quinta-feira, 26 de abril de 2012

O Terço - Mistérios Dolorosos - Terça-feira e Sexta-Feira.


Terço do Rosário: Mistérios Dolorosos 


Nossa Senhora de Montserrat - 27 de abril


Vem do século IX a história escrita  que se refere a N. Sra. de Montserrat, ainda que provavelmente  seu culto e veneração  remontem muito mais no tempo. Conta-se que, naquela época, existia uma ermida dedicada a sua intercessão nas montanhas peculiares e agrestes de Montserrat. De tão precoce fervor popular se fez eco Wifredo Veloso, Pai da Pátria, que cedeu a ermida  junto com outras três ao mosteiro de Santa Maria de Ripoli.
Cento e cinquenta anos depois, o abade Oliva, expoente da Igreja de seu tempo, daria um grande impulso ao culto de N. Senhora, ao estabelecer na ermida uma pequena comunidade monástica.

Bem-aventurado Tiago Alberione - 27 de abril

Bem-aventurado Tiago Alberione (1884-1971) 
Fundador da Família Paulina, 
cuja missão é "Viver e comunicar Jesus Cristo"



No dia 27 de abril de 2003 o papa João Paulo II declarou Tiago Alberione bem-aventurado! 

Padre Tiago Alberione, Fundador da Família Paulina, foi um dos mais carismáticos apóstolos do século XX. Nasceu em San Lorenzo di Fossano (Cuneo, Itália), no dia 4 de abril de 1884. Recebeu o batismo já no dia seguinte. A família Alberione, constituída por Miguel e Teresa Allocco e por seis filhos, era do meio rural, profundamente cristã e trabalhadora. 
O pequeno Tiago, o quarto filho, desde cedo passa pela experiência do chamado de Deus: na primeira série do ensino primário, quando a professora Rosa perguntou o que seria quando se tornasse adulto, ele respondeu: Vou tornar-me padre! Os anos da infância se encaminham nessa direção. 

Santo Anacleto - 27 de abril

Santo Anacleto, Papa e Mártir

Comemoração litúrgica: 27 de abril.  

Também nesta data: Santa ZitaSão Tertuliano e São João, Abade  

Pontificado - 79 a 92  d.C. 

 Santo Anacleto,  também conhecido por São Cleto, foi o terceiro Papa da Igreja Católica, portanto, o segundo  sucessor de São Pedro na Sé apostólica. 
Era de origem romana, da família  dos pretorianos. Convertido à fé, fez-se discípulo de São Pedro, se bem que por pouco tempo, mas o suficiente para absorver as virtudes angélicas na escola de  seu mestre, de forma que destacou-se  por seu grande fervor e admirável devoção.  Com sua afabilidade, conquistou o coração de todos, tendo especial simpatia mesmo entre os pagãos.  São Pedro tanto apreciou Santo Anacleto que, assim como São Lino, o designou para importantes  trabalhos apostólicos em Roma e lugares circunvizinhos. 

Santa Zita - 27 de Abril


Santa ZitaCom muito carinho e devoção lembramos - neste dia - da santidade de vida de Santa Zita, padroeira das empregadas do lar. Nascida em Lucca (Itália), no ano de 1218, em uma família pobre e camponesa, mas que soube comunicar a ela a riqueza da vida em Deus.
Como simples empregada, sem estudos e cultura, Zita consagrou-se inteiramente ao Senhor, sem deixar sua vida simples. O segredo da espiritualidade desta santa era muito concreto, pois consistia em se questionar se esta ou aquela atitude agradava ou não ao Senhor. Desta forma, abriu-se para a santificação de Deus.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 27/04/2012

27 de Abril de 2012 


João 6,52-59

Comentário do Evangelho

O Pai é a fonte de vida

João apresenta os vários discursos de Jesus como um desenvolvimento dos temas fundamentais de seu evangelho. Porém, este tema de comer a carne e beber o sangue de Jesus aparece apenas neste pequeno bloco (Jo 6,51-56), repetido seis vezes. Existem opiniões de que se trate de um acréscimo tardio com a intenção de fazer uma catequese eucarística em torno do tema do pão. Jesus estabelece uma correspondência entre o Pai e ele, e entre ele e os discípulos. O Pai é a fonte de vida e envia Jesus que vive por meio do Pai. Entre o Pai e Jesus há uma relação de conhecimento e amor. Assim, a relação entre Jesus e o discípulo que o consome é também uma relação de conhecimento e amor, e o discípulo passa a viver por meio de Jesus. 
O evangelho de João é pródigo em anunciar a participação na vida eterna já, a partir da comunhão com Jesus.

