segunda-feira, 20 de agosto de 2018

LINDO ENTARDECER - "A felicidade não é a ausência de problemas mas a capacidade de lidar com eles."

Sorrindo Pra Vida - 20/08/18 - Paula Guimarães e Márcio Mendes


Canal do Youtube - Canção Nova Play

Publicado em 20 de agosto de 2018

Categoria - Entretenimento

LEITURA ORANTE DO DIA - 20/08/2018



LEITURA ORANTE

Mt 19,16-22 - A Deus tudo!


Preparo-me para a Leitura, rezando:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Creio, Senhor Jesus, que sou parte de seu Corpo.
Trindade Santíssima - Pai, Filho, Espírito Santo -
presente e agindo na Igreja
e na profundidade do meu ser,
eu vos adoro, amo e agradeço.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio, na Biblia, atentamente, o texto Mt 19,16-22,
observando o que Jesus requer de quem o segue.
Certa vez um homem chegou perto de Jesus e perguntou:
- Mestre, o que devo fazer de bom para conseguir a vida eterna?
Jesus respondeu:
- Por que é que você está me perguntando a respeito do que é bom? Bom só existe um. Se você quer entrar na vida eterna, guarde os mandamentos.
- Que mandamentos? - perguntou ele. Jesus respondeu:
- "Não mate, não cometa adultério, não roube, não dê falso testemunho contra ninguém, respeite o seu pai e a sua mãe e ame os outros como você ama a você mesmo."
- Eu tenho obedecido a todos esses mandamentos! - respondeu o moço.
- O que mais me falta fazer?
Jesus respondeu:
- Se você quer ser perfeito, vá, venda tudo o que tem, e dê o dinheiro aos pobres, e assim você terá riquezas no céu. Depois venha e me siga. Quando o moço ouviu isso, foi embora triste, pois era muito rico.
Refletindo
Para seguir Jesus, viver seu Evangelho não basta cumprir os mandamentos. É preciso estar livre - "venda tudo o que tem, e dê o dinheiro aos pobres e, depois, vem e me siga". Livres de tudo, para ter tudo, estar com Aquele que é o Tudo. A Deus não se entrega pela metade.
Há muitas outras passagens bíblicas que nos apresenta pessoas que se entregaram totalmente a Deus.
Abraão é um exemplo. Diz o texto do Gênesis:
Deus disse a Abrão: «Saia de sua terra, do meio de seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei.  Eu farei de você um grande povo, e o abençoarei; tornarei famoso o seu nome, de modo que se torne uma bênção. Abençoarei os que abençoarem você e amaldiçoarei aqueles que o amaldiçoarem. Em você, todas as famílias da terra serão abençoadas».  Abrão partiu conforme lhe dissera o Senhor. (Gn 12,1-4).
Isaias também se entregou ao Projeto de Deus.
"Ouvi, então, a voz do Senhor que dizia: «Quem é que vou enviar? Quem irá de nossa parte?» Eu respondi: «Aqui estou. Envia-me!» Ele me disse: «Vá." (Is 6,8).
Os primeiros discípulos também logo responderam ao convite de Jesus.
"No dia seguinte, João aí estava de novo, com dois discípulos.  Vendo Jesus que ia passando, apontou: «Eis aí o Cordeiro de Deus.»  Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram a Jesus.  Jesus virou-se para trás, e vendo que o seguiam, perguntou: «O que é que vocês estão procurando?» Eles disseram: «Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras?»  Jesus respondeu: «Venham, e vocês verão.» Então eles foram e viram onde Jesus morava. E começaram a viver com ele naquele mesmo dia. (Jo 1,35-39).
E assim tantos outros.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Qualquer que seja minha vocação:
Leigo, religioso, religiosa, sacerdote, devo estar dentro do Projeto de Deus.
Digo, no dia-a-dia, "sim" ao plano de Deus para mim?
Ou, ignoro este Projeto?
Meditando
Especificamente para os religiosos, os bispos da América Latina disseram: "a vida consagrada é chamada a ser uma vida discipular, apaixonada por Jesus-caminho ao Pai misericordioso, e por isso, de caráter profundamente místico e comunitário. É chamada a ser uma vida missionária, apaixonada pelo anúncio de Jesus-verdade do Pai, por isso mesmo, radicalmente profética, capaz de mostrar a luz de Cristo às sombras do mundo atual e os caminhos de uma vida nova" (DAp 220).

3. Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou com Deuteronômio 32

R. Esqueceram o Deus que os gerou.

18 Da Rocha que tedeu à luz, te esqueceste,
do Deus que te gerou, não te lembraste.
19 Vendo isto, o Senhor os desprezou,
aborrecido com seus filhos e suas filhas.R.

20 E disse: Esconderei deles meu rosto
e verei, então, o fim que eles terão,
pois, tornaram-se um povo pervertido,
são filhos que não têm fidelidade.R.

21 Com deuses falsos provocaram minha ira,
com ídolos vazios me irritaram;
vou provocá-los por aqueles que nem povo são,
através de gente louca hei de irritá-los.R.

4. Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Somos chamados a encarnar o Evangelho no coração do mundo.
Meu novo olhar é iluminador, ou seja, com minha vida, vou iluminar com a luz de Cristo as sombras do mundo atual e indicar às pessoas com quem convivo os caminhos de uma vida nova. Afinal, esta a missão de todo cristão.

nção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patricia Silva, fsp
irpatricias@gmail.com

HOMILIA - Como ser perfeito aos olhos de Deus? - Pe. José Augusto (20/08/18)


Canal do Youtube - Canção Nova Play

Publicado em 20 de ago de 2018

Para viver bem o seu dia, assista à homilia diária com Pe. José Augusto. Desvendando os caminhos da vida espiritual, queremos cada dia crescer em intimidade com o Senhor. Deixemos a Palavra de Deus anunciada com autoridade tocar nosso coração e nos levar a uma vida de verdadeira conversão.

Categoria - Entretenimento

Homília Diária - Mãe Maria - 20/08/18 - Dom Walmor Oliveira de Azevedo


Canal do Youtube: Arquidiocese de Belo Horizonte

Publicado em 19 de ago de 2018

Apresentado pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, o programa Mãe Maria é um tempo dedicado à reflexão e oração, à luz do Evangelho proposto pela liturgia de cada dia. Inspirada no exemplo de Nossa Senhora, a reflexão ilumina a realidade, o caminhar da Igreja e a vida de cada discípulo missionário de Cristo Jesus.

Categoria - Sem fins lucrativos/ativismo

Evangelho do Dia - 20/08/2018, com o Padre Rodrigo Vieira.


Canal do Youtube: WebTV Redentor

Publicado em 19 de ago de 2018

Evangelho (Mt 19,16-22)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 16alguém aproximou-se de Jesus e disse: “Mestre, que devo fazer de bom para possuir a vida eterna?” 17Jesus respondeu: “Por que me perguntas sobre o que é bom? Um só é o Bom. Se queres entrar na vida, observa os mandamentos”. 18O homem perguntou: “Quais mandamentos?” Jesus respondeu: “Não matarás, não cometerás adultério, não roubarás, não levantarás falso testemunho, 19honra teu pai e tua mãe, e ama teu próximo como a ti mesmo”.
20O jovem disse a Jesus: “Tenho observado todas essas coisas. Que ainda me falta?” 21Jesus respondeu: “Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me”. 22Quando ouviu isso, o jovem foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Categoria - Pessoas e blogs

Memória de São Bernardo de Claraval, Presbítero (Homilia Diária.930) - Padre Paulo Ricardo


Canal do Youtube: Padre Paulo Ricardo

Publicado em 19 de ago de 2018

O episódio do jovem rico, um resumo mais do que perfeito da espiritualidade cristã, deixa bem claro que uma coisa é ser salvo, o que se obtém pelo respeito à lei de Deus: “Observa os mandamentos”; outra, muito superior, é ser santo, o que só está ao alcance daqueles que, ouvindo o chamado que o Senhor a todos dirige, se dispõem a ir além do mínimo, a fazer mais do que devem para “ter um tesouro no céu”: “Se queres ser perfeito, vai e vende tudo o que tens”. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta segunda-feira, dia 20 de agosto, e peçamos a São Bernardo de Claraval que nos ajude a trilhar com passo firme o caminho da perfeição cristã.

