quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

BOM DIA! BOA TARDE! BOA NOITE! - OREMOS: Senhor Deus, nosso Pai, nós cremos em vós. Nós esperamos em Vós. Nós Vos amamos. Nós Vos agradecemos este dia que começa. Nós Vos damos graças, por que estamos com vida e nós Vos oferecemos este dia com todas as nossas alegrias e sofrimentos, com todos os nossos trabalhos e divertimentos. Guardai-nos do pecado e fazei de nós um instrumento de Vossa paz e de Vosso amor. Ajudai-nos a observar Vossos mandamentos. Amém.




OREMOS:

Senhor Deus, nosso Pai, nós cremos em vós.

Nós esperamos em Vós.

Nós Vos amamos.

Nós Vos agradecemos este dia que começa.

Nós Vos damos graças, por que estamos com vida e nós

Vos oferecemos este dia com todas as nossas

alegrias e sofrimentos, com todos os nossos trabalhos e divertimentos.

Guardai-nos do pecado e fazei de nós um instrumento

de Vossa paz e de Vosso amor.

Ajudai-nos a observar Vossos mandamentos.

Amém.

TERÇOS – VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
 

TERÇO DA FÉ
 

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
 

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS - APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA



Para ser rezado nas contas do terço

No começo:

Pai nosso, que estais no céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

Creio em Deus Pai, todo poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espirito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna Amém.

Nas contas de Pai Nosso, dirás as seguintes palavras usando o terço de Maria:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

Nas contas de Ave Maria rezarás as seguintes palavras:

Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No fim, rezarás três vezes estas palavras:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro” 
(Diário, 476).

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO - Como rezar o Ângelus






Como rezar o Ângelus:

1) O Anjo do Senhor anunciou a Maria
- E Ela concebeu pelo poder do Espírito Santo.
Ave Maria...

2) Eis aqui a serva do Senhor.
- Faça-se em Mim segundo a vossa palavra.
Ave Maria...

3) E o Verbo Divino se fez homem,
- e habitou entre nós.
Ave Maria...

4) Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,
- para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos: Derramai ó Deus, a Vossa graça em nossos corações, para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do Vosso filho, cheguemos por Sua Paixão e Cruz à glória da ressurreição. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

Glória ao Pai... (repete-se 3 vezes)

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistérios Dolorosos - Terça-feira e Sexta-Feira




Terço do Rosário: Mistérios Dolorosos





LEITURA ORANTE DOS DIAS 17/02/2014 a 24/02/2014

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

LEITURA ORANTE DOS DIAS 17/02/2014 a 24/02/2014

COMENTÁRIOS E REFLEXÕES DOS EVANGELHOS DOS DIAS 17/02/2014 a 24/02/2014

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 17/02/2014 a 24/02/2014

LITURGIA DIÁRIA - Leituras dos dias 17/02/2014 a 24/02/2014

Leituras

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

LITURGIA DIÁRIA - Leituras dos dias 17/02/2014 a 24/02/2014

TENHA UM LINDO FIM-DE-SEMANA!! SAÚDE, PAZ, AMOR!

BOM DIA. SABE AQUELE DIA LINDO, CHEIO DE COISAS BOAS? POIS É; É ESTE DIA QUE VIM TE DESEJAR!

OBA! SEXTA-FEIRA CHEGOU! - BOM FIM DE SEMANA!

