sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Um Feliz e Santo Natal, com muita Paz e Amor. E um Ano Novo repleto de Bênçãos de Deus. Deus te abençoe.


Um Feliz e Santo 
Natal,
 com muita Paz e Amor.

E um Ano Novo repleto de 
Bênçãos de Deus.

Deus te abençoe.



Clique Aqui 

COMO OS GOLFINHOS


¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

Como um Golfinho, existem pessoas
que são puras e sinceras.

Tais pessoas formam um laço de
amizade amplo e eterno. . .

Como um Golfinho, existem pessoas que
vivem felizes e não gostam de ver os
seus amigos tristes.

Por isso, tentam sempre alegrar os seus
corações. . .

Como um Golfinho, existem pessoas que
arranjam uma saída para tudo, por mais
difícil que seja o obstáculo à sua
frente. . .

Como um Golfinho, nenhuma pessoa no mundo
consegue viver só, por isso, fazem amigos
e acompanham-nos em todos os momentos. . .

Como um Golfinho, as pessoas precisam de
sorrir para que a sua vida seja cada
vez melhor. . .

Como um Golfinho, uma criança observa o
mundo de forma honesta e feliz, onde tudo
tem um tom de brincadeira e tudo é a mais
pura verdade. . .

Como os Golfinhos, as pessoas precisam
de carinho e compreensão. . .

Se podemos entender os sentimentos de um
Golfinho, por que não entendemos os
sentimentos de uma pessoa?

Como os Golfinhos, precisamos de dar e
receber amor. . .

Como os Golfinhos, precisamos de liberdade
para podermos viver.

Precisamos de liberdade para expressarmos
os nossos sentimentos. . .

Mesmo sendo livres, sempre procuramos
alguém a quem possamos prender-nos. . .

Mesmo procurando incansavelmente amigos e
amores, as vezes precisamos de momentos
para estarmos sozinhos. . .

Como os Golfinhos, apreciamos o luar,
apreciamos uma noite bonita. . .

Não te sintas só!

Sempre existirá um amigo a quem possas chamar,
assim como fazem os Golfinhos. . .

Como os Golfinhos, sempre existem pessoas
prontas a oferecer-te uma amizade eterna.

Vamos agir como um golfinho. . .
ser um amigo golfinho ou um golfinho amigo.

PAZ E LUZ PARA TODOS VOCÊS!!!

-:¦:- E -:¦:-

Um Dia Abençoado para todos!!

¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

FONTE: http://mensagensdiariaspravc.blogspot.com.br/

Terço de Cura e Libertação - VÍDEO

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS




JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Angelus - Oração do meio dia


"Angelus" 
 Oração do meio dia

V. O Anjo do Senhor anunciou a Maria.
R. E Ela concebeu do Espírito Santo.
Ave Maria…
V. Eis a escrava do Senhor.
R. Faça-se em mim segundo a Vossa Palavra.
Ave Maria…
V. E o Verbo divino encarnou.
R. E habitou no meio de nós.
Ave Maria…
V. Rogai por nós Santa Mãe de Deus.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos

Infundi, Senhor, como Vos pedimos, a Vossa graça nas nossas almas, para que nós, que pela Anunciação do Anjo conhecemos a Encarnação de Cristo, Vosso Filho, pela sua Paixão e Morte na Cruz, sejamos conduzidos à glória da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém.

LITURGIA DAS HORAS


LITURGIA DAS HORAS

Terço - Mistério Gozosos - Segunda-Feira e Sábado


Terço do Rosário: Mistérios Gozosos   


 

Santa Clotilde, Viúvaq - 22 de dezembro

Esta Santa rainha teve a imensa honra de conseguir a conversão ao catolicismo do fundador da nação francesa, o rei Clodoveo, já que se uniu em matrimônio com ele. Teve três filhos, mas um deles morreu aos poucos anos de vida. A Santa orava e pedia perseverantemente pela conversão de seu marido, o rei Clodoveo, pois este era pagão, e se negava rotundamente a aceder à conversão cristã.

