quinta-feira, 7 de novembro de 2013

BOA NOITE!!!


BOA NOITE!!!

QUE VOCÊ ESTEJA, HOJE E SEMPRE, DENTRO DO
 SAGRADO CORAÇÃO DE NOSSA
MÃE SANTÍSSIMA.

A PAZ DE JESUS E O AMOR DE MARIA.

Jesus eucaristia quer falar-te: escuta-O - JESUS, O PÃO VIVO DESCIDO DO CÉU.




Dia da semana: Quinta-feira - Dedicado ao - Santíssimo Sacramento





Ao Teu Encontro

O meu coração tem sede de amar,
Vim ao teu encontro ansiosa em Te adorar!

Meu Deus, eu creio e adoro, espero e Te amo,
Por aqueles que não Te amam!

O Céu se faz presente aqui e olhas para mim
Por que me amas sem igual!

BOA TARDE! - “Apesar dos nossos defeitos, precisamos enxergar que somos pérolas únicas no teatro da vida e entender que não existem pessoas de sucesso e pessoas fracassadas. O que existem são pessoas que lutam pelos seus sonhos ou desistem deles.” Augusto Cury

Quem é esse Deus - Missionrio Shalom [Clip Oficial] - VÍDEO

Pe. Paulo Ricardo responde à questionamentos protestantes - VÍDEO

TERÇOS – VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
 

TERÇO DA FÉ
 

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
 

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO


LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistérios Luminosos - Quinta-Feira


Terço do Rosário: Mistérios Luminosos





São Vicente Gross - 07 de Novembro

São Vicente Grossi
Nascimento09 de março de 1845
Local nascimentoPizzighettone (diocese de Cremona, Itália)
OrdemDiocesana - Fundador das Filhas do Oratório
Local vidaRegona (Itália)
EspiritualidadeFilho de família modesta e muito amado por todos, aos 19 anos de idade entrou no seminário de Cremona e em 1869, aos 24 anos de idade, tornou-se sacerdote. Em 1873 foi nomeado pároco de Regona. Nessa paróquia, deu início a uma nova congregação religiosa, a das Filhas do Oratório que agrupava moças para visitas e ajudas aos mais necessitados. Dez anos após foi transferido para a Paróquia de Vicobellignano, onde permaneceu até o fim de sua vida. Em 1983, já havia 59 casas e 455 religiosas. Esse santo representa todos os humildes sacerdotes dedicados à curas das almas, santificando as pessoas a ele confiadas.
Local morteVicobellignano
Morte7 de Novembro de 1917, aos 72 anos de idade
Fonte informaçãoSanto Nosso de cada dia, rogai por nós!
DevoçãoÀ cura das almas e à Caridade
PadroeiroDos sacerdotes dedicados e fundadores
Outros Santos do diaVicente Grossi (fund); Florêncio, Prodoscimo, Águilas, Vilibrando, Rufo, Herculano, Engelberto e Restituto (bispos); Amaranto, Herão, Nicandro, Eséquio, Trêmero, Antônio e Carina, Ernesto, Casto e Leopardo (márts); Gertrude (ab.); Severino (monge).
FONTE: ASJ

Beato Francisco Palau - 07 de Novembro

Beato Francisco Palau

FUNDADOR DAS ORDENS: 
- IRMÃS CARMELITAS MISSIONÁRIAS 
- IRMÃS CARMELITAS MISSIONÁRIAS TERESIANAS

Comemoração litúrgica: 07 de novembro.