José Raimundo Oliva


Vivendo a Palavra

Comer, mais do que saciar a fome, é um ato rico de simbolismo. Mostra que a criação não termina no ato do nascimento, mas se prolonga através do dom do alimento. Jesus acrescenta, ainda, esta realidade mística de nos oferecer o seu corpo e o seu sangue. Somos, de fato, filhos muito queridos de nosso Pai Misericordioso.


Reflexão
Como pode ele dar a sua carne a comer? Como entender que para ter a vida eterna e ressuscitar no último dia é preciso comer a verdadeira comida e beber a verdadeira bebida que são a carne e o sangue de Jesus? Essas verdades se constituem numa realidade absurda para os judeus. Por que? Porque eles não conheceram verdadeiramente quem é Jesus. No mundo de hoje, encontramos muitas pessoas que, como os judeus, não conhecem Jesus e vêem a eucaristia como uma realidade absurda. Precisamos agir como missionários para que essas pessoas conheçam Jesus, se alimentem da verdadeira comida e da verdadeira bebida e vivam para sempre.


COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. "Comer a carne e beber o sangue do Senhor..."
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

Para a nossa cultura esse ato parece tão estranho... Soa como canibalismo, como os primeiros cristãos foram acusados, de comer carne de criancinhas.
Entre os indígenas sempre existiram os Guerreiros valentes que tinham fama de heróis, mas na batalha que estes morriam, seu corpo era levado até a tribo e os mais jovens comiam a sua carne para se apossarem do seu espírito de herói.

A Eucaristia nos tornam imortais porque recebemos a carne e o sangue daquele que é Eterno e este sinal Sacramental nos eterniza. É um ritual para que a nossa razão compreenda o que a Fé realiza em nós, pois somos transformados em Cristo, suas palavras e seus ensinamentos, suas obras a favor da Vida têm continuidade a dois milênios de historia, e isso sem sombra de dúvida se deve a Eucaristia.

Na Eucaristia Jesus se faz presença real e concreta em milhões e milhões de homens e mulheres todos os dias. A pessoa que vamos construindo em nossa vida, com nossos pensamentos e projetos, com nossas ações a favor do bem, com nossos ideais de fraternidade, agregando tudo isso ao nosso Ser Existencial e ganhando uma identidade cristã própria. Essa pessoa, alimentada pela Eucaristia supera a matéria presente na corporeidade, quando passamos pela morte Biológica, essa pessoa, que fez de Cristo a razão do seu Viver, passa incólume pelo processo de morte e continua o seu viver, agora em Vida Plena e Eterna.

Não se trata apenas da nossa personalidade ou do nosso psiquê, mas desse homem espiritual que somos, que está presente em todas as nossas dimensões e que acaba se manifestando em nossas ações, feitas em nossa corporeidade, mas desencadeadas por este Ser, unido intimamente a Jesus Cristo, e que norteia toda a nossa caminhada.

A descoberta de quem realmente somos só se dá na Fé em Jesus Cristo, pois é ele o Revelador de Deus e revelador do homem. Quem portanto não se alimentar dele, sua carne e seu sangue, transubstanciado em Pão e vinho na Santa Eucaristia, sentirá esse homem espiritual se definhar junto com a matéria. Por absoluta falta desse alimento especial que contém a Vida Eterna.

2. O Pai é a fonte de vida
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por José Raimundo Oliva - e disponibilizado no Portal Paulinas)

VIDE ACIMA

Oração

OPai, que o corpo e o sangue de teu Filho Jesus sejam alimento para a minha caminhada em busca de ti, de maneira que eu não venha a desfalecer pelo caminho.


3. INTERESSES DISTANTES
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

O evangelista Lucas apresenta uma narrativa paralela a esta, mais desenvolvida, situada como ato inaugural do ministério de Jesus. A família e a sinagoga eram as duas instituições fundamentais na tradição do judaísmo.

Ao ser destacada a incredulidade dos fiéis da sinagoga e dos membros da família de Jesus, o qual se torna para eles uma pedra de tropeço, fica caracterizado o distanciamento de Jesus em relação àquela tradição.

O povo de Israel tinha uma expectativa messiânica segundo a qual um dia viria um líder que conquistaria o poder e traria a glória para a nação judaica, que dominaria todos os demais povos. Seria um ungido (messias, do hebraico; cristo, do grego) à semelhança de Davi, rei que, segundo a tradição, teria criado um glorioso império, o que foi incorporado na memória do povo. Assim, diante de sua origem humilde, Jesus é desprezado por eles. Embora o Evangelho de Mateus inicie-se com uma imponente genealogia davídica de José, esse desprezo a Jesus em sua cidade contradiz esta origem grandiosa.