Santa Francisca Xavier Cabríni - 22 de Dezembro


Santa Francisca Xavier CabríniChamada por Pio XII de "heroína dos tempos modernos", Santa Francisca nasceu em Sant'Angelo de Lódi, na Lomabardia, Itália, em 1850. Última dos 13 filhos de Agostinho Cabríni e Estela Oldini, recebeu no batismo o nome de Maria Francisca, ao qual mais tarde ajuntou o de Xavier, pelo seu amor e veneração ao apóstolo das Índias.

Aos 11 anos fez voto de castidade. Seguiu a carreira do magistério com as religiosas Filhas do Sagrado Coração de Jesus, em Arluno, terminando-a aos 18 anos. Sentindo vocação divina, pretendeu entrar para essa Congregação religiosa, mas foi recusada por falta de saúde.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 22/12/2012

22 de Dezembro de 2012

Ano C

 

Lucas 1,46-56

Comentário do Evangelho

Maria pronuncia seu cântico

Respondendo à saudação de Isabel, Maria pronuncia seu cântico, no qual,com brevidade, apresenta a obra salvífica de Deus, em relação a ela, à humanidade em geral e aos remanescentes de Israel. Em relação a Maria, Deus fez grandes coisas. Ela, serva humilde, foi escolhida para ser mãe do Filho de Deus, o Salvador. Ela é a primeira bem-aventurada do Reino. Em relação à humanidade, Deus, pela encarnação e vida de Jesus, subverte as sociedades e as religiões: liberta e promove os pobres e humildes, derruba os poderosos e distribui os bens dos ricos. E, aos descendentes do arameu Abraão, em Israel, vem confirmar sua misericórdia, em face das suas infidelidades históricas, oferecendo-lhes também a salvação. A fé de Maria é uma fé humilde, consciente e comprometida com a causa dos pobres. 

Direitos reservados: 
José Raimundo Oliva

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx

Vivendo a Palavra

Aprendamos com Maria quem é o nosso Deus: aquele que olha para os humildes e despreza os soberbos; enche de bens os famintos e se lembra da misericórdia prometida aos nossos pais. Um Pai que ensina a solidariedade entre os irmãos, o cuidado com todos e a generosidade para com os carentes.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg05.php

Reflexão

Maria reconhece, no canto do magnificat, que Deus realizou maravilhas em sua vida, mas que esta realização não foi somente para ela e que não é um fato isolado na história do povo de Deus, de modo que as maravilhas que Deus realiza nela são, na verdade, para todo o povo de Deus, uma vez que pelo seu Filho virá a salvação para todos os povos. Sendo assim, devemos compreender que quando Deus realiza maravilhas nas nossas vidas, essas maravilhas não são apenas para nós, mas a todas as pessoas a partir de nós, e quando Deus realiza maravilhas nas vidas das outras pessoas, também somos beneficiados por ele.

http://www.cnbb.org.br/liturgia/app/user/user/UserView.php?ano=2012&mes=12&dia=22

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. O CANTO DE MARIA
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Há nas relações humanas uma virtude um tanto fora de moda que se chama Gratidão, pois em uma sociedade onde a Gratuidade cedeu espaço para o mercantilismo e as relações interesseiras, ser grato a alguém parece que não tem muito sentido. A palavra "muito obrigado" virou apenas uma cortesia, um mero formalismo, da boca para fora.

O Canto de Maria, na casa de Isabel, denominado de Magnificat, não é apenas um "muito obrigado a Deus" porque Ele atendeu a seus interesses, concedeu-lhe um favor solicitado, pois diferente da troca ou barganha, a relação de Deus com os homens é pautada pela gratuidade, sem que haja qualquer merecimento da parte de quem é agraciado.

Ser grato a Deus e cantar-lhe um hino de ação de graças quando todos os nossos interesses foram atendidos conforme nosso desejo e pedido, é uma obrigação. Eu pedi, Deus me atendeu, e agora estou obrigado a agradecer...Se o modo de Deus agir fosse esse, o Cristianismo não teria passado de uma seita dentro do judaísmo, que possivelmente nem chegaria ao primeiro século de existência. Olhemos com atenção esse canto de Maria...

