terça-feira, 15 de outubro de 2013

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistérios Dolorosos - Terça-feira e Sexta-Feira.


Terço do Rosário: Mistérios Dolorosos




Santa Teresa de Ávila (Santa Teresa de Jesus) - 15 de Outubro





Santa Teresa de Ávila (Santa Teresa de Jesus)

Conseguiu fundar mais de trinta e dois mosteiros, além de recuperar o fervor primitivo de muitas carmelitas, juntamente com São João da Cruz
Com grande alegria lembramos, hoje, da vida de santidade daquela que mereceu ser proclamada “Doutora da Igreja”: Santa Teresa de Ávila (também conhecida como Santa Teresa de Jesus). Teresa nasceu em Ávila, na Espanha, em 1515 e foi educada de modo sólido e cristão, tanto assim que, quando criança, se encantou tanto com a leitura da vida dos santos mártires a ponto de ter combinado fugir com o irmão para uma região onde muitos cristãos eram martirizados; mas nada disso aconteceu graças à vigilância dos pais.

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 15/10/2013

15 de Outubro de 2013

Ano C


Lc 11,37-41

Comentário do Evangelho

Esta é uma ocasião para Jesus ensinar a prática da misericórdia.

Jesus já havia sido convidado para uma refeição na casa de Simão, um fariseu (7,36). Há entre Jesus e os fariseus uma mescla de simpatia e resistência. Os fariseus, efetivamente, desejam viver fielmente sua religião e creem servir a Deus através de suas práticas, sobretudo, uma determinada prática da Lei. Mas a rigidez quase obsessiva os cega, liga-os de modo estreito à letra do texto; a Lei de Deus é para eles um conjunto de regras e preceitos. Esse modo de cumprir a Lei, que eles julgavam ser o correto, fazia com que se esquecessem do essencial da Lei: o amor a Deus e o amor fraterno. Um modo de interpretar a Lei os impedia, inclusive, de olhar para os outros com misericórdia e pôr em prática a palavra do Senhor: “É misericórdia que eu quero, e não sacrifícios” (Os 6,6).
A atitude de Jesus de não cumprir as regras de pureza prescrita para as refeições causa admiração no fariseu que o convidou (v. 38). É para Jesus uma ocasião de ensinar: a hipocrisia dos fariseus consiste na oposição entre exterior e interior. A esmola, como obra de caridade, é mais importante dos que as regras de pureza ritual (ver: Tb 4,8.11; Is 58,3ss; 1Pd 4,8).
Carlos Alberto Contieri,sj
ORAÇÃO
Pai, purifica de todo pecado e egoísmo o mais íntimo de meu ser, pois eles me tornam incapazes de viver em comunhão contigo e com o meu semelhante.

Vivendo a Palavra

Jesus ensina ao fariseu e a todos nós que a Lei a ser seguida é aquela escrita no coração e não as prescrições catalogadas pelos homens. A Lei é o Amor, vivido o tempo todo e naqueles lugares em que nos encontramos, de forma criativa, livre, generosa e humilde.

Reflexão

O Evangelho que nos é proposto para a reflexão a partir da liturgia de hoje é altamente questionador no que diz respeito à nossa fé e à nossa vivência religiosa. Para quem crê verdadeiramente, o importante não é a prática exterior, pois esta prática só encontra seu verdadeiro sentido quando é uma expressão do que realmente se crê e se vive, caso contrário, caímos na insensatez: celebramos o que não vivemos nem construímos, e revelamos valores que não são nossos, nem são importantes para nós. O Evangelho de hoje exige de nós coerência entre o que celebramos e o que vivemos, para que as nossas celebrações não sejam ritos vazios e estéreis, mas espírito e verdade.

Meditação


Podemos dizer que temos muita bondade no coração? - Será que às vezes não estamos preocupados demais com exterioridades apenas? - Não somos muitas vezes fariseus disfarçados? - Como trabalhamos com o ar de superioridade que se encontra por toda parte? - Somos fáceis em criticar os outros?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

