segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

BOM DIA! BOA TARDE! BOA NOITE! Oração da noite, Oração da manhã e Oração do entardecer - Deus te abençoe!



Oração da Noite

Boa noite Pai.
Termina o dia e a ti entrego meu cansaço.
Obrigado por tudo e… perdão!!
Obrigado pela esperança que hoje animou meus passos, pela alegria que vi no rosto das crianças;
Obrigado pelo exemplo que recebi daquele meu irmão;
Obrigado também por isso que me fez sofrer…
Obrigado porque naquele momento de desânimo lembrei que tu és meu Pai; Obrigado pela luz, pela noite, pela brisa, pela comida, pelo meu desejo de superação…
Obrigado, Pai, porque me deste uma Mãe!
Perdão, também, Senhor!
Perdão por meu rosto carrancudo; Perdão porque não me lembrei que não sou filho único, mas irmão de muitos; Perdão, Pai, pela falta de colaboração e serviço e porque não evitei aquela lágrima, aquele desgosto; Perdão por ter guardado para mim tua mensagem de amor;
Perdão por não ter sabido hoje entregar-me e dizer: “sim”, como Maria.
Perdão por aqueles que deviam pedir-te perdão e não se decidem.
Perdoa-me, Pai, e abençoa os meus propósitos para o dia de amanhã, que ao despertar, me invada novo entusiasmo; que o dia de amanhã seja um ininterrupto “sim” vivido conscientemente.
Amém!!!

Oração da manhã

Bom-dia, Senhor Deus e Pai!
A ti, a nossa gratidão pela vida que desperta, pelo calor que
cria vida, pela luz que abre nossos olhos.
Nós te agradecemos por tudo que forma nossa vida, pela terra, pela água, pelo ar, pelas pessoas. Inspira-nos com teu Espírito Santo os pensamentos que vamos alimentar,as palavras que vamos dizer, os gestos que vamos dirigir,a comunicação que vamos realizar.
Abençoa as pessoas que nós encontramos, os alimentos que vamos ingerir.
Abençoa os passos que nós dermos, o trabalho que devemos fazer.
Abençoa, Senhor, as decisões que vamos tomar, a esperança que vamos promover,a paz que vamos semear,a fé que vamos viver, o amor que vamos partilhar.
Ajuda-nos, Senhor, a não fugir diante das dificuldades, mas a abraçar amor as pequenas cruzes deste dia.
Queremos estar contigo, Senhor, no início, durante e no fim deste dia.
Amém.

Oração do entardecer

Ó Deus!
Cai à tarde, a noite se aproxima.
Há neste instante, um chamado à elevação, à paz, à reflexão.
O dia passa e carregam os meus cuidados.
Quem fez, fez.
Também a minha existência material é um dia que se passa,
uma plantação que se faz, um caminho para algo superior.
Como fizeste a manhã, à tarde e a noite, com seus encantos,
fizeste também a mim, com os meus significados, meus resultados.
Aproxima de mim, Pai, a Tua paz para que usufrua desta
hora e tome seguras decisões para amanhã.
Que se ponha o sol no horizonte, mas que nasça
em mim o sol da renovação e da paz para sempre.
Obrigado, Deus, muito obrigado!
Amém!

