quinta-feira, 31 de outubro de 2013

TERÇOS – VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
 

TERÇO DA FÉ
 

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
 

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO



LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Beato Tomás de Florência - 31 de outubro

Beato Tomás de Florência
Era um irmão leigo franciscano. Levou antes de sua conversão uma vida de vícios. Mas a graça de Deus o levou a ser admitido no convento de frades da observância de Fiésole.
Em 1414, frei João de Stroncone estabeleceu a reforma dos observantes no reino de Nápoles e tomou  Tomás por companheiro. Combateu com os hereges e fundou, ao mesmo, tempo vários conventos, sobre os quais São Bernardino lhe deu autoridade. Quando o beato tinha quase 70 anos foi à Etiópia, onde foi maltratado, junto com seus companheiros, pelos turcos. Foi salvo de morrer em mãos dos muçulmanos (que já o tinham apressado e condenado a morrer), pelo Papa Eugênio IV. O Beato que não podia consolar-se de que Deus não tinha aceito o sacrifício de sua vida, partiu em 1447 a Roma para pedir permissão de voltar para oriente a pregar, sem tomar em sua conta avançada idade. Durante a viagem caiu doente e morreu em Rieti, em 31 de outubro de 1447. Não chegou a ser canonizado. Seu culto foi aprovado em 1171. Em vida realizou muitos milagres e também depois de seu falecimento.

São Quintino - 31 de Outubro

São Quintino mártir
(século III)
As notícias sobre o apóstolo da Picardia são duvidosas. Certa é, de qualquer maneira, sua existência e o martírio sofrido em Vermand, cidade que hoje leva seu nome, Saint-Quintin, às margens do rio Somme.

São Wolfgang - 31 de Outubro

São Wolfgang
924-994
No final do século I surgiu o novo contorno político dos países da Europa. Entre os construtores desse novo mapa europeu está o bispo são Wolfgang, também venerado como padroeiro dos lenhadores.

Santo Afonso Rodrigues - 31 de Outubro





Diante da “galeria” de santos da Companhia de Jesus, voltamos o nosso olhar, talvez, para o mais simples e humilde dos Irmãos: Santo Afonso Rodrigues. Natural de Segóvia na Espanha, veio à luz aos 25 de julho de 1532.

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 31/10/2013

31 de Outubro de 2013

Ano C


Lc 13,31-35

Comentário do Evangelho

Um verdadeiro profeta.

A intenção dos fariseus não é clara. Certamente, não estão preocupados com a vida de Jesus, pois eles mesmos, juntamente com os escribas e os chefes do povo, querem matá-lo, como de fato o farão. O mais provável é que queiram intimidar Jesus. No entanto, Jesus não se deixa intimidar, nem permite que alguém ou algo o demova do firme propósito de fazer a vontade de Deus. No início de seu ministério público, quando os nazarenos queriam precipitá-lo morro abaixo, o narrador do evangelho observa: “Passando pelo meio deles, prosseguia o seu caminho” (4,30). Por que Herodes quereria matar Jesus? Esta notícia parece surpreendente ao leitor e revela mais uma das armadilhas dos fariseus. A rejeição de Jerusalém à mensagem salvífica de Deus vai ser levada a termo na rejeição e condenação à morte de Jesus, Filho de Deus, um verdadeiro profeta, homem poderoso em gestos e palavras.
Carlos Alberto Contieri,sj

Vivendo a Palavra

A ingratidão dos homens é lamentada por Jesus. Ele, que passou a vida fazendo o bem, era jurado de morte por Herodes. O mundo não mudou muito: a nossa sociedade de consumo continua condenando os irmãos mais pobres, vítimas da discriminação e do egoísmo de alguns e da indiferença de muitos.

Reflexão

A ameaça de morte não faz com que Jesus se acovarde, a sua resposta é bem clara: "devo prosseguir o meu caminho, pois não convém que um profeta perece fora de Jerusalém". Jesus vai seguir o seu caminho até o fim porque a sua fidelidade ao Pai está acima de todas as coisas, inclusive da sua própria vida, que ele vai entregar livremente em Jerusalém para que o homem seja resgatado do reino da morte. O mundo não quer a vida do profeta, não quer que ele chegue a realizar a sua missão e todos os que são do mundo, religiosos ou não, não toleram a presença do profeta, embora a sua morte contribua para a salvação de todos.

Recadinho


Vemos a nosso redor tanta miséria, material e espiritual, tanta injustiça. O que se faz para combater isso? - Também em nossas comunidades há às vezes competitividade, ambição? - Existe igualdade e fraternidade? - Lembra-se sempre que o céu é conquistado pelos simples, de bom coração? - Você procura agir como um fermento na massa?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

REFLEXÕES DE HOJE


31 DE OUTUBRO - QUINTA


Liturgia comentada

Devo seguir o meu caminho... (Lc 13, 31-35)
É admirável em Jesus de Nazaré a consciência que ele tem de sua missão! Depois de longos anos de vida oculta em Nazaré, misturado aos mais pobres, chega o momento de assumir aquela missão que motivara sua “descida” e encarnação...
Gosto de imaginar o momento de sua despedida. O Filho se dirige à Maria: “Mãe, não posso mais esperar... O Vento, que sopra onde quer, me arrasta para o deserto. E logo me impelirá para as multidões. Na montanha ou na planície, o Espírito me chama. Adeus!” E ela, serena, empurrando-o de leve: “Vai, meu Filho. Chegou a sua hora!”
Não passará muito tempo sem que se erga a oposição demoníaca, desde os homens do Templo (esses hipócritas!) até Herodes (essa raposa!). Armadilhas, provocações, traições, coisa alguma poderá deter a caminhada do Caminho...
Sim, Jesus é o homem-caminho. Só por ele vamos ao Pai. Só por Ele o amor do Pai se revelou plenamente a nós. Contemplando sua vida, caem por terra todas as nossas desculpas para estacionar.
A mãe viúva. Arrimo de família. Pobreza. Dominação romana. Corrupção das lideranças religiosas. Incompetência de seus discípulos. Nada o detém. Ao contrário, ele anseia pela chegada de sua “hora”, a hora da Paixão: “Chegou a hora de ser glorificado o Filho do homem. [...] E que hei de dizer? Pai, salva-me desta hora? Mas por causa disto é que eu cheguei a esta hora!” (Jo 12, 23.27.)
Ao afirmar que deve seguir o seu caminho, Jesus acrescenta: “...porque não se admite que um profeta morra fora de Jerusalém”. Ironia à parte, fica bem claro que ele não ignora o desfecho de sua caminhada: o alvo é a Cruz. Ele conhece a história de Israel e sabe como terminava a estrada dos homens que Deus enviara a seu povo. Não sonha, pois, com algo mais fácil para si mesmo.
Por certo, em sua humanidade, Jesus experimenta tudo o que é próprio de nossa natureza: apreensões, dúvidas e temores. Mas, ao mesmo tempo, ele sabe muito bem qual é a vontade do Pai: que todos se salvem. Por isso mesmo, não se deixa intimidar com as ameaças: “Devo seguir o meu caminho!”
E nós? Estamos a caminho? Ou nos sentamos à beira da estrada, paralisados diante dos obstáculos?
Orai sem cessar: “Correrei pelos caminhos de vossos mandamentos.” (Sl 119, 32)
Texto de  Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
santini@novaalianca.com.br
Nosso Deus é vitorioso!
Nós não somos de esmorecer, porque temos um Deus que nos amou e Ele é vitorioso! Temos confiança plena no amor que o Altíssimo tem por nós.
“Irmãos, se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8,31b).
Hoje nós tomamos posse dessa verdade maravilhosa da Palavra de Deus! Se o Senhor está ao nosso lado, se Ele está a nosso favor, se Ele é a nossa proteção, o nosso refúgio, o nosso socorro, se é no Senhor em quem nós colocamos a nossa confiança, quem é, meus irmãos, que poderá tirar nossa vida?
Quem é que poderá nos separar deste amor maravilhoso que Deus tem por nós? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo e a espada farão isso? Serão os sofrimentos e a falta de amor ao próximo? Será a crise financeira? As decepções da vida? Serão as mágoas, os ressentimentos, o rancor? Não, meus irmãos, nada disso poderá nos separar do amor maravilhoso, que Deus tem por nós, manifestado na cruz de Jesus.
Uma vez que o Sangue de Cristo nos conquistou, uma vez que esse amor maravilhoso foi derramado em nossos corações, nós não podemos nos entregar à fraqueza, de modo a nos sentirmos vencidos, porque o Senhor, por nós, já é vencedor.
Claro que não quero ninguém se iludindo, e Deus não quer ninguém se iludindo, achando que nós não passaremos por aflições, tribulações e dificuldades. A verdade é que passamos por tudo isso, e, algumas vezes, até de forma dobrada, triplicada! Mas nenhuma dessas dificuldades é maior do que o amor de Deus por cada um de nós!
O amor de Deus Pai é maior do que qualquer dor, sofrimento e decepção! Sim, porque, muitas vezes, somos tomados por decepções que nos arrasam e tiram nossa força de viver; e chegamos até a ficar magoados com Deus. Nós nos decepcionamos uns com os outros, nós nos magoamos uns aos outros. Mas nenhuma situação, nem mesmo os nossos pecados ou as nossas fraquezas, quando as entregamos para o Senhor, nem eles podem ser maiores do que o amor que Deus tem por nós.
É por isso que não vamos esmorecer diante de notícias negativas, diante de coisas que vêm contra nós, contra a nossa fé, nossa casa, nossa família! Nós não somos de esmorecer, porque temos um Deus que nos amou e Ele é vitorioso! Temos confiança plena no amor que o Altíssimo tem por nós.
Deus abençoe você!

 

Padre Roger Araújo


Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
http://homilia.cancaonova.com/homilia/nosso-deus-e-vitorioso/
LEITURA ORANTE



Saudação 
- A nós todos unidos na rede virtual, 
a paz de Deus, nosso Pai, 
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo, 
no amor e na comunhão do Espírito Santo. 
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

1. Leitura (Verdade) 
O que diz o texto do dia?
 
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Lc 13,31-35, e observo o diálogo de Jesus com os fariseus.
Naquele momento alguns fariseus chegaram perto de Jesus e disseram: 
- Vá embora daqui, porque Herodes quer matá-lo.
Jesus respondeu:
- Vão e digam para aquela raposa que eu mandei dizer o seguinte: "Hoje e amanhã eu estou expulsando demônios e curando pessoas e no terceiro dia terminarei o meu trabalho."
E Jesus continuou:
- Mas eu preciso seguir o meu caminho hoje, amanhã e depois de amanhã; pois um profeta não deve ser morto fora de Jerusalém.
- Jerusalém, Jerusalém, que mata os profetas e apedreja os mensageiros que Deus lhe manda! Quantas vezes eu quis abraçar todo o seu povo, assim como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vocês não quiseram! Agora a casa de vocês ficará completamente abandonada. Eu afirmo que vocês não me verão mais, até chegar o tempo em que dirão: "Deus abençoe aquele que vem em nome do Senhor!"

A atitude dos fariseus pedindo a Jesus que vá embora porque Herodes quer matá-lo é atitude de quem quer intimidá-lo. O Mestre não admite este tipo de intimidação. E diz que embora, Herodes seja uma autoridade, é um “animalzinho”, uma raposa. Como a raposa está sempre à espreita de sua presa, mas isto não provoca a fuga de Jesus, como provocou o outro Herodes quando ele era bebê indefeso. Jesus tem clara a sua missão e nada o fará desistir. Morrerá quando a Deus aprouver. Os poderes humanos podem executar sem o saber os planos de Deus, mas não podem impedi-lo. Dirigindo-se a Jerusalém, o Mestre lamenta sua resistência a Deus, matando os profetas. A imagem da galinha ajuntando os pintinhos debaixo de suas asas é a imagem de Deus que quer proteger o seu povo. Mas, Jerusalém matou os profetas e matou Jesus. “A casa ficará completamente abandonada”, não porque O Messias a abandonou, mas porque ela não o acolheu.

2. Meditação (Caminho) 
O que o texto diz para mim, hoje?
 
Hoje também há profetas, apóstolos e o próprio Jesus que se faz presente em nosso meio. Como os acolho?
Como são acolhidos pela sociedade, pela comunidade?
 
Há hoje pessoas que manipulam a verdade?
E eu sou coerente com a verdade? 
Vejo o que os bispos falaram na Conferência de Aparecida:
“Os fiéis leigos são “os cristãos que estão incorporados a Cristo pelo batismo, que formam o povo de Deus e participam das funções de Cristo: sacerdote, profeta e rei. Eles realizam, segundo sua condição, a missão de todo o povo cristão na Igreja e no mundo”. São “homens da Igreja no coração do mundo, e homens do mundo no coração da Igreja”. Sua missão própria e específica se realiza no mundo, de tal modo que, com seu testemunho e sua atividade, eles contribuam para a transformação das realidades e para a criação de estruturas justas segundo os critérios do Evangelho. “O espaço próprio de sua atividade evangelizadora é o mundo vasto e complexo da política, da realidade social e da economia, como também o da cultura, das ciências e das artes, da vida internacional, dos ‘mass media’, e outras realidades abertas à evangelização, como são o amor, a família, a educação das crianças e adolescentes, o trabalho profissional e o sofrimento”. Além disso, eles tem o dever de fazer crível a fé que professam, mostrando a autenticidade e coerência em sua conduta.”
(DAp 209-210)

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Faço, num breve momento de silêncio, minha oração pessoal e depois, rezo com toda Igreja a 
Oração de São Francisco de Assis
Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.


