quinta-feira, 16 de maio de 2013

"ELE PODERIA JAMAIS DEIXAR SEU TRONO DE REI, MAS SE FEZ UM DE NÓS PARA NOS DAR A LUZ. FOI O SEU IMENSURÁVEL AMOR, AGORA EU SEI, E NÃO OS PREGOS QUE O SEGURARAM NA CRUZ!"


HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 17/05/2013

17 de Maio de 2013

Ano C

 

João 21,15-19

Comentário do Evangelho


A única resposta adequada a esse amor é o amor

O capítulo 21 do evangelho segundo João é tardio. Esta segunda parte do capítulo (vv. 15-19) tem por finalidade legitimar a missão de Pedro de ser “o primeiro entre iguais”, e que sua missão está fundada na palavra do Senhor: “Apascenta as minhas ovelhas” (v. 17).
Lembremo-nos de que, ao longo de todo o evangelho, Simão Pedro não é propriamente o ícone do homem de fé (Jo 20,6-7). Ele depende, para o reconhecimento, do “discípulo que Jesus amava” (20,8; 21,7). A missão de Pedro está fundada num amor primeiro, no amor que antecede tudo e todos. A única resposta adequada a esse amor é o amor. Só o amor incondicional à pessoa de Jesus Cristo pode permitir que o seguimento e a missão confiada sejam vividos na mais pura gratuidade e entrega.
Somente um amor sem reservas permitirá a Pedro a disponibilidade para ir aonde o Senhor quer que ele vá: “… quando, porém, fores velho, estenderás as mãos e outro te amarrará pela cintura e te levará para onde não queres ir” (v. 18).
A maturidade da fé supõe deixar-se conduzir pelo Senhor. O amor, que está na origem do seguimento, permite atualizar na vida o sacrifício de Jesus.
Carlos Alberto Contieri, sj


Vivendo a Palavra

O Mestre oferece a Pedro, que o negara por três vezes, a chance de declarar-lhe o seu amor também por três vezes. Também a nós, que tantas vezes o negamos praticamente em nossos relacionamentos com os irmãos, o Senhor oferece a múltipla oportunidade de confessarmos nossa gratidão e amor filial.


Reflexão


O amor a Jesus é a condição fundamental para que possamos participar da missão evangelizadora da Igreja. Qualquer outra motivação é insuficiente para tal e está fadada ao fracasso. Não é a toa que Jesus pergunta três vezes a Pedro se ele o ama. Isso quer dizer que todos os que querem de fato participar da missão evangelizadora da Igreja devem se questionar constantemente sobre o seu amor a Jesus, renovar este amor a cada dia e buscar formas de aprofundar ainda mais este amor, principalmente através da participação na Eucaristia, leitura e meditação da Palavra, cultivo da vida interior e vivência cada vez maior do amor para com os pobres e necessitados.

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. ÁGAPE OU FILOS???
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Neste evangelho, um irmão da minha equipe de reflexão, brincou dizendo que Jesus estava com dificuldade de escutar, pois repetiu a mesma pergunta por três vezes, e parece que ele lembrou-se das três negações do apóstolo e parecia querer dizer "olha lá heim Pedro, não vá pisar no tomate de novo!"

Claro que isso é uma especulação, mas muita gente associa a interrogação com as negações, o apóstolo que negou três vezes, agora vai ter que confirmar seu amor também por três vezes. Não deixa de ser uma interpretação interessante e que até faz sentido, mas Jesus não estava com problema de surdez e nem queria humilhar o apóstolo Pedro, ao contrário, vai confirmá-lo como primeira coluna da Igreja porém, quer lembrá-lo de algo que é essencial na vida de todo discípulo Missionário: Cuidar do rebanho por amor a Cristo, que agora, nos irmãos e irmãs, precisa ser amado e aqui está a beleza da reflexão. Como deve ser este amor?