Sorrindo Pra Vida - 28/12/2020


Canal dYoutube - Canção Nova Play

Publicado em 28 de dez. de 2020

LEITURA ORANTE DO DIA 28/12/2020



LEITURA ORANTE

Mt 2,13-18 - Jesus menino é perseguido, se faz migrante e missionário


Preparamo-nos para a Leitura Orante,
rezando com todos que se encontram nas mídias sociais:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Creio, Senhor Jesus, que sou parte de seu Corpo.
Trindade Santíssima
- Pai, Filho, Espírito Santo -
presente e agindo na Igreja e na profundidade do meu ser.
Eu vos adoro, amo e agradeço.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Lemos atentamente o texto: Mt 2,13-18.
Depois que os visitantes foram embora, um anjo do Senhor apareceu num sonho a José e disse:
- Levante-se, pegue a criança e a sua mãe e fuja para o Egito. Fiquem lá até eu avisar, pois Herodes está procurando a criança para matá-la.
Então José se levantou no meio da noite, pegou a criança e a sua mãe e fugiu para o Egito. E eles ficaram lá até a morte de Herodes. Isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor tinha dito por meio do profeta: "Eu chamei o meu filho, que estava na terra do Egito."
Quando Herodes viu que os visitantes do Oriente o haviam enganado, ficou com muita raiva e mandou matar, em Belém e nas suas vizinhanças, todos os meninos de menos de dois anos. Ele fez isso de acordo com a informação que havia recebido sobre o tempo em que a estrela havia aparecido. Assim se cumpriu o que o profeta Jeremias tinha dito:
"Ouviu-se um som em Ramá, o som de um choro amargo. Era Raquel chorando pelos seus filhos; ela não quis ser consolada, pois todos estavam mortos."
O rei Herodes, no seu orgulho, não admitia concorrência. Não admitia a existência de um rei na Judeia, além dele. Por causa disso, ordenou a matança de todas as crianças do sexo masculino, abaixo de dois anos de idade.
Refletindo
José foi avisado em sonho por um anjo que devia fugir para o Egito, porque Herodes queria matar o Menino. O Evangelho diz que, muito dócil à vontade de Deus, “se levantou no meio da noite, pegou a criança e a sua mãe e fugiu para o Egito. E eles ficaram lá até a morte de Herodes”. Assim, a primeira terra de missão de Jesus foi o Egito, no grande continente da África. Lá permaneceram também como migrantes, exilados, sem parentes, sem casa, sem trabalho, sem nome. Ficaram no Egito até a morte de Herodes (que aconteceu nos primeiros três anos da vida de Jesus). O cruel e ambicioso Herodes mandou matar todos os meninos de Belém de dois anos para baixo, querendo matar entre os inocentes o Menino Jesus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para nós, hoje?
O texto da fuga para o Egito nos diz que é preciso estar sempre atento para discernir qual é a vontade de Deus. Se preciso, abandonar um caminho e assumir outro menos atraente, porém mais coerente com a vida. Às vezes, é preciso viver no anonimato, no silêncio, para cumprir a vontade de Deus.
Meditando
Os bispos, na V Conferência, falaram várias vezes da situação dos migrantes e do papel da Igreja"Entre as tarefas da Igreja a favor dos migrantes está indubitavelmente a denúncia profética dos atropelos que sofrem frequentemente, como também o esforço por incidir, junto aos organismos da sociedade civil, nos governos dos países, para conseguir uma política migratória que leve em consideração os direitos das pessoas em mobilidade. Deve ter presente também os deslocados pela violência. Nos países açoitados pela violência se requer a ação pastoral para acompanhar as vítimas e oferecer-lhes acolhida e capacitá-los para que possam viver de seu trabalho. Ao mesmo tempo, deverá aprofundar seu esforço pastoral e teológico para promover uma cidadania universal na qual não haja distinção de pessoas.
Os migrantes devem ser acompanhados pastoralmente por suas Igrejas de origem e estimulados a se fazer discípulos e missionários nas terras e comunidades que os acolhem, compartilhando com eles as riquezas de sua fé e de suas tradições religiosas. Os migrantes que partem de nossas comunidades podem oferecer uma valiosa contribuição missionária às comunidades que os acolhem." (DAp 414 e 415)

A BBC reflete sobre as migrações, hoje.