Ó Mestre, fazei que eu procure mais
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual meu novo olhar a partir da Palavra? 
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Não me permitirei falsificar a verdade, mascará-la ou diminuí-la.

nção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


.Ir. Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, mantém-nos atentos às carências dos irmãos, especialmente os empobrecidos pela injustiça da sociedade; sensíveis às suas dores e generosos para atendê-los em seus sofrimentos. Queremos seguir o Cristo Jesus, teu Filho que se fez nosso Irmão e contigo reina na unidade do Espírito Santo.

Terço - Mistérios Luminosos - Quinta-Feira


Terço do Rosário: Mistérios Luminosos





LITURGIA DIÁRIA 31/10/2013




Tema do Dia

Quem nos poderá separar do amor de Cristo?

Em texto memorável, Paulo se diz convencido de que nem a morte nem a vida, nem anjos nem principados, nem o presente nem o futuro, nem as forças das alturas ou das profundidades, nada nos poderá separar do amor de Deus, manifestado em Jesus Cristo.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Verde. 5ª-feira da 30ª Semana Tempo Comum


Primeira Leitura (Rm 8,31b-39)
30º Semana Comum
Quinta-feira 31/10/13

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 31bse Deus é por nós, quem será contra nós? 32Deus, que não poupou seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos daria tudo junto com ele? 33Quem acusará os escolhidos de Deus? Deus, que os declara justos?34Quem condenará? Jesus Cristo, que morreu, mais ainda, que ressuscitou, e está, à direita de Deus, intercedendo por nós? 35Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação? Angústia? Perseguição? Fome? Nudez? Perigo? Espada?36Pois é assim que está escrito: “Por tua causa somos entregues à morte, o dia todo; fomos tidos como ovelhas destinadas ao matadouro”. 37Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou!
38Tenho certeza de que nem a morte nem a vida, nem os anjos nem os poderes celestiais, nem o presente nem o futuro, nem as forças cósmicas, 39nem a altura nem a profundeza, nem outra criatura qualquer serão capazes de nos separar do amor de Deus por nós, manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 108)
30º Semana Comum
Quinta-feira 31/10/13

— Salvai-me, Senhor, segundo a vossa bondade!
— Salvai-me, Senhor, segundo a vossa bondade!

— Agi a meu favor, ó Senhor Deus, por amor do vosso nome, libertai-me, pois vossa lealdade é benfazeja! Necessitado e infeliz, eis o que sou, dentro de mim meu coração está ferido!
— Senhor, meu Deus, vinde ajudar-me e salvar-me, segundo vosso amor e compaixão. Para que nisso reconheçam vossa mão e saibam que sois vós que o fizestes!
— Celebrarei o meu Senhor em alta voz, em meio à multidão hei de louvá-lo. Pois ele defende o indigente e o salva daqueles que condenam sua alma.


Evangelho (Lc 13,31-35)
30º Semana Comum
Quinta-feira 31/10/13


O amor de Jesus por Jerusalém


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

31Naquela hora, alguns fariseus aproximaram-se e disseram a Jesus: “Tu deves ir embora daqui, porque Herodes quer te matar”. 32Jesus disse: “Ide dizer a essa raposa: eu expulso demônios e faço curas hoje e amanhã; e no terceiro dia terminarei o meu trabalho. 33Entretanto, preciso caminhar hoje, amanhã e depois de amanhã, porque não convém que um profeta morra fora de Jerusalém.
34Jerusalém, Jerusalém! Tu que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintinhos debaixo das asas, mas tu não quiseste! 35Eis que vossa casa ficará abandonada. Eu vos digo: não me vereis mais, até que chegue o tempo em que vós mesmos direis: Bendito aquele que vem em nome do Senhor”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a blia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém

Cuidado com o Halloween!

“O Halloween é o Hosana do Diabo.” (Padre Gabriele Amorth)
Todo dia 31 de Outubro existe uma festa chamadaHalloween, também conhecido aqui no Brasil como oDia das Bruxas.
Esta dia chamado de Halloween é uma data comemorativa que tem sua origem ainda com o povo Celta, dizem que há mais de 2300 anos.
Era uma data que para o povo Celta, por ser o ultimo dia do verão, diziam que os espíritos dos mortos saiam de suas covas e iriam de encontro ao vivos para tomar posse de seus corpos. É claro que o povo, Celta por medo destas almas, decidiram então colocar em suas casas, de preferência na frente das mesmas, objetos que pudessem “assustar” estas almas, e colocavam Caveiras, ossos, bonecos enfeitados e coisas do tipo.