Simão, tu me amas? (com amor ágape, sem medidas, gratuito e incondicional, até as últimas conseqüências) Pedro respondeu que SIM, mas com o amor Filia, seu amor pelo mestre não era assim tão extraordinário, afinal o tinha negado...)

Simão, tu me amas? De novo Pedro responde afirmativamente, porém com essa ressalva, de que não é um amor igual ao do Mestre. Jesus pergunta uma terceira vez, agora, porém, falando exatamente do amor Filia, entre irmãos, que é bonito e belo também, mas que não é tão perfeito.

E Jesus o confirma como Pastor, o aceita em suas limitações, o seu jeito de amar.

Acontece que, quando nos dispomos como Pedro, a servir a Deus nos irmãos, a sua Graça Santificante vai nos transformando, não é assim o amor conjugal entre um homem e uma mulher? No altar o SIM do casal promete amor, mas é o Eros, seria como a água nas Bodas de Cana, daí Jesus abençoa, inunda o coração dos seus discípulos com a sua graça e a Força do Espírito Santo e o milagre acontece: o discípulo começa a amar como Jesus, desapegando-se de tudo, até mesmo da sua vontade, como Pedro, que ao final da sua vida, será conduzido á morte, mas não abrirá mão da Fidelidade a Jesus e seu Reino.

Nossas comunidades também são assim... A Graça age em nossas fraquezas e limitações, e vai transformando o nosso amor tão pequeno em um Grandioso amor, exatamente como o de Jesus...

2. A única resposta adequada a esse amor é o amor
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
ORAÇÃO
Pai, torna cada vez mais consistente meu amor a teu Filho Jesus, e confirma minha condição de discípulo que deseja dar testemunho autêntico de sua fé.

3. TU ME AMAS?
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

Todo cristão deveria se defrontar com a tríplice pergunta que o Ressuscitado dirigiu a Pedro. Ela é bem precisa: "Tu me amas?", e não pode ser respondida com evasivas ou sem convicção. É sim ou não, com as respectivas conseqüências, tanto em termos pessoais - conversão interna -, quanto em termos sociais - testemunho público e seus riscos.

A melhor maneira de expressar nosso amor a Jesus é amar o próximo. E o ápice deste amor está em não poupar nada de si, quando se trata de servir, como fez Jesus. 

Portanto, a pergunta do Ressuscitado poderia ser respondida assim: "Tu sabes que eu nutro profundo amor pelo meu próximo; podes ver como minha vida é toda vivida como doação; podes, igualmente, verificar como minha existência é tecida de gestos concretos de oblação. Esta é a prova de que, realmente, eu teu amo".

O Mestre não pode confiar no discípulo, cujo amor não é entranhado. Por isso, antes de confiar a Pedro a missão de presidir a comunidade dos cristãos, quis se assegurar do seu amor. Este procedimento de Jesus é plenamente acertado. O exercício do ministério, na Igreja, pressupõe o amor que ele exigiu de Pedro, quando lhe confiou a missão de conduzir o seu rebanho. Arrisca-se a descambar para a tirania a liderança de quem se põe à frente da Igreja sem amar, autenticamente, a Jesus.
Oração
Espírito de oblação faze-me demonstrar meu amor ao Ressuscitado, por meio da entrega total de minha vida ao serviço dos meus irmãos.
Apesar das nossas fragilidades, precisamos responder, com mais convicção, o tamanho do nosso amor pelo Senhor.
‘Simão, filho de João, tu me amas mais do que estes?’ Pedro respondeu: ‘Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo’. Jesus disse: ‘Apascenta os meus cordeiros’ (Jo 21,15).
A pergunta que Jesus faz a mim e a você: “Tu me amas mais que estes? Tu me amas mais do que isto? Tu me amas mais que a sua casa, do que a sua família? Tu me amas mais do que os outros?”. A resposta que deveria ou deve vir do nosso coração é: “Sim, Senhor, eu Te amo”.