O mundo nunca teve tanta gente morando fora do país de origem. A ONU (Organização das Nações Unidas) avalia que existem atualmente 160 milhões de migrantes, pessoas vivendo fora do seu país pelas mais variadas razões - da mudança temporária por exigência do trabalho à tentativa de uma vida melhor no exterior fugindo de guerras.
Esse movimento só é comparável à grande onda migratória do início do século 20. Os especialistas calculam que naquela época cerca de 50 milhões de pessoas, a grande maioria europeus, deixaram o continente em direção ao novo mundo, como eram chamados na época as Américas e a Oceania.
Essa primeira grande onda migratória da história levou milhões de britânicos
Mas por que o número de imigrantes aumentou tanto nos últimos anos? Para os especialistas que estudam o assunto, o aumento das comunicações e o desenvolvimento - e consequentemente barateamento - dos meios de transporte deram um grande impulso ao desejo antigo do ser humano de sair em busca de uma vida melhor.
Mas quais são as consequências da migração na sociedade que recebe os migrantes?
Países como o Brasil só desenvolveram sua indústria a partir da imigração europeia do início do século 20. Mas os migrantes de hoje enfrentam mais resistência.

De 2000 a 2009, o número de migrantes globais aumentou cerca de 4,6 milhões por ano, mais que o dobro do aumento anual durante a década anterior, 2 milhões. Durante a primeira década do século 21, a Ásia registrou o maior aumento (1,7 milhão por ano), seguido pela Europa (1,3 milhão por ano) e América do Norte (1,1 milhão por ano). A Ásia também experimentou o maior aumento como região de origem: o número mundial de migrantes provenientes desse continente aumentou em 2,4 milhões por ano, seguido por América Latina e Caribe (1 milhão), África (0,6 milhões) e Eropa (0,5 milhões).

A expansão das imigrações atuais no Brasil vem acompanhada por uma série de fatores, a saber:
a) aumento da xenofobia: o Brasil, apesar de sua internacionalmente reconhecida receptividade, vem aumentando os casos de xenofobia, sobretudo para com as populações advindas de países subdesenvolvidos. Para parte da população, os grupos estrangeiros trazem doenças, “roubam” vagas de empregos e “ameaçam” a identidade cultural do país. O curioso é que esses argumentos são semelhantes aos impostos aos brasileiros no exterior, notadamente na Europa.
b) condições de vida precária, até em situações de escravidão.
c) Favorecimento do tráfico de pessoas

3. Oração (Vida)
O que o texto nos leva a dizer a Deus?
Rezamos, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluímos:
Bom Jesus dos imigrantes, guiai a todos pelos
seu Caminho, Verdade e Vida. Amém.

4. Contemplação (Vida e Missão)
Qual nosso novo olhar a partir da Palavra?
Como vamos vivê-lo na missão?
Nosso novo olhar é de atenção ao que Deus quer nos revelar para fugir do mal e ir em direção ao bem.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.

nção
Jesus e Maria, dai-nos vossa santa bênção.
Em nome do Pai e do  Filho e do Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp

LEITURA ORANTE DO DIA 27/12/2020



LEITURA ORANTE

Lc 2,22-40 - Apresentação do Senhor


- A nós todos,  que nos encontramos neste espaço,
a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparamo-nos para a Leitura, rezando,
em sintonia com todos:
Inspirai-me, Espírito Santo, para que eu pense santamente!
Impulsionai-me, Espírito Santo, para que eu trabalhe santamente!
Movei-me, Espírito Santo, para que eu ame santamente!
Fortificai-me, Espírito Santo, para que eu proteja o que é santo!
Guardai-me, Espírito Santo, para que jamais perca o que é santo!
(Santo Agostinho)