Também nesta data:  S. Amaranto, S. Pedro de Ruffia e Santa Carina  

Nasceu em Espanha, Catalunha no dia 29 de Dezembro de 1811, dia em que também foi batizado. Sua família era  pobre, porém, muito cristã  e  piedosa.
Foi  Crismado em 11 de Abril de 1817 e aos 17 anos, ocasião em que ingressou no Seminário diocesano de Lérida, onde cursou por quatro anos os estudos de filosofia e teologia. Ali permaneceu até o ano de 1832,  quando optou em ingressar para o Convento dos Padres Carmelitas de  Barcelona.   Assume o postulantado no dia 23 de outubro e, no dia 15 de novembro do ano seguinte (1833),  faz a sua profissão religiosa como Carmelita Descalço.  Foi ordenado Diácono em 1834 e, dois anos  depois,  ordenado sacerdote na catedral de  Barbastro, por D. Diego Fort Puig, bispo da  Diocese.

São Engelberto - 7 de novembro

São Engelberto, Arcebispo de Colônia, Mártir

Um dos abusos que mais se estenderam durante a Idade Média, era a concessão  de um ou vários benefícios eclesiásticos aos jovens e até meninos. São Engelberto foi um exemplo deles, cujo pai era o poderoso Conde de Berg. Quando ainda estudava na escola da catedral de Colônia, já era responsável pela comida de Santa Maria de Aquisgrán, de São Jorge, de São Severino e da catedral de Colônia.

São Prosdócimo - 07 de Novembro

São Prosdócimo
Século II
São muitos os nomes que soam familiares e típicos de certas localidades italianas, mesmo parecendo insólitos, estranhos ou exclusivos. Tais nomes estão ligados ao culto de um santo local, em muitos casos de um antigo bispo e, em outros, de um mártir.

São Vilibrordo - 07 de Novembro





Nasceu em Northúmbria, na Irlanda, em 658, e morreu em Echternach (Luxemburgo), a 7 de novembro de 739.

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 07/11/2013

7 de Novembro de 2013

Ano C


Lucas 15,1-10

Comentário do Evangelho

A alegria de Deus é a conversão dos seres humanos.

O evangelho de hoje é parte do capítulo 15 do evangelho de Lucas. Este capítulo é composto de uma sucessão de três parábolas de misericórdia. As parábolas são a resposta de Jesus à murmuração dos escribas e fariseus: “Este homem recebe os pecadores e come com eles!” Na tradição bíblica, Deus é o pastor (Sl 23[22]) que procura a ovelha que se perdeu: “Procurarei as ovelhas perdidas, recolherei as desgarradas, curarei as feridas e as doentes…” (Ez 34,16). Deus não desiste de ninguém que ele criou à sua imagem: deixando em segurança as outras ovelhas, ele vai atrás da que se perdeu até encontrá-la. Já no capítulo quinto, Jesus responde a questão semelhante: “Os sãos não têm necessidade de médico, e sim os doentes; não vim chamar os justos, mas os pecadores para que se convertam” (5,31-32). A alegria de Deus é a conversão dos seres humanos. Portanto, a atitude de Jesus de acolher bem os pecadores está fundamentada no modo como Deus age.
Carlos Alberto Contieri, sj
ORAÇÃO
Pai, quero ser contagiado por teu amor desconcertante que vai em busca do pecador e se alegra ao vê-lo voltar à comunhão.

Vivendo a Palavra

Nas chamadas ‘parábolas da misericórdia’ Jesus ensina uma contabilidade nova, diferente da nossa, que ao final quer o balanço entre débitos e créditos. No Reino do Pai, uma ovelha ou uma simples moeda quando encontradas, trazem alegria maior do que as demais que permaneciam guardadas. Façamos da Lei do Amor o modelo para nossa economia de vida.

Reflexão

Todos nós somos pecadores, mas Deus nos ama tanto que age sempre com misericórdia para conosco, perdoando o que nos pesa na consciência e sempre dando-nos condições para que nos convertamos e possamos viver na sua amizade, afinal de contas, o verdadeiro Pai não quer vier os seus filhos e filhas dispersos pelo mundo e entregues ao poder do pecado e da morte. Tudo isso faz com que uma das maiores alegrias de Deus seja a conversão dos pecadores. Como Deus, também nós devemos agir com misericórdia para com os que erram e dar-lhes condições para que possam converter-se e, assim, vivam a plena alegria de quem se sente eternamente amado por Deus.