Nós não precisamos ter dúvidas do amor que Deus tem por nós, pois Ele, mais do que tudo, já nos convenceu do tamanho do amor que Ele tem para conosco. Como grande é o amor de Deus por cada um de nós!

Apesar das nossas fragilidades, precisamos responder, com mais convicção, o tamanho do nosso amor pelo Senhor. Não é simplesmente responder da boca para fora, mas que a nossa vida seja um testemunho vivo, do tamanho do amor que nós temos por Deus.

Que nós nos deixemos, hoje, ser envolvidos por esse amor grandioso de Deus, e que ele toque o nosso coração, todo o nosso ser. E, apesar de nossas fraquezas, pecados e quedas, possamos nos soerguer e dizer: “Sim, Senhor, Tu sabes que eu Te amo”.

Deus abençoe você.

Padre Roger Araújo – Comunidade Canção Nova
LEITURA ORANTE

Jo 21,15-19 - "Tome conta das minhas ovelhas!"



Começamos nossa oração rezando uma das Orações da Semana da Unidade:
Deus Pai, Santo e eterno,
nós te agradecemos por chamar cada um de nós pelo nome.
Em ti vivemos, agimos e crescemos.
Rezamos pelas Igrejas e pelos cristãos do mundo inteiro.
Faze que vivamos sempre mais na fé
e no amor até chegarmos à unidade que tu desejas.

 1. Leitura (Verdade)
O que a Palavra diz?
Faço a leitura lenta e atenta, na Bíblia, do texto da Palavra do dia: Jo 21,15-19.
Quando eles acabaram de comer, Jesus perguntou a Simão Pedro: 

- Simão, filho de João, você me ama mais do que estes outros me amam? 

- Sim, o senhor sabe que eu o amo, Senhor! - respondeu ele. 

Então Jesus lhe disse: 
- Tome conta das minhas ovelhas! 
E perguntou pela segunda vez: 
- Simão, filho de João, você me ama? 
Pedro respondeu: 
- Sim, o senhor sabe que eu o amo, Senhor! 
E Jesus lhe disse outra vez: 
- Tome conta das minhas ovelhas! 
E perguntou pela terceira vez: 
- Simão, filho de João, você me ama? 
Então Pedro ficou triste por Jesus ter perguntado três vezes: "Você me ama?" E respondeu: 
- O senhor sabe tudo e sabe que eu o amo, Senhor! 
E Jesus ordenou: 
- Tome conta das minhas ovelhas. Quando você era moço, você se aprontava e ia para onde queria. Mas afirmo a você que isto é verdade: quando for velho, você estenderá as mãos, alguém vai amarrá-las e o levará para onde você não vai querer ir. 
Ao dizer isso, Jesus estava dando a entender de que modo Pedro ia morrer e assim fazer com que Deus fosse louvado. 
Então Jesus disse a Pedro: 
- Venha comigo!

É a terceira vez que Jesus ressuscitado aparece aos discípulos. O diálogo com Pedro desperta várias reações: de reconciliação, depois que havia negado o Mestre por três vezes; de missão: “Tome conta das minhas ovelhas”. Pedro recebe esta missão especial na comunidade que sempre será o “rebanho” de Jesus.

2. Meditação (Caminho)
O que a Palavra diz para mim?
Sob a luz da verdade – Jesus está vivo! – e confia a Igreja aos apóstolos na pessoa de Pedro. 
Em que consiste “tomar conta do rebanho”? 
Os bispos, em Aparecida, falaram de “tarefas prioritárias” dos discípulos e missionários de Jesus: “O fato de ser discípulos e missionários de Jesus Cristo para que nossos povos, n'Ele, tenham vida leva-nos a assumir evangelicamente e a partir da perspectiva do Reino as tarefas prioritárias que contribuem para a dignificação do ser humano e a trabalhar junto com os demais cidadãos e instituições para o bem do ser humano. O amor de misericórdia para com todos os que vêem vulnerada sua vida em qualquer de suas dimensões, como bem nos mostra o Senhor em todos seus gestos de misericórdia, requer que socorramos as necessidades urgentes, ao mesmo tempo que colaboremos com outros organismos ou instituições para organizar estruturas mais justas nos âmbitos nacionais e internacionais. É urgente criar estruturas que consolidem uma ordem social, econômica e política na qual não haja iniquidade e onde haja possibilidade para todos. Igualmente, requerem-se novas estruturas que promovam uma autêntica convivência humana, que impeçam a prepotência de alguns e que facilitem o diálogo construtivo para os necessários consensos sociais." .(DAp 384).