Primeiro que Deus não espera de nós a gratidão, e nem quer Ele nos ver prostrados, agradecidos pelo bem que ele nos fez, esse tipo de coisa só existe nas relações humanas, quando vivemos a procura de quem "alise" o nosso ego, somos pequenos e bem frágeis, ainda não temos a Generosidade de Deus, que se doa e se entrega, sem esperar absolutamente nada em troca. Não há ser humano, por mais altruísta que seja, que esteja imune a esse sentimento, todos nós, sem exceção, esperamos alguma forma de gratidão, ainda que se faça de graça, por idealismo, a gratidão por parte do outro nos faz um bem imenso, não vejo isso como um pecado...

Primeiro vamos notar que Maria não olha para si e nem para seus interesses ou planos que aliás, eram outros, por isso na afirmação "O Todo Poderoso fez grandes coisas em meu favor", Maria está rezando com o seu povo que alimentava a grande Esperança Messiânica.

Ester prefigura Maria que, gozando dos favores do Rei, quando este lhe estende o Cetro para que ela faça o seu pedido, Ester intercede pelo povo. Maria canta as grandezas de Deus porque em seu íntimo já está Aquele que irá cumprir todas as promessas feitas a Abraão.

Diante de Deus, quem se esvazia de si mesmo, ficará repleto da Graça Divina, mas quem, ao contrário se encher de orgulho e vaidade, vai ficar desapontado justamente porque diante de Deus e da sua obra, se sentirá vazio, por isso os pobres e humildes serão exaltados e irão se fartar, enquanto que os ricos se sentirão pobres, no sentido de sentirem falta de alguma coisa que a riqueza material não consegue oferecer.

Maria será exaltada e sempre lembrada de Geração, justamente por ser ela a prova inequívoca de que a ação Divina é marcada pela gratuidade, e a partir de Maria todos poderão também experimentar desse Amor Divino que se esvazia daquilo que é, ocultando a Divindade em nossa carne. Em Maria e sempre com ela, todos os que se fazem pobres e pequenos diante de Deus, percorrerão esse mesmo caminho, que conduz o Homem a comunhão plena com Deus, seu destino final, que não está perdido lá no passado, mas está á frente, como promessa de Deus que irá se cumprir...

Essa é a MARAVILHA que Deus realizou, não só em Maria, mas em todos nós, com a encarnação do Verbo Divino...

2. Maria pronuncia seu cântico
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por José Raimundo Oliva - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
Oração

Pai, faze-me sensível à espiritualidade daquela que escolheste para ser mãe de teu Filho, porque ela penetrou, de modo admirável, em teu mistério de amor.


3. O SENHOR FEZ EM MIM MARAVILHAS
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

O hino de louvor, proclamado por Maria ao visitar Isabel, resumiu a pedagogia divina no mistério da salvação. Para salvar a humanidade, Deus contou com instrumentos humildes, como foi o caso de Maria, que não passava de uma simples serva. A salvação resultava da misericórdia divina, presente ao longo da história da humanidade e manifestada na vida de quantos foram tementes a Deus.

Por outro lado, a salvação consistia na desarticulação dos esquemas erguidos por pessoas soberbas, que se bastavam a si mesmas, davam as costas para Deus e se prevaleciam do próximo. A segurança dessas pessoas seria arrasada, reduzindo-as a uma situação de total indigência. Só assim haveriam de ter consciência da inutilidade dos bens acumulados. A atitude de Deus com os pobres, os humildes e com quem se faz servidor é radicalmente oposta: os humildes serão elevados e valorizados; os famintos, saciados; os abatidos, reerguidos. Tudo isto é obra do amor.

Maria trazia no ventre aquele que fora destinado por Deus para instaurar a salvação da humanidade. Sinal evidente de que Deus não se esquecia de sua promessas e não abandonava os que necessitavam de salvação. As maravilhas realizadas na vida de Maria seriam, por conseguinte, indício das maravilhas que o Senhor iria realizar na vida de cada ser humano. Toda a humanidade tinha, pois, como Maria, motivos para engrandecer o Senhor.
Oração

Senhor Jesus, que eu saiba reconhecer as maravilhas realizadas pelo Pai, na vida de Maria e na história da humanidade.

