terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

TERÇOS – VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
 

TERÇO DA FÉ
 

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
 

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS - APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA



Para ser rezado nas contas do terço

No começo:

Pai nosso, que estais no céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

Creio em Deus Pai, todo poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espirito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna Amém.

Nas contas de Pai Nosso, dirás as seguintes palavras usando o terço de Maria:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

Nas contas de Ave Maria rezarás as seguintes palavras:

Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No fim, rezarás três vezes estas palavras:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro” 
(Diário, 476).

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO - Como rezar o Ângelus






Como rezar o Ângelus:

1) O Anjo do Senhor anunciou a Maria
- E Ela concebeu pelo poder do Espírito Santo.
Ave Maria...

2) Eis aqui a serva do Senhor.
- Faça-se em Mim segundo a vossa palavra.
Ave Maria...

3) E o Verbo Divino se fez homem,
- e habitou entre nós.
Ave Maria...

4) Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,
- para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos: Derramai ó Deus, a Vossa graça em nossos corações, para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do Vosso filho, cheguemos por Sua Paixão e Cruz à glória da ressurreição. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

Glória ao Pai... (repete-se 3 vezes)

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistérios Gloriosos - Quarta-Feira e Domingo


Terço do Rosário: Mistérios Gloriosos





SANTOS DO DIA 05/02/2014

SANTOS DOS DIA 05/02/2014


CLIQUE ACIMA DO NOME

COMENTÁRIOS E REFLEXÕES DOS EVANGELHOS DOS DIAS 03/02/2014 a 10/02/2014

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 03/02/2014 a 10/02/2014

LITURGIA DIÁRIA - Leituras dos dias 03/02/2014 a 10/02/2014

Leituras

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

LITURGIA DIÁRIA - Leituras dos dias 20/01/2014 a 26/01/2014

BOM DIA!! - QUE O SEU DIA SEJA LINDO, REPLETO DE UM AMOR INFINDO... BEIJOS NOS... ♥.♡.♥

UMA LINDA QUARTA-FEIRA!!! - "Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter alguém ao seu lado por puro medo de ser feliz. A única falta que terá, será desse tempo que infelizmente... Não voltará mais." (Mario Quintana) - Você é especial

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 04/02/2014

4 de Fevereiro de 2014

ANO A


Mc 5,21-43

Comentário do Evangelho

Jesus vem comunicar vida

Jesus é um Messias itinerante, sempre a caminho. Não há quem Jesus não acolha, a todos dá ouvidos e os socorre em suas aflições. Jesus atende à súplica de Jairo e, no caminho até a casa do chefe da sinagoga, acompanhado de uma multidão que o comprimia, encontra-se com aquela mulher anônima, impura, pois sofria de um fluxo de sangue; sua vida se esvaía no sangue que ela, desde há muito tempo, perdia. A prontidão de atender Jairo não o impede de procurar a mulher que o toca. Dele saiu uma “força”, um modo do dizer do Espírito Santo (cf. At 1,8), que a tirou de sua longa enfermidade. O tema que perpassa toda a nossa perícope é o da fé: à mulher, Jesus diz: “Filha, a tua fé te salvou”; a Jairo Jesus recomenda: “Crê!” (v. 36). A fé é a condição para receber a vida como dom de Deus, e necessária para reconhecer Jesus como o Senhor da vida. Arautos da desgraça, os encontraremos sempre. É preciso, porém, não deixar que suas vozes insistentes penetrem em nós e nos impeçam de ouvir a voz de nossa salvação: “Não temas, crê somente!”.
Carlos Alberto Contieri, sj
Oração
Pai, torna-me solidário com todas as vítimas da exclusão social, especialmente, as mulheres, a exemplo de Jesus que as libertou da opressão em que se encontravam.

Vivendo a Palavra

Pai Santo, dá-nos fé, como a de Jairo e daquela pobre mulher. Que, como eles, também nós procuremos em Jesus a cura e a libertação, depositando nossa Esperança em ti, Pai amado, e não nos tesouros fugazes que, com tanta ansiedade, nós ajuntamos nesta terra. Nós te pedimos pelo mesmo Cristo Jesus, que contigo reina na unidade do Espírito Santo.