Categoria - Educação

HOMÍLIA DIÁRIA - (CANÇÃO NOVA) - Mt 19,16-22 - 20/08/2018


A nossa consciência nos mantém em sintonia com Deus

Não tenhamos uma consciência laxa, tenhamos uma consciência reta e direcionada para Deus

“Se queres entrar na vida, observa os mandamentos. O homem perguntou: Quais mandamentos?” (Mateus 19,17).


Um homem aproximou-se de Jesus perguntando: “Bom Mestre, o que devo fazer para possuir a vida eterna?”. Jesus respondeu: “Se queres entrar na vida, observa os mandamentos”. Os mandamentos nos dão a graça de vivermos a vida de Deus em nós.
Não negligenciemos os mandamentos da Lei de Deus, pois se o Reino de Deus não se estabelece no meio de nós é porque, entre nós, os mandamentos são negligenciados e desrespeitados. Muitas vezes, nos esquecemos de um ou de outro e até relaxamos, por isso, precisamos ter sempre um referencial para o exame de consciência.
A nossa consciência nos mantém em sintonia com Deus. Não tenhamos uma consciência laxa (relaxada), tenhamos uma consciência reta e direcionada para Deus. Tendo uma consciência reta e direcionada para Deus, observemos e guardemos os mandamentos. É como se ela fosse um espelho, onde olhamos a nossa própria vida e vemos se temos observado e guardado os mandamentos; nela “olhamos” como caminha a nossa vida.
Não encontramos caminho melhor para examinar a nossa vida, a nossa conduta, para nos portarmos no mundo do que o caminho dos mandamentos do Senhor, Nosso Deus!
Observemos os mandamentos e estaremos no caminho da vida.
Se queremos ser perfeitos e viver a intensidade do Reino de Deus no meio de nós, falta-nos apenas uma coisa: o desprendimento. Quando somos apegados em demasia ao que temos; quando não somos solícitos com os mais pobres e necessitados: não buscamos a perfeição da graça.
A perfeição da graça são duas coisas importantes: o desprendimento do que temos e o cuidado com os mais pobres e necessitados. Se, assim fizermos, estaremos nos aperfeiçoando e a graça de Deus crescerá em nós.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova


domingo, 19 de agosto de 2018

BOM DIA! BOA TARDE! BOA NOITE! Oração da noite, Oração da manhã e Oração do entardecer - Deus te abençoe!



Oração da Noite

Boa noite Pai.
Termina o dia e a ti entrego meu cansaço.
Obrigado por tudo e… perdão!!
Obrigado pela esperança que hoje animou meus passos, pela alegria que vi no rosto das crianças;
Obrigado pelo exemplo que recebi daquele meu irmão;
Obrigado também por isso que me fez sofrer…
Obrigado porque naquele momento de desânimo lembrei que tu és meu Pai; Obrigado pela luz, pela noite, pela brisa, pela comida, pelo meu desejo de superação…
Obrigado, Pai, porque me deste uma Mãe!
Perdão, também, Senhor!
Perdão por meu rosto carrancudo; Perdão porque não me lembrei que não sou filho único, mas irmão de muitos; Perdão, Pai, pela falta de colaboração e serviço e porque não evitei aquela lágrima, aquele desgosto; Perdão por ter guardado para mim tua mensagem de amor;
Perdão por não ter sabido hoje entregar-me e dizer: “sim”, como Maria.
Perdão por aqueles que deviam pedir-te perdão e não se decidem.
Perdoa-me, Pai, e abençoa os meus propósitos para o dia de amanhã, que ao despertar, me invada novo entusiasmo; que o dia de amanhã seja um ininterrupto “sim” vivido conscientemente.
Amém!!!

Oração da manhã

Bom-dia, Senhor Deus e Pai!
A ti, a nossa gratidão pela vida que desperta, pelo calor que
cria vida, pela luz que abre nossos olhos.
Nós te agradecemos por tudo que forma nossa vida, pela terra, pela água, pelo ar, pelas pessoas. Inspira-nos com teu Espírito Santo os pensamentos que vamos alimentar,as palavras que vamos dizer, os gestos que vamos dirigir,a comunicação que vamos realizar.
Abençoa as pessoas que nós encontramos, os alimentos que vamos ingerir.
Abençoa os passos que nós dermos, o trabalho que devemos fazer.
Abençoa, Senhor, as decisões que vamos tomar, a esperança que vamos promover,a paz que vamos semear,a fé que vamos viver, o amor que vamos partilhar.
Ajuda-nos, Senhor, a não fugir diante das dificuldades, mas a abraçar amor as pequenas cruzes deste dia.
Queremos estar contigo, Senhor, no início, durante e no fim deste dia.
Amém.

Oração do entardecer

Ó Deus!
Cai à tarde, a noite se aproxima.
Há neste instante, um chamado à elevação, à paz, à reflexão.
O dia passa e carregam os meus cuidados.
Quem fez, fez.
Também a minha existência material é um dia que se passa,
uma plantação que se faz, um caminho para algo superior.
Como fizeste a manhã, à tarde e a noite, com seus encantos,
fizeste também a mim, com os meus significados, meus resultados.
Aproxima de mim, Pai, a Tua paz para que usufrua desta
hora e tome seguras decisões para amanhã.
Que se ponha o sol no horizonte, mas que nasça
em mim o sol da renovação e da paz para sempre.
Obrigado, Deus, muito obrigado!
Amém!

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 20/08/2018

ANO B


Mt 19,16-22

Comentário do Evangelho

O que é preciso para entrar na vida eterna

Aquele que se dirige a Jesus, neste evangelho de Mateus, é um jovem. A vida eterna que tem em vista é aquela prometida na salvação futura. A resposta de Jesus limita-se ao "entrar na vida". Jesus apresenta os mandamentos a serem cumpridos. O jovem afirma que já os cumpre, mas sabe que ainda falta algo. Jesus já havia dito: "Se queres entrar na vida..." e agora diz: "Se queres ser perfeito...".
O entendimento do "ser perfeito" como sendo o empenho em conquistar virtudes morais elevadas ou em grandes êxtases espirituais resulta de uma compreensão tardia, já na perspectiva de uma religiosidade eclesial. Aqui se trata da plenitude do humano, ser o "homem" perfeito, à semelhança de Jesus, Filho de Deus.
Está em questão a opção entre os dois senhores: o dinheiro ou Deus. As observâncias religiosas podem ser um primeiro passo. O passo decisivo, a novidade do Reino, é a renúncia às riquezas e o seguimento de Jesus, onde o amor é levado à perfeição.
José Raimundo Oliva
Oração
Pai, quero estar sempre em comunhão contigo, pois só tu és Bom. Que eu possa, assim, conhecer a tua vontade e colocá-la em prática, pois este é o caminho da salvação.
Fonte: Paulinas em 20/08/2012

Vivendo a Palavra

Para seguir o Mestre é preciso que aliviemos nossa mochila, despojando-nos de qualquer apego a riquezas, ao poder e aos prazeres que oprimem o irmão. Devemos estar livres, leves, abertos ao outro e prontos para nos alegrar com a certeza de que o Reino do Pai não é uma utopia: ele já está em nós.
Fonte: Arquidiocese BH em 20/08/2012

VIVENDO A PALAVRA

Para seguir o Mestre é preciso que aliviemos nossa bagagem, despojando-nos de qualquer apego a riquezas, ao poder e aos prazeres que oprimem o irmão. Devemos estar livres e leves, abertos ao outro que está próximo de nós e prontos para nos alegrar com a certeza de que o Reino do Pai não é uma utopia: Ele já está dentro de nós.

