
Derramai sobre nós os dons do Espírito Santo!
Que ele nos ilumine, 

guie e fortaleça no vosso seguimento,
porque sois o único caminho para o Pai.
Fazei-nos crescer no vosso amor, para que sejamos, como São Paulo,

testemunhas vivas do vosso Evan
gelho.
Com Maria, Mãe, Mestra e Rainha dos Apóstolos,
guardaremos a vossa Palavra, meditado-a em nosso coração.
Amém.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto do dia: Mt 9,18-26, e observo Jesus e as duas figuras femininas que aparecem.
Enquanto Jesus estava falando ao povo, um chefe religioso chegou perto dele, ajoelhou-se e disse: - A minha filha morreu agora mesmo! Venha e ponha as mãos sobre ela para que viva de novo. Então Jesus foi com ele, e os seus discípulos também foram. Certa mulher, que fazia doze anos que estava com uma hemorragia, veio por trás de Jesus e tocou na barra da capa dele. Pois ela pensava assim: "Se eu apenas tocar na capa dele, ficarei curada." Jesus virou, viu a mulher e disse:
- Coragem, minha filha! Você sarou porque teve fé.
E naquele momento a mulher ficou curada. Depois Jesus foi para a casa do chefe religioso. Quando viu os que tocavam música fúnebre e viu a multidão numa confusão geral, disse:
- Saiam todos daqui! A menina não morreu; ela está dormindo!
Então começaram a caçoar dele. Logo que a multidão saiu, Jesus entrou no quarto em que a menina estava, pegou-a pela mão, e ela se levantou. E a notícia a respeito disso se espalhou por toda aquela região.
Neste trecho do Evangelho onde aparecem duas figuras femininas - a menina e a mulher-, podemos destacar dois elementos fundamentais: a fé e o toque, o contato com Jesus. Podemos dizer que são dois elementos indispensáveis para nosso relacionamento com Deus. A mulher tocou a barra da capa de Jesus. A menina foi tomada pela mão por Jesus e se levantou. Podemos "tocar" Jesus na sua Palavra que acolhemos lendo a Bíblia, o Evangelho, recebendo a Eucaristia e os outros sacramentos: Batismo, Penitência, Crisma...Podemos encontrá-lo pela fé.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Como é minha experiência de Deus?
Tem os dois fundamentos que aparecem no Evangelho de hoje: fé e contato com Deus?
Que tipo de contato tenho com Deus?
Pelo diálogo, na oração?
Pela Palavra que leio e transformo em vida?
Pela Eucaristia onde me alimento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo?
Na pessoa dos irmãos?
Na comunidade?
No silêncio?
Os bispos, em Aparecida afirmaram: "Também o encontramos (Jesus) de um modo especial nos pobres, aflitos e enfermos (cf. Mt 25,37-40), que exigem nosso compromisso e nos dão testemunho de fé, paciência no sofrimento e constante luta para continuar vivendo. Quantas vezes os pobres e os que sofrem realmente nos evangelizam! No reconhecimento desta presença e proximidade e na defesa dos direitos dos excluídos encontra-se a fidelidade da Igreja a Jesus Cristo" (DAp 257).

3.Oração (Vida) 
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com a oração que é uma conhecida canção:
Basta que me toques, Senhor
Basta que me toques, Senhor
Minha alma fortalecerá
Se a noite escura está
Tua presença me guiará
Basta que me toques, Senhor
Basta que me olhes, Senhor...
Basta que me ames, Senhor...
Basta que eu te busque, Senhor...
Basta que eu te encontre, Senhor...
Basta que eu te fale, Senhor...
Basta que eu te ame, Senhor...
Basta que eu te siga, Senhor..
.
CD Canções para orar 2 - Paulinas COMEP

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Quero perceber hoje, o toque de Deus nas mais simples e diferentes situações.
Recordo a palavra dos bispos em Aparecida: 
"Nossos povos se identificam particularmente com o Cristo sofredor, olham-no, beijam-no ou tocam seus pés machucados, como se dissessem: Este é "o que me amou e se entregou por mim" (Gl 2,20). Muitos deles golpeados, ignorados despojados, não abaixam os braços. Com sua religiosidade característica se agarram no imenso amor que Deus tem por eles e que lhes recorda permanentemente sua própria dignidade." (DAp 257, 265).

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém
.

Irmã Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, eu te dou graças pela fé que lançaste em meu coração. Dá-me agora, Pai amado, sabedoria, coragem e perseverança para viver minha fé, entregando-me ao teu Espírito que, em mim e por mim, a levará aos irmãos da caminhada. Por Jesus Cristo, teu Filho e meu iIrmão, na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA - 08/07/2013




Tema do Dia

«Coragem, filha! Sua fé curou você.»

Tendo recebido os direitos de primogênito no lugar de Esaú, Jacó é ameaçado pelo irmão e foge para Harã, terra de seus antepassados e onde, entre seus parentes deveria eleger sua esposa. O texto lido hoje mostra como Javé confirma a bênção recebida.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 
a vida eterna. Amém.

