quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora

Terço - Mistérios Luminosos - Quinta-Feira


Terço do Rosário: Mistérios Luminosos  


Nossa Senhora da Paz - 24 de janeiro

Nossa Senhora da Paz

Nossa Senhora da Paz

"Maria, livro sagrado dos 
mandamentos do Senhor, lei de 
graça agora escrita pela qual 
conhecemos o beneplácito 
divino".
Teodoro Studita, monge.
O título de Senhora da Paz surgiu no final do século XI, na cidade de Toledo, Espanha. Mas a história dessa data começou no século VII, com a consagração da Catedral de Toledo à Santíssima Virgem.
Segundo a antiga tradição diz que isto se deve à Santo Ildefonso. Fervoroso devoto mariano. Seus pais pediram à intercessão da Virgem Maria, para que Deus os abençoassem com um filho. Ele foi eleito bispo de Toledo e unificou a liturgia da Espanha. Escreveu muitas obras e tratados importantes, especialmente sobre a Virgem Maria o que lhe valeu o título de: "o capelão e fiel notário da Virgem". Participou do X Concílio de Toledo, onde se estabeleceu e fixou a festa de Nossa Senhora da Esperança, oito dias antes da Natividade de Jesus. 

Bem-aventurado José Timóteo Giaccardo - 24 de janeiro

José Timóteo Giaccardo
Bem-aventurado
1896-1948
José Timóteo Giaccardo, sacerdote paulino, italiano, pertence à Congregação da Pia Sociedade de São Paulo. A originalidade de sua vida está em ter sido o primeiro sacerdote da Família Paulina e um fidelíssimo discípulo do Fundador, Padre Tiago Alberione. Nasceu em Narsole, norte da Itália. Sua família era pobre de bens materiais, mas rica de fé e virtudes cristãs. Em 1908 José encontrou-se pela primeira vez com o jovem padre Tiago Alberione que, em Narzole estava dando sua colaboração na paróquia. Padre Alberione, percebendo no pequeno José profunda piedade e grande vontade de ser padre; encaminhou-o para o seminário da diocese de Alba.

São Francisco de Sales - 24 de Janeiro


São Francisco de SalesEste santo nasceu no Castelo de Sales em 1567. Sua mãe, uma condessa, buscou formá-lo muito bem com os padres da Companhia de Jesus, onde, dentre muitas disciplinas, também aprendeu várias línguas. Muito cedo, fez um voto de viver a castidade e buscar sempre a vontade do Senhor. Ao longo da história desse santo muito amado, vamos percebendo o quanto ele buscou e o quanto encontrou o que Deus queria.

Anos mais tarde, São Francisco escreveu “Introdução à vida devota” e, vivendo do amor de Deus, escreveu também o “Tratado do amor de Deus”.

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 24/01/2013

24 de Janeiro de 2013

Ano C

 

Marcos 3,7-12

Comentário do Evangelho

Perspectiva universal da missão de Jesus

Trata-se de um sumário que, ao mesmo tempo, sintetiza e amplia a atividade de Jesus. Jerusalém não é o centro das atenções, mas a Galileia e, mais especificamente, a região do Lago de Genesaré. De todas as partes as pessoas acorrem a Jesus: da Judeia e de Jerusalém, da Idumeia e de além do Jordão, e até de Tiro e Sidônia (v. 8), além de uma grande multidão da Galileia (v. 7). Há, aqui, uma perspectiva universal da missão de Jesus: não somente os judeus, mas também os pagãos são atraídos pela fama de Jesus. Mas o que atraía essa numerosa multidão? O nosso texto genericamente responde: "quanta coisa ele fazia" (v. 8). Nessa expressão deve-se compreender o conjunto dos gestos e do ensinamento de Jesus. O sumário é, ainda, a ocasião de apresentar a agitação dos "espíritos imundos" que reconhecem o poder divino de Jesus pelo qual são e serão vencidos: "ele os repreendeu" (v. 12). Aparece ainda o tema marcano do segredo messiânico (v. 12: "proibindo que manifestassem quem ele era"), que já comentamos antes.
Carlos Alberto Contieri, sj