http://www.npdbrasil.com.br/religiao/evangelho_do_dia_semana.htm#d7

A graça não escolhe pessoas orgulhosas e soberbas, mas os humildes


Postado por: homilia

dezembro 22nd, 2012


<i>”A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador…”</i> Este cântico do Magnificat é a celebração jubilosa e o resumo de toda a história da Salvação, a qual Maria retoma em todas as etapas desde as origens. Essa história é conduzida por Deus sem interrupção e, como critério, o Seu amor misericordioso à exaltação dos humildes e dos pobres.
Na narrativa do evangelista Lucas, por ocasião da visitação de Maria à sua prima Isabel, após a saudação da jovem, Isabel a proclama bendita e bem-aventurada. Concluindo o diálogo, Maria entoa o cântico de ação de graças, consagrado na tradição católica como o “Magnificat”. Este hino, bem como o cântico de Zacarias (“Benedictus”) e o de Simeão (“Nunc Dimitis”) foram colhidos por Lucas dentre a tradição das comunidades cristãs e inseridos na sua narrativa das infâncias de João Batista e de Jesus.
Apenas as pessoas sabem ser humildes e simples, por isso, as puras de coração são tocadas pela virtude da gratidão e, consequentemente, louvam e glorificam Deus como o fez Maria.
É uma coisa grandiosa quando um homem se põe de joelhos diante de Deus. E aquele que fica de joelho encontra o seu verdadeiro lugar, dá o sentido da proporção e da medida, afirma que nada é e que Deus é tudo.
É pura verdade e justiça a Sua misericórdia sobre aqueles que O temem. A lei da graça que se realiza em Maria se torna universal. Com o seu “sim” e neste canto de louvor, ela nos ensina que Deus realiza a sua graça quando o homem se convence da necessidade que tem dela. Só quem é cônscio de sua pobreza alcançará a riqueza que produz. A graça não escolhe pessoas orgulhosas e soberbas, mas os humildes; não os poderosos, mas os fracos; não os saciados, mas os famintos.
O cântico de Maria é uma apresentação do Deus revelado por Jesus ao longo do Evangelho de Lucas. É o Deus que subverte as sociedades e as religiões estruturadas sobre o poder. É o Senhor que liberta e promove os pobres e oprimidos, derruba os poderosos e distribui os bens da criação para todos. A fé de Maria é uma fé humilde, consciente e comprometida com a causa dos pobres.
Quem confia sabe esperar, mas quem tende à autossuficiência não é capaz de entender o que isso significa. A conversão exige que mudemos nossos pensamentos e percebamos a presença de Deus no mundo.
Sejamos como Maria que, compreendendo o tempo de Deus, cantou o “Magnificat” na casa de Isabel.
Padre Bantu Mendonça
http://blog.cancaonova.com/homilia/2012/12/22/
LEITURA ORANTE 

Lc 1,46-56 - O magnífico canto de Maria



Em união com todos que se encontram neste ambiente virtual, 

iniciamos nossa Leitura Orante do Advento, com a

Canção do Advento

Ó vem, Senhor, não tardes mais! 
Vem saciar nossa sede de Paz! 

  1.   Ó vem, como chega a brisa do vento,
Trazendo aos pobres justiça e bom tempo!  
2.   Ó vem, como chega a chuva no chão   
Trazendo fartura de vida e de pão!  
3.   Ó vem, como chega a luz que faltou   
Só tua palavra nos salva Senhor!  
4.   Ó vem, como chega a carta querida   
Bendito carteiro do Reino da Vida!  
5.   Ó vem, como chega o filho esperado   
Caminha conosco Jesus Bem amado!  
6.   Ó vem, como chega o Libertador   
Das mãos do inimigo nos salva Senhor
Veja a melodia desta canção do lado.


1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?

