quinta-feira, 29 de agosto de 2013

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 30/08/2013

30 de Agosto de 2013

Ano C


Mt 25,1-13

Comentário do Evangelho

Estar vigilante

O texto apresenta um grupo de dez virgens, cinco das quais eram previdentes e as outra cinco, imprevidentes.
As previdentes são caracterizadas pelo fato de levarem “jarros de óleo” para alimentar as lâmpadas; as imprevidentes levaram as lâmpadas, mas não o suprimento de óleo. Com o atraso do noivo, acabaram, todas elas, dormindo. Ao grito que anunciava a chegada do noivo, todas despertaram e prepararam as lâmpadas. As imprevidentes se deram conta, então, de que o óleo não seria suficiente. Ter que providenciar o óleo à chegada do noivo fez com que as imprevidentes perdessem a oportunidade de entrar para a festa de casamento.
Depois de tudo isso, qual é a mensagem para os discípulos? O que é preciso fazer? As virgens previdentes desejavam fortemente participar das bodas; por isso, não mediram esforços nem imaginação para que tal acontecesse. Elas preveniram e previram o que poderia acontecer. Daí que, desde o início, elas participaram das bodas. As imprevidentes se deixaram levar por outras preocupações e se contentaram com o mínimo necessário: uma lâmpada e um pouco de óleo – não puderam, por culpa delas mesmas, entrar na festa.

Vivendo a Palavra

Todos nós caminhamos para o grande Encontro. O texto não nos quer aterrorizados pela hipótese de acharmos a porta já fechada, mas nos convida docemente para viver o Amor de Jesus nesta vida e, assim, mantermos nossas lâmpadas abastecidas com a certeza de nos encontrarmos com o Noivo.

Reflexão

A Igreja, que somos todos nós, é a esposa de Cristo, e realiza sua maior felicidade no relacionamento com ele, relacionamento que exige de todos nós fidelidade, amor e sensatez, ou seja, uma fé vigilante, que faz com que vivamos constantemente na presença de Jesus, Luz que ilumina nossa vida e não permite que vivamos nas trevas do erro. Como vivemos na presença de Jesus e somos iluminados por ele, nossa fé é cada vez mais ativa e torna-se luz para as pessoas, de modo que todos possam descobrir-se amados por Deus, busquem constantemente um relacionamento com ele, e assim estejam sempre prontos para o momento em que esse relacionamento atingirá sua plenitude, quando seremos todos um só em Cristo.

Meditação

- Você é prudente e se prepara para o retorno de Cristo? - Assume suas responsabilidades ou deixa tudo para os outros? - Do ponto de vista espiritual, sua vida melhora cada vez mais? - Em que consiste para você o conselho de Jesus para vigiar? - É possível viver bem fazendo como se Deus não existisse?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