Leitura Orante 

Preparo-me para a Leitura orante, colocando-me na presença de Deus e invocando, com todos que se encontram na internet, o Espírito Santo: 

Espírito de verdade, 
a ti consagro a mente e meus pensamentos: 
ilumina-me. 
Que eu conheça Jesus Mestre 
e compreenda o seu Evangelho. 

Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, 
tem piedade de nós. 

1. Leitura (Verdade) 

Leio atentamente, na Bíblia, o texto:
 Jo 6,52-59. 
Jesus afirma que, quem come da sua carne e bebe do seu sangue, vive nele e ele vive nesta pessoa. E mais: quem come deste pão vive eternamente. Mas, quem não comer deste pão e não beber do seu sangue, não terá a vida eterna. 

2. Meditação (Caminho) 

O que o texto diz para mim, hoje? 

Jesus é muito claro para mim. Ele diz que eu preciso dele, preciso me alimentar dele para ter a vida. Ele quer viver em mim e quer que eu viva nele. Em Aparecida, os bispos disseram: 
"Igual às primeiras comunidades de cristãos, hoje nos reunimos assiduamente para "escutar o ensinamento dos apóstolos, viver unidos e tomar parte no partir do pão e nas orações" (At 2,42). A comunhão da Igreja se nutre com o Pão da Palavra de Deus e com o Pão do Corpo de Cristo. A Eucaristia, participação de todos no mesmo Pão de Vida e no mesmo Cálice de Salvação, nos faz membros do mesmo Corpo (cf. 1 Cor 10,17). Ela é a fonte e o ponto mais alto da vida cristã, sua expressão mais perfeita e o alimento da vida em comunhão. Na Eucaristia, nutrem-se as novas relações evangélicas que surgem do fato de sermos filhos e filhas do Pai e irmãos e irmãs em Cristo. A Igreja que a celebra é "casa e escola de comunhão", onde os discípulos compartilham a mesma fé, esperança e amor a serviço da missão evangelizadora."
(DAp 158). 

3.Oração (Vida) 

O que o texto me leva a dizer a Deus? 

Rezo, com o Padre Zezinho: 

Daqui do meu lugar 

Daqui do meu lugar, eu olho teu altar, 
e fico a imaginar aquele pão aquela refeição, 
partiste aquele pão e o deste aos teus irmãos, 
criaste a religião do pão do céu do pão que vem do céu, 
somos a igreja do pão, 
do pão repartido e do abraço e da paz, 
somos a igreja do pão, 
do pão repartido e do abraço e da paz. 
Daqui do meu lugar, eu olho o teu altar, 
e fico a imaginar aquela paz, aquela comunhão, 
viveste aquela paz, e a deste aos teus irmãos, 
criaste a religião do pão da paz, da paz que vem do céu. 
Somos a igreja da paz, da paz partilhada e do abraço e do pão, 
Somos a igreja da paz, 
da paz partilhada e do abraço e do pão. 
(CD Muito mais que pão, Pe. Zezinho,scj) 


4.Contemplação (Vida e Missão) 

Qual meu novo olhar a partir da Palavra? 

Meu novo olhar será no dia de hoje renovado pela fé na Eucaristia, para Jesus Cristo que vive em mim e eu nele. 

Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós. 

Bênção 

- Deus nos abençoe e nos guarde. 
Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. 
Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. 
Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, 
Pai e Filho e Espírito Santo. 
Amém. 

Oração Final

Pai Santo, como aquela mulher da Samaria que pediu – “Senhor, dá-me sempre dessa água!” – também nós te pedimos: Senhor, dá-nos sempre desse Pão! O Pão da Vida que nos alimenta e nos dá força para seguirmos Jesus de Nazaré, o Cristo, teu Filho que se fez nosso irmão e contigo reina na unidade do Espírito Santo.


LITURGIA DIÁRIA - 27/04/2012



Tema do Dia

«Quem come deste pão viverá para sempre.»

O perseguidor, Saulo, torna-se o discípulo Paulo. No fim de sua carreira, o Apóstolo dos Gentios mostra que compreendeu a pergunta do Senhor: «Saulo, Saulo, por que você me persegue?» E responde: «Já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim.»


Oração para antes de ler a Bíblia 

orkut e hi5, Religiosos, palavras do Senhor Jesus, imagens de biblia, recados de Jesus, gifs de religião para orkut

Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 

e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame

 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por

 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores

se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 

a vida eterna. Amém.