Recadinho


Em algum período da minha vida já fui como uma ovelha perdida? - Ou, vivi sempre como uma ovelha presente e atuante no rebanho de Cristo? - Procuro me vigiar sempre para ter certeza que estou sempre presente como ovelha que segue seu pastor? - Quem conhece o coração humano, compreende a preocupação por algo perdido e os desvelos para encontrar o que sumiu! Quem conhece o mundo compreende que as coisas, os animais e os homens, podem perder-se e se extraviar. Quem conhece a Deus compreende que ele faz tudo para reconduzir o ser humano para o caminho do bem!
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

REFLEXÕES DE HOJE


07 DE NOVEMBRO - QUINTA


Liturgia comentada

Alegrai-vos comigo! (Lc 15,1-10)
O pastor que recupera a ovelha tresmalhada (e ele possuía cem!) não pode deixar de se alegrar. Mas a alegria transborda e se muda em um convite aos amigos: “Alegrai-vos comigo!” A mulher pobrezinha que recupera a moedinha enferrujada (afinal, só tinha dez!), também é inundada pelo júbilo. Daí o convite às vizinhas: “Alegrai-vos comigo!”
Ambas as imagens se referem à realidade humana: nós estávamos perdidos, extraviados, quando veio Jesus Cristo e deu sua vida por nós. Foi a forma escolhida por Deus para nos trazer de volta à casa do Pai. Se o próprio Jesus se apresenta sob a imagem de um Bom Pastor (cf. Jo 10,11.14), como não se alegraria ao nos recuperar para o Pai?
Nós também somos pastores. Não apenas os bispos e padres, que zelam pelo rebanho da Igreja. Também a nós o Senhor confiou muitas ovelhas. Os pais são pastores de seus filhos. Os médicos são pastores de seus pacientes. Os educadores pastoreiam seus alunos.
Naturalmente, o cirurgião vibra de alegria quando salva o acidentado por meio de uma intervenção cirúrgica. O mestre se alegra quando vê que seu ex-aluno agora ocupa um cargo importante na empresa. Os pais exultam de alegria quando conseguem reorientar o filho que andara por caminhos obscuros.
Esta alegria precisa ser repartida. Não só como desabafo, mas como testemunho de uma esperança que se mantém acesa. A boa notícia da “salvação” servirá de ânimo para muitos que ainda estão em combate. O estudante se motivará ao ver a formatura do colega. O enfermo recobrará o ânimo ao ver a cura de seu vizinho de leito. Mas é preciso comemorar!
Nossa sociedade ocidental está perdendo a capacidade de comemorar. Para fazê-lo, preciso beber, drogar-se. Não consegue mais perceber os lampejos de luz que cintilam no dia-a-dia. Burocratizados, não percebemos mais o inestimável valor dos trabalhos caseiros, da dedicação profissional. Trabalha-se pelo salário, mais nada...
Há uma terceira parábola, logo a seguir: a história do Pai que tinha dois filhos (só dois!). Seu amor não era percebido pelos filhos. Um fugiu para longe, curtindo a vida. Outro servia na fazenda como um burro de carga. Quando o fujão voltou, houve festa. E o pai insistia com o filho mais velho: “Alegrai-vos!”
Orai sem cessar: “Que o Senhor faça a minha alegria!” (Sl 104,34)
Texto de  Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
santini@novaalianca.com.br
LEITURA ORANTE

Lc 15,1-10 - Alegria do reencontro


"Alegrem-se comigo porque achei a minha ovelha perdida."

Introdução
Graça e Paz a todos os que se reúnem aqui, na web, em torno da Palavra.
 