Comentários do Evangelho


30 de AGOSTO – SEXTA


1 - O noivo está chegando - Claretianos


2 - “Não emprestamos Fé, não insista”-Diac. José da Cruz


3 - "Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora."- José Salviano


4 -E a porta se fechou - Helena Serpa


Liturgia comentada

Fechou-se a porta... (Mt 25, 1-13)
Temos um tempo. Uma vida. Só uma. Conforme a Carta aos Hebreus, só se vive uma vez e, logo após nossa morte, segue-se o juízo que decide nossa eternidade. (Hb 9, 27.) Pintemos a cena em cores mais vivazes: Deus preparou-nos um banquete, a festa das núpcias do Cordeiro, seu Filho; e espera que fiquemos atentos, despertos, preparados para o grito que se ouvirá no meio da noite de nossa História: “Aí vem o noivo!” Neste momento, quem estiver preparado, entrará para o festim. Quem chegar depois, achará a porta fechada..
Eram dez as virgens – símbolo da alma à espera do Senhor. Cinco eram sábias, cinco insensatas. Prefiro a tradução antiga: cinco prudentes, cinco loucas. Trata-se de uma escolha entre a prudência e a loucura. A prudência deriva certo “azeite” que foi acumulado, reserva para a Hora H. A loucura consiste em não levar a sério a urgência da hora e cochilar sem o óleo do Espírito. Para o místico russo do Séc. XIX, São Serafim de Sarov, o “azeite” que alimenta a chama das lâmpadas noturnas é o próprio Espírito Santo. Sem ele, ficamos nas trevas. Com ele, nossas lamparinas se acendem e acompanhamos, festivos, a entrada do Cordeiro para o banquete nupcial.
Há muitas formas de cochilar. Concentração exclusiva no trabalho, na carreira, nos negócios, isto é, em “ganhar a vida”, como se não houvesse lá no alto um Pai providente. Uma corrida louca em busca do sucesso, saltando de palco em palco, de projeto em projeto, de produção em produção. Uma luta encarniçada para tomar posse e conservar o poder, usando de todos os meios e procedimentos, custe o que custar, doa a quem doer. O Evangelho diz que isto é loucura, que nos distrai do essencial – o amor de Deus e ao próximo -, fragmenta-nos a alma, dilacera o corpo e entreva o espírito. Pura loucura.
Enquanto isto, os pequeninos – que tudo esperam do Senhor – dedicam seu tempo à oração e ao serviço aos irmãos, à meditação da Palavra e a vivê-la no dia-a-dia, ao convívio fraterno e à adoração. Assim, suas lâmpadas permanecem com o óleo da vida, a presença atuante do Espírito de Deus, que permite caminhar na penumbra, enquanto não chega a Aurora...
A Aurora vai chegar. A luz vencerá as trevas. O Noivo não tarda a chegar. Mas, quando chegar, estaremos despertos?
Orai sem cessar: “Minha alma espera pelo Senhor, mais ansiosa que os vigias pela manhã.” (Sl 130, 6)
Texto de  Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
santini@novaalianca.com.br
Que vigilância deve ter aqueles que são casados?
Que vigilância deve ter aqueles que são casados? Não alimentem comportamentos e não levem imoralidades para dentro do casamento, para dentro do lar.
Deus não nos chamou à impureza, mas à santidade. Portanto, desprezar estes preceitos não é desprezar o homem, mas Deus que nos deu o Espírito Santo.
A Palavra nos chama a atenção sobre a vigilância que nós precisamos ter com a santidade no meio em que vivemos, na Igreja onde estamos.
A parábola das dez virgens nos aponta as cinco que são previdentes, aquelas que estão vigiando, cuidando de si, cuidando do seu corpo, da sua alma, do seu espírito, da sua disciplina pessoal. E as cinco imprevidentes, aquelas que são levadas pelo tempo, deixando as coisas acontecerem e não cuidam de si mesmas.
A Palavra nos chama a viver a santidade, porque esta é a vontade de Deus. Ele quer que nos afastemos de toda e qualquer impureza. Falando diretamente àqueles que são casados, a santidade precisa ser vivida no casamento.
Que vigilância deve ter aqueles que são casados? Aqueles que foram chamados a viver o amor matrimonial, que não tenham uma vida dupla, nem o homem nem a mulher. Não alimentem sentimentos, não alimentem comportamentos e não levem impurezas, imoralidades para dentro do casamento, para dentro do lar.
Cuidado com a pornografia, cuidado com as coisas imorais que vêm de diversos canais que querem tirar a pureza daquilo que é santo: o matrimônio segundo a vontade de Deus.
Solteiros e casados, castidade e pureza são ideais de vida nem sempre fáceis de serem vividos. Por isso, a vigilância precisa ser um cuidado que todos nós devemos ter.
Hoje, Deus nos lembra que somos o lugar da morada divina. Ele nos diz que não podemos enganar ninguém. Não alimente sentimentos em alguém se você não pode levá-lo a diante, não alimente esperança quando esta não pode ser cumprida.
Que Deus afaste da vida de todos aqueles que foram chamados à santidade do matrimônio a duplicidade, o erro e o perigo do adultério. E digo mais, nem nós que somos de Igreja podemos achar que não vamos cair nessa tentação.
Somos os primeiros convidados a sermos vigilantes nesse sentido, para que não sejamos causa de queda para ninguém.
Senhor, guarde-nos na pureza e na santidade.
Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter

LEITURA ORANTE

Mt 25,1-13 - Lâmpadas acesas



Preparo-me para a Leitura, renovando minha fé, com todos os que, neste espaço virtual, buscam a Palavra:
Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Creio, meu Deus, que estou diante de ti.
Que me vês e escutas as minhas orações.
Tu és tão grande e tão santo: eu te adoro.
Tu me deste tudo: eu te agradeço.
Foste tão ofendido por mim:
eu te peço perdão de todo o coração.
Tu és tão misericordioso: eu te peço todas as graças
que sabes serem necessárias para mim.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia? Leio atentamente o texto: Mt 25,1-13, e observo a parábola do Reino dos céus.
Jesus disse: - Naquele dia o Reino do Céu será como dez moças que pegaram as suas lamparinas e saíram para se encontrar com o noivo. Cinco eram sem juízo, e cinco eram ajuizadas. As moças sem juízo pegaram as suas lamparinas, mas não levaram óleo de reserva. As ajuizadas levaram vasilhas com óleo para as suas lamparinas. Como o noivo estava demorando, as dez moças começaram a cochilar e pegaram no sono. - À meia-noite se ouviu este grito: "O noivo está chegando! Venham se encontrar com ele!" - Então as dez moças acordaram e acenderam as suas lamparinas. Aí as moças sem juízo disseram às outras: "Deem um pouco de óleo para nós, pois as nossas lamparinas estão se apagando." - "De jeito nenhum", responderam as moças ajuizadas. "O óleo que nós temos não dá para nós e para vocês. Se vocês querem óleo, vão comprar!" - Então as moças sem juízo saíram para comprar óleo, e, enquanto estavam fora, o noivo chegou. As cinco moças que estavam com as lamparinas prontas entraram com ele para a festa do casamento, e a porta foi trancada. - Mais tarde as outras chegaram e começaram a gritar: "Senhor, senhor, nos deixe entrar!" - O noivo respondeu: "Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eu não sei quem são vocês!" E Jesus terminou, dizendo: - Portanto, fiquem vigiando porque vocês não sabem qual será o dia e a hora.
Ao falar das moças ajuizadas que levaram óleo para as lamparinas representam as pessoas que esperam o Senhor lutando para construir um mundo de acordo com o Projeto de Deus. São os cristãos que atuam nas comunidades, buscando a justiça, o amor, a verdade, como propõe Jesus no seu Evangelho. Agindo assim eles mantêm as lamparinas acesas e na Palavra de Deus, encontram o óleo para quando for preciso.As moças sem juízo são os que levam o nome de cristãos, mas não vivem como tal. Enganam aos outros e a si mesmos, buscam sempre seus interesses e não se preocupam com os demais, nem se alimentam da Palavra de Deus. Preferem outras "luzes" que não duram muito.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
O texto me convida a escolher o grupo com o qual quero ir ao encontro do noivo - o Senhor. Ainda há tempo para decidir pelo grupo que têm óleo de reserva ou pelo que não se preocupa com isto. Ou seja, basta-me viver o momento presente. Em Aparecida, os bispos falaram de "con-vocação" à comunhão e não, de buscas individuais. É um discipulado permanente. Este é o sentido das lâmpadas acesas: "A vocação ao discipulado missionário é con-vocação à comunhão em sua Igreja. Não há discipulado sem comunhão. Diante da tentação, muito presente na cultura atual de ser cristãos sem Igreja e das novas buscas espirituais individualistas, afirmamos que a fé em Jesus Cristo nos chegou através da comunidade eclesial e ela “nos dá uma família, a família universal de Deus na Igreja Católica. A fé nos liberta do isolamento do eu, porque nos conduz à comunhão”. Isto significa que uma dimensão constitutiva do acontecimento cristão é o fato de pertencer a uma comunidade concreta na qual podemos viver uma experiência permanente de discipulado e de comunhão com os sucessores dos Apóstolos e com o Papa." (DAp 156).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo, rezando com a súplica de Emaús, feita pelo papa, na abertura da V Conferência:
“Fica conosco, pois cai a tarde e o dia já se declina” (Lc 24,29).
Fica conosco, Senhor, acompanha-nos ainda que nem sempre tenhamos sabido reconhecer-te.
Fica conosco, porque ao redor de nós as mais densas sombras vão se fazendo, e Tu és a Luz; em nossos corações se insinua a falta de esperança, e tu os faz arder com a certeza da Páscoa. Estamos cansados do caminho, mas tu nos confortas na fração do pão para anunciar a nossos irmãos que na verdade tu tens ressuscitado e que nos tem dado a missão de ser testemunhas de tua ressurreição.
Fica conosco, Senhor, quando ao redor de nossa fé católica surgem as névoas da dúvida, do cansaço ou da dificuldade: tu, que és a própria Verdade como revelador do Pai, ilumina nossas mentes com tua Palavra; ajuda-nos a sentir a beleza de crer em ti.
Fica em nossas famílias, ilumina-as em suas dúvidas, sustenta-as em suas dificuldades, consola-as em seus sofrimentos e no cansaço de cada dia, quando ao redor delas se acumulam sombras que ameaçam sua unidade e sua natureza. Tu que és a Vida, fica em nossos lares, para que continuem sendo ninhos onde nasça a vida humana abundante e generosamente, onde se acolha, se ame, se respeite a vida desde a sua concepção até seu término natural.
Fica, Senhor, com aqueles que em nossas sociedade são os mais vulneráveis; fica com os pobres e humildes, com os indígenas e afro-americanos, que nem sempre encontram espaços e apoio para expressar a riqueza de sua cultura e a sabedoria de sua identidade. Fica, Senhor, com nossas crianças e com nossos jovens, que são a esperança e a riqueza de nosso Continente, protege-os de tantas armadilhas que atentam contra sua inocência e contra suas legítimas esperanças. Oh bom Pastor, fica com nossos anciãos e com nossos enfermos! Fortalece a todos em sua fé para que sejam teus discípulos e missionários!"