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx

Vivendo a Palavra

Quais sentimentos levavam o povo a procurar Jesus de forma tão apaixonada? Eram variados, como os que movem nos dias atuais: curiosidade, interesse pelas curas que fazia ou, quem sabe, até mesmo o reconhecimento de que Ele é o Filho de Deus e o desejo de segui-lo pelas estradas da vida?
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg05.php

Reflexão

O evangelho de hoje é uma continuação dos evangelhos anteriores e nos mostra que, se por um lado, as autoridades religiosas da época de Jesus não concordavam com o seu modo de agir e com os seus ensinamentos, por outro lado, a multidão cada vez mais aderia aos seus ensinamentos e procurava em Jesus a solução para os seus problemas, naturais ou espirituais. A visão institucionalizada da fé é importante porque nos ajuda a viver comunitariamente o nosso relacionamento com Deus, mas pode ser perigosa enquanto pode submeter o próprio Deus aos critérios da razão humana ou legitimar, em nome de Deus, relacionamentos e costumes meramente humanos que podem até ser opressores e excludentes.

http://www.cnbb.org.br/liturgia/app/user/user/UserView.php?ano=2013&mes=1&dia=24

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

FAÇA UMA DOAÇÃO AO NPDBRASIL...

1. Amor Humilde
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Diácono José da Cruz - Diácono da Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim – SP)

O jeito de ser de Jesus, suas palavras e suas atitudes atraem multidões, nos dias de hoje ele seria um Pop Star dos mais bem sucedidos, pois com o Ibope garantido é só trabalhar bem o marketing pessoal e o sucesso de uma carreira bem sucedida está assegurado. A multidão, as pessoas e os Fãs Clubes são como uma escada por onde o Ídolo vai subindo até galgar alturas inimagináveis como por exemplo o Rei do Rock Elvis Presley cuja atração pela sua pessoa superou até a morte e assim criaram o slogan “Elvis não morreu”, por que?

É só perguntar para as agências que exploram a marca “Elvis”, e que faturam milhões com a sua marca, as imagens de seus trejeitos e suas músicas, e com Michel Jackson está ocorrendo o mesmo. Nos anos 60 o grupo “The Beatles” teve uma ascensão tão meteórica, que se tornaram mundialmente famosos a ponto de um deles dizer o que muitos hoje ainda consideram um escândalo: "Somos mais conhecidos do que Jesus Cristo".

É necessário citar esses exemplos para compreendermos bem quem é Jesus Cristo, Ele não é um Super Star, um astro, Ele é o Filho de Deus Vivo e está preocupado com a Salvação de todas as pessoas que formam aquela multidão que o procura, não olha para as pessoas como um cifrão, e nem lhe passa no coração e na mente, algo que com certeza passou pela cabeça dos discípulos "O que podemos ganhar com isso".

Jesus quer discípulos, seguidores fiéis, pessoas que vistam a camisa do Cristianismo e perseverem até o fim, ele não quer admiradores e curiosos, Fanáticos e alienados, por isso esquivou-se da multidão em uma barca. Não deixou de atender as necessidades imediatas dos que o procuravam ávidos de uma cura, entretanto, recrimina severamente os Espíritos imundos que confessavam publicamente a sua filiação Divina.

Jesus não é o Filho de Deus por que cura e realiza prodígios atraindo multidões, mas o seu Messianismo verdadeiro irá se revelar na cruz do calvário onde ficará evidente o fracasso, a humilhação a que se submeteu nesta hora em que se revela o que Deus verdadeiramente é, o Amor oblativo, cadê as multidões ? Quando se pratica a religião do entusiasmo e da euforia, geralmente afasta-se a imagem de um Cristo sofredor pendurado em uma cruz... Qual é a nossa religião afinal?...

2. Perspectiva universal da missão de Jesus
(O comentário do Evangelho abaixo é feito por Carlos Alberto Contieri, sj - e disponibilizado no Portal Paulinas)
VIDE ACIMA
Oração
Pai, conduze-me ao teu filho Jesus, por meio do qual o Reino mostra sua eficácia em mim, fazendo a vida e a esperança renascerem em meu coração.