Juntos, rezamos ou cantamos o Salmo 94:
(Se a oração for feita por duas pessoas ou em grupo,
 pode ser rezado em dois coros ou um solista e os demais repetem)

- Venham, ó nações, ao Senhor cantar (bis)
- Ao Deus do universo, venham festejar (bis)

- Seu amor por nós, firme para sempre (bis)

- Sua fidelidade dura eternamente (bis)

- Toda a terra aclame, cante ao Senhor (bis)

- Sirva com alegria, venha com fervor (bis)

- Nossas mãos orantes para o céu subindo (bis)

- Cheguem como oferenda ao som deste hino (bis)

- Glória ao Pai, ao Filho e ao Santo Espírito (bis)

- Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito (bis)

Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.

1. Leitura (Ver
dade)
O que diz o texto do dia?
Leio na Bíblia, atentamente, o texto: Lc 15,1-10 e observo as duas parábolas de Jesus.
Certa ocasião, muitos cobradores de impostos e outras pessoas de má fama chegaram perto de Jesus para o ouvir. Os fariseus e os mestres da Lei criticavam Jesus, dizendo:
- Este homem se mistura com gente de má fama e toma refeições com eles.
Então Jesus contou esta parábola:
- Se algum de vocês tem cem ovelhas e perde uma, por acaso não vai procurá-la? Assim, deixa no campo as outras noventa e nove e vai procurar a ovelha perdida até achá-la. Quando a encontra, fica muito contente e volta com ela nos ombros. Chegando à sua casa, chama os amigos e vizinhos e diz: "Alegrem-se comigo porque achei a minha ovelha perdida."
- Pois eu lhes digo que assim também vai haver mais alegria no céu por um pecador que se arrepende dos seus pecados do que por noventa e nove pessoas boas que não precisam se arrepender.
A moeda perdida
Jesus continuou:
- Se uma mulher que tem dez moedas de prata perder uma, vai procurá-la, não é? Ela acende uma lamparina, varre a casa e procura com muito cuidado até achá-la. E, quando a encontra, convida as amigas e vizinhas e diz: "Alegrem-se comigo porque achei a minha moeda perdida."
- Pois eu digo a vocês que assim também os anjos de Deus se alegrarão por causa de um pecador que se arrepende dos seus pecados.

Neste texto Jesus conta duas parábolas: a da ovelha perdida que o pastor reencontra e a da moeda perdida que mulher procura e também encontra, motivo de grande alegria. “Perder” e “reencontrar” significam nas histórias de Jesus o perdão de Deus para o pecador. Nas duas predomina o sentimento de alegria. É uma alegria imensa, transbordante. Vai até o céu: “assim também os anjos de Deus se alegrarão por causa de um pecador que se arrepende dos seus pecados”. Esta alegria acusa um sofrimento precedente: a perda. Tanto a ovelha, como a moeda, a pessoa humana, apesar de pecadora, é propriedade de Deus. É muito terna a figura do pastor que carrega a ovelha sobre os ombros. Esta é a figura do Deus misericordioso, sempre em busca de cada um de nós.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Os bispos na Conferência de Aparecida lembraram:
“Nicodemos e sua ânsia de vida eterna (cf. Jo 3,1-21), a Samaritana e seu desejo de culto verdadeiro (cf. Jo 4,1-12), o cego de nascimento e seu desejo de luz interior (cf. Jo 9), Zaqueu e sua vontade de ser diferente (cf. Lc 19,1-10)... Todos eles, graças a este encontro, foram iluminados e recriados porque se abriram à experiência da misericórdia do Pai que se oferece por sua Palavra de verdade e vida. Não abriram seu coração para algo do Messias, mas ao próprio Messias, caminho de crescimento na “maturidade conforme a sua plenitude” (Ef 4,13), processo de discipulado, de comunhão com os irmãos e de compromisso com a sociedade.”(DAp 249).
E eu me interrogo:
Como acolho as buscas de Deus?
Abro meu coração ao Pastor que me procura?
Deixo-me conduzir por ele?

