quarta-feira, 10 de julho de 2013

São Bento de Nórcia - 11 de Julho




Abade vem de “Abbá”, que significa pai, e isto o santo de hoje bem soube ser do monaquismo ocidental. São Bento nasceu em Núrcia, próximo de Roma, em 480, numa nobre família que o enviou para estudar na Cidade Eterna, no período de decadência do Império.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 11/07/2013

11 de Julho de 2013

Ano C


Mt 10,7-15

Comentário do Evangelho

A missão cristã não é feita só de acolhimento e sucesso.

Aos Doze são dadas as orientações de como realizar a missão e qual deve ser a atitude deles. O anúncio da proximidade do Reino deve ser acompanhado da ação que liberta as pessoas do mal que desfigura o ser humano e as faz experimentar estar distante de Deus. O que é dado gratuitamente por Deus e deve ser oferecido como dom às pessoas, é o Espírito Santo. A vida dos apóstolos está nas mãos de Deus, e a sua segurança não está nos bens deste mundo, mas em Deus somente.
O despojamento é exigido, pois é necessário liberdade para ir aonde se é enviado pelo Senhor, confiar na providência de Deus e viver cada dia sem se preocupar com o amanhã, “pois o trabalhador tem direito ao seu sustento”. O discípulo não é mais que o Mestre que o enviou, por isso Jesus previne os apóstolos da possibilidade de rejeição da mensagem cristã.
O juízo acerca da rejeição da missão cristã cabe somente a Deus. Em todo caso, a missão cristã não é feita só de acolhimento e sucesso, mas também de rejeição e fracasso. Em todas estas situações é preciso manter viva a confiança no Senhor que envia seus discípulos e está presente “todos os dias até o fim dos tempos” (Mt 28,20).
O conteúdo da proclamação dos apóstolos é a proximidade do “Reino dos Céus” (v. 7). O que é celeste, o reinado de Deus, é sentido na pessoa de Jesus Cristo e deve ser prolongado historicamente na missão da Igreja.
Carlos Alberto Contieri, sj

Vivendo a Palavra

O anúncio da chegada do Reino de Deus não será feito por meio de fala rebuscada, discurso bem elaborado, oratória inflamada. Será feito pelo testemunho de nossa vida, pelo serviço generoso que prestarmos aos irmãos, pela alegria de viver que comunicarmos nas nossas relações.

Reflexão

A vida de quem é discípulo de Jesus consiste em fazer as obras do reino de Deus para manifestar a sua presença no meio dos homens. É deixar de lado as suas próprias obras para que, como enviado por Jesus, realize as obras de Deus. Para que isso seja possível, o discípulo de Jesus não deve colocar a sua confiança nos bens materiais, mas em Deus, que tudo proverá para que a sua obra seja coroada de êxito. Com essa confiança em Deus, o discípulo de Jesus deve procurar estar atento a tudo o que acontece ao seu redor, para que não perca nenhuma chance de fazer o bem aos que necessitam dele e possa ser, também, um promotor da paz.

Meditação

Sigo a recomendação de Jesus de cumprir minha missão de graça? - Anuncio de modo gratuito e misericordioso? - Preocupo-me exageradamente com os bens materiais? - Lembro-me sempre de que o exemplo é que é importante? - Sou portador de paz?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. A gratuidade nos faz livres
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Depois do evangelho de ontem, onde os discípulos missionários são orientados a fazer uma missão experimental buscando as ovelhas perdidas da casa de Israel, no evangelho de hoje a missão de amplia... ”Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes...”.

Os discípulos missionários têm que ter firmeza, convicção e confiança naquilo que fazem, por isso não podem preocupar-se com outra coisa que não seja a missão de evangelizar. Não se assustem com a exortação de que não devem levar nada pelo caminho, nem ouro, nem prata, nem sacola, nem dinheiro, nem duas túnicas e nem sandálias e nem bastão. Confiança em Deus é a primeira virtude de um discípulo missionário, pois nada lhes faltará para a sobrevivência.

Os sinais que confirmam o anúncio: mortos ressuscitarão,  enfermos ficarão curados, leprosos serão purificados e demônios serão expulsos. O anúncio será sempre precedido desses sinais que hoje continuam em nossas comunidades cristãs.

Por outro lado, a parte final do evangelho vai exigir do discípulo missionário um cuidado especial com o anúncio do qual ele é portador. As pessoas dignas de acolher a Palavra, naturalmente são aquelas que estão abertas para acolhê-la e disponíveis para o discipulado no caso se rejeição, o discípulo missionário não deverá insistir e sacudirá contra aquela cidade, até a poeira da sandália.

Fico-me perguntando como entender essa exortação nos dias de hoje, então o discípulo missionário não deverá ser insistente? Não se trata disso, é que no passado e hoje em nosso presente, há pessoas que fizeram em suas vidas uma opção contrária aos princípios do evangelho, e como o dom da liberdade é condição essencial para a vivência do evangelho, o discípulo missionário deverá respeitar a opção contrária ao evangelho, que essas pessoas fizeram, não ter com elas nenhum vínculo, pois o anúncio deve ser acolhido na total liberdade, pois esse é o jeito de Deus quando coloca a sua Graça em nossa vida.

2. A missão cristã não é feita só de acolhimento e sucesso
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
ORAÇÃO
Pai, faze de mim um instrumento para a construção da paz desejada por Jesus. Paz que se constrói na comunicação dos bens divinos a cada pessoa humana

3. PORTADORES DE PAZ
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

Os apóstolos foram orientados a saudar seus hospedeiros, dizendo: "A paz esteja nesta casa!" Esta saudação pode ser entendida como mera formalidade, e sinal de boa educação. Sem dúvida, Jesus não estava ensinando aos apóstolos apenas uma regra de boas maneiras.

A palavra hebraica shalom, traduzida como paz, é rica de sentidos. Significa prosperidade, bem estar, saúde, boa convivência com o próximo, respeito pela dignidade alheia, e tantas coisas mais. Tudo isto tem a ver com o Reino de Deus que anunciavam. Portanto, a paz desejada correspondia à salvação messiânica instaurada na história humana pelo ministério de Jesus. Aos apóstolos competia a tarefa de fazê-la chegar a todas as pessoas que encontrassem ao longo de suas andanças missionárias.

Os milagres que os missionários iriam realizar devem ser entendidos no contexto da construção da paz almejada por Jesus. Ao curar os doentes, ressuscitar os mortos, purificar os leprosos e expulsar os demônios, estavam se colocando a serviço da vida, da reconstrução da dignidade humana, da libertação de todas as formas de opressão, da reconciliação das pessoas com Deus. Em suma, entregavam-se, de corpo e alma, à construção da paz. Quem os acolhia, tornava-se beneficiário desta paz messiânica e salvífica que os apóstolos tinham para oferecer.
Oração
Pai, faze de mim um instrumento para a construção da paz desejada por Jesus. Paz que se constrói na comunicação dos bens divinos a cada pessoa humana.
Ressuscitar os mortos e curar os doentes. Essa é a nossa missão!
A graça de Deus vem para nos limpar e nos renovar por meio do amor
“O Reino dos Céus está próximo. Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos e expulsai os demônios” (Mt 10, 7-8)
Essa é a ordem de Jesus para Seus discípulos, para aqueles que entram na lógica e na dinâmica do Reino do Senhor, o qual está próximo e cada vez mais dentro de nós.
Colocar em prática os elementos desse Reino – orar pelos que estão doentes e enfermos – é nossa obrigação. Não podemos, simplesmente, nos conformar, mas suplicar a graça de Deus sobre cada um.
Ressuscitar aqueles que estão longe do Senhor, por causa dos pecados ou algum mal que possa tê-los atingido, purificar os leprosos e expulsar os demônios é maravilhoso, porque a lepra deixa a carne com um cheiro horrível e a pessoa em situação de impureza, como diziam os antigos.
A graça de Deus vem para nos limpar e nos renovar por meio do amor. Nós somos mensageiros dessa Palavra que transforma, cura e limpa as pessoas, libertando-as de todo mal. 
Que possamos, no meio desse mundo, ser testemunhas do Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo - Comunidade Canção Nova
LEITURA ORANTE

Mt 10,7-15 – Missão do discípulo



Começamos, rezando:
Deus Pai, Santo e eterno,
nós te agradecemos por chamar cada um de nós pelo nome.
Em ti vivemos, agimos e crescemos.
Rezamos pelos cristãos do mundo inteiro.
Faze que vivamos sempre mais na fé
e no amor que tu desejas
.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia,  o texto: Mt 10,7-15 
Vão e anunciem isto: "O Reino do Céu está perto." Curem os leprosos e outros doentes, ressuscitem os mortos e expulsem os demônios. Vocês receberam sem pagar; portanto, deem sem cobrar. Não levem guardados no cinto nem ouro, nem prata, nem moedas de cobre. Nesta viagem não levem sacola, nem uma túnica a mais, nem sandálias, nem bengala para se apoiar, pois o trabalhador tem o direito de receber o que precisa para viver. 
- Quando entrarem numa cidade ou povoado, procurem alguém que queira recebê-los e fiquem hospedados na casa dessa pessoa até irem embora daquele lugar. Quando entrarem numa casa, digam: "Que a paz esteja nesta casa!" Se as pessoas daquela casa receberem vocês bem, que a saudação de paz fique com elas. Mas, se não os receberem bem, retirem a saudação.
O anúncio proposto por Jesus é simples: “O reino do céu está perto”. As ações são claras: curar, ressuscitar, expulsar o mal. As atitudes são de gratuidade e pobreza. A saudação é de paz. Um detalhe: não se preocupar se  alguma cidade ou algumas pessoas não os acolherem.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Para compreender a identidade de Jesus Cristo, tenho que ter o coração humilde.
Os Bispos em Aparecida nos ajudaram a compreender melhor o chamado de Jesus: “O chamado que Jesus, o Mestre faz, implica numa grande novidade. Na antiguidade, os mestres convidavam seus discípulos a se vincular com algo transcendente e os mestres da Lei propunham a adesão à Lei de Moisés. Jesus convida a nos encontrar com Ele e a que nos vinculemos estreitamente a Ele porque é a fonte da vida (cf. Jo 15,1-5) e só Ele tem palavra de vida eterna (cf. Jo 6,68). Na convivência cotidiana com Jesus e na confrontação com os seguidores de outros mestres, os discípulos logo descobrem duas coisas originais no relacionamento com Jesus. Por um lado, não foram eles que escolheram seu mestre foi Cristo quem os escolheu. E por outro lado, eles não foram convocados para algo (purificar-se, aprender a Lei...), mas para Alguém, escolhidos para se vincular intimamente a sua pessoa (cf. Mc 1,17; 2,14). Jesus os escolheu para “que estivessem com Ele e para enviá-los a pregar” (Mc 3,14), para que o seguissem com a finalidade de “ser d’Ele” e fazer parte “dos seus” e participar de sua missão. O discípulo experimenta que a vinculação íntima com Jesus no grupo dos seus é participação da Vida saída das entranhas do Pai, é se formar para assumir seu estilo de vida e suas motivações (cf. Lc 6,40b), viver seu destino e assumir sua missão de fazer novas todas as coisas.” (DAp 131).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo com a oração:
Senhor,
difunde sobre nós o teu Espírito para que

sigamos sempre mais de perto Jesus Cristo
e possamos dar testemunho da nossa vida cristã. Que possamos reconhecer e servir Cristo
naqueles que sofrem e passam necessidade.
Faze de nós tua morada.
Ó Deus, com a fecundidade do teu Espírito animaste a vida e
a missão dos primeiros discípulos e discípulas de Jesus.
Ilumina com o mesmo Espírito os nossos corações,
e acende neles o fogo do teu amor, 
para que sejamos testemunhas da tua Ressurreição.
Amém! 