Leio atentamente o texto do Evangelho do Dia, na minha Bíblia: Lc 1,46-56
Então Maria disse: 
- A minha alma anuncia a grandeza do Senhor. 
O meu espírito está alegre por causa de Deus, o meu Salvador. 
Pois ele lembrou de mim, sua humilde serva! 
De agora em diante todos vão me chamar de mulher abençoada, porque o Deus Poderoso fez grandes coisas por mim. O seu nome é santo, e ele mostra a sua bondade a todos os que o temem em todas as gerações. 
Deus levanta a sua mão poderosa e derrota os orgulhosos com todos os planos deles. 
Derruba dos seus tronos reis poderosos e põe os humildes em altas posições. 
Dá fartura aos que têm fome e manda os ricos embora com as mãos vazias. 
Ele cumpriu as promessas que fez aos nossos antepassados e ajudou o povo de Israel, seu servo. 
Lembrou de mostrar a sua bondade a Abraão e a todos os seus descendentes, para sempre. 
Maria ficou mais ou menos três meses com Isabel e depois voltou para casa. 

O hino cantado por Maria é um louvor a Deus que fez tudo. Ela é a serva que representa Israel. O cântico é totalmente bíblico, cheio de citações do Antigo Testamento. Do cântico de Ana, no Antigo Testamento (1Sm 1-2), Maria toma: o tema da maternidade, a lembrança dos poderosos e dos humildes, a mudança da situação, a santidade de Deus, a atenção para a humilhação e o cumprimento das promessas. Perpassa todo o cântico o reconhecimento da bondade de Deus.

2. Meditação(Caminho)
- O que a Palavra diz para mim?
Pergunto-me: posso também eu cantar este Magnificat de Maria?
 Posso fazer meu este cântico? 
Quem pode cantá-lo hoje?
Recordo a palavra dos Pastores da Igreja na América Latina e Caribe que disseram em Aparecida: "Maria, que “conservava todas estas recordações e meditava em seu coração” (Lc 2,19; cf. 2,51), ensina-nos o primado da escuta da Palavra na vida do discípulo e missionário. O Magnificat “está inteiramente tecido pelos fios da Sagrada Escritura, os fios tomados da palavra de Deus. Assim, se revela que nela a Palavra de Deus se encontra de verdade em sua casa, de onde sai e entra com naturalidade. Ela fala e pensa com a Palavra de Deus; a Palavra de Deus se faz a sua palavra e sua palavra nasce da Palavra de Deus. Além disso, assim se revela que seus pensamentos estão em sintonia com os pensamentos de Deus, que seu querer é um querer junto com Deus. Estando intimamente penetrada pela Palavra de Deus, Ela pode chegar a ser mãe da Palavra encarnada”. (DAp 271).

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus? 

Rezo com Maria, a Mãe de Jesus, as alegrias da bondade de Deus, cantando com o Pe. Zezinho, scj:
Minh’alma dá glórias ao Senhor
Meu coração bate alegre e feliz
Olhou para mim com tanto amor 
Que me escolheu, me elegeu e me quis.
E de hoje em diante eu já posso prever,
Todos os povos vão me bendizer
O Poderoso lembrou-se de mim, Santo é seu nome sem fim
O povo dá glórias ao Senhor, seu coração bate alegre e feliz
Maria carrega o Salvador porque Deus faz, 
sempre cumpre o que diz
E quando os povos aceitam lei passa de pai para filho seu dom
Das gerações Ele é mais do que rei, ele é Deus pai, ele é bom 
Minh’alma dá glórias ao Senhor
Meu coração bate alegre e feliz
Olhou para mim com tanto amor 
Que me escolheu, me elegeu e me quis.
O orgulhoso Ele sabe dobrar, o poderoso Ele sabe enfrentar
O pobrezinho Ele defenderá, não nos abandonará
O povo dá glórias ao Senhor, seu coração bate alegre e feliz
Maria carrega o Salvador porque Deus faz,
sempre cumpre o que diz
Quem tem demais qualquer dia vai ver o que é ter fome e não ter
pra comer
Quem passa fome comida terá, eis que a justiça virá
Minh’alma dá glórias ao Senhor
Meu coração bate alegre e feliz
Meu povo já sente o seu amor, Ele promete, Ele cumpre o que diz
Aos nossos pais Ele um dia jurou
Ele é fiel e jamais enganou, estamos perto da era do amor
Bendito seja o Senhor.
CD 14 Cantigas Marianas, COMEP.


4. Contemplação(Vida/ Missão)

- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra? 
Terei no olhar a bondade de Deus que se manifesta para todas as pessoas. Farei como Maria, o meu Cântico de louvor a Deus.