Reflexão

A pessoa de fé é aquela que acolhe a revelação divina e responde de forma positiva aos seus apelos. Quando a pessoa acolhe Jesus como sendo o Filho de Deus e procura responder de forma positiva a esta presença de Deus em sua vida, ela é constantemente movida ao encontro de Deus e passa a se beneficiar de suas graças e bênçãos. Mas quem não acolhe a revelação, não reconhece Jesus como o verdadeiro Deus presente no meio de nós, não vai ao seu encontro, não participa da sua vida e do seu projeto de amor e, consequentemente, não se beneficia de tudo aquilo que ele nos concede.

Recadinho


Em momentos de cansaço e desânimo, você se lembra das palavras de Jesus à menina? Levanta-te!? - Jesus diz que basta ter fé. Por que então diante das dificuldades não corro atrás dela? Há tantos meios para obtê-la! - A mulher tinha certeza: se tocasse em Jesus seria curada! Tenho certeza de que se busco seguir o Evangelho terei paz em minha vida? - O pai da menina foi firme na fé. Aproximou-se de Jesus em busca de ajuda. Nele encontramos segurança! - Ter fé é ter consciência de que Deus está nos dizendo sempre: Coragem! Levanta-te! Reflita sobre isso.
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

Comentário do Evangelho

DOIS GESTOS DE MISERICÓRDIA

Jesus não se furtava de mostrar-se misericordioso com cada pessoa que se aproximava dele. Não havia quem recorresse a ele e não fosse atendido. A única condição era ser movido pela fé.
A misericórdia de Jesus manifestava-se, fundamentalmente, em forma de restauração da vida. Por isso, ele se sensibilizou com o pedido pungente de um pai, cuja filhinha estava à beira da morte e que viria logo a falecer. Jesus foi salvá-la, exigindo do pai apenas manter viva sua fé. A multidão incrédula ridicularizava a afirmação de Jesus segundo a qual a menina não estava morta, mas apenas dormindo. Porém, a fé daquele pai não ficou sem resposta. A misericórdia de Jesus devolveu-lhe a filha sã e salva, como lhe havia sido pedido.
Na mesma circunstância, uma mulher penalizada por uma hemorragia de longa data também recorreu a Jesus, esperando ser curada. Ela, diferentemente do chefe da sinagoga, agia às escondidas, pensando ser agraciada por Jesus, com o dom da cura, sem que ele percebesse. Entretanto, Jesus não se deixou pegar de surpresa. E a mulher, já curada, foi obrigada a sair do anonimato. Jesus não deixou passar em silêncio aquele gesto de profunda fé. Ele mesmo declarou ter sido a fé quem levou aquela mulher a experimentar um pouco de sua misericórdia. A fé a conduziu à fonte da vida que jorrava de Jesus.
Oração
Senhor Jesus, reforça minha fé, para que eu também possa desfrutar da vida que brota de ti.
(O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado neste Portal a cada mês)
Oração
Concedei-nos, Senhor nosso Deus, adorar-vos de todo o coração e amar todas as pessoas com verdadeira caridade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