REFLEXÕES DE HOJE


15  DE OUTUBRO - TERÇA


Liturgia comentada
O vosso interior... (Lc 11,37-41)
No tempo de Jesus, o ensinamento dos rabinos incluía estritas normas de “pureza legal”. Neste Evangelho, o filho do carpinteiro sentou-se à mesa de refeição sem as tais abluções preparatórias, causando certo escândalo a seu anfitrião. Jesus se vale da ocasião para lembrar que a pureza interior era a mais importante. E que de nada vale muita higiene externa, se o íntimo da pessoa cheira mal. Nem podemos disfarçar a falta de amor com algumas esmolas... Boa oportunidade para lembrar algo óbvio, que costuma passar despercebido. A pessoa humana tem dois lados: o exterior e o interior. Claro, ambos devem ser cuidados, mas o interior é mais importante.
Pode ser que alguém não durma sem escovar 50 vezes os longos cabelos, elogiados por sua beleza, efeito de uma cosmética fora do alcance dos pobres. E os cabelos são apenas excreção, como as unhas e o suor. Será que a mesma pessoa gasta cinco minutos, ao final do dia, para fazer um exame de consciência e pôr em ordem a sua casa interior? Pode ser que o homem de meia idade ande preocupado com a queda de seus cabelos, o que motiva consulta médica e o uso de algum tônico capilar. E do lado de dentro? Que pensamentos ele alimenta? Que sentimentos ele estimula? Raiva, ódio, falta de perdão, planos de vingança?
A sociedade pagã vive de aparências, valoriza o sucesso financeiro, a fama, os bens acumulados. Não leva em conta se os meios para fazer fortuna incluem a exploração do próximo. O corpo merece uma espécie de culto religioso. Proliferam academias de ginástica, aficcionados “malham”, jovens “bombam” os músculos, corpos modelados com implantes de silicone...
O exercício físico não é inútil, mas o Apóstolo adverte: “Exercita-te na piedade. Com efeito, o exercício corporal é de escassa utilidade, ao passo que a piedade é útil para tudo. Não possui ela a promessa da vida, tanto da vida presente como da futura?” (1Tm 4,7b-8.) E Jesus acrescenta: “De que vale ao homem ganhar o mundo inteiro, se vem a perder a sua alma?” (Mt 16,26.)
A passagem do tempo manifesta o real valor de tudo. A atriz, cuja beleza atraía multidões ao cinema, ao fim da vida se tranca num apartamento, incapaz de conviver com suas rugas. O ex-campeão de boxe não domina as mãos trêmulas, ferido pelo Mal de Parkinson. Enquanto isso, os santos envelhecem em paz, servindo os irmãos até o último suspiro. Teresa de Calcutá e João Paulo II não me deixam mentir...
Orai sem cessar: “Senhor, tu me sondas e me conheces.” (Sl 139, 1)
Texto de  Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
santini@novaalianca.com.br
Cuide bem do seu interior.
Cuide bem do seu interior, e seu exterior vai ser uma resposta de tudo aquilo que você vive dentro da sua alma.
“Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. Insensatos!” (Lucas 11, 39-40).
Os fariseus estão incomodados com Jesus, sobretudo esse a cuja casa Jesus se dirige para jantar. Ele fica admirado, porque o Senhor não lava as mãos antes das refeições; aquilo inquieta e perturba o coração do fariseu. E não é preciso que ele diga algo a respeito, o Mestre Jesus percebe a inquietação dele. A resposta, para um bom entendedor, poucas palavras já dizem tudo. Porque estão incomodados com a maneira como se lavam os copos, como se lavam os talheres, como se lavam as mãos. O problema é que o interior, o coração deles, está cheio de ideias de roubos, de enganos, fraudes, impurezas, maldades. Um velho ditado já diz: “Quem vê cara, não vê coração”.
Às vezes, nós nos encantamos com a beleza da aparência das pessoas. E nós mesmos já vivemos tantas vezes tão seduzidos em cuidar da nossa aparência externa que o nosso tempo se torna limitado para cuidar da nossa aparência interna. As pessoas passam horas em salões de beleza se arrumando, para isso e para aquilo. E como estão vazias as filas para os confessionários! Como estão vazios os sacrários! Quão poucas pessoas se dispõem a fazer uma purificação espiritual para lavar a alma.
Muito cuidado, pois as nossas conversas são rodeadas pelos mesmos assuntos fúteis: – “Como está a sua unha?” e “Como está o seu cabelo?” Contudo, a conversa do homem e da mulher de Deus, acima de tudo, deve ser esta: Como está o seu coração, a sua alma, o seu interior?
Cuide bem do seu interior, e seu exterior vai ser uma resposta de tudo aquilo que você vive dentro da sua alma!
Deus abençoe você!
:: Ouça esta reflexão no Canal Pod Homilia






Padre Roger Araújo


Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
LEITURA ORANTE

Lc 11,37-41 - Partilhar para purificar



Saudação
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

Preparo-me para a Leitura, rezando:
Jesus Mestre, que dissestes:
"Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome,
eu aí estarei no meio deles",
ficai conosco,
aqui reunidos (pela grande rede da internet),
para melhor meditar
e comungar com a vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade:
iluminai-nos, para que melhor compreendamos
as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho:
fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.
Sois a Vida:
transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos
abundantes de santidade e missão.
(Bv. Alberione)


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do
dia?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Lc 11,37-41, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Jesus, os fariseus e os mestres da Lei
Quando Jesus acabou de falar, um fariseu o convidou para jantar na casa dele. Jesus foi e sentou-se à mesa. O fariseu ficou admirado quando viu que Jesus não tinha se lavado antes de comer. Então o Senhor disse a ele:
- Vocês, fariseus, lavam o copo e o prato por fora, mas por dentro vocês estão cheios de violência e de maldade. Seus tolos! Quem fez o lado de fora não é o mesmo que fez o lado de dentro? Portanto, dêem aos pobres o que está dentro dos seus copos e pratos, e assim tudo ficará limpo para vocês.