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 20/02/2014

20 de Fevereiro de 2014

ANO A


Mc 8,27-33

Comentário do Evangelho

Jesus deixa interrogações sobre sua identidade

Com o trecho de hoje, chegamos ao centro do evangelho segundo Marcos. O segundo evangelho é uma “catequese mistagógica” em cujo centro está a pergunta cristológica por excelência: Quem é Jesus? O pano de fundo da dupla pergunta de Jesus a seus discípulos é a incompreensão e a incredulidade tanto da parte das pessoas, em particular os escribas e fariseus (cf. Mc 8,11-13), como também dos seus próprios discípulos (cf. Mc 8,14-21). É um momento de crise, entenda-se, de discernimento, de tomada de decisão para que a missão recebida do Pai seja levada a termo. Cesareia de Filipe é um vilarejo ao norte do mar da Galileia, lugar onde nasce o rio Jordão. Havia aí um santuário para culto pagão de Pan; mais tarde, Herodes construiu um templo de mármore branco dedicado a Augusto. É exatamente aí que Pedro exprime o reconhecimento de Jesus como Messias, como o verdadeiro e único Salvador (cf. v. 29). Mas, mesmo reconhecendo o messianismo de Jesus, essa profissão não impedirá os discípulos, representados por Pedro, de se oporem ao modo como esse messianismo é exercido (cf. vv. 32-33), passando, inclusive, pela paixão e pela morte (cf. vv. 31-32).
Carlos Alberto Contieri, sj
Oração
Pai, revela-me a verdadeira identidade de Jesus, servo fiel, cuja vida esteve totalmente entregue em tuas mãos. E dá-me a graça de, como ele, ser fiel a ti.

Vivendo a Palavra

Em Israel, a expectativa era que o Messias viria como um rei poderoso, um chefe guerreiro que resgataria a liberdade do povo, então dominado pelo Império Romano. Jesus surpreende com suas revelações: anuncia o Reino que já estava entre eles – melhor, estava dentro do coração de cada um, como tesouro a ser descoberto e conquistado.

Reflexão

A resposta que damos à pergunta que Jesus faz aos discípulos e a cada um de nós no Evangelho de hoje mostra principalmente o significado que ele tem em nossas vidas e exige coerência no relacionamento que nós temos com ele. Para Pedro, Jesus é o Messias, o enviado de Deus, o Ungido, o Salvador, mas Pedro é incoerente no relacionamento, pois não quer submeter-se a ele e aceitar os caminhos da salvação. Assim também acontece conosco: dizemos que Jesus é amor, mas não amamos; que é Deus, mas não o servimos; que é o enviado do Pai, mas não o ouvimos; que é nosso irmão, mas não criamos fraternidade.

Recadinho


Quem é Jesus para você? - Esforça-se realmente para seguir seus ensinamentos? - Procura se informar sobre os ensinamentos da Igreja? - Serve a Deus presente nos irmãos? - Quais os melhores momentos para me encontrar com Deus, estar com Ele?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

Comentário do Evangelho

TU ÉS O MESSIAS

A pessoa de Jesus não se enquadrava nas categorias da época e era interpretada de formas variadas. Seu modo de ser austero e a maneira incisiva de sua pregação levavam alguns a confundi-lo com João Batista ou com Elias. Pensava-se que Jesus fosse uma espécie de revivescência destas figuras. A postura de Jesus era também identificada com as dos profetas do passado, cujas vidas pareciam servir-lhe de inspiração. 
Jesus quis saber a opinião dos discípulos a seu respeito, por não estar seguro da exatidão do modo como o consideravam. A resposta foi dada por Pedro, em nome do grupo, de maneira correta e convenceu Jesus. Ele, de fato, era o Messias. 

Entretanto, Jesus se sentiu na obrigação de oferecer aos discípulos pistas para a correta compreensão de sua condição messiânica. Seu messianismo o faria confrontar-se com a rejeição por parte das autoridades e com a morte violenta. Mas, isto não seria tudo. Ele estava também destinado à ressurreição. O Messias Jesus enfrentaria a cruz.

Os discípulos tiveram que fazer um esforço gigantesco para introduzir o sofrimento na sua concepção messiânica. As expectativas em voga giravam em torno de um futuro Messias revestido de glória e poder. Jamais se esperava um Messias sofredor, como Jesus se proclamava ser. Os discípulos viram-se, pois, na obrigação de refazer seus esquemas.
Oração
Senhor Jesus, faz-me compreender que tu escolheste o caminho da cruz e do sofrimento para realizar a missão recebida do Pai.
(O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado neste Portal a cada mês)
Oração
Ó Deus, que prometestes permanecer nos corações sinceros e retos, dai-nos, por vossa graça, viver de tal modo, que possais habitar em nós. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.