REFLEXÕES DE HOJE


04 de FEVEREIRO – TERÇA



HOMILIA
O PEDIDO DE JAIRO Mc 5,21-43
O Evangelho de hoje narra a realização de dois grandes milagres: a cura da mulher que tinha uma hemorragia há 12 anos, e a "reanimação" de uma menina de 12 anos que havia sido dada como morta. Além da repetição desses 12 anos nas duas histórias, existe outro fato em comum: a fé das pessoas envolvidas. E é sobre ela que iremos falar hoje.
"Não tenhas medo. Basta ter fé." Eis o segredo de 99% das pessoas que conseguem alcançar seus objetivos: eles têm fé. O 1% restante consegue seus objetivos por sorte, ou porque alguém conseguiu por ele(a). Ter fé implica em acreditar em algo a tal ponto que não haja espaço para dúvidas de que aquilo de que se tem fé seja real.
A multidão que seguia Jesus o comprimia, mas somente quem se aproximou dele, quem o tocou, testemunhou a sua fé e recebeu a cura. Muitas vezes seguimos Jesus no meio da multidão, sem ter consciência do que queremos, do que precisamos, e tampouco conhecemos a realidade da nossa vida e das nossas necessidades. Queremos tudo e não conseguimos nada. Jairo, o chefe da sinagoga, aproximou-se de Jesus, caiu a seus pés e foi determinado e firme quando disse ao Mestre: “minha filhinha está nas últimas, vem e põe as mãos sobre ela!” Jesus deu ouvidos ao pedido daquele pai que rogou pela filha com fé e acompanhou-o até a sua casa reanimando a menina que apenas dormia. “Não tenhas medo. Basta ter fé”, disse-lhe Jesus. Pedido de pai é importante para Deus! O pai que tem fé tem autoridade pra pedir o que é bom para o seu filho, porque será atendido. Deus entregou os seus filhos e as suas filhas aos pais, portanto, eles têm prioridade diante de Deus nos seus pedidos. No caminho Jesus foi tocado por uma mulher que se consumia há doze anos, perdendo sangue, isto é, perdendo vida. Devia ser uma mulher já cansada de lutar com os meios humanos, pois já havia gasto tudo o que possuía e não tinha mais nada. Muitas vezes, quando nós não temos mais nada nem mais aonde correr é que nós buscamos Aquele que é tudo. Por isso, aquela mulher se aproximou de Jesus com muita fé e apenas tocou-Lhe o manto dirigindo-se a Ele com a força do seu pensamento. Os nossos pensamentos são o começo para todo o processo que regula as nossas ações, por isso, a hemorragia parou imediatamente. Jesus precisa perceber que nós O buscamos e que O tocamos com os nossos pensamentos, com os nossos anseios. É muito importante que Ele alcance o nosso desejo sincero: Isto é ter fé! A hemorroisa enfrentou a todos para tocar Jesus. Não se importou em expor a sua enfermidade que àquela época era considerada uma maldição. Jesus também conhece quando nós O procuramos de coração, quando não temos dúvidas em expor as nossas mazelas, quando passamos vexames porque todos estão descobrindo os nossos segredos, porque temos fé!” Que a Fé, portanto, seja o nosso maior motivo.
Hoje Marcos nos mostra duas histórias de fé. No caso da mulher hemorroíssa, ela TINHA CERTEZA que se tocasse na orla do manto de Jesus, ficaria curada. E assim foi! No caso da menina de 12 anos, precisou da fé de seu pai, que insistiu e persistiu com Jesus, apesar das pessoas dizerem que não adiantava mais, pois ela já estava morta. Jesus chamou os discípulos de confiança, os pais da menina, pegou na mão da menina e pediu que ela se levantasse... e ela se levantou e se pôs a andar. Mais um milagre de fé. Se Jesus não tivesse certeza que poderia fazer esse milagre, certamente não teria conseguido. Mas Jesus não teve dúvidas em momento algum, de que Ele era capaz de realizar aquele milagre. Podiam caçoar e zombar d’Ele à vontade... E é assim que devemos ser: firmes na fé!
Então, primeiramente, que tenhamos objetivos e metas para alcançar na vida, e saibamos que só iremos alcançá-las se nos comportarmos hoje como se já soubéssemos que é apenas uma questão de tempo e paciência, somado ao nosso esforço e a bênção de Deus, para conseguir alcançar o que desejamos. Deus faz a parte d’Ele, mas não irá fazer a nossa parte!
Você já tentou aproximar-se de Jesus com fé e tocar no seu manto com os seus pensamentos?– Você tem vergonha de expor diante da multidão as suas mazelas quando você se aproxima de Jesus? – Você tem fé que Jesus pode curar você dos vícios que você carrega?
Pai, torna-me solidário com todas as vítimas da exclusão social, especialmente, as mulheres, a exemplo de Jesus que as libertou da opressão em que se encontravam.

Fonte Homilia: Padre Bantu Mendonça Katchipwi Sayla
HOMÍLIA DIÁRIA
A fé em Deus é fonte de cura para a nossa vida!

Acredite, alimente a sua fé, ponha a sua confiança no Senhor todo-poderoso e naquilo que Ele pode fazer por você!
”Ela pensava: ‘Se eu ao menos tocar na roupa dele, ficarei curada”’ (Mc 5, 28).