3.Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos e concluo com a oração:

“Jesus, Mestre:
que eu pense com a tua inteligência, com a tua sabedoria.
Que eu ame com o teu coração.
Que eu veja com os teus olhos.
Que eu fale com a tua língua.
Que eu ouça com os teus ouvidos.
Que as minhas mãos sejam as tuas.
Que os meus pés estejam sobre as tuas pegadas.
Que eu reze com as tuas orações.
Que eu celebre como tu te imolaste.
Que eu esteja em ti e tu em mim. Amém”.
(Bv. Alberione)
4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra? Sinto-me discípulo/a de Jesus.
Meu olhar deste dia será de busca de Deus no meu coração e no coração das demais pessoas.

Bênção
Rezo com o bem-aventurado Alberione:
Jesus e Maria, dai-me a vossa bênção.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém
Ó Jesus Mestre, Verdade-Caminho-Vida, tem piedade de nós.

Irmã Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, faze-nos capazes de conviver com o nosso próximo como um irmão, amando-o sem julgamentos e sem discriminações, que são as consequências naturais do julgamento... Queremos ser discípulos evangelizadores do Cristo Jesus, teu Filho e nosso Irmão, que contigo reina na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA 07/11/2013




Tema do Dia

«Esse homem acolhe pecadores, e come com eles!»

O belo texto de Paulo ensina aos romanos que ninguém vive ou morre para si mesmo, mas, quer vivamos, quer morramos, nós pertencemos ao Senhor – razão para que não julguemos nem desprezemos o irmão. Cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Verde. 5ª-feira da 31ª Semana Tempo Comum


1º Leitura: Romanos 14,7-12
XXXI SEMANA COMUM
(verde - ofício do dia)

Leitura da carta de são Paulo aos Romanos:

Irmãos,  7Nenhum de nós vive para si, e ninguém morre para si.8Se vivemos, vivemos para o Senhor; se morremos, morremos para o Senhor. Quer vivamos quer morramos, pertencemos ao Senhor.9Para isso é que morreu Cristo e retomou a vida, para ser o Senhor tanto dos mortos como dos vivos.10Por que julgas, então, o teu irmão? Ou por que desprezas o teu irmão? Todos temos que comparecer perante o tribunal de Deus.11Porque está escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua dará glória a Deus (Is 45,23).12Assim, pois, cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Salmo Responsorial: Salmos 26, 1 - 1 26, 4 - 4 26, 13 – 14
XXXI SEMANA COMUM
(verde - ofício do dia)

- Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver, na terra dos viventes.

1. O Senhor é minha luz e salvação; de quem eu terei medo? O Senhor é a proteção da minha vida; perante quem eu tremerei? -R.
2. Ao Senhor eu peço apenas uma coisa, e é só isto que eu desejo: habitar no santuário do Senhor por toda a minha vida; saborear a suavidade do Senhor e contemplá-lo no seu templo. -R
3. Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver na terra dos viventes. Espera no Senhor e tem coragem, espera no Senhor! -R


Evangelho: Lucas 15,1-10
XXXI SEMANA COMUM
(verde - ofício do dia)


  A ovelha perdida

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas:

Naquele tempo, 1Aproximavam-se de Jesus os publicanos e os pecadores para ouvi-lo.2Os fariseus e os escribas murmuravam: Este homem recebe e come com pessoas de má vida!3Então lhes propôs a seguinte parábola:4Quem de vós que, tendo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa as noventa e nove no deserto e vai em busca da que se perdeu, até encontrá-la?5E depois de encontrá-la, a põe nos ombros, cheio de júbilo,6e, voltando para casa, reúne os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Regozijai-vos comigo, achei a minha ovelha que se havia perdido.7Digo-vos que assim haverá maior júbilo no céu por um só pecador que fizer penitência do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.8Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas e perdendo uma delas, não acende a lâmpada, varre a casa e a busca diligentemente, até encontrá-la?9E tendo-a encontrado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Regozijai-vos comigo, achei a dracma que tinha perdido.10Digo-vos que haverá júbilo entre os anjos de Deus por um só pecador que se arrependa.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém