sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

LITURGIA DAS HORAS


LITURGIA DAS HORAS

Terço - Mistério Gozosos - Segunda-Feira e Sábado.


Terço do Rosário: Mistérios Gozosos   


 

São Fulgêncio - 12 de janeiro

o Fulgêncio  

Comemoração Litúrgica:  12 de janeiro. 

Também nesta data - Santos: Arcádio, Ernesto, Modesto, Bernardo e Taciana


                                                Cartago é o berço deste impertérrito defensor da fé católica. Fulgêncio era filho de pais cristãos. Tendo perdido cedo o pai, a mãe cuidou de dar ao filho uma educação de acordo com as normas da religião. Não só seus belos talentos, como a modéstia, a docilidade, o grande respeito que mostrava para com a mãe, fizeram com que fosse estimado por todos. Apesar de vantajosas colocações que se lhe ofereceram, Fulgêncio, para fugir dos perigos do mundo, resolveu entrar num convento. A leitura de um sermão de Santo Agostinho sobre a vaidade do mundo e a brevidade da vida, levou-o a pôr em execução esse plano, sem demora. Dirigiu-se ao bispo Fausto, que era superior de um convento em Byzacene. Este não quis aceitar, receando que uma pessoa nas condições de Fulgêncio não se pudesse ajeitar com a vida austera do convento. Fulgêncio respondeu-lhe com humildade: “Aquele que me inspirou a vontade de servi-lhe, poderá dar-me força de vencer a minha fraqueza”. Fausto, admirado desta resposta tão criteriosa, admitiu-o. Logo, porém, que a mãe soube da resolução do filho, e da sua entrada para vida religiosa, correu ao convento e com ímpeto e grande pranto, exigiu a volta de Fulgêncio. Este, porém, venceu a tentação e ficou firme na vocação. O amor de Deus fê-lo vencer a voz da natureza. Entregou os bens à mãe, para que os administrasse, até que o irmão mais novo pudesse assumir esta responsabilidade.

Bem-aventurado Pedro Francisco Jamet - 12 de janeiro

Pedro Francisco Jamet
Bem-aventurado
1762-1845

Fundou a Congregação
do Bom Salvador
Pedro Francisco Jamet, nasceu no dia 13 de setembro de 1762 em Fresnes, hoje diocese de Seez, na França. Seus pais eram ricos fazendeiros cristãos, tiveram oito filhos, destes dois seguiram o sacerdócio e uma se tornou religiosa. Com os outros irmãos, estudou no colégio de Vire. Aos vinte anos, percebeu sua vocação religiosa, por isso ingressou na renomada universidade de Caen, para freqüentar os cinco anos de filosofia e teologia.

Santo Antonio Maria Pucci - 12 de janeiro

Santo Antonio Maria Pucci
1819- 1892

Fundou a congregação das
Irmãs Auxiliares Servas de Maria
No batismo recebeu o nome de Eustáquio Pucci e nasceu em Pogiolo de Vernio, na região de Florença, Itália, no dia 16 de abril de 1819. De família católica praticante, teve seis irmãos e enfrentou a resistência destes para seguir a vida de religioso.

São Bento Biscop - 12 de janeiro

Santo Bento Biscop
628-690

Gravura do acervo dos
beneditinos - Londres
"Bento pela graça e pelo nome" era este o jogo de palavras que são Gregório Magno usava para definir o amigo e irmão na fé, são Bento de Nórcia. E pela grande força do sentido que expressam, não puderam deixar de ser usadas, também, para louvar são Bento Biscop, no livro escrito por são Beda, Doutor da Igreja , sobre seu mestre e tutor. Ele que foi discípulo de Biscop, desde os sete anos, idade em que foi entregue pelos pais.

Santo Arcádio - 12 de janeiro

Santo Arcádio
Séc. III
Na metade do século III, os cristãos sofriam com a derradeira e a mais perversas das suas perseguições. Tinham as casas arrombadas, os bens confiscados e as famílias humilhadas com as pessoas sendo levadas ao tribunal e condenadas à morte, por causa de sua Fé.
Na cidade africana de Cesárea da Mauritânia, os cristãos que desejavam fugir da execução eram obrigados a assistir os cultos aos deuses pagãos. Eles deviam conduzir pelas ruas os animais destinados ao sacrifício, acender o incenso e participar das festas movidas a orgias e outras extravagâncias públicas. 

São Bernardo - 12 de Janeiro



São BernardoO santo de hoje nasceu no ano de 1605 em Corleone, Sicília, na Itália. Como é belo poder perceber o testemunho de hoje! Como a misericórdia de Deus fez maravilhas a partir do arrependimento!

São Bernado foi crescendo numa vida longe do relacionamento com Deus e com a Igreja. Logo, distante de si e do amor aos irmãos, o orgulho foi tomando conta do seu coração. Então, decidiu entrar para a vida militar; não para servir a sociedade, mas para dominá-la. De fato, ele estava longe de Deus. Resultado: numa das muitas discussões que viraram briga, ele acabou num duelo, ferindo de morte um companheiro seu da vida militar. Foi neste momento trágico de sua história que ele abriu o coração para Deus, pois sua consciência foi pesando. Embora ele tenha fugido e recorrido a um chamado “direito de asilo”, não foi preso, mas estava preso a uma vida de pecado. Quem poderia resgatá-lo? Nosso Senhor Jesus Cristo, o Verbo encarnado que veio nos assumir na nossa fragilidade e nos revelar este amor que redime, que salva e é a nossa esperança.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 12/01/2013

12 de Janeiro de 2013

Ano C

 

João 3,22-30

Comentário do Evangelho

Jesus é o Messias

Em todo o Novo Testamento é a primeira e única vez que o leitor é informado de que Jesus também batizava. Que batismo era o que Jesus realizava, o texto não nos diz, pois o interesse era dirimir a dificuldade dos discípulos do Batista, que suspeitavam de concorrência entre Jesus e João. O texto é ocasião de afirmar a identidade de um e outro: João é o precursor do Messias e Jesus, o Messias; Jesus o "noivo", João, amigo do noivo, que se alegra com a sua voz. O v. 30 faz lembrar o paralelismo com que os "evangelhos da infância", segundo Lucas, são construídos com a finalidade de afirmar a superioridade de Jesus sobre João Batista.
Carlos Alberto Contieri, sj

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx

Vivendo a Palavra

É importante penetrarmos no contexto lido para entender a transição que ocorria: os tempos haviam chegado à plenitude e o Pai, realizando a promessa, enviara seu Filho Unigênito para implantar o seu Reino. Os homens ainda se apegavam à Lei de Moisés, mas o Cristo já vivia e proclamava a Lei do Amor.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg05.php

Reflexão

A missão de Jesus não significa uma oposição ou uma concorrência com a missão de João Batista, antes a sua continuidade e o seu complemento. Assim é que devemos compreender a Igreja de hoje como uma Igreja Ministerial, na qual os diferentes ministérios não significam uma oposição entre si ou uma concorrência entre eles, relevando uma hierarquia entre os diferentes ministérios da Igreja, mas sim uma continuidade da missão do próprio Cristo e como realidades que se complementam na única e permanente missão da Igreja que é a evangelização, e isso só é possível quando buscamos criar uma verdadeira comunhão dentro da Igreja, como havia entre Jesus e João Batista.
http://www.cnbb.org.br/liturgia/app/user/user/UserView.php?ano=2013&mes=1&dia=12

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. Carisma é Serviço
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Na comunidade, quando algum “Fofoqueiro de Plantão” vem nos dizer que há um irão que faz a mesma coisa que nós, só que dizem que ele é muito melhor, a gente fica com o farol baixo e muitos fazem “Beiço” de descontentamento. Tem gente que na comunidade “adora” falar ao Padre que o Diácono prega mais bonito que ele, ou ao Diácono, que um ministro da Palavra é muito melhor que ele, quando está celebrando. Por que não sabemos administrar nossos carismas, essas conversas nos magoam e ficamos tristes, a espera de alguém que venha alisar o nosso ego.

Havia uns discípulos de João Batista que eram desse jeito e gostavam de por lenha na fogueira, foram correndo contar a João Batista que Jesus estava batizando ali por perto daquela região, e que estava com uma freguesia bem maior do que João.

Jesus não estava batizando por ali para mostrar a João Batista que ele era melhor e que aquele território lhe pertencia. Mas batiza porque esse carisma vem do alto, isso é, do Espírito Santo.

João Batista tem o comportamento que um autêntico agente de pastoral deve ter: longe de se aborrecer, se enche de alegria e confirma que Jesus é o Messias, aquele que ele havia anunciado, e arremata a conversa que deve servir de refrão em nossos trabalhos pastorais, “É preciso que ele cresça e eu desapareça”.

Quando fazemos do nosso carisma um verdadeiro serviço para os outros, e não ao nosso Ego inflamado, esse deve ser o nosso refrão e o nosso lema, anunciar Jesus Cristo e atrair as pessoas para ele e não para nós.

2. Jesus é o Messias
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
Oração

Pai, faze-me consciente do papel que me compete no serviço ao Reino, e leva-me a estar todo voltado para ti e para teu Filho Jesus, a quem o Reino pertence.

3. A CONSCIÊNCIA DO PRECURSOR
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

O Evangelho refere-se a João Batista como uma testemunha qualificada do Messias, enviada para precedê-lo. O Precursor chega a ser apresentado como a testemunha por excelência, para que, na qualidade de "testemunha da luz, todos pudessem crer por meio dele".

Seu comportamento modelar revelava-se na recusa de usurpar algo que não lhe pertencia. Manteve-se isento de qualquer ciúme ou inveja, quando Jesus deu inicio ao seu ministério. E a quem confundia os papéis de ambos, João declarava, sem titubear: "Eu não sou o Messias". Sua consciência lúcida impedia-o de passar por aquilo que não era. Seu papel era comparável ao do amigo escolhido para acompanhar o noivo, por ocasião da festa de casamento. Existe alegria maior para o amigo do noivo, quando o vê chegar, entre vivas e aclamações? Seria mesquinho se pretendesse ver as atenções voltarem-se para ele, e não para o noivo!

Sendo assim, João Batista só tinha motivos para se alegrar. Já tinha concluído a sua missão. Importava, agora, que o Messias crescesse e ele diminuísse, sem qualquer espécie de ciúme.
Enganar-se-ia quem perdesse a chance de se tornar discípulo do Messias, para apegar-se a uma luz efêmera, quando já havia despontado a verdadeira "luz do mundo". Por conseguinte, os discípulos de João foram instados a tomar uma decisão.
Oração
Pai, faze-me consciente do papel que me compete no serviço ao Reino, e leva-me a estar todo voltado para ti e para teu Filho Jesus, a quem o Reino pertence.

http://www.npdbrasil.com.br/religiao/evangelho_do_dia_semana.htm#d

Preparemos o caminho do Senhor com humildade


Postado por: homilia

janeiro 12th, 2013



Tudo começou a partir do Batismo de Jesus. Entendemos, dessa forma, que o Senhor só começou Seu ministério após ser batizado, mostrando, assim, a importância de sermos batizados e de batizarmos, como fizeram João Batista e, posteriormente, os discípulos de Jesus, batizando os adultos que se arrependiam de seus pecados.
Mas você pode se perguntar: “Por que Jesus foi batizado se Ele não tinha pecado?”. João também questionou isso e Jesus lhe respondeu: “… deixa por agora, porque assim convém cumprir toda a justiça…” (Mt 3,15). Creio que, ali, o Senhor não deixou margem alguma para alguém argumentar que não se batizaria, porque o Cristo também não havia sido batizado.
No dia seguinte, após o batismo de Jesus, estavam João Batista e dois dos discípulos vendo o Mestre passar. João, então, disse a eles: “Eis o Cordeiro de Deus!” (Jo 1,36).
O Evangelho de João realça a íntima relação entre os ministérios de João Batista e de Jesus. Após ser batizado por João, Jesus reúne Seus primeiros discípulos: André, Pedro, Filipe, Natanael, dentre os discípulos de João Batista. Com eles, segundo este Evangelho, Jesus inicia Seu ministério na região da Judeia. Os discípulos do Batista vêm a ele comunicar este fato. João reconhece a graça presente em Jesus e dá testemunho da Sua autenticidade. Ele tem consciência de que veio para preparar o caminho do Senhor, e não para se constituir um obstáculo.
André – um dos dois que estavam com João Batista – chama agora Simão, seu irmão, e lhe diz ter encontrado o Messias.
Como fez João Batista devemos sempre apresentar Jesus àqueles que ainda não O conhecem, pois os dois discípulos esperavam por aquele momento e, logo, seguiram o Mestre. Quantos estão nesta situação, apenas esperando-nos apresentar-lhes Jesus?
Eles queriam conhecer melhor o Senhor, saber onde Ele morava. Temos de ter essa sede de conhecê-Lo, pois a Palavra nos diz: “Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor” (Os 6,3). Jesus os aceitou e nos aceita também. Foi Ele quem nos escolheu e não nós a Ele.
Jesus chamou Simão pelo nome, testificando o poder que havia n’Ele. Cristo também conhece a você pelo nome. Ele mudou o nome de Simão para Pedro, mas, ainda que Ele não mude o seu nome, Ele faz de você uma nova criatura.
Aliás, o autêntico missionário é aquele que, com humildade, prepara o caminho e, depois, alegra-se ao perceber a ação de Deus na comunidade pelos carismas ali manifestados pelas iniciativas de seus membros.
Padre Bantu Mendonça
http://blog.cancaonova.com/homilia/2013/01/12/
Leitura Orante



Saudação
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai, 
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo, 
no amor e na comunhão do Espírito Santo. 
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

Oferecimento do dia
Adoro-vos, meu Deus, amo-vos de todo o meu coração.
Agradeço-vos porque me criastes, me fizestes cristão, me conservastes a vida e a saúde.
Ofereço-vos o meu dia: que todas as minhas ações correspondam à vossa vontade.
E que faça tudo para a vossa glória e a paz das pessoas.
Livrai-me do pecado, do perigo e de todo o mal.
Que a vossa graça, benção, luz e presença permaneçam sempre comigo
e com todos aqueles que eu amo. Amém.
(Orações da Família Paulina)

 1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia? 
Leio atentamente o texto na Bíblia: 
 Jo 3,22-30.
Depois disso, Jesus e os seus discípulos foram para a região da Judéia. Ele ficou algum tempo com eles ali e batizava as pessoas. João também estava batizando em Enom, perto de Salim, porque lá havia muita água. João ainda não tinha sido preso.
Alguns discípulos de João tiveram uma discussão com um judeu sobre a cerimônia de purificação. Eles foram dizer a João:
- Mestre, aquele homem que estava com o senhor no outro lado do rio Jordão está batizando as pessoas. O senhor falou sobre ele, lembra? E todos estão indo atrás dele.
João respondeu:
- Ninguém pode ter alguma coisa se ela não for dada por Deus. Vocês são testemunhas de que eu disse: "Eu não sou o Messias, mas fui enviado adiante dele." Num casamento, o noivo é aquele a quem a noiva pertence. O amigo do noivo está ali, e o escuta, e se alegra quando ouve a voz dele. Assim também o que está acontecendo com Jesus me faz ficar completamente alegre. Ele tem de ficar cada vez mais importante, e eu, menos importante.
João nos ensina a reconhecer a nossa identidade de testemunhas de Jesus Cristo. E, ao mesmo tempo, aponta para a nossa posição em relação ao Mestre. É clara a sua compreensão: "Jesus tem de ficar cada vez mais importante, e eu, menos importante". Em outras traduções: "convém que Ele cresça e eu diminua"

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? 
Qual palavra mais me toca o coração?
Recordo as palavras dos nossos pastores, em Aparecida, palavras que repercutem as de Jesus: "Jesus Cristo é o Filho de Deus verdadeiro, o único Salvador da humanidade. A importância única e insubstituível de Cristo para nós, para a humanidade, consiste em que Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida. "Se não conhecemos a Deus em Cristo e com Cristo, toda a realidade se torna um enigma indecifrável; não há caminho e, ao não haver caminho, não há vida nem verdade."(DAp 22)
É esta a minha fé?

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? 
Rezo com o bem-aventurado Alberione:
Jesus Mestre, disseste que a vida eterna consiste
em conhecer a ti e ao Pai. 
Derrama sobre nós, a abundância
do Espírito Santo!
Que ele nos ilumine, guie e fortaleça no teu seguimento,
porque és o único caminho para o Pai.
Faze-nos crescer no teu amor,
para que sejamos, como o apóstolo Paulo
testemunhas vivas do teu Evangelho.
Com Maria,
Mãe Mestra e Rainha dos Apóstolos,
guardaremos tua Palavra,
meditando-a no coração.
Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, tem piedade de nós.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Vou olhar para Jesus com os olhos e a convicção do Batista: "Ele tem de ficar cada vez mais importante, e eu, menos importante".
Bênção
 - Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
Ir. Patrícia Silva, fsp
http://leituraorantedapalavra.blogspot.com.br/

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx
Oração Final
Pai Santo, que o apego ao passado não nos impeça de viver o presente, preparando um futuro de convivência fraterna, para que esta terra encantada que nos emprestaste para cuidado e desfrute seja sinal do teu Reino de Amor. Por Jesus Cristo, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg06.php

LITURGIA DIÁRIA - 12/01/2013




Tema do Dia

«É preciso que Ele cresça e eu diminua.»


Encerramos a revisão que fizemos da Primeira Carta de João. De tanta coisa importante que nos deixa – ela fala lindamente sobre o Amor, definindo “Deus é Amor” –, não devemos nos esquecer da recomendação final: “Filhinhos, cuidado com os ídolos...”
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/

Oração para antes de ler a Bíblia

orkut e hi5, Religiosos, palavras do Senhor Jesus, imagens de biblia, recados de Jesus, gifs de religião para orkut

Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 

e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame

 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por

 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores

se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 

a vida eterna. Amém.


Branco. SÁBADO DEPOIS DA EPIFANIA Natal


Primeira leitura (1João 5,14-21)
Sábado, 12 de Janeiro de 2013 
Sábado depois da Epifania


Leitura da Primeira Carta de São João.

Caríssimos, 14esta é a confiança que temos no filho de Deus: se lhe pedimos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve. 15E se sabemos que ele nos ouve em tudo o que lhe pedimos, sabemos que possuímos o que havíamos pedido.
16Se alguém vê seu irmão cometer um pecado que não conduz à morte, que ele reze, e Deus lhe dará a vida; isto, se, de fato, o pecado cometido não conduz à morte. Existe um pecado que conduz à morte, mas não é a respeito deste que eu digo que se deve rezar.
17Toda iniquidade é pecado, mas existe pecado que não conduz à morte. 18Sabemos que todo aquele que nasceu de Deus não peca. Aquele que é gerado por Deus o guarda, e o Maligno não o pode atingir.
19Nós sabemos que somos de Deus, ao passo que o mundo inteiro está sob o poder do Maligno. 20Nós sabemos que veio o Filho de Deus e nos deu inteligência para conhecermos aquele que é o Verdadeiro. E nós estamos com o verdadeiro, no seu Filho Jesus Cristo. Este é o Deus verdadeiro e a Vida eterna. 21Filhinhos, guardai-vos dos ídolos.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Salmo (Salmos 149)
Sábado, 12 de Janeiro de 2013 
Sábado depois da Epifania


— O Senhor ama seu povo, de verdade.
— O Senhor ama seu povo, de verdade.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembleia dos fiéis! Alegre-se Israel em quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei!
— Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória os seus humildes.
— Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos, com louvores do Senhor em sua boca. Eis a glória para todos os seus santos.


Evangelho (João 3,22-30)
Sábado, 12 de Janeiro de 2013 
Sábado depois da Epifania



João, testemunha de Jesus 


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 22Jesus foi com seus discípulos para a região da Judeia. Permaneceu aí com eles e batizava. 23Também João estava batizando, em Enon, perto de Salim, onde havia muita água. Aí chegavam as pessoas e eram batizadas.
24João ainda não tinha sido posto no cárcere. 25Alguns discípulos de João estavam discutindo com um judeu a respeito da purificação. 26Foram a João e disseram: “Rabi, aquele que estava contigo além do Jordão e do qual tu deste testemunho, agora está batizando e todos vão a ele”.
27João respondeu: “Ninguém pode receber alguma coisa, se não lhe for dada do céu.28Vós mesmos sois testemunhas daquilo que eu disse: ‘Eu não sou o Messias, mas fui enviado na frente dele’. 29É o noivo que recebe a noiva, mas o amigo, que está presente e o escuta, enche-se de alegria ao ouvir a voz do noivo. Esta é a minha alegria, e ela é completa. 30É necessário que ele cresça e eu diminua”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia

orkut e hi5, Religiosos, mensagem religiosa, imagem da biblia, recados de religião, scraps religioso para orkut

Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática. Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.

TENHA UM LINDO FIM-DE-SEMANA!! SAÚDE, PAZ E AMOR!

BOM DIA. DEUS TE ABENÇOE.

SÁBADO

IMAGENS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS




LADAINHA DO PRECIOSÍSSIMO SANGUE DE JESUS


LADAINHA DO PRECIOSÍSSIMO SANGUE DE JESUS

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai do Céu, que sois Deus, tende piedade de nós
Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.
Sangue de Cristo, Sangue do Filho Unigênito do Eterno Pai, Salvai-nos
Sangue de Cristo, Sangue do Verbo de Deus encarnado, Salvai-nos
Sangue de Cristo, Sangue do Novo e Eterno Testamento, Salvai-nos
Sangue de Cristo, correndo pela terra na agonia, Salvai-nos
Sangue de Cristo, manado na flagelação,
Sangue de Cristo, gotejando na coroação de espinhos,
Sangue de Cristo, derramado na Cruz,
Sangue de Cristo, preço de nossa salvação, Salvai-nos
Sangue de Cristo, sem o qual não pode haver redenção,
Sangue de Cristo, na Eucaristia, bebida e banho salutar das almas,
Sangue de Cristo, torrente de misericórdia,
Sangue de Cristo, vencedor dos demônios,
Sangue de Cristo, fortaleza dos mártires,
Sangue de Cristo, virtude dos confessores,
Sangue de Cristo, que suscitais almas virgens,
Sangue de Cristo, força dos tentados,
Sangue de Cristo, alívio dos que trabalham,
Sangue de Cristo, consolação dos que choram,
Sangue de Cristo, esperança dos penitentes,
Sangue de Cristo, conforto dos agonizantes,
Sangue de Cristo, paz e doçura dos corações,
Sangue de Cristo, penhor de vida eterna,
Sangue de Cristo, que libertais as almas do Purgatório,
Sangue de Cristo, digno de toda honra e glória,
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
— Vós nos remistes, Senhor, pelo Vosso Sangue.
— E estabelecestes o Reino de Deus em nossos corações.

OREMOS: DEUS Eterno e todo poderoso, que constituistes o Vosso Filho Unigênito, Redentor do Mundo e quisestes ser aplacado pelo seu Sangue, concedei-nos, nós Vos suplicamos, a graça de venerar de tal maneira o preço de nossa salvação e de ser pela sua virtude tão bem defendidos dos males da presente vida na terra que com seu perpétuo fruto possamos nos alegrar no Céu. Pelo mesmo CRISTO, Nosso Senhor na unidade de ESPÍRITO SANTO. Amém.

Atleta espanhol dá lição de honra e esportividade


REDAÇÃO CENTRAL, 10 Jan. 13 / 11:59 pm (ACI).- O atleta espanhol Iván Fernández Anaya deu uma lição de honra e esportividade em Navarra, Espanha ao deixar que ganhasse a competição o africano Abel Mutai, que foi o primeiro durante a corrida e parou a poucos metros de chegar à meta pensando que já tinha concluído o percurso.
Em diálogo telefônico com o grupo ACI no dia 10 de janeiro, o jovem atleta de 24 anos de idade recordou o que aconteceu no dia 2 de dezembro na corrida Cross de Burlada na qual ficou em segundo lugar, atrás do Mutai, queniano e medalhista olímpico em Londres 2012.

Você sabia que:

A criação de cardeais leva-se a cabo por decreto explícito do Romano Pontífice aos quais elege para ser seus principais colaboradores e assistentes.

Ouça a história do santo do dia

Podcast

Ouça a Homilia do Evangelho do dia

Podcast

Homilia do dia

Lucas 5,12-16

Homilia
Data
01/11/13
01/10/13
01/09/13