Aos pés de Jesus, hoje, se apresenta primeiro Jairo, o chefe da sinagoga, pedindo com muita insistência por sua filhinha que está nas últimas, está enferma, pois ele sabe que se Jesus tocar nela, ela será curada, será salva e voltará a viver.
E, ao mesmo tempo em que Jairo pede de forma insistente que Jesus cure a sua filha, também se apresenta uma mulher atormentada por um mal havia doze anos, uma hemorragia crônica. O mal que esta mulher sofria tirava-lhe a paz interior; primeiro porque ela não podia se aproximar das pessoas. A mulher quando vive os seus dias de menstruação, na cultura judaica, estes são tidos como dias de impureza, e nesses dias você não se aproxima, nem toca em ninguém. Imaginem essa pobre mulher que sofre dessa situação de uma maneira contínua por doze anos, ela vive totalmente afastada, discriminada e marginalizada da sociedade. O que resta para ela é a sua fé, é a confiança em Deus, é a certeza do que Deus pode fazer por ela.
Tanto ela como Jairo, de forma confiante por saberem o que Jesus pode fazer pela vida e pelo coração deles, se aproximam do Senhor. A mulher foi muito ousada, no meio de uma multidão que cobria Jesus, apertava-O de um lado para outro, ela pensa no íntimo do seu coração: ”Se eu tocar na orla do Seu manto, eu serei curada!”. E é o que ela faz, uma força estranha sai de Jesus e cura aquela mulher e o Senhor mesmo diz: ”Alguém me tocou?”. Claro que tanta gente tocou no Senhor, mas alguém tocou de um jeito diferente n’Ele.
Ela, toda envergonhada, se apresenta e, Jesus diz: ”Muito bem minha filha, a tua fé te curou, vai em paz e fica curada!”. A fé, meus irmãos, é uma fonte de cura para muitos males em nossa vida, a fé cura-nos dos males da mente, do corpo; a fé nos cura sobretudo daquele medo que se apodera de nós, porque, na verdade, o medo chama tantas doenças, tantos outros males para nossa vida, que só de termos medo de ficarmos doentes, nós já começamos a adoecer.
A fé é poderosa, a confiança que nós temos em Deus traz tranquilidade para o nosso coração, ela resgata dentro de nós aquilo que está oprimido e que nos deixa deprimidos e para baixo. A fé nos levanta, a fé opera graças que nós nem podemos dimensionar.
Acredite, alimente a sua fé, ponha a sua confiança no Senhor todo-poderoso e naquilo que Ele pode fazer por você! A fé em Deus nos levanta daquilo que nos deixa prostrados, deprimidos e para baixo, porque o poder do Senhor em nossa vida faz toda a diferença!
Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
LEITURA ORANTE

Mc 5,21-43 - "Levante-se!"



Saudação
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo
!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Jesus Mestre, que dissestes:
"Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome,
eu aí estarei no meio deles",
ficai conosco,
aqui reunidos (pela grande rede da internet),
para melhor meditar
e comungar com a vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade:
iluminai-nos, para que melhor compreendamos
as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho:
fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.
Sois a Vida:
transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos
abundantes de santidade e missão. 
(Bv. Alberione)

1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?
Preparando-me para a Leitura Orante, invoco o Espírito Santo:
A Vós, Espírito de Verdade, consagro a mente,
a fantasia e a memória: iluminai-me.
Fazei-me conhecer Jesus Cristo
e compreender o seu Evangelho
e a doutrina da Santa Igreja.
(Bem-aventurado Alberione)
Leio o texto do Evangelho de hoje, na minha Bíblia:  Mc 5,21-43
Jesus voltou para o lado oeste do lago, e muitas pessoas foram se encontrar com ele na praia. Um homem chamado Jairo, chefe da sinagoga, foi e se jogou aos pés de Jesus, pedindo com muita insistência:
- A minha filha está morrendo! Venha comigo e ponha as mãos sobre ela para que sare e viva!
E Jesus foi com ele. Uma grande multidão foi junto e o apertava de todos os lados.
Jesus e a mulher doente
Chegou ali uma mulher que fazia doze anos que estava com uma hemorragia. Havia gastado tudo o que tinha, tratando-se com muitos médicos. Estes a fizeram sofrer muito; mas, em vez de melhorar, ela havia piorado cada vez mais. Ela havia escutado falar de Jesus; então entrou no meio da multidão e, chegando por trás dele, tocou na sua capa, pois pensava assim: "Se eu apenas tocar na capa dele, ficarei curada." Logo o sangue parou de escorrer, e ela teve certeza de que estava curada. No mesmo instante Jesus sentiu que dele havia saído poder. Então virou-se no meio da multidão e perguntou:
- Quem foi que tocou na minha capa?
Os discípulos responderam:
- O senhor está vendo como esta gente o está apertando de todos os lados e ainda pergunta isso?
Mas Jesus ficou olhando em volta para ver quem tinha feito aquilo. Então a mulher, sabendo o que lhe havia acontecido, atirou-se aos pés dele, tremendo de medo, e contou tudo. E Jesus disse:
- Minha filha, você sarou porque teve fé. Vá em paz; você está livre do seu sofrimento.
Jesus e a filha de Jairo
Jesus ainda estava falando, quando chegaram alguns empregados da casa de Jairo e disseram:
- Seu Jairo, a menina já morreu. Não aborreça mais o Mestre.
Mas Jesus não se importou com a notícia e disse a Jairo:
- Não tenha medo; tenha fé!
Jesus deixou que fossem com ele Pedro e os irmãos Tiago e João, e ninguém mais. Quando entraram na casa de Jairo, Jesus encontrou ali uma confusão geral, com todos chorando alto e gritando. Então ele disse:
- Por que tanto choro e tanta confusão? A menina não morreu; ela está dormindo.
Então eles começaram a caçoar dele. Mas Jesus mandou que todos saíssem e, junto com os três discípulos e os pais da menina, entrou no quarto onde ela estava. Pegou-a pela mão e disse:
- "Talitá cumi!" (Isto quer dizer: "Menina, eu digo a você: Levante-se!")
No mesmo instante, a menina, que tinha doze anos, levantou-se e começou a andar. E todos ficaram muito admirados. Então Jesus ordenou que de jeito nenhum espalhassem a notícia dessa cura. E mandou que dessem comida à menina