Bênção natalina 
(bem-aventurado Alberione) 
Jesus Menino coloque a sua mãozinha 
sobre tua cabeça 
e derrame sobre ti 
a sua luz, conforto e alegria. 
Amém! 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, 
Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. 


- Faça individualmente e partilhe com sua família, com seu grupo ou comunidade, o 

Retiro de Advento e Natal. Veja em 

Irmã Patrícia Silva, fsp
http://leituraorantedapalavra.blogspot.com.br/

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx
COPIE O LINK ABAIXO E
OUÇA O COMENTÁRIO DO
EVANGELHO DO DIPELAS PAULINAS
http://www.paulinas.org.br/media/biblia/musicas.asp?musica=20121222
Oração Final
Pai Santo, que a disponibilidade generosa de Maria, servindo à prima Isabel, não seja para nós apenas uma cena do passado, mas inspiração para a nossa vida cotidiana. Dá-nos coragem e força, Pai amado, para seguirmos Maria nos caminhos de Jesus, o Cristo, teu Filho e nosso Irmão, que contigo reina na unidade do Espírito Santo.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg06.php

LITURGIA DIÁRIA - 22/12/2012




Tema do Dia

«Minha alma proclama a grandeza do Senhor.»

As leituras de hoje mostram duas mulheres santas e generosas – Ana e Maria – capazes de gerar seus filhos para serem dedicados ao Senhor e de cantar sua gratidão nos belíssimos cânticos de louvor e reconhecimento ao poder e à misericórdia de Deus.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/

Oração para antes de ler a Bíblia

orkut e hi5, Religiosos, palavras do Senhor Jesus, imagens de biblia, recados de Jesus, gifs de religião para orkut

Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 

e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame

 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por

 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores

se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 

a vida eterna. Amém.


Roxo. ÚLTIMOS DIAS ANTES DO NATAL - 22-12 Advento


Primeira leitura (1º Samuel 1,24-28)
Sábado, 22 de Dezembro de 2012 
22 de Dezembro

Leitura do Primeiro Livro de Samuel. 

Naqueles dias, 24Ana, logo que o desmamou, levou consigo Samuel à casa do Senhor em Silo, e mais um novilho de três anos, três arrobas de farinha e um odre de vinho. O menino, porém, era ainda uma criança. 25Depois de sacrificarem o novilho, apresentaram o menino a Eli. 26E Ana disse-lhe: “Ouve, meu Senhor, por tua vida, eu sou a mulher que esteve aqui orando ao Senhor, na tua presença. 27Eis o menino por quem eu pedi, e o Senhor ouviu a minha súplica. 28Portanto, eu também o ofereço ao Senhor, a fim de que só a ele sirva em todos os dias de sua vida”. E adoraram o Senhor.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Salmo (1º Samuel 2,1-8)
Sábado, 22 de Dezembro de 2012 
22 de Dezembro

— Meu coração exultou no meu Senhor, Salvador.
— Meu coração exultou no meu Senhor, Salvador.

— Exulta no Senhor meu coração, e se eleva a minha fronte no meu Deus; Minha boca desafia os meus rivais porque me alegro com a vossa salvação!
— O arco dos fortes foi dobrado, foi quebrado, mas os fracos se vestiram de vigor. Os saciados se empregaram por um pão, mas os pobres e os famintos se fartaram. Muitas vezes deu à luz a que era estéril, mas a mãe de muitos filhos definhou.
— É o Senhor quem dá a morte e dá a vida, faz descer à sepultura e faz voltar; é o Senhor quem faz o pobre e faz o rico, é o Senhor quem nos humilha e nos exalta.
— O Senhor ergue do pó o homem fraco, e do lixo ele retira o indigente, para fazê-los assentar-se com os nobres num lugar de muita honra e distinção.


Evangelho (Lucas 1,46-56)
Sábado, 22 de Dezembro de 2012 
22 de Dezembro



O canto da bondade de Deus

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 48porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, 49porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, 50e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o temem.
51Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. 52Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. 53Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia,55conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”. 56Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia

orkut e hi5, Religiosos, mensagem religiosa, imagem da biblia, recados de religião, scraps religioso para orkut

Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática. Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.