1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?
Lemos, o texto Lc 2,22-40.
22 Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor, 23 conforme está escrito na lei do Senhor: “Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor”. 24 Foram também oferecer o sacrifício – um par de rolas ou dois pombinhos –, como está ordenado na lei do Senhor. 25 Em Jerusalém havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26 e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor. 27 Movido pelo Espírito, Simeão veio ao templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a lei ordenava, 28 Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29“Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30 porque meus olhos viram a tua salvação, 31 que preparaste diante de todos os povos: 32 luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel”.
33 O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34 Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35 Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma”. 36 Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37 Depois ficara viúva e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38 Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. 39 Depois de cumprirem tudo, conforme a lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40 O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.
Refletindo
Alguns aspectos merecem ser destacados neste texto:
1º Observo Jesus recém-nascido. Aparentemente em tudo é semelhante aos outros. Mas, não passa despercebido: O Espírito Santo abre os olhos da fé ao velho Simeão, que se aproxima e, tomando o Menino nos braços, reconhece nele o Messias. Este Menino, profetiza Simeão, será "sinal de contradição".
2º Para a Mãe surpresa, Simeão prediz que a salvação acontecerá através do sofrimento – “espada afiada” -  do qual  também ela participará.
3º O tema da oferenda mistura-se com o tema da luz: “uma luz para mostrar o caminho a todos”. O Menino será luz das gentes e glória de Israel. Assim, Maria se revela como um candelabro que apresenta Jesus, "Luz do mundo".

2. Meditação (Caminho)
- O que a Palavra diz para nós?
Os bispos, na Conferência de Aparecida, afirmaram: "Nestes últimos tempos, Ele nos tem falado por meio de Jesus seu Filho (Hb 1,1ss), com quem chega a plenitude dos tempos (cf. Gl 4,4). Deus, que é Santo e nos ama, nos chama por meio de Jesus a ser santos (cf. Ef 1,4-5)." (DAp 130)

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra nos leva a dizer a Deus?
A Palavra nos motiva a fazer, hoje, uma prece a Maria.
Ó minha Mãe, Maria,
neste momento, a luz do teu Filho Jesus  brilhou diante de meus olhos,
iluminou minha mente e se acendeu no meu coração.
Quero também ser, como tu és,
um candelabro para que a Luz brilhe na minha casa,
na minha família,
no meu trabalho,
por onde eu passar,
em todos os ambientes de comunicação,
em todo o mundo.

4. Contemplação (Vida/Missão)
- Qual o nosso novo olhar a partir da Palavra?
Iluminados/as pela Palavra, no dia de hoje, vamos comunicar a luz de Deus em cada encontro, em cada palavra, a cada situação. Como a luz afasta toda escuridão, vamos  colaborar para que todo medo, dúvida, injustiça ou conflito sejam esclarecidos e substituídos pela  graça e pela paz de Deus.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva,fsp

LEITURA ORANTE DO DIA 26/12/2020



LEITURA ORANTE

Mt 10,17-22 - Martírio de Estêvão

Martírio de Estêvão

- A todos nós que nos encontramos neste ambiente digital,
paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparamo-nos para a Leitura, cantando ou rezando:

Cristãos, vinde todos
Com alegres cantos.
Ó, vinde, ó, vinde, até Belém.
Vede nascido
Vosso Rei eterno
Ó, vinde,  adoremos
Ó, vinde e adoremos
Ó, vinde e adoremos o Salvador

Humildes pastores deixam seu rebanho.
E alegres acorrem ao Rei do Céu.
Nós igualmente cheios de alegria.

O Deus invisível, de eterna grandeza.
Sob véus de humilhação, podemos ver.
Deus pequenino, Deus envolto em faixas.

Nasceu em pobreza, repousando em palhas.
O nosso afeto lhe vamos dar.
Tanto amou-nos!
Quem não há de amá-lo?