O fariseu movido pelo seu legalismo condena com sua admiração o fato de Jesus não ter se lavado antes de sentar-se à mesa para a refeição. E Jesus, o ajuda a refletir. Não basta estar limpo por fora. É preciso estar limpo por dentro. E fala como se deve fazer que para estar limpo por dentro: “dêem aos pobres o que está dentro dos seus copos e pratos, e assim tudo ficará limpo para vocês”. É preciso partilhar o que se tem com quem tem menos.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Entro em diálogo com o
texto.
Reflito e atualizo.
O que o texto me diz no momento?
Os bispos na Conferência de Aparecida afirmaram que há quatro eixos fundamentais na Igreja: a experiência religiosa, a vivência comunitária, a formação bíblico-doutrinal e o compromisso missionário de toda a comunidade. "O compromisso missionário de toda a comunidade. Ela sai ao encontro dos afastados, interessa-se por sua situação, a fim de reencantá-los com a Igreja e convidá-los a retornarem para ela." (DAp 226).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a D
eus?
Faço minha oração pessoal e depois, rezo com toda Igreja a

Ó Deus, derramai a vossa bênção sobre a obra da evangelização.
Acompanhai vossos missionários
e despertai em nós maior solidariedade na partilha da nossa fé com todos os povos,
construindo o vosso Reino.
Isto vos pedimos por Cristo Nosso Senhor.

4. Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus.
Vou eliminar do meu modo de pensar todo mal juízo e vou agir conforme o Projeto de Jesus Mestre.

Bênção

- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.

- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Fil
ho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, ensina-nos o caminho da santidade. Que a nossa existência, isto é, as relações com o próximo, com a natureza e contigo, manifestem cada vez mais a nossa essência, que é sermos morada e fonte do teu Espírito. Nós te pedimos, Pai amado, pelo Cristo Jesus, teu Filho e nosso Irmão, que contigo reina na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA 15/10/2013




Tema do Dia

Santa Teresa de Jesus: «o justo vive pela fé.»

Paulo lembra aos romanos que a perfeição de Deus pode ser contemplada, através da inteligência, na sua obra – a Criação. Portanto, não temos desculpa porque, conhecendo a Deus, nós não O glorificamos, mas trocamos a Verdade por ídolos que criamos.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Branco. 3ª-feira da 28ª Semana Tempo Comum

Santa Teresa de Ávila - Terça-feira 15/10/13


Primeira Leitura (Rm 1,16-25)
Santa Teresa de Ávila
Terça-feira 15/10/13

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 16eu não me envergonho do Evangelho, pois ele é uma força salvadora de Deus para todo aquele que crê, primeiro para o judeu, mas também para o grego.17Nele, com efeito, a justiça de Deus se revela da fé para a fé, como está escrito: O justo viverá pela fé.
18Por outro lado, a ira de Deus se revela, do alto do céu, contra toda a impiedade e iniquidade dos homens que em sua iniquidade oprimem a verdade. 19Pois o que de Deus se pode conhecer é manifesto aos homens: Deus mesmo lhes manifestou.
20Suas perfeições invisíveis, como o seu poder eterno e sua natureza divina, são claramente conhecidas através de suas obras, desde a criação do mundo. Assim, eles não têm desculpa 21por não ter dado glória e ação de graças a Deus como se deve, embora o tenham conhecido. Pelo contrário, enfatuaram-se em suas especulações, e seu coração insensato se obscureceu: 22alardeando sabedoria, tornaram-se ignorantes 23e trocaram a glória do Deus incorruptível por uma figura ou imagem de seres corruptíveis: homens, pássaros, quadrúpedes, répteis. 24Por isso, Deus os entregou com as paixões de seus corações a tal impureza, que eles mesmos desonram seus próprios corpos. 25Trocaram a verdade de Deus pela mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 18)
Santa Teresa de Ávila
Terça-feira 15/10/13

— Os céus proclamam a glória do Senhor!
— Os céus proclamam a glória do Senhor!

— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.
— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.


Evangelho (Lc 11,37-41)
Santa Teresa de Ávila
Terça-feira 15/10/13


Jesus, os fariseus e os mestres da lei


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 37enquanto Jesus falava, um fariseu convidou-o para jantar com ele. Jesus entrou e pôs-se à mesa. 38O fariseu ficou admirado ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos antes da refeição. 39O Senhor disse ao fariseu: “Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. 40Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? 41Antes, dai esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém

BOM DIA!!! - Jesus, olhai os que tombam. O vosso olhar nos redime: se nos olhais, nos erguemos, e prantos lavam o crime.

VIM TE DESEJAR UMA FELIZ TERÇA-FEIRA... CHEIA DE GRANDES REALIZAÇÕES!