3. ATRAÍDOS PELA AÇÃO DE JESUS
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total a cada mês).

Para falar da atração exercida por Jesus, o Evangelho faz um elenco dos lugares de origem das multidões que assediavam o Mestre. Os locais mais próximos eram as cidades da Galiléia, especialmente as que ficavam à beira do lago. Este foi o palco privilegiado do ministério de Jesus. A fama de seus milagres e de seus ensinamentos deve ter chegado imediatamente aos ouvidos das populações daquela região. Até gente da capital da Judéia, Jerusalém, vinha ouvir o Mestre. Com que intenção?

Os judeus desprezavam os galileus. É bem possível que muitos tenham ido ver o galileu Jesus, movidos por preconceitos, quiçá com a intenção de "desmascará-lo". Também vinha gente do estrangeiro: da Iduméia, ao sul da Judéia, do outro lado do rio Jordão – a Transjordânia –, e das cidades fenícias de Tiro e Sídon. Todos estes lugares eram habitados por judeus que, sem dúvida, junto com estes pagãos também ficavam atraídos pelo que Jesus fazia.

O Mestre limitava-se a fazer o bem a todos, indistintamente. Ao se confrontar com a multidão, não fazia distinção de espécie alguma. Judeus ou pagãos, todos eram igualmente curados e libertados da opressão do mau espírito. Assim, o Reino de Deus deixava as marcas de sua eficácia na vida de todos que se aproximavam de Jesus. Excluía-se, apenas, quem a ele se dirigia com intenções escusas. O Mestre tinha o dom de fazer renascer no povo a vida e a esperança!
Oração
Pai, conduze-me ao teu filho Jesus, por meio do qual o Reino mostra sua eficácia em mim, fazendo a vida e a esperança renascerem em meu coração.

http://www.npdbrasil.com.br/religiao/evangelho_do_dia_semana.htm#d5

Venha a Jesus sem demora!