Reflexão

Deus nos ama com amor eterno e, por isso, quer relacionar-se conosco. A partir disso, devemos perceber qual é o verdadeiro sentido da religião.O que caracteriza o verdadeiro cristão não é a mera observância dos mandamentos, mas a busca da perfeição que está no seguimento de Jesus, portanto no relacionamento com ele. Porém, existem valores deste mundo que se tornam obstáculo para este relacionamento, como é o caso dos bens materiais, que impediram o jovem de buscar livremente a vida eterna e a perfeição, através da caridade e do seguimento de Jesus, embora observasse todos os mandamentos.
Fonte: CNBB em 20/08/2012

Reflexão

Uma cena sem final feliz. Não deveria aquele homem estar satisfeito com a posse de muitos bens? Por vezes, a riqueza diminui nossa condição de enfrentar novos desafios e conquistar outros horizontes. Deixamos de crescer e nos contentamos com a vidinha monótona, asfixiante. Deixamos de voar e só enxergamos o pequeno círculo de amigos com os quais conversamos sobre os mesmos assuntos nos finais de semana. Nossos ouvidos permanecem surdos aos famintos que batem à nossa porta. Nossa dimensão espiritual permanece adormecida. O homem rico poderia beneficiar uma multidão de pessoas. A ele Jesus pedia, além do cumprimento dos dez mandamentos, que o seguisse. Seguimento que implicava despojamento dos bens materiais. A proposta de Jesus não o convenceu. A riqueza governava seu coração.
(Dia a dia com o Evangelho 2018 – Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp)

Meditando o evangelho

FALTA-TE ALGO!

O apego exagerado aos bens materiais é um terrível empecilho para o seguimento de Jesus. A dinâmica deste seguimento vai exigindo rupturas sempre mais radicais. Quem não está livre para fazê-las, ficará na metade do caminho.
Na piedade judaica tradicional, a observância dos mandamentos da Lei mosaica era o primeiro passo a ser dado pelo fiel. Muitos se contentavam com este primeiro passo. Outros, como era o caso de uma tendência do farisaísmo, reduzia a observância do Decálogo a pura exterioridade. Os mestres da Lei, por sua vez, detinham-se em interpretações minuciosas dos mandamentos, complicando ainda mais a observância deles.
O mero cumprimento dos mandamentos não é suficiente para tornar alguém discípulo do Reino e herdeiro da vida eterna.
Jesus desafiou um jovem a desfazer-se de tudo quanto possuía, distribuindo seus bens entre os pobres, para fazer-se discípulo do Reino e tornar-se herdeiro da vida eterna. O rapaz, que havia sido fiel em guardar os mandamentos, não se sentiu preparado para fazer o que lhe faltava. O apego aos seus bens impediu-o de aceitar a sugestão de Jesus. E foi-se embora todo perturbado! Quem talvez esperasse um elogio acabou desiludido por ter sido incapaz de optar pela liberdade radical.
(O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado neste Portal a cada mês)
Oração
Senhor Jesus, que eu não me apegue aos bens deste mundo, para ser livre de acolher tua sugestão: dar um passo mais e seguir-te como discípulo.

HOMILIA DIÁRIA

Senhor, dai-me um coração desprendido de todas as riquezas do mundo

Postado por: homilia
agosto 20th, 2012

Neste texto, Jesus nos dá a grande lição de tudo oferecer aqui na Terra, para tudo receber no Céu. Ele é o “tudo receber” de Deus, Seu Pai. E, por amor aos homens, Se converteu no “tudo dar” para que os homens recebessem tudo de Deus. Assim se você, meu irmão, quer ter como herança a vida eterna, não tem outro caminho senão “ir, vender tudo o que tens e distribuí-lo aos pobres”.
O comportamento de Jesus e a Sua Palavra, as Suas ações e os Seus preceitos, constituem a regra moral da vida cristã. De fato, estas Suas ações e, particularmente, a Sua Paixão e morte na cruz, são a revelação viva do Seu amor pelo Pai e pelos homens. É precisamente este amor que Jesus pede que seja imitado por quantos O seguem.
Ao chamar o jovem para O seguir pelo caminho da perfeição, Jesus pede-lhe para ser perfeito no mandamento do amor, no ‘Seu’ mandamento: para inserir-se no movimento da Sua doação total, para imitar e reviver o próprio amor do Mestre ‘bom’, d’Aquele que amou ‘até ao fim’. É o que Jesus pede a cada homem que quer segui-Lo: “Se alguém quiser vir após Mim, renegue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me” (Mt 16,24).
Seguir a Cristo não é uma imitação exterior, já que atinge o homem na sua profunda interioridade. Ser discípulo de Jesus significa tornar-se conforme a Ele, que Se fez servo até ao dom de Si sobre a cruz. Pela fé, Cristo habita no coração do cristão (cf. Ef 3,17), e assim o discípulo é assimilado ao seu Senhor e configurado com Ele.
O moço, ouvindo essa palavra, saiu pesaroso, pois era possuidor de muitos bens. O moço foi obediente à sua vocação? Não. Antes se retirou triste e pesaroso, porque tinha apego à sua grande fortuna.
Infeliz, ele tapa os ouvidos à voz de Nosso Senhor, com o coração cheio de tristeza, porque a alegria só é possível quando há generosidade e desprendimento, quando há essa disponibilidade absoluta diante do querer de Deus que se manifesta em momentos bem precisos da nossa vida e, depois, na fidelidade ao longo dos dias e dos anos.
A tristeza deste jovem leva-nos a refletir. Podemos ser tentados a pensar que possuir muitas coisas, muitos bens deste mundo, pode fazer-nos felizes. No entanto, no caso do jovem do Evangelho, as riquezas se tornaram um obstáculo para aceitar o chamado de Jesus que o convidava a segui-Lo. Não estava disposto a dizer “sim” a Jesus e “não” a si mesmo, a dizer “sim” ao amor e “não” à fuga.
O amor verdadeiro é exigente. Porque foi Jesus – o próprio Jesus – quem disse: “Vós sereis meus amigos se fizerdes o que eu vos mando” (Jo 15,14). O amor exige esforço e compromisso pessoal para cumprir a vontade de Deus. Significa sacrifício e disciplina, mas significa também alegria e realização humana.
O jovem do Evangelho se afastou tristemente de Cristo Jesus, fonte da verdadeira alegria, para buscar a felicidade nos bens passageiros desta vida. Quanta ilusão!
Infeliz daquele que diz “não” ao Senhor do universo, que tapa os ouvidos ao Seu convite, que “franze a testa” perante a Sua Lei e que olha com indiferença para Aquele único Senhor que lhe pode dar a verdadeira alegria. Esse viverá em contínua frustração!
Seguir a Cristo de perto é o nosso ideal supremo. Não queremos retirar-nos da Sua presença como aquele jovem, com a alma impregnada de profunda tristeza por não termos sabido desprender-nos de uns bens de pouco valor, em comparação com a imensa riqueza de Jesus.
Que o Senhor nos ajude com a Sua graça para que, a cada momento, possa contar efetivamente conosco para o que queira. Livres de objeções e de laços que nos prendam.
Senhor, não tenho outro fim na vida a não ser buscar-vos, amar-vos e servir-vos. Dai-me um coração desprendido de todas as riquezas do mundo. Quero ser como Vós, o puro receber de Deus, para – por amor – tudo dar aos meus irmãos, a fim de que tenha como herança a vida eterna.
Padre Bantu Mendonça
Fonte: Canção Nova em 20/08/2012

Oração Final
Pai Santo, nós rendemos graças pelos dons e bens que nos emprestas. Dá-nos, Pai Amado, inteligência e coragem para desenvolver os dons, aumentar os bens, e total desapego para colocá-los todos a serviço dos companheiros peregrinos. Por Jesus, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.
Fonte: Arquidiocese BH em 20/08/2012

ORAÇÃO FINAL
Pai Santo, nós Te agradecemos pelos dons e bens que nos emprestas. Dá-nos, Pai Amado, inteligência e coragem para desenvolver esses dons, aumentar os bens e mais, total desapego para colocá-los todos – dons e bens – a serviço dos companheiros peregrinos. Por Jesus, teu Filho que se fez nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.