Verde. 2ª-feira da 14ª Semana Tempo Comum


Primeira Leitura (Gn 28,10-22a)
14ª Semana Comum
Segunda-feira 08/07/13

Leitura do Livro do Gênesis.

Naqueles dias, 10 Jacó saiu de Bersabeia e dirigiu-se a Harã. 11 Chegando a certo lugar, quis passar ali a noite, pois o sol já se havia posto. Tomou uma das pedras do lugar, fez dela travesseiro e ali mesmo adormeceu. 12 E viu em sonho uma escada apoiada no chão, com a outra ponta tocando o céu e os anjos de Deus subindo e descendo por ela.
13 No alto da escada estava o Senhor que lhe dizia: “Eu sou o Senhor, Deus de Abraão, teu pai, e Deus de Isaac; darei a ti e à tua descendência a terra em que dormes. 14 A tua descendência será como o pó da terra, e te expandirás para o ocidente e o oriente, para o norte e para o sul. Em ti e em tua descendência serão abençoadas todas as nações da terra. 15 Estou contigo e te guardarei onde quer que vás, e te recon­du­zirei a esta terra. Nunca te abandonarei até cumprir o que te prometi”.
16 Ao despertar, Jacó disse: “Sem dúvida, o Senhor está neste lugar e eu não sabia”.17 Cheio de pavor, disse: “Como é terrível este lugar! Isto aqui só pode ser a casa de Deus e a porta do céu”.
18 Jacó levantou-se bem cedo, tomou a pedra de que tinha feito travesseiro e a pôs de pé para servir de coluna sagrada, derramando óleo sobre ela. 19 E deu ao lugar o nome de “Betel”. Antes, porém, a cidade chamava-se Luza. 20 Jacó fez um voto, dizendo: “Se Deus estiver comigo e me proteger nesta viagem, dando-me pão para comer e roupa para vestir, 21 e se eu voltar são e salvo para a casa de meu pai, então o Senhor será o meu Deus. 22aE esta pedra que ergui como coluna sagrada, será uma ‘morada de Deus’”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 90)
14ª Semana Comum
Segunda-feira 08/07/13

— Vós sois meu Deus, no qual confio inteiramente.
— Vós sois meu Deus, no qual confio inteiramente.

— Quem habita ao abrigo do altíssimo e vive à sombra do Senhor onipotente, diz ao Senhor: “Sois meu refúgio e proteção, sois o meu Deus, no qual confio inteiramente”.
— Do caçador e do seu laço ele te livra. Ele te salva da palavra que destrói. Com suas asas haverá de proteger-te, com seu escudo e suas armas, defender-te.
— “Porque a mim se confiou, hei de livrá-lo e protegê-lo, pois meu nome ele conhece. Ao invocar-me hei de ouvi-lo e atendê-lo, e a seu lado eu estarei em suas dores”.


Evangelho (Mt 9,18-26)
14ª Semana Comum
Segunda-feira 08/07/13


Jesus cura uma mulher e uma menina

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

18 Enquanto Jesus estava falando, um chefe aproximou-se, inclinou-se profundamente diante dele, e disse: “Minha filha acaba de morrer. Mas vem, impõe tua mão sobre ela e ela viverá”.
19 Jesus levantou-se e o seguiu, junto com os seus discípulos. 20 Nisto, uma mulher que sofria de hemorragia há doze anos veio por trás dele e tocou a barra do seu manto.21 Ela pensava consigo: “Se eu conseguir ao menos tocar no manto dele, ficarei curada”. 22 Jesus voltou-se e, ao vê-la, disse: “Coragem, filha! A tua fé te salvou”. E a mulher ficou curada a partir daquele instante.
23 Chegando à casa do chefe, Jesus viu os tocadores de flauta e a multidão alvoroçada, 24 e disse: “Retirai-vos, porque a menina não morreu, mas está dormindo”. E começaram a caçoar dele. 25 Quan­do a multidão foi afastada, Jesus entrou, tomou a menina pela mão, e ela se levantou. 26 Essa notícia espalhou-se por toda aquela região.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém

SÃO QUATRO LEIS DA FELICIDADE... CONTA TUAS BÊNÇÃOS. PROCLAMA TUA RARIDADE. ANDA MAIS UMA MILHA. USA SABIAMENTE O TEU PODER DE ESCOLHA. TENHA UMA SEMANA ABENÇOADA.

BOM DIA!!! Uma flor. Uma fonte. Um sorriso. Uma vida. Tudo começa. É importande começar bem. Mais importante, continuar bem. Seja sempre novo a cada momento do seu dia. Para fazer da sua vida uma dádiva sempre nova. Desejo a você um lindo dia!

DESEJO A VOCÊ UMA ÓTIMA SEGUNDA-FEIRA. DEUS NOS CRIOU DO JEITO QUE SOMOS. A ÚNICA COISA QUE ELE NOS PEDE É QUE SEJAMOS FELIZES EXATAMENTE DO JEITO QUE SOMOS. ESSA É A NOSSA MISSÃO E O NOSSO COMPROMISSO.

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora

Terço - Mistérios Gloriosos - Quarta-Feira e Domingo


Terço do Rosário: Mistérios Gloriosos