Postado por: homilia

janeiro 24th, 2013


Jesus está no auge de sua popularidade. Ele está andando por toda parte fazendo o bem e curando a todos. Mas, ao mesmo tempo, as forças hostis se levantam contra Ele para matá-Lo. Jesus, então, retira-se, porque ainda tinha muitas lições a ensinar aos discípulos e ao povo. E também porque ainda não era o seu tempo de morrer.
Jesus não se retirou das multidões necessitadas que O seguiam por toda parte, mas dos inimigos. Esse episódio da perseguição leva Jesus a romper completamente com a sinagoga judaica. Após o confronto em Marcos 3,1-6, Jesus retira-se do Judaísmo oficial, simbolizado pela sinagoga. Ele volta-se para as pessoas até chegar ao Templo em Jerusalém e conduz seu ministério em lares e ao ar livre.
Embora rejeitado pelos líderes religiosos e políticos, as multidões vinham de toda a Palestina e também da Fenícia para serem curadas por Jesus. Algumas pessoas vieram do Sul: Judeia e Jerusalém. Outras vieram do Norte: Tiro e Sidom. Outras vieram do Leste: de além do Jordão ou do Oeste: Galileia. Estradas empoeiradas, desertos e rios profundos não mantiveram aquelas pessoas longe de Cristo. Nenhuma dificuldade, nenhum obstáculo impediu aquelas multidões de virem a Cristo.
As pessoas do tempo de Jesus eram carentes e necessitadas e nós pertencemos a essa família. Elas se lançavam aos pés de Cristo, queriam tocá-Lo. Elas queriam ser pessoas curadas, inteiras, salvas. Imagine se elas pensassem: “Não, nós só iremos a Cristo quando nossa vida estiver certa. Vamos dar mais um tempo”. Se assim fosse, elas não precisariam de Cristo e Cristo não seria necessário para elas.
Deixe o cego vir enquanto é cego, deixe o paralítico vir mesmo se arrastando, o leproso vir coberto de sua lepra, pois as pessoas devem vir como estão. Assim como os médicos vieram para os doentes , Cristo veio para os pecadores. Venha como você está: endividado, desonesto, bêbado, drogado, impuro. É Jesus quem vai curá-lo, perdoá-lo e salvá-lo. Você não pode fazer nada para a sua salvação. Jesus o recebe como você está. “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Cante: “Eu venho como estou, eu venho como estou, porque Jesus por mim morreu. Eu venho como estou”.
De todos os que vieram a Cristo nenhum foi mandado embora. Aliás, desde que o mundo começou, nenhum pecador chegou a Deus, nenhuma alma foi a Cristo sem ser recebida. Jesus disse: “O que vem a mim, jamais lançarei fora”. Jesus Cristo jamais quebrou sua promessa. Desafiamos o céu, a terra e o inferno para levantar uma prova sequer de uma pessoa que tenha vindo a Cristo com seu coração quebrantado e que tenha sido rejeitada por Ele. É Ele mesmo quem convida: “Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados”. “Se alguém tem sede, venha a mim e beba.”
Todas as pessoas que vieram a Cristo foram atendidas por Cristo. Os enfermos foram curados, os possessos foram libertos, os perdidos foram encontrados, os que estavam em trevas viram a luz, os que estavam aflitos foram consolados e os que estavam sem esperança receberam uma nova razão para viver.
As pessoas vieram a Cristo não apenas para ouvir os seus ensinamentos, serem curadas e libertas. Elas se lançaram aos pés de Jesus, tocaram n’Ele e se derramaram diante d’Ele. Hoje, eu lhe convido: “Venha até Jesus! Só Ele pode curar, libertar, perdoar e salvar você”.
Mateus 12,15-21, o texto paralelo, afirma que Jesus não esmaga a cana quebrada nem apaga a chama que ainda fumega. Jesus alivia as pessoas do fardo que as oprime. Ele não esmaga aquele que já está caído. Foi assim que Jesus fez com a mulher apanhada em flagrante adultério. Ele não a apedrejou, antes, perdoou-a, restaurando-lhe a dignidade da vida.
Cada pessoa tocada, curada e salva por Jesus era mais uma testemunha d’Ele.
Imagine que duzentas pessoas que foram curadas estavam no meio daquela multidão. Eram mais duzentas testemunhas de Jesus a falar sobre Seu poder. O círculo daqueles que eram salvos aumentava, o número daqueles que testemunhavam crescia. Cada nova pessoa curada e salva era uma voz a mais a chamar as outras a virem até Jesus.
Hoje, depois de dois mil anos, milhões e milhões de vidas já foram tocadas, curadas e transformadas por Jesus. Você não pode desculpar-se. Cada nova vida salva por Jesus é um forte argumento para você de que Ele é suficiente para ser o seu Salvador. Oh! amigo, há uma nuvem de testemunhas ao seu redor proclamando para você que Jesus é o único salvador, a única esperança para a sua alma. Venha a Ele agora mesmo.
Jesus não apenas cura os enfermos, mas prioriza o ensino. Este anseio descontrolado por cura – principalmente ou exclusivamente por cura – Jesus corrige com sua atitude. Ele não quer ser apenas um curandeiro, por isso cria espaço para o ensino da Verdade. Esse barco usado por Jesus tinha duas finalidades: proteção e maior alcance. Jesus tem para você palavras de vida eterna que satisfazem a sua mente, aquietam o seu coração e lhe dão segurança eterna, porque:
a) O próprio nome de Jesus convida você. Seu nome é Jesus Cristo, que significa “Salvador”. Você é pecador, mas Ele é o Salvador. Você tem sede, mas Ele é a Água da Vida. Você tem fome, mas Ele é o Pão da Vida. Você está perdido, mas Ele é o Caminho. Você está morto, mas Ele é a Ressurreição e a Vida.
b) O poder de Jesus encoraja você a vir a Ele. Jesus tem todo o poder no céu e na terra. Os astros O obedecem, o vento escuta a Sua voz, as ondas do mar se acalmam diante da Sua palavra, a doença atende a Sua ordem, os demônios se rendem à Sua autoridade, os inimigos prostram-se diante dos Seus pés. Ele tem poder para libertar e salvar você. Portanto, venha a Ele agora mesmo.
c) O amor de Jesus encoraja você a vir a Ele. Cristo ama você e importa-se com você. Ele foi à cruz por você. Suas mãos foram rasgadas, seus pés foram pregados na cruz e Ele foi transpassado no madeiro por amor a você. Ele o ama com amor eterno. Por isso, venha a Ele.
d) O banquete da salvação já está preparado para receber você. Deus já fez tudo. A mesa já está preparada. Os céus estão prontos para festejar sua volta para Deus. Os anjos se alegram com a sua salvação. A noiva de Cristo, a Igreja, convida você: “Venha!” O Espírito do Deus eterno, diz a você: “Se você tem sede, venha e beba, de graça, da água da vida”.
O Evangelho é uma mensagem urgente: amanhã pode ser tarde. Hoje é o tempo de Deus. A Palavra que você está ouvindo é a voz de Jesus. Venha a Ele. Aquelas pessoas não ficaram esperando até Jesus ir às suas cidades, elas foram até Ele, pois tinham pressa. Elas se arrojavam aos Seus pés para tocá-Lo.
Não deixe que alguma dificuldade impeça você de vir a Cristo: família, amigos, prazeres, dinheiro, preconceito.
Venha a Cristo sem demora. Somente Ele pode perdoar os seus pecados, preencher o vazio da sua alma e satisfazer os anseios do seu coração. Ele pode tirar o seu coração endurecido e dar-lhe um coração sensível. Ele pode abrir os seus olhos para que você veja a glória de Deus. Ele pode tirar você do poço profundo em que você se encontra. Ele pode dar a você um novo nome, um novo coração, uma nova mente, uma nova esperança, uma nova vida.
Jesus já tem transformado vidas que estavam na mesma condição que a sua. Ele é o mesmo sempre. Seus braços não estão encolhidos para que não possam salvar, nem seus ouvidos surdos que não possam ouvir o seu clamor. Portanto, venha a Jesus. Toque-O pela fé e você também será curado.
Padre Bantu Mendonça
http://blog.cancaonova.com/homilia/2013/01/24/
Leitura Orante 

Mc 3,7-12 - Todos iam ao encontro de Jesus



Preparo-me para a Leitura Orante, fazendo uma rede de comunicação
e comunhão em torno da Palavra com todas as pessoas que se neste ambiente
virtual. Rezamos em sintonia com a Santíssima Trindade.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém
Senhor, nós te agradecemos por este dia.
Abrimos, com este acesso à internet,
nossas portas e janelas para que tu possas
Entrar com tua luz.
Queremos que tu Senhor, definas os contornos de
 
Nossos caminhos,
As cores de nossas palavras e gestos,
A dimensão de nossos projetos,
O calor de nossos relacionamentos e o
Rumo de nossa vida.
Ó Jesus Mestre, Verdade-Caminho-Vida, tem piedade de nós.

1. Leitura (Verdade) 
O que diz o texto do dia? 

Leio atentamente o texto Mc 3,7-12.
Jesus e os discípulos foram até o lago da Galileia. Junto com ele ia muita gente da Galileia, da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia, do lado leste do rio Jordão e da região de Tiro e de Sidom. Todos iam ao encontro de Jesus porque ouviam falar a respeito das coisas que ele fazia. Jesus pediu aos discípulos que arranjassem um barco para ele a fim de não ser esmagado pela multidão. Pois ele estava curando tanta gente, que todos os doentes se juntavam em volta dele para tocá-lo. E as pessoas que tinham espíritos maus, ao verem Jesus, caíam aos pés dele e gritavam:
- O senhor é o Filho de Deus!
Mas Jesus proibiu duramente os espíritos de dizerem quem ele era.
Jesus se manifesta como Filho de Deus que liberta e cura. É aquele que veio para "que todos tenham vida". Manifesta-se como Filho de Deus feito homem, ao pedir aos discípulos que arranjassem um barco para ele a fim de não ser esmagado pela multidão. Vê-se aqui Jesus Cristo com atitudes muito humanas.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? 

Os bispos na Conferência de Aparecida lembraram: "Na Igreja católica temos tudo o que é bom, tudo o que é motivo de segurança e de consolo! Quem aceita a Cristo: Caminho, Verdade e Vida, em sua totalidade, tem garantida a paz e a felicidade, nesta e na outra vida!"(DAp 246).

3.Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus? 
Rezo, espontaneamente, com salmos e concluo com a oração 
Jesus, Mestre: 
que eu pense com a tua inteligência, com a tua sabedoria.
Que eu ame com o teu coração. 
Que eu veja com os teus olhos.

Que eu fale com a tua língua.
 
Que eu ouça com os teus ouvidos.
Que as minhas mãos sejam as tuas.
 