Procuro entender melhor o texto:
Jairo era chefe da sinagoga. Devia interpretar a lei, conduzir a oração na sinagoga, ler as Escrituras. Era alguém influente em sua comunidade.
Quando Jesus chegou  e a multidão o acolheu, ainda na praia, Jairo, foi também a ele, em busca de socorro para sua filha que estava à morte. A menina, de 12 anos, sofria de algo muito grave.  Jesus acompanhava Jairo quando uma mulher que, há doze anos, sofria de uma hemorragia, o tocou e ficou curada. A atenção  ao chefe da sinagoga não distraiu Jesus da atenção para com os milhões de pobres e excluídos, representados naquela mulher anônima.
Na casa do chefe da sinagoga, contra toda esperança de vida, Jesus tomou a menina pela mão, ordenou que  se levantasse e ela se levantou, e pediu que dessem de comer à  menina - sinal de que estava viva!
Duas mulheres, numa cultura em que a mulher não era considerada. Nos dois casos Jesus devolveu a vida e a alegria.  E à mulher que sentia medo ao ser flagrada por tocar-lhe a capa,  Jesus disse:  "Você sarou porque teve fé". O mesmo disse a Jairo: "Não tenha medo, tenha fé!"

2. Meditação (Caminho)
- O que a Palavra diz para mim?
Será que, às vezes, o meu medo não é maior que a minha fé?
Prefiro ficar como estou e não busco ajuda de Deus que é maior do que tudo!
Será que meus problemas são maiores que a minha fé?
E a batalha da vida, não parece, às vezes, tomar dimensões maiores que a minha fé?
Admito que a minha fé está um tanto anêmica e precisa de um tratamento, um toque na capa de Jesus. Nestes casos, o melhor restaurador é a oração. De preferência, a oração da Palavra,  um encontro profundo com Jesus Mestre. Disseram os bispos, em Aparecida: "Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor, ao nos chamar e nos eleger, nos confiou. Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado podemos e queremos contemplar o mundo, a história..." (DAp 18).

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Como Jairo, prostro-me aos pés de Jesus e suplico-lhe:
Senhor Jesus, Mestre, Verdade, Caminho e Vida,
vem até a minha casa, a minha família, ao meu trabalho, ao meu mundo.
Ilumina os cantos escuros da minha vida com a tua Verdade.
Mostra-me o Caminho certo que devo seguir.
Dá-me tua mão. Levanta-me da morte de meus ideais, de meus projetos.
Restaura-me as forças com a tua Vida.

4. Contemplação (Vida/Missão)
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar será  de fé, na certeza de que Deus vem ao meu encontro sempre.
Um olhar de fé que me permite tocar o Senhor que passa por mim a cada  instante no meio das pessoas.
Um olhar de fé me faz levantar mesmo quando as pessoas me vêem sem  coragem, sem forças, sem vida!

 Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Irmã Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, dá-nos fé, como a de Jairo e daquela pobre mulher. Que, como eles, também nós procuremos em Jesus a cura e a libertação, depositando nossa Esperança em ti, Pai amado, e não nos tesouros fugazes que, com tanta ansiedade, nós ajuntamos nesta terra. Nós te pedimos pelo mesmo Cristo Jesus, que contigo reina na unidade do Espírito Santo.