20 de FEVEREIRO - QUINTA


HOMILIA
A AFIRMAÇÃO DE PEDRO Mc 8,27-33
Neste episódio, Pedro expressa o sentimento que há no coração de todo homem: há momentos em que nós percebemos claramente o pensamento de Deus e falamos as coisas que Ele nos segreda aos ouvidos. Outras vezes nós somos levados pela nossa humanidade fraca e débil, a expressarmos o pensamento do mundo: rejeitamos o sofrimento e repudiamos tudo o que possa vir para nós como mudança de planos. Nunca aceitamos ser humilhados e o nosso orgulho logo se exaspera quando alguém nos acena com esta perspectiva. No entanto, Jesus tinha consciência da sua missão e sabia que não seria fácil conquistar a nossa salvação. Ele tinha idéia de que deveria sofrer e ser rejeitado pelas autoridades e até mesmo pelo povo, porém o que O fazia permanecer firme era a certeza de que o Pai O ressuscitaria no último dia. Saber esperar o dia certo deveria ser para nós uma motivação, porém, ao contrário, queremos ter tudo nas mãos e com muita facilidade. Não admitimos a dificuldade. Por isso, Jesus repreendeu a Pedro, e hoje, também nos exorta.
Existem pessoas que não conseguem ouvir alguém falar e permanecer em silêncio. Era o caso de Pedro. E nesse ímpeto de falar o que lhe vem à cabeça, ele às vezes acertava e às vezes errava feio. Nesta mesma passagem do Evangelho Pedro agiu movido pelo Espírito Santo, e após alguns minutos agiu movido pelo inimigo. E veja só: quando Pedro repreendeu Jesus por ter falado que deveria sofrer, morrer e ressuscitar, Pedro deve ter expressado o que muitos dos outros discípulos estavam pensando, mas não tinham coragem de dizer. Da mesma forma que no lava-pés, e na transfiguração de Jesus. Pedro é aquele, dentre os discípulos, que sempre vai receber as críticas e os elogios primeiro, pois é a partir das suas falas que os outros vão aprender, inclusive nós!
Como mestre, Jesus sabia que alguém como Pedro era muito bom para se ter como discípulo, pois Pedro era aquele que interagia, pro bem ou pro mal... mas por não ficar calado, abria outra oportunidade para Jesus dar outro ensinamento! E essa era a especialidade de Jesus: aproveitar todas as situações para evangelizar.
A lição de hoje é para todos aqueles que se sentem incomodados quando são questionados perante um público... Façamos como Jesus, aproveitemos a oportunidade para evangelizar, educar, ensinar, aprender, abençoar.
Você admite que, passar por sofrimentos e dificuldades é próprio da missão do homem? - Você percebe quando fala o pensamento de Deus e quando fala o pensamento do mundo? – Você é uma pessoa paciente diante das dificuldades? – Qual é o objetivo da sua vida? – O que você estará disposto (a) a passar para alcançá-lo?
Pai, revela-me a verdadeira identidade de Jesus, servo fiel, cuja vida esteve totalmente entregue em tuas mãos. E dá-me a graça de, como ele, ser fiel a ti.

Fonte Homilia Padre Bantu Mendonça Katchipwi Sayla
HOMÍLIA DIÁRIA
Que Deus afaste do nosso coração toda discriminação pelos pobres!
Porque o pobre, o indigente, o faminto, o necessitado, este, sim, é que tem lugar de honra no coração de Deus!
”Meus queridos irmãos, escutai: não escolheu Deus os pobres deste mundo para serem ricos na fé e herdeiros do Reino que prometeu aos que o amam? Mas vós desprezais o pobre!”(Tg 2,5-6).