3. Oração (Vida)
O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Meu coração já está em sintonia com todas as Igrejas cristãs que celebram a Semana de Oração pela Unidade. Faço com todos, a oração:

Senhor, reúne-nos todos em Cristo. Faze de nós tua morada.
 Difunde sobre nós o teu Espírito para que nos aproximemos sempre mais de Jesus Cristo
e possamos dar testemunho da nossa vida e da nossa unidade nele.
Fortalece nossa ação em favor da paz e da reconciliação na Igreja e na sociedade.
Nós oramos por aqueles que não têm abrigo, refugiados,
que não têm alimento, não têm trabalho, não têm medicamentos, não têm paz.
Que possamos reconhecer e servir Cristo através daqueles que sofrem e passam necessidade.
Reúne-nos todos em Cristo. Faze de nós tua morada.
Ó Deus, com a fecundidade do teu Espírito animaste a vida e a missão dos primeiros discípulos e discípulas de Jesus. Ilumina com o mesmo Espírito os nossos corações, e acende neles o fogo do teu amor, para que sejamos testemunhas da tua Ressurreição. Pedimos isso em nome de Jesus, nosso Senhor. Amém!

4. Contemplação (Vida/Missão)
Passarei o dia com o olhar com fé voltado para a Igreja. Perceberei a ação de Jesus Ressuscitado em cada momento de meu dia.
Bênção

Que Deus todo poderoso repouse sobre teus ombros 

e proteja todos os teus passos.

Que o Filho de Maria habite em teu coração
e que o Espírito Santo se derrame sobre ti.
Amém.
Informação
Semana de Oração para a Unidade dos Cristãos (SOUC)
de 12 a 19 de maio. O tema será “O que Deus exige de nós?”, inspirado em Miquéias 6,6-8.

Saiba mais:

Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil - CONIC

SCS Quadra 1, Bloco E, Edifício Ceará, Sala 713
70303-900, Brasília - DF
Telefone/Fax: (61) 3321-4034
http://semanadeoracaopelaunidade.blogspot.com.br/

Oração Final
Pai Santo, não permitas que a sedução do mundo nos torne cegos e surdos aos anseios dos companheiros de jornada. Que sejamos para eles sinais do teu Amor inefável e fontes da esperança de habitarmos unidos em tua Morada Santa. Por Jesus Cristo, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA - 17/05/2013




Tema do Dia

«Simão, filho de João, você me ama? – Siga-me!»

Paulo é entregue a Festo, que o conduz prisioneiro a Cesaréia. Acusado pelos judeus, o Apóstolo apela para a justiça de César. Passa, então, a aguardar que seja enviado para Roma, onde viveria a etapa final de sua carreira de discípulo missionário.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 
a vida eterna. Amém.