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é guiado pelo que disseram os nossos pastores na Conferência de Aparecida: "Em sua realidade social concreta, o discípulo tem a experiência do encontro com Jesus Cristo vivo, amadurece sua vocação cristã, descobre a riqueza e a graça de ser missionário e anuncia a palavra com alegria." (DAp 167).
Bênção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. 


Ir. Patrícia Silva, fsp
 Oração Final
Pai Santo, que a nossa existência – tempo de espera pelo teu Abraço Paternal – seja vivida na alegria e na esperança. Livra-nos, Pai amado, do medo e da ansiedade. Queremos seguir o Caminho do Cristo Jesus, teu Filho que se fez nosso Irmão e contigo reina na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA 30/08/2013




Tema do Dia

‘Senhor, Senhor, abre a porta para nós’.

Paulo exorta os tessalonicenses a levar uma vida pura. A vontade de Deus é a nossa santificação. Ele quer que sejamos íntegros e unidos; que vivamos de um modo que corresponda à nossa verdadeira natureza, sendo em nossos ambientes exemplos de Fé.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Verde. 6ª-feira da 21ª Semana Tempo Comum


Primeira Leitura (1Ts 4,1-8)
21ª Semana Comum
Sexta-feira 30/08/13

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses.

1Meus irmãos, eis o que vos pedimos e exortamos no Senhor Jesus: Aprendestes de nós como deveis viver para agradar a Deus, e já estais vivendo assim. Fazei progressos ainda maiores! 2Conheceis, de fato, as instruções que temos dado em nome do Senhor Jesus. 3Esta é a vontade de Deus: vivei na santidade, afastai-vos da impureza; 4cada um saiba tratar o seu parceiro conjugal com santidade e respeito, 5sem se deixar levar pelas paixões, como fazem os pagãos que não conhecem a Deus. 6Que ninguém, nessa matéria, prejudique ou engane seu irmão, porque o Senhor se vinga de tudo, como já vos dissemos e comprovamos. 7Deus não nos chamou à impureza, mas à santidade. 8Portanto, desprezar estes preceitos não é desprezar um homem e sim, a Deus, que nos deu o Espírito Santo.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 96)
21ª Semana Comum
Sexta-feira 30/08/13

— Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
— Ó justos, alegrai-vos no Senhor!

— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apoia na justiça e no direito.
— As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.
— O Senhor ama os que detestam a maldade, ele protege seus fiéis e suas vidas, e da mão dos pecadores os liberta.
— Uma luz já se levanta para os justos, e a alegria, para os retos corações. Homens justos, alegrai-vos no Senhor, celebrai e bendizei seu santo nome!


Evangelho (Mt 25,1-13)
21ª Semana Comum
Sexta-feira 30/08/13


A parábola das dez virgens.

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos esta parábola: 1”O Reino dos Céus é como a história das dez jovens que pegaram suas lâmpadas de óleo e saíram ao encontro do noivo. 2Cinco delas eram imprevidentes, e as outras cinco eram previdentes. 3As imprevidentes pegaram as suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo. 4As previdentes, porém, levaram vasilhas com óleo junto com as lâmpadas. 5O noivo estava demorando e todas elas acabaram cochilando e dormindo. 6No meio da noite, ouviu-se um grito: ‘O noivo está chegando. Ide ao seu encontro!’ 7Então as dez jovens se levantaram e prepararam as lâmpadas. 8As imprevidentes disseram às previdentes: ‘Dai-nos um pouco de óleo, porque nossas lâmpadas estão se apagando’.9As previ­dentes responderam: ‘De modo nenhum, porque o óleo pode ser insuficiente para nós e para vós. É melhor irdes comprar aos vendedores’. 10Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou, e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa de casamento. E a porta se fechou. 11Por fim, chegaram também as outras jovens e disseram: ‘Senhor! Senhor! Abre-nos a porta!’ 12Ele, porém, respondeu: ‘Em verdade eu vos digo: Não vos conheço!’ 13Portanto, ficai vigiando, pois não sabeis qual será o dia, nem a hora”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém

Desejo que seu dia seja lindo e iluminado, assim como VOCÊ.

FELIZ SEXTA-FEIRA PRA VOCÊ!!! - Espero que você tenha nesse dia muitas alegrias!

AVE-MARIA

 

BOA TARDE! "Vós que sois o Imutável, Deus fiel, Senhor da História, nasce e morre a luz do dia, revelando a vossa glória. Seja a tarde luminosa numa vida permanente. E da santa morte o prêmio nos dê glória eternamente. Escutai-nos, ó Pai Santo, pelo Cristo, nosso irmão, que convosco e o Espírito vive em plena comunhão." Liturgia das horas

FELIZ QUINTA-FEIRA! - PERDOE SEMPRE!


:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

Existem pessoas que não conseguem perdoar
e sofrem doenças crônicas da alma.

Se alguém te feriu e você sente
dificuldade em perdoar,
confesse isso ao Senhor.

Diga-lhe o quanto está sendo
pesado para você.

Peça-lhe que trate sua alma,
que prepare seu coração para
um perdão genuíno.

Não se prive da graça de Deus.

Não pense que o tempo fará você
esquecer o que houve.

Esquecer não é perdoar.

Comece a declarar o perdão.

O Senhor tratará de seu coração.

Se você caminhar com Jesus,
Ele tomará o seu fardo e,
lhe ajudará a vencer.

Peça ao Senhor que lhe ensine
a perdoar.

Isso fará uma tremenda diferença
em sua vida.

“Suportando-vos uns aos outros e
perdoando-vos uns aos outros,
se algum tiver queixa contra outro;
assim como Cristo vos perdoou,
assim fazei vós também”. Cl 3:13

PAZ E LUZ PARA TODOS VOCÊS!!!

-:¦:- E -:¦:-

Um Dia Abençoado para todos!!

:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

Você sabia que:

Cardeal Franz König

O Colégio Cardenalício conta atualmente com somente um cardeal nomeado por João XXIII, o Cardeal austríaco Franz Koenig, de 95 anos.

Podcast - Ouça a história do santo do dia

Podcast