terça-feira, 22 de maio de 2012

O Terço - Mistérios Gloriosos - Quarta-Feira e Domingo


Terço do Rosário: Mistérios Gloriosos  


São João Batista de Rossi - 23 de maio



São João Batista de Rossi
1698-1764



João Batista de Rossi nasceu no dia 22 de fevereiro de 1698, em Voltagio, na província de Gênova, Itália. Aos dez anos, foi trabalhar para uma família muito rica em Gênova como pajem, para poder estudar e manter-se. Três anos depois, transferiu-se, definitivamente, para Roma, morando na casa de um primo que já era sacerdote e estudando no Colégio Romano dos jesuítas. Lá se doutorou em filosofia, convivendo com os melhores e mais preparados de sua geração de clérigos. Depois, os cursos de teologia ele concluiu com os dominicanos de Minerva. 

São Juliano - 23 de Maio


São JulianoEra casado e possuía uma hospedaria. Nela, ele partilhava a vida eterna que trazia em seu coração. Esposo fiel que amou a família e os necessitados.

No ano de 305, o imperador Diocleciano começou uma perseguição aos cristãos. Juliano, então, passou a acolher em sua hospedaria os cristãos perseguidos.

Alguns homens denunciaram Juliano. Ele foi arrancado de casa e levado ao tribunal.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 23/05/2012

23 de Maio de 2012 


João 17,11b-19

Comentário do Evangelho

Jesus veio para libertar

A relação de Deus com o mundo é um dos temas fundamentais do evangelho de João. Já no seu prólogo, anuncia: "O Verbo (Jesus) estava no mundo, o mundo foi feito por meio dele, mas o mundo não o reconheceu" (Jo 1,9-10). No evangelho de hoje o "mundo" é mencionado onze vezes. 
O mundo é criação de Deus, que viu que tudo era bom (Gn 1,31). Contudo, esta criação foi apropriada pelo "príncipe deste mundo" (Jo 12,31; 14,30; 16,11), ambicioso e sedento de poder e riqueza. Jesus não veio para condenar tal mundo, mas para libertá-lo (Jo 12,47). Nem Jesus nem seus discípulos, sob sua guarda, são deste mundo. Jesus volta para o Pai, mas lhes comunica sua alegria em plenitude. 
Os discípulos são enviados para, anunciando a Palavra que é a Verdade, comunicar vida e alegria ao mundo, libertando-o da opressão e da exploração.

José Raimundo Oliva


Vivendo a Palavra

Durante sua vida o Mestre ensinou, pelo testemunho, que seus discípulos, embora não sendo do mundo, têm o mundo como missão. Nele devem fazer surgir os sinais do Reino do Pai. Em sua despedida, ele explicita esta missão: nós não pertencemos ao mundo mas devemos ser consagrados e permanecer na verdade.
Reflexão
Jesus, antes de partir, ora ao Pai por todos nós. Ele sabe que todos nós precisamos da graça divina para permanecer fiéis a Deus. Os valores que nós acreditamos não são os valores do mundo, e o mundo nos odeia porque não acreditamos nos seus valores. Os nossos valores atrapalham os interesses de quem é deste mundo, pois este mundo é marcado pelo egoísmo, pelo ódio, pela mentira e pela morte, enquanto que nós pregamos o amor, a solidariedade, a verdade e a vida em abundância. Nós não devemos fugir dos desafios do mundo, mas sim transformar o mundo através dos valores que acreditamos.


COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. "Não os tires do mundo..."
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Vamos conversar um pouco com o catequista João, autor desse evangelho, para que ele nos ajude nessa reflexão.

___Olha Sr. Catequista João, tem uma frase nesse evangelho que deixa a gente revoltado, sabemos que o mundo é mal, e que quando o deixamos e vamos para Deus, partimos para uma "melhor" como costuma se dizer, então que negócio é esse de Jesus pedir ao Pai para que não tire os discípulos do mundo? Ele quer ver os discípulos numa "fria"?

Catequista João ( sorrindo) - Olha só que idéia! Claro que não, esse evangelho em todo o capítulo 17 é uma oração que Jesus faz ao Pai, ele sabe que a sua hora está chegando, e não quer que nada dê errado com os seus discípulos que vão assumir a sua missão na hora que ele for embora com o Pai... Leia com atenção o início...

____Bom, parece que Jesus fala de algo que o Pai o encarregou de fazer...

Catequista João ___ Isso mesmo, essa é a idéia que vai motivar essa oração de Jesus a favor dos seus discípulos. Ele foi encarregado de tornar conhecido o nome do Pai e mais ainda, de trazer os discípulos para dentro da Vida de Deus, formando uma perfeita unidade na Trindade.

___Opa, espere um pouco Catequista João... Então os homens são iguais uns robozinhos que Jesus pega e entrega para o Pai, mais abaixo ele fala que o Pai entregou os discípulos a ele, que negócio é esse, por acaso os discípulos são joguete nas mãos de Deus e de Jesus?

Catequista João ___ Essa sua observação é importante, não se pode pensar assim porque isso não é verdade. O homem tem o livre arbítrio, liberdade para decidir sua vida... Aqui a palavra entrega significa confiar, colocar aos cuidados de alguém.

____Mas Catequista João, retomando a questão da liberdade, isso parece ser ruim, o ser humano usa mal sua liberdade repetindo aquela história de Eva no paraíso, não era melhor que Deus manifestado em Jesus, fosse mais rigoroso e não desse ao homem tanta liberdade?
Catequista João ____ Isso seria a total negação do amor de Deus, pois o amor ao outro supõe o respeito a sua liberdade... Por causa desse amor de Deus é que existe o inferno, para quem fazer a opção contrária aos seus desígnios de Salvação...

____Como Judas Iscariotes? Deus não poderia perdoá-lo?

Catequista João___Claro que sim, bastaria que ele acreditasse na Misericórdia de Deus, ninguém sabe o que ocorreu lá no coração de Judas nos segundos finais de sua vida. A Graça Poderosa de Deus supera qualquer pecado... Ele é chamado de Filho da Perdição porque se perdeu, dando á sua vida outro rumo, contrário aos desígnios de Deus, que não usou da sua fraqueza para por o seu plano em ação, ao contrário, Judas teve a chance de ser tão Santo como os demais o foram...

____Mas Catequista João, então Deus não pode fazer nada nesse sentido, mesmo vendo que o bicho homem vai tomando o caminho errado em sua vida?

Catequista João ____ Oh é claro que Deus faz! E esse evangelho diz muito claro. Olha, para você tomar a decisão certa na vida, usando bem a sua liberdade, é preciso que  conheça a Verdade, correto?

___Ah sim, sem dúvida, não podemos tomar decisões na vida fazendo aquela brincadeirinha antiga "Minha mãe mandou bater nessa daqui...", pois isso seria uma grande irresponsabilidade...

Catequista João ___Pois é, você falou bem, é isso mesmo, os homens não conheciam a Verdade, até que ela foi revelada em Jesus Cristo, o Filho de Deus. Ele é o "Logus" isso é, a Palavra , o Verbo Encarnado como eu gosto de chamar Jesus.

____Ah Catequista João, agora entendi: "Santifica-os pela Verdade, a tua Palavra é a Verdade. Como tu me enviastes ao mundo, também eu os envio..." A missão do discípulo está no mundo, para fazer igual Jesus e tornar Deus conhecido, ouvindo e vivendo a sua Santa Palavra. Puxa Catequista João, agora ficou fácil,nem sei como agradecer...

Catequista João _____ Não precisa agradecer. É só entender que Deus nos santifica constantemente pela sua Palavra revelada em Jesus. E todo ser humano precisa conhecê-la, para isso é, preciso o ANÚNCIO, é aí que o Discípulo se torna Missionário...

2. Jesus veio para libertar
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por José Raimundo Oliva - e disponibilizado no Portal Paulinas)

VIDE ACIMA

Oração
Pai, reforça minha fidelidade a Jesus, de maneira que o Maligno não prevaleça sobre mim. Protege-me contra a maldade do mundo, consagrando-me na verdade.


3. COMUNICAR A VIDA
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

Em sua oração pela unidade, em conclusão à despedida após a ceia, Jesus pede ao Pai que guarde os discípulos. A fragilidade humana, diante dos problemas deste mundo, necessita da presença confortadora de Deus. E em Jesus, esta presença se realiza. O "mundo" é mencionado um grande número de vezes (91) no Evangelho de João, concentrando-se nas palavras finais de despedida. E também é citado na abertura do Evangelho (1,9-10) e nas suas últimas palavras (21,25). O mundo é o lugar da manifestação de Jesus. Os discípulos foram escolhidos no mundo, foram libertos do mundo, mas devem aí permanecer para comunicar a vida. O mundo está aprisionado pelo seu chefe. Os discípulos são enviados ao mundo para libertá-lo pelo anúncio da verdade e pela prática do amor que comunica a vida, que dura para sempre.

Jesus nos pede a graça da unidade


Postado por: homilia

maio 23rd, 2012


Meu irmão, é para você que eu me dirijo, fazendo valer a advertência de Jesus aos Seus discípulos. Eu e você somos de igual modo ameaçados – por todos os lados – pelas desuniões, brigas, confusões, divisões familiares e amizades que, muitas vezes, nos afastam do caminho da unidade, da harmonia, do perdão e do diálogo que nos levam à verdadeira comunhão com Deus na pessoa do próximo. Por isso, assim como o Mestre não poupou Seus discípulos das tribulações que o mundo lhes preparava, nós também não somos poupados.
Devemos estar preparados para os momentos de tribulação. Jesus não nos reserva um lugar especial, onde estejamos imunes às tentações. Por isso, Ele nos diz: “No mundo, sofrereis tribulações, mas tende fé, eu venci o mundo”.
Para que não fiquemos desesperados, entreguemos nossa vida ao “Deus dará”. Ele próprio se põe em oração por nós, rezando para que, firmes na fé, na confiança e esperança em Seu nome, sejamos mais do que vencedores. “Não peço que os tires do mundo, mas que os guardes do maligno”.
Nessa oração, vemos o firme propósito de Jesus, quando nos dá a entender que nós, embora estejamos no mundo e permaneçamos nele, precisamos ser firmes, porque não somos daqui.
Precisamos caminhar, de mãos dadas, para a Jerusalém Celeste, ciente de que o cenário deste mundo passará e deixará ruínas. Só no céu encontraremos todas as belezas eternas. Será que você se esqueceu do velho ditado: “é pelo fogo que se prova o ouro”? A prova de sua fé acontece no confronto com o maligno, trocando o mal pelo bem, amando os que lhe contrariam, perseguem, odeiam e dizem todo o mal contra você. Só assim você será merecedor dessa bem-aventurança: “Bem-aventurados sereis quando vos injuriarem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós. Alegrai-vos e exultai, porque será grande nos céus a vossa recompensa” (Mt 5,11-12). Tomando posse dessas Palavras do Mestre, devemos provar a nossa solidez e fortaleza; e não a fragilidade de nossa adesão a Cristo.
Jesus nos pede a graça da unidade, como fez com Seus verdadeiros discípulos. Ele é “um com o Pai” e veio ao mundo para revelá-Lo aos homens, para que estes comunguem na própria vida de Cristo, junto de quem Ele é representante. A unidade é, por isso, a comunhão de vida existente entre o Pai e o Filho e, por Este, vem até os homens. Aqueles que chegarem ao conhecimento de Deus, pela Palavra de Jesus, entrarão na unidade com o Senhor, deixando-se consagrar por essa Palavra de verdade que o Filho lhes revela.
A vida do Espírito Santo sobre os discípulos enviados para a missão é a segurança que eles esperam de Deus, que os consagra no amor e na alegria. Assim como o Senhor consagrou Seu Filho, também Jesus os consagra ao Pai e os envia em missão ao mundo para serem testemunhas da Verdade, que é a realização da vontade divina: justiça, paz e vida sobre a Terra.
Portanto, peça ao Senhor a graça da fidelidade, da unidade, da paz e do amor a Ele por intermédio de Seu Filho no poder do Espírito Santo.
Padre Bantu Mendonça

Oração Final
Pai Santo, infunde em nós a consciência de que somos sacerdotes e devemos consagrar a ti o mundo e os companheiros que nos deste para a caminhada de volta ao teu Reino de Amor. Faze-nos cuidadosos e atentos às suas carências e aspirações. Por Jesus, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.


LITURGIA DIÁRIA - 23/05/2012



Tema do Dia

‘Há mais felicidade em dar do que em receber’.

As leituras nos mostram Paulo e Jesus exercendo função sacerdotal. Paulo, despedindo-se dos discípulos de Éfeso e lhes passando as derradeiras recomendações; e Jesus, glorificando e bendizendo o Pai, oferecendo-lhe os que dele recebeu para cuidar.

Oração para antes de ler a Bíblia 

orkut e hi5, Religiosos, palavras do Senhor Jesus, imagens de biblia, recados de Jesus, gifs de religião para orkut

Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 

e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame

 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por

 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores

se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 

a vida eterna. Amém.


Branco. 4ª-feira da 7ª Semana da Páscoa 


Primeira leitura (Atos dos Apóstolos 20,28-38)

Quarta-Feira, 23 de Maio de 2012
7ª Semana da Páscoa



Leitura dos Atos dos Apóstolos. 

Naqueles dias, Paulo disse aos anciãos da Igreja de Éfeso: 28“Cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho, sobre o qual o Espírito Santo vos colocou como guardas, para pastorear a Igreja de Deus, que ele adquiriu com o sangue do seu próprio Filho.
29Eu sei, depois que eu for embora, aparecerão entre vós lobos ferozes, que não pouparão rebanho. 30Além disso, do vosso próprio meio aparecerão homens com doutrinas perversas que arrastarão discípulos atrás de si. 31Por isso, estai sempre atentos: lembrai-vos de que, durante três anos, dia e noite, com lágrimas, não parei de exortar a cada um em particular.
32Agora entrego-vos a Deus e à mensagem de sua graça, que tem poder para edificar e dar a herança a todos os que foram santificados. 33Não cobicei prata, ouro ou vestes de ninguém. 34Vós bem sabeis que estas minhas mãos providenciaram o que era necessário para mim e para os que estavam comigo. 35Em tudo vos mostrei que, trabalhando deste modo, se deve ajudar os fracos, recordando as palavras do Senhor Jesus, que disse: ‘Há mais alegria em dar do que em receber’”.
36Tendo dito isto, Paulo ajoelhou-se e rezou com todos eles. 37Todos, depois, prorromperam em grande pranto, e lançando-se ao pescoço de Paulo, o beijavam,38aflitos, sobretudo por lhes haver ele dito que não tornariam a ver-lhe o rosto. E o acompanharam até o navio.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Salmo (Salmos 67)

Quarta-Feira, 23 de Maio de 2012
7ª Semana da Páscoa



— Reinos da terra cantai ao Senhor.
— Reinos da terra cantai ao Senhor.

— Suscitai, ó Senhor Deus, suscitai vosso poder, confirmai este poder que por nós manifestastes, a partir de vosso templo, que está em Jerusalém, para vós venham os reis e vos ofertem seus presentes!
— Reinos da terra, celebrai o nosso Deus, cantai-lhe salmos! Ele viaja no seu carro sobre os céus dos céus eternos. Eis que eleva e faz ouvir a sua voz, voz poderosa.
— Dai glória a Deus e exaltai o seu poder por sobre as nuvens. Sobre Israel, eis sua glória e sua grande majestade! Em seu templo ele é admirável e a seu povo dá poder. Bendito seja o Senhor Deus, agora e sempre. Amém, amém! 


Evangelho (João 17,11b-19)

Quarta-Feira, 23 de Maio de 2012
7ª Semana da Páscoa




Missão no meio do mundo 


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus ergueu os olhos para o céu e rezou, dizendo: 11b“Pai santo, guarda-os em teu nome, o nome que me deste, para que eles sejam um assim como nós somos um. 12Quando eu estava com eles, guardava-os em teu nome, o nome que me deste. Eu os guardei e nenhum deles se perdeu, a não ser o filho da perdição, para se cumprir a Escritura.
13Agora, eu vou para junto de ti, e digo estas coisas, estando ainda no mundo, para que eles tenham em si a minha alegria plenamente realizada. 14Eu lhes dei a tua palavra, mas o mundo os rejeitou, porque não são do mundo, como eu não sou do mundo. 15Não te peço que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno. 16Eles não são do mundo, como eu não sou do mundo.
17Consagra-os na verdade; a tua palavra é verdade. 18Como tu me enviaste ao mundo, assim também eu os enviei ao mundo. 19Eu me consagro por eles, a fim de que eles também sejam consagrados na verdade”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia 

orkut e hi5, Religiosos, mensagem religiosa, imagem da biblia, recados de religião, scraps religioso para orkut

Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
 Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.

BOM DIA!


QUARTA-FEIRA


BOA NOITE


MATEUS 7, 8

BOA TARDE!


OS DONS DO ESPÍRITO SANTO

Pentecostes





50 dias após a ressurreição, Jesus cumpre sua promessa, enviando o Espírito Santo sobre os Apóstolos. O Espírito Santo é a ação de Deus em favor da vida. Cheios do Espírito, os discípulos saíram para anunciar a boa nova. No Sacramento do Batismo e no da Crisma recebemos, como os Apóstolos, o Paráclito e seus 7 dons para continuar a obra evangelizadora do Senhor.

Os sete dons do Espírito Santo

SABEDORIA
É o dom de perceber o certo e o errado, o que favorece e o que prejudica o projeto de Deus. Por este dom buscamos não as vantagens deste mundo, mas o Bem Supremo da vida, que nos enche o coração de paz e nos faz felizes. Diz o Senhor: "Feliz o homem que encontrou a sabedoria... Ela é mais valiosa do que as pérolas" (Cf. Pr 3,13-15).

ENTENDIMENTO
É o dom divino que nos ilumina para aceitar as verdades reveladas por Deus. Mesmo não compreendendo o mistério, entendemos que ali está a nossa salvação, porque procede de Deus, que é infalível. O Senhor disse: "Eu lhes darei um coração capaz de me conhecer e de entender que Eu sou o Senhor" (Jr 24,7).

CIÊNCIA
É o dom de saber interpretar e explicar a Palavra de Deus. Por este dom, o Espírito Santo nos revela interiormente o pensamento de Deus sobre nós, pois "os mistérios de Deus ninguém os conhece, a não ser o Espírito Santo" (1 Cor 2,10-15).

CONSELHO
É o dom de saber discernir caminhos e opções, de saber orientar e escutar, de animar a fé e a esperança da comunidade. Mas o Senhor disse-lhe: "Não te deixes impressionar pelo seu belo aspecto, porque eu o rejeitei. O que o homem vê não é o que importa: o homem vê a face, mas o Senhor vê o coração" (1 Sm 16,7).

FORTALEZA
É o dom de resistir às seduções, de ser coerente com o Evangelho, de enfrentar riscos na luta por justiça, de não temer o martírio. São Paulo confiava no dom da fortaleza. Ele disse: "Se Deus está conosco, quem será contra nós?" (Rm 8,31).

PIEDADE
É o dom de estar sempre aberto à vontade de Deus, procurando agir como Jesus agiria e identificando no próximo o rosto de Cristo. É o dom pelo qual o Espírito Santo nos dá o gosto de amar e servir a Deus com alegria. "O Reino de Deus não consiste em comida e bebida, mas é justiça, paz e alegria no Espírito Santo" (Rm 14,17).

TEMOR DE DEUS
Não quer dizer "medo de Deus", mas medo de ofender a Deus. Sendo Ele o nosso melhor amigo, temos o receio de não lhe estarmos retribuindo o amor que lhe é devido. Mais do que temor, é respeito e estima por Deus. "Ouve, ó Israel! O Senhor, nosso Deus, é o único Senhor. Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e com todas as tuas forças" (Dt 6,4-5).



Oração ao Espírito Santo

Ó Espírito Santo,
Amor do Pai e do Filho, inspirai-me sempre
o que devo pensar,
o que devo dizer, como devo dizer,
o que devo calar, o que devo escrever,
como devo agir, o que devo fazer,
para obter a vossa glória,
o bem das pessoas
e minha própria santificação.
Amém.




Missa marca um ano da beatificação de Irmã Dulce

Da Redação, com site Irmã Dulce


www.irmadulce.org.br
As visitações ao Santuário aumentaram 135% depois da beatificação de Irmã Dulce
Nesta terça-feira, 22, o Santuário da Bem-aventurada Dulce dos Pobres celebra o primeiro aniversário da Beatificação de Irmã Dulce, com a realização de uma Missa, às 9h, conduzida pelo bispo de Irecê, Dom Tommaso Cascianelli. 


A programação da comemoração inclui, ainda, a acolhida aos frades da Ordem dos Capuchinhos, que passam a responder pelos trabalhos pastorais da OSID. 

Depois da Missa, foi realizada uma caminhada simbólica do Santuário ao antigo “Galinheiro”, local do convento Santo Antônio onde Irmã Dulce abrigou seus primeiros doentes, em 1949.

O processo de beatificação começou em 2000 e a autenticidade do primeiro milagre atribuído a Irmã Dulce foi reconhecida pelo Vaticano em outubro de 2010. Desde o anúncio da beatificação - última etapa antes da canonização, para a qual será necessária a comprovação de mais um milagre -, a Assessoria de Memória e Cultura da OSID já recebeu mais de dois mil relatos de graças alcançadas, que os devotos atribuem à intercessão do ‘Anjo Bom’. 

O reflexo da devoção à Bem-aventurada e da expectativa pela canonização é notado, também, no expressivo aumento de 135% nas visitações ao Santuário (onde se encontra a Capela das Relíquias) e Memorial, entre 2010 e 2011.

Em 22 de maio do ano passado, a celebração que conduziu Irmã Dulce à condição de Beata ou Bem-aventurada, reuniu mais de 70 mil pessoas no Parque de Exposições de Salvador. 


22 DE MAIO - DIA DO ABRAÇO

LINDA ROSA!!!

JMJ Rio2013! - Cristo Redentor com as cores dos 150 países


Cristo Redentor com as cores dos 150 países, que esperamos 
que estejam aqui na JMJ Rio2013!!
Como que está ai na sua Diocese a mobilização 
para a vinda das diversas Juventude para a JMJ??

Mensagem que que recebi no facebook
de Pe Alexandre Mothé, que compartilhou
a foto