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Lemos atentamente, o texto: Mt 10,17-22.
Tenham cuidado, pois vocês serão presos, e levados ao tribunal, e serão chicoteados nas sinagogas. Por serem meus seguidores, vocês serão levados aos governadores e reis para serem julgados e falarão a eles e aos não-judeus sobre o evangelho. Quando levarem vocês para serem julgados, não fiquem preocupados com o que deverão dizer ou como irão falar. Quando chegar o momento, Deus dará a vocês o que devem falar. Porque as palavras que disserem não serão de vocês mesmos, mas virão do Espírito do Pai de vocês, que fala por meio de vocês.
- Muitos entregarão os seus próprios irmãos para serem mortos, e os pais entregarão os filhos. Os filhos ficarão contra os pais e os matarão. Todos odiarão vocês por serem meus seguidores. Mas quem ficar firme até o fim será salvo.
Refletindo
O Evangelho de hoje diz que, aqueles que anunciam a Boa Nova são caluniados, perseguidos, julgados, maltratados, odiados, por causa do nome de Jesus. O diácono Estêvão foi um deles. Cheio do Espírito Santo, fortificado pela fé em Jesus, não temeu. Foi apedrejado e morto, repetindo as mesmas palavras de Jesus no alto da cruz: "Senhor, não lhes leves em conta este pecado..."
Testemunhar é dar a vida por Jesus. São Paulo dizia: "Trazemos sempre em nosso corpo os traços da morte de Jesus para que também a vida de Jesus se manifeste em nosso corpo. Embora estando vivos, somos a toda hora entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus apareça em nossa carne mortal."

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para nós, hoje?
Nada mais concreto e mais atual do que estas palavras de Jesus.
Meditando
Os jornais apresentam, a cada dia, tristes ocorrências: pai matando filho, filho matando os pais, países em guerra, numa série de violência contra o projeto de paz de Deus. Sobre os maus tratos e julgamentos, observe em sua realidade e veja quantos missionários e evangelizadores sofrem diariamente acusações, ódio, violência, mortes e falsos testemunhos. Nós que seguimos Jesus, também podemos ser odiados e difamados por causa do seu nome. Não pode nos faltar a cruz de cada dia. E a fé. O testemunho!

3. Oração (Vida)
O que o texto nos  leva a dizer a Deus?
Rezamos o Salmo 30(31)

Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.

1. Sede uma rocha protetora para mim, / um abrigo bem seguro que me salve! / Sim, sois vós a minha rocha e fortaleza; / por vossa honra, orientai-me e conduzi-me! – R.

2. Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, / porque vós me salvareis, ó Deus fiel! / Vosso amor me faz saltar de alegria, / pois olhastes para as minhas aflições. – R.

3. Eu entrego em vossas mãos o meu destino; / libertai-me do inimigo e do opressor! / Mostrai serena a vossa face ao vosso servo / e salvai-me pela vossa compaixão! – R.

4. Contemplação (Vida e Missão)
Qual nosso novo olhar a partir da Palavra?
Nosso  novo olhar é para acolher as cruzes de cada dia, por causa de Jesus.

Bênção
Bênção de Natal
Senhor, volta para mim, na maneira simples de chegar.
E que te possa descobrir
em todos os presépios e casas,
em todas as manjedouras e berços,
em todas as Marias e Josés.
Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp

HOMÍLIA - Aborto: o assassinato de inocentes - Padre José Augusto (28/12/2020)


Canal dYoutube - Canção Nova Play

Publicado em 28 de dez. de 2020

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=KZrSq7-fFOY

Espírito de Herodes | (Mt 2, 13-18) #255 - Meditação da Palavra - Frei Gilson



Publicado em 28 de dez. de 2020

Conselhos para a família | (Ecles 3, 3-7.14-17 - Cl 3, 12-21) #254 - Meditação da Palavra - Frei Gilson



Publicado em 27 de dez. de 2020

Sejamos como Estevão | (At 6, 8-10; 7, 54-59) #253 - Meditação da Palavra - Frei Gilson



Publicado em 26 de dez. de 2020

Mãe Maria | Dom Walmor - 28/12/2020


Canal do Youtube: TV Horizonte

Publicado em 28 de dez. de 2020

Mãe Maria | Dom Walmor - 27/12/2020


Canal do Youtube: TV Horizonte

Publicado em 27 de dez. de 2020