Branco. 6ª-feira da 7ª Semana da scoa


Primeira leitura (Atos dos Apóstolos 25,13b-21)
Sexta-Feira, 17 de Maio de 2013
7a Semana da Páscoa

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 13bo rei Agripa e Berenice chegaram a Cesareia e foram cumprimentar Festo. 14Como ficassem alguns dias aí, Festo expôs ao rei o caso de Paulo, dizendo: “Está aqui um homem que Félix deixou como prisioneiro. 15Quando eu estive em Jerusalém, os sumos sacerdotes e os anciãos dos judeus apresentaram acusações contra ele e pediram-me que o condenasse. 16Mas eu lhes respondi que os romanos não costumam entregar um homem antes que o acusado tenha sido confrontado com os acusadores e possa defender-se da acusação.
17Eles vieram para cá e, no dia seguinte, sem demora, sentei-me no tribunal e mandei trazer o homem. 18Seus acusadores compareceram diante dele, mas não trouxeram nenhuma acusação de crimes de que eu pudesse suspeitar. 19Tinham somente certas questões sobre a sua própria religião e a respeito de um certo Jesus que já morreu, mas que Paulo afirma estar vivo. 20Eu não sabia o que fazer para averiguar o assunto. Perguntei então a Paulo se ele preferia ir a Jerusalém, para ser julgado lá. 21Mas Paulo fez uma apelação para que a sua causa fosse reservada ao juízo do Augusto Imperador. Então ordenei que ficasse preso até que eu pudesse enviá-lo a César. 

- Palavra do Senhor. 
- Graças a Deus.


Salmo (Salmos 102)
Sexta-Feira, 17 de Maio de 2013
7a Semana da Páscoa

— O Senhor pôs o seu trono lá nos céus.
— O Senhor pôs o seu trono lá nos céus.

— Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e todo o meu ser, seu santo nome! Bendize, ó minha alma, ao Senhor, não te esqueças de nenhum de seus favores!
— Quanto os céus por sobre a terra se elevam, tanto é grande o seu amor aos que o temem; quanto dista o nascente do poente, tanto afasta para longe nossos crimes.
— O Senhor pôs o seu trono lá nos céus, e abrange o mundo inteiro seu reinado. Bendizei ao Senhor Deus, seus anjos todos, valorosos que cumpris as suas ord
ens.


Evangelho (João 21,15-19)
Sexta-Feira, 17 de Maio de 2013
7a Semana da Páscoa


Jesus e Pedro

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo … segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Jesus manifestou-se aos seus discípulos 15e, depois de comerem, perguntou a Simão Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas mais do que estes?” Pedro respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo”. Jesus disse: “Apascenta os meus cordeiros”.
16E disse de novo a Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro disse: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo”. Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas”. 17Pela terceira vez, perguntou a Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro ficou triste, porque Jesus perguntou três vezes se ele o amava. Respondeu: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo”. Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas. 18Em verdade, em verdade te digo: quando eras jovem, tu te cingias e ias para onde querias. Quando fores velho, estenderás as mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres ir”. 19Jesus disse isso, significando com que morte Pedro iria glorificar a Deus. E acrescentou: “Segue-me”. 

- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.


TENHA UM FIM DE SEMANA COLORIDO E ILUMINADO.

BOM DIA

Os bispos na Conferência de Aparecida, disseram: (DAp 234)



BOA NOITE ANJO!! PASSANDO PRA TE DESEJAR UMA ÓTIMA SEXTA-FEIRA E UM LINDO FDS!! BJUSS

BOA NOITE!!

Não compartilhar com os pobres é roubá-los e tirar-lhes a vida, disse o Papa Francisco


VATICANO, 16 Mai. 13 / 02:28 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco disse nesta manhã que não compartilhar os próprios bens com os pobres é roubar deles e tirar-lhes a vida, e explicou que a grande crise financeira mundial se deve à rejeição de Deus que é "perigosa" para os ricos porque recorda constantemente para eles seu dever de solidariedade e de voltar para a ética.

A Igreja precisa de fervor apostólico e não de cristãos de salão, diz Francisco


VATICANO, 16 Mai. 13 / 02:29 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco assinalou nesta manhã que a Igreja precisa de cristãos com fervor apostólico e não cristãos de salão que não o vivem, a exemplo de São Paulo que anunciou o Evangelho sempre com coragem.