          Branco. 6ª-feira da 3ª Semana da Páscoa 


Primeira leitura (Atos dos Apóstolos 9,1-20)

Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012
3ª Semana da Páscoa


Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 1Saulo só respirava ameaças e morte contra os discípulos do Senhor. Ele apresentou-se ao Sumo sacerdote 2e pediu-lhe cartas de recomendação para as sinagogas de Damasco, a fim de levar presos para Jerusalém os homens e mulheres que encontrasse seguindo o Caminho. 3Durante a viagem, quando já estava perto de Damasco, Saulo, de repente, viu-se cercado por uma luz que vinha do céu. 4Caindo por terra, ele ouviu uma voz que lhe dizia: “Saulo, Saulo, por que me persegues?”
5Saulo perguntou: “Quem és tu, Senhor?” A voz respondeu: “Eu sou Jesus, a quem tu estás perseguindo. 6Agora, levanta-te, entra na cidade, e ali te será dito o que deves fazer”.7Os homens que acompanhavam Saulo ficaram mudos de espanto, porque ouviam a voz, mas não viam ninguém. 8Saulo levantou-se do chão e abriu os olhos, mas não conseguia ver nada. Então pegaram nele pela mão e levaram-no para Damasco. 9Saulo ficou três dias sem poder ver. E não comeu nem bebeu.
10Em Damasco, havia um discípulo chamado Ananias. O Senhor o chamou numa visão: “Ananias!” E Ananias respondeu: “Aqui estou, Senhor!” 11O Senhor lhe disse: “Levanta-te, vai à rua que se chama Direita e procura, na casa de Judas, por um homem de Tarso chamado Saulo. Ele está rezando”. 12E numa visão, Saulo contemplou um homem chamado Ananias, entrando e impondo-lhe as mãos para que recuperasse a vista.13Ananias respondeu: “Senhor, já ouvi muitos falarem desse homem e do mal que fez aos teus fiéis que estão em Jerusalém. 14E aqui em Damasco ele tem plenos poderes, recebidos dos sumos sacerdotes, para prender todos os que invocam o teu nome”.
15Mas o Senhor disse a Ananias: “Vai, porque esse homem é um instrumento que escolhi para anunciar o meu nome aos pagãos, aos reis e ao povo de Israel. 16Eu vou mostrar-lhe quanto ele deve sofrer por minha causa”. 17Então Ananias saiu, entrou na casa, e impôs as mãos sobre Saulo, dizendo: “Saulo, meu irmão, o Senhor Jesus, que te apareceu quando vinhas no caminho, ele me mandou aqui para que tu recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo”.
18Imediatamente caíram dos olhos de Saulo como que escamas e ele recuperou a vista. Em seguida, Saulo levantou-se e foi batizado. 19Tendo tomado alimento, sentiu-se reconfortado. Saulo passou alguns dias com os discípulos de Damasco, 20e logo começou a pregar nas sinagogas, afirmando que Jesus é o Filho de Deus.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Salmo (Salmos 116)

Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012
3ª Semana da Páscoa


— Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.
— Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.

— Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, povos todos, festejai-o!
— Pois comprovado é o seu amor para conosco, para sempre ele é fiel!


Evangelho (João 6,52-59)

Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012
3ª Semana da Páscoa




Jesus, verdadeiro alimento

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 52os judeus discutiam entre si, dizendo: “Como é que ele pode dar a sua carne a comer?” 53Então Jesus disse: “Em verdade, em verdade vos digo, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. 54Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. 55Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida. 56Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. 57Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim o que me come viverá por causa de mim. 58Este é o pão que desceu do céu. Não é como aquele que os vossos pais comeram. Eles morreram. Aquele que come este pão viverá para sempre”. 59Assim falou Jesus, ensinando na sinagoga em Cafarnaum.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia

orkut e hi5, Religiosos, mensagem religiosa, imagem da biblia, recados de religião, scraps religioso para orkut

Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los
 em prática. Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da
minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.

BOM DIA


SEXTA-FEIRA


BOA NOITE


LITURGIA DAS HORAS - Quinta - 3ª SEMANA DO TEMPO TEMPO PASCAL - Completas

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

LITURGIA DAS HORAS - Quinta - 3ª SEMANA DO TEMPO TEMPO PASCAL - Vésperas

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

BOA TARDE!


LITURGIA DAS HORAS - Quinta - 3ª SEMANA DO TEMPO TEMPO PASCAL - Hora Nona

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica
Oração desta Hora

BRASIL - Terra de SANTA CRUZ

LITURGIA DAS HORAS - Quinta - 3ª SEMANA DO TEMPO TEMPO PASCAL - Hora Sexta

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica
Oração desta Hora

FRASE DE MONSENHOR JONAS ABIB

BOM DIA