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Procurarei descobrir o meu chamado para “ser d’Ele” – de Jesus - e fazer parte “dos seus”, para que todos sejam um.
Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. 

Ir. Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, faze-nos pessoas mansas, de coração puro, misericordiosas e inundadas pelo Amor, para que possamos anunciar aos irmãos, com a nossa simples presença, que já vivemos os sinais do teu Reino, embora ainda não em plenitude. Por Jesus Cristo, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA - 11/07/2013




Tema do Dia

“Curem os doentes, ressuscitem os mortos...”

No Gênesis, José – agora ministro do Faraó – recebe seus irmãos. Um encontro cheio de emoção, em que aquele que fora traído acolhe e perdoa os irmãos, lembrando que a sua chegada antecipada ao Egito fora obra do Senhor para preservá-los da morte.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 
a vida eterna. Amém.

Branco. 5ª-feira da 14ª Semana Tempo Comum

S. Bento, abade, me
mória


Primeira Leitura (Gn 44,18-21.23b-29;45,1-5)
São Bento, abade
Quinta-feira 11/07/13

Leitura do Livro do Gênesis.

Naqueles dias, 18 Judá aproximou-se de José e, cheio de ânimo, disse: “Perdão, meu Senhor, permite a teu servo falar com toda a franqueza, sem que se acenda a tua cólera contra mim. Afinal, tu és como um faraó! 19 Foi meu Senhor quem perguntou a seus servos: ‘Ainda tendes pai ou algum outro irmão?’ 20 E nós respondemos ao meu senhor: ‘Temos um pai já velho e um menino nascido em sua velhice, cujo irmão morreu; é o único filho de sua mãe que resta, e seu pai o ama com muita ternura’. 21 E tu disseste a teus servos: ‘Trazei-o a mim, para que eu possa vê-lo. 23b Se não vier convosco o vosso irmão mais novo, não vereis mais a minha face’.
24 Quando, pois, voltamos para junto de teu servo, nosso pai, contamos tudo o que o meu senhor tinha dito. 25 Mais tarde disse-nos nosso pai: ‘Voltai e comprai para nós algum trigo’. 26 E nós lhe respondemos: ‘Não podemos ir, a não ser que o nosso irmão mais novo vá conosco. De outra maneira, sem ele, não nos podemos apresentar àquele homem’. 27 E o teu servo, nosso pai, respondeu: ‘Bem sabeis que minha mulher me deu apenas dois filhos. 28 Um deles saiu de casa e eu disse: um animal feroz o devorou! E até agora não apareceu. 29 Se me levardes também este, e lhe acontecer alguma desgraça no caminho, fareis descer de desgosto meus cabelos brancos à morada dos mortos’”.
45,1 Então José não pode mais conter-se diante de todos os que o rodeavam e gritou: “Mandai sair toda a gente!” E, assim, não ficou mais ninguém com ele, quando se deu a conhecer aos irmãos. José rompeu num choro tão forte, que os egípcios ouviram e toda a casa do Faraó. 3 E José disse a seus irmãos: “Eu sou José! Meu pai ainda vive?” Mas os irmãos não podiam responder-lhe nada, pois foram tomados de um enorme terror. Ele, porém, cheio de clemência, lhes disse: “Aproximai-vos de mim”. Tendo-se eles aproximado, disse: “Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito. 5Entretanto, não vos aflijais, nem vos atormenteis, por me terdes vendido a este país. Porque foi para a vossa salvação que Deus me mandou adiante de vós, para o Egito”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 104,16-21)
São Bento, abade
Quinta-feira 11/07/13

— Lembrai as maravilhas do Senhor!
— Lembrai as maravilhas do Senhor!

— Mandou vir, então, a fome sobre a terra e os privou de todo pão que os sustentava; um homem enviara à sua frente, José que foi vendido como escravo.
— Apertaram os seus pés entre grilhões e amarraram seu pescoço com correntes, até que se cumprisse o que previra, e a palavra do Senhor lhe deu razão.
— Ordenou, então, o rei que o libertassem, o soberano das nações mandou soltá-lo; fez dele o senhor de sua casa, e de todos os seus bens o des­pen­seiro.


Evangelho (Mt 10,7-15)
São Bento, abade
Quinta-feira 11/07/13


A missão dos doze apóstolos

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Em vosso caminho, anunciai: ‘O Reino dos Céus está próximo’. Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar!
Não leveis ouro nem prata nem dinheiro nos vossos cintos; 10 nem sacola para o caminho, nem duas túnicas nem sandálias nem bastão, porque o operário tem direito a seu sustento. 11 Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes, informai-vos para saber quem ali seja digno. Hos­pedai-vos com ele até a vossa partida.
12 Ao entrardes numa casa, saudai-a. 13 Se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz. 14 Se alguém não vos receber, nem escutar vossa palavra, saí daquela casa ou daquela cidade, e sacudi a poeira dos vossos pés. 15 Em verdade vos digo, as cidades de Sodoma e Gomorra serão tratadas com menos dureza do que aquela cidade, no dia do juízo.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém

BOM DIA - "O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca." (Antoine de Saint-Exupéry)

QUE CADA PÔR-DO-SOL LEVE CONSIGO AS DESILUSÕES DO DIA QUE PASSOU. QUE CADA NOVO AMANHECER SEJA UMA NOVA CHANCE DE RECOMEÇAR. QUE VOCÊ SEJA FELIZ SEMPRE. ÓTIMA QUINTA-FEIRA!

O SERVIÇO DE METEOROLOGIA INFORMA: VAI CHOVER FLORES HOJE A NOITE NA SUA CASA. APROVEITE, ARRUME OS VASOS E DEIXE SUA CASA BEM FLORIDA E ALEGRE. AMANHÃ PODE CHOVER. BEIJOS... QUEM SABE?

Oração e benção de envio


Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1) from Pride Commerce - Assessoria e Consultoria na Internet - Uma empresa do Grupo DESTAKE --- Diretor: Vagner Fernandes David


Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)
·         1. Oração e Benção de envio 2º Congresso Missionário Diocesano
·         2. “A missão é feita com os pés dos que partem, com os joelhos dos que rezam e as mãos daqueles que ajudam”.

Projeto de lei abortista só depende da sanção da presidente Rousseff para legalizar a prática no Brasil

Brasil a um passo do aborto


BRASILIA, 10 Jul. 13 / 02:06 pm (ACI).- Em meio a um clima de conturbação nacional, protestos de rua e convulsão no Congresso Nacional, os brasileiros foram surpreendidos pela aprovação deum projeto de lei  PLC 3/2013, no dia 4 de julho, já aprovado por unanimidade, em quatro votações relâmpago, na Câmara e no Senado, sem que os parlamentares tivessem realmente noção do teor da matéria, e que agora está para ser sancionada pela presidente Dilma Roussef, podendo com isso legalizar o aborto no Brasil, do modo mais sutil e contrário ao desejo da maioria do povo brasileiro que em seu 82%, segundo pesquisas  Datafolha, é contra o aborto.

Projeto de lei abortista só depende da sanção da presidente Rousseff para legalizar a prática no Brasil

Brasil a um passo do aborto


BRASILIA, 10 Jul. 13 / 02:06 pm (ACI).- Em meio a um clima de conturbação nacional, protestos de rua e convulsão no Congresso Nacional, os brasileiros foram surpreendidos pela aprovação deum projeto de lei  PLC 3/2013, no dia 4 de julho, já aprovado por unanimidade, em quatro votações relâmpago, na Câmara e no Senado, sem que os parlamentares tivessem realmente noção do teor da matéria, e que agora está para ser sancionada pela presidente Dilma Roussef, podendo com isso legalizar o aborto no Brasil, do modo mais sutil e contrário ao desejo da maioria do povo brasileiro que em seu 82%, segundo pesquisas  Datafolha, é contra o aborto.

Você sabia que:

O círio pascal é o símbolo principal da Páscoa, pois reúne em si mesmo aos simbolismos derivados da luz e do fogo.

Podcast - Ouça a história do santo do dia

Podcast