Bispos brasileiros rechaçam resolução que converte união estável entre pessoas do mesmo sexo em casamento


BRASILIA, 16 Mai. 13 / 03:08 pm (ACI/EWTN Noticias).- Na reunião do Conselho Episcopal Pastoral da CNBB deste 15 maio, Dom Leonardo Steiner, secretário geral da entidade, comunicou aos bispos que o Conselho Nacional de Justiça publicou resolução que determina a conversão de união estável em casamento e reafirmou o rechaço dos bispos do país à medida do presidente do Conselho, Joaquim Barbosa.

Últimas Notícias »

Últimas Notícias »
Também:

Vaticano »

Que os bispos e sacerdotes sejam pastores e não lobos, exorta o Papa


O Papa Francisco fez um especial pedido de oração a todos para que os sacerdotes e os bispos não cedam às tentações da riqueza e da vaidade, e não terminem convertendo-se assim em lobos em vez de ser os pastores que os fiéis necessitam.

América »

Mais de 60 peritos em bioética -entre médicos, biólogos, juristas, acadêmicos e filósofos- assinaram a Declaração de Guanajuato, respaldando a Costa Rica frente à sentença da Corte Interamericana de Direitos humanos (CIDH) por proibir a fecundação in vitro em sua legislação.

Vida e Família »

Reportagem revela detalhes do negócio da "saúde reprodutiva" no Chile


Uma reportagem do portal ChileB.cl assinalou à Associação Chilena de Proteção da Família (APROFA) e ao Instituto Chileno de Medicina Reprodutiva (ICMER) como os artífices das normativas que converteram a chamada "saúde reprodutiva" em um negócio e agora tentam liberar o acesso à pílula do dia seguinte.

Papa Francisco responderá perguntas na Vigília de Pentecostes com os Movimentos Eclesiais

Papa Francisco. Foto: News.va

VATICANO, 16 Mai. 13 / 10:29 am (ACI/EWTN Noticias).- O Presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, Arcebispo Rino Fisichella, anunciou que na Vigília de Pentecostes com os movimentos eclesiais, o Papa Francisco responderá espontaneamente as perguntas que farão alguns representantes dos 150 diferentes grupos, movimentos e associações leigas de todo o mundo reunidos na Praça São Pedro.

Ter o Papa Francisco como confessor "é experimentar o abraço de Deus"

Papa Francisco. Foto: News.va

ROMA, 16 Mai. 13 / 11:13 am (ACI/EWTN Noticias).- O Padre Guillermo Ortiz é o responsável pelos programas em espanhol da Rádio Vaticano, nasceu em Córdoba, Argentina, e foi filho espiritual do Papa Francisco por muitos anos. Recebeu o Sacramento da Penitência das mãos do Pontífice em várias ocasiões, e assegura que confessar-se com ele "é experimentar a misericórdia de Deus".

Autoridade vaticana pede resgatar o valor e o sentido do "sim para sempre" dos esposos


ROMA, 16 Mai. 13 / 01:17 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Presidente do Pontifício Conselho para a Família, Dom Vincenzo Paglia, pediu por uma mudança cultural que permita recuperar o valor e o sentido do "sim para sempre" que os esposos devem expressar no momento de formar uma família no matrimônio.

Ex-abortista convertida em líder pró-vida questiona aqueles que pedem a pena de morte para Gosnell

Abby Johnson

WASHINGTON DC, 16 Mai. 13 / 10:31 am (ACI/EWTN Noticias).- Abby Johnson, quem faz poucos anos deixou seu trabalho como diretora de uma clínica abortista para converter-se em líder pró-vida, criticou a "hostilidade" daqueles que pedem a pena de morte para o médico abortista Kermit Gosnell.

Você sabia que:

O número de Cardeais variou até os finais do século XVI. Os Concílios de Constanza (1414) e Basiléia (1431) limitaram o número a 24.

Podcast - Ouça a história do santo do dia

Podcast