Meus queridos irmãos e irmãs em Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a Palavra de Deus hoje nos chama à atenção para uma dureza nas comunidades cristãs desde os seus primórdios: a distinção de pessoas, a discriminação que, muitas vezes, há entre pobres e ricos. Porque a Palavra de Deus, inclusive, de uma forma muito explícita e clara, mostra que, se chega um rico, uma pessoa de posição social elevada, uma pessoa importante, ela tem lugar de destaque, ela tem lugar reservado no banco da igreja e, muitas vezes, nos primeiros lugares. Mas se chega um pobre coitado, já olham com desprezo, olham de outro jeito e assim por diante.
Nossa cabeça, muitas vezes, olha o ser humano pela aparência, a nossa cabeça, ou seja, o nosso coração ainda não convertido a Deus, porque o Senhor não vê a aparência e sim o coração! Mas nós, infelizmente, gostamos demais das aparências e é óbvio que damos muito mais atenção a quem está bem vestido, a quem tem mais e a quem pode fazer mais por nós. Sim, isso acontece em nossas igrejas, em nossas comunidades, isso acontece no meio de nós, e é tão duro ver isso!
Nós estamos em um ano eleitoral e, muitas vezes, políticos que nunca aparecem na igreja, no dia em que aparecem têm o primeiro banco e fazem a leitura da Missa. Enquanto que aqueles que estão ali, muitas vezes, participando o ano inteiro da comunidade, nunca são vistos.
Nós, muitas vezes, gostamos mesmo de valorizar e de receber vantagens; mas só recebe vantagem, só recebe bênção aos olhos de Deus e, sobretudo, a bem-aventurança eterna, aquele que olha para o pobre, o sofredor, aquele que não tem ”voz nem vez”. E mesmo que apareça um pobre e tire a atenção da comunidade, ninguém pode desprezá-lo, ninguém pode tratá-lo com desdenho, ninguém pode ignorá-lo. Porque o pobre, o indigente, o faminto, o necessitado, este, sim, é que tem lugar de honra no coração de Deus!
Que Jesus não precise nos repreender como hoje repreendeu a Pedro, dizendo-lhe: ”Vai para longe de mim satanás, você não pensa como Deus, mas como os homens”, porque o apóstolo não quis saber dos sofrimentos pelos quais Cristo iria passar; ele só queria saber dos milagres de Jesus. Assim como muitos de nós também gostamos de ser de Deus, de seguir a Deus quando experimentamos os milagres, as graças, as bênçãos; mas quando estamos nas provações, no sofrimento, na penúria, nós dizemos: ”Não, isso não é de Deus!”.
Que Deus afaste este pensamento maligno da sua cabeça e do seu coração, que Deus afaste do seu pensamento e do seu coração toda e qualquer tentação de julgar, desprezar e discriminar os mais pobres!
Que Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
LEITURA ORANTE

Parabéns a Mestra Tecla!



Celebre com ela!

Mc 8,27-33 - Quem é Jesus para mim?



Preparo-me para a Leitura Orante, 
com todos os internautas, rezando,
com Santa Catarina de Sena:
Senhor,
Tu me olhas e me  conheces!
Entendi isso na tua luz.

1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?
Leio na Bíblia o texto do dia em Mc 8,27-33.
Depois Jesus e os seus discípulos foram para os povoados que ficam perto de Cesaréia de Filipe. No caminho, ele lhes perguntou:
- Quem o povo diz que eu sou?
Os discípulos responderam:
- Alguns dizem que o senhor é João Batista; outros, que é Elias; e outros, que é um dos profetas.
- E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? - perguntou Jesus.
- O senhor é o Messias! - respondeu Pedro.
Então Jesus proibiu os discípulos de contarem isso a qualquer pessoa.
Jesus começou a ensinar os discípulos, dizendo:
- O Filho do Homem terá de sofrer muito. Ele será rejeitado pelos líderes judeus, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da Lei. Será morto e, três dias depois, ressuscitará.
Jesus dizia isso com toda a clareza. Então Pedro o levou para um lado e começou a repreendê-lo. Jesus virou-se, olhou para os discípulos e repreendeu Pedro, dizendo:
- Saia da minha frente, Satanás! Você está pensando como um ser humano pensa e não como Deus pensa.

No Evangelho de ontem (Mc 8,22-26) o cego não enxergou totalmente, de início. Só numa segunda tentativa, o homem  enxergou perfeitamente. O mesmo acontece com Pedro e os outros discípulos. Dizendo que Jesus era o Messias, Pedro era como o cego curado pela metade. Reconhecia o Messias, mas sem a cruz!  Jesus completa a cura da  visão dele  falando  que era preciso que o Filho do Homem sofresse, carregasse a cruz, morresse e ressuscitasse ao terceiro dia. É sincero! Esta palavra, na sua etimologia - "sin cero" - significa "sem cera" ou "sem máscara", transparente.
2. Meditação(Caminho)
- O que a Palavra diz para mim?
Posso me perguntar:
Quem é Jesus Cristo para mim?
Aceito as verdades da fé na sua totalidade?
Ou uso meias medidas, máscaras?
Aceito Jesus Cristo como realmente é, ou o faço conforme me convém?
Acolho a Palavra como é, ou  a interpreto segundo meu modo de ver, para justificar minhas atitudes?
Em Aparecida, os bispos afirmaram:"
"Como discípulos de Jesus reconhecemos que Ele é o primeiro e maior evangelizador enviado por Deus (cf. Lc 4,44) e, ao mesmo tempo, o Evangelho de Deus (cf. Rm 1,3). Cremos e anunciamos “a boa nova de Jesus, Messias, Filho de Deus” (Mc 1,1). Como filhos obedientes á voz do Pai queremos escutar a Jesus (cf. Lc 9,35) porque Ele é o único Mestre (cf. Mt 23,8). Como seus discípulos sabemos que suas palavras são Espírito e Vida (cf. Jo 6,63.68). Com a alegria da fé somos missionários para proclamar o Evangelho de Jesus Cristo e, n’Ele, a boa nova da dignidade humana, da vida, da família, do trabalho, da ciência e da solidariedade com a criação." (DAp 103).

3.Oração (Vida)
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Rezo a Jesus Mestre 
Jesus Mestre, santificai minha mente e aumentai minha fé.
Jesus, Mestre vivo na Igreja, atraí todos à vossa escola.
Jesus Mestre, libertai-me do erro,
dos pensamentos inúteis e das trevas eternas.
Jesus Mestre, caminho entre o Pai e nós,
tudo vos ofereço e de vós tudo espero.
Jesus, caminho da santidade,
tornai-me vosso fiel seguidor.
Jesus caminho,
tornai-me perfeito como o Pai que está nos céus.
Jesus vida, vivei em mim, para que eu viva em vós.
Jesus vida, não permitais que eu me separe de vós.
Jesus Vida,
fazei-me viver eternamente na alegria do vosso amor.
Jesus verdade, que eu seja luz para o mundo.
Jesus caminho, que eu seja vossa testemunha autêntica
diante das pessoas.
Jesus vida, fazei que minha presença contagie a todos
com o vosso amor e a vossa alegria.
( bem-aventurado Alberione)

4.Contemplação/Missão  (Vida)
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
Viverei hoje com um novo olhar:  a certeza de que Jesus Cristo em quem acredito é o Filho de Deus vivo.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.

-Volte para nós o seu olhar e nos
dê a sua paz. Amém.
Em nome do Pai...

I. Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, abre as portas do nosso coração para receber a Boa Notícia do teu Reino de Amor, sempre novo e surpreendente, muito além das pobres expectativas que sonhamos. Dá-nos discernimento para sintonizar os sinais da Tua Presença junto a nós na caminhada que fazemos neste mundo encantado. Pelo Cristo Jesus, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.