Que os meus pés estejam sobre as tuas pegadas.
Que eu reze com as tuas orações.
 
Que eu celebre como tu te imolaste.
Que eu esteja em ti e tu em mim. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Sinto-me discípulo/a de Jesus.
Meu olhar deste dia será iluminado pela presença de Jesus Cristo, 

acolhido no meu coração e no coração das demais pessoas.
Bênção
 - Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
http://leituraorantedapalavra.blogspot.com.br/

http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx
COPIE O LINK ABAIXO E
OUÇA O COMENTÁRIO DO
EVANGELHO DO DIPELAS PAULINAS

http://www.paulinas.org.br/media/biblia/musicas.asp?musica=20130124

Oração Final
Pai Santo, que o amor a ti, acima de todas as coisas, que se concretiza no cuidado com os irmãos, desde os mais fracos e os pobres, seja o real motivo de nosso desejo de nos aproximar e seguir o Cristo Jesus, teu Filho que se fez nosso Irmão e contigo reina na unidade do Espírito Santo.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg06.php

LITURGIA DIÁRIA - 24/01/2013




Tema do Dia

«Tu és o Filho de Deus!»

A Epístola aponta aos hebreus o ponto central da Nova Aliança: Jesus é o Cristo, o Messias prometido e esperado. Ele foi ungido pelo Pai como mediador supremo, o Sumo Sacerdote tão grande que está assentado à direita do trono da Majestade de Deus.
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/

Oração para antes de ler a Bíblia

orkut e hi5, Religiosos, palavras do Senhor Jesus, imagens de biblia, recados de Jesus, gifs de religião para orkut

Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda 

e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame

 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por

 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores

se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos 

a vida eterna. Amém.


Branco. 5ª-feira da 2ª Semana Tempo Comum 

S. Francisco de Sales BDr, memória



Primeira leitura (Hebreus 7,25–8,6)
Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2013 
São Francisco de Sales

Leitura da Carta aos Hebreus.

Irmãos, 25Jesus é capaz de salvar para sempre aqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus. Ele está sempre vivo para interceder por eles.
26Tal é precisamente o sumo sacerdote que nos convinha: santo, inocente, sem mancha, separado dos pecadores e elevado acima dos céus. 27Ele não precisa, como os sumos sacerdotes, oferecer sacrifícios em cada dia, primeiro por seus próprios pecados e depois pelos do povo. Ele já o fez uma vez por todas, oferecendo-se a si mesmo.
28A Lei, com efeito, constituiu sumos sacerdotes sujeitos à fraqueza, enquanto a palavra do juramento, que veio depois da Lei, constituiu alguém que é Filho, perfeito para sempre.8,1O tema mais importante da nossa exposição é este: temos um sumo sacerdote tão grande, que se assentou à direita do trono da majestade, nos céus. 2Ele é ministro do Santuário e da Tenda verdadeira, armada pelo Senhor e não por mão humana.
3Todo sumo sacerdote, com efeito, é constituído para oferecer dádivas e sacrifícios; portanto, é necessário que tenha algo a oferecer. 4Na verdade, se Cristo estivesse na terra, não seria nem mesmo sacerdote, pois já existem os que oferecem dádivas de acordo com a Lei. 5Estes celebram um culto que é cópia e sombra das realidades celestes, como foi dito a Moisés, quando estava para executar a construção da Tenda. “Vê, faze tudo segundo o modelo que te foi mostrado sobre a montanha”. 6Agora, porém, Cristo possui um ministério superior. Pois ele é o mediador de uma aliança bem melhor, baseada em promessas melhores.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Salmo (Salmos 39)
Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2013 
São Francisco de Sales

— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Sacrifício e oblação não quisestes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: “Eis que venho!”
— Sobre mim está escrito no livro: “Com prazer faço a vossa vontade, guardo em meu coração vossa lei!”
— Boas novas de vossa justiça anunciei numa grande assembleia; vós sabeis: não fechei os meus lábios!
— Mas se alegre e em vós rejubile todo ser que vos busca, Senhor! Digam sempre: “É grande o Senhor!” os que buscam em vós seu auxílio.


Evangelho (Marcos 3,7-12)
Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2013 
São Francisco de Sales



Muita gente procura Jesus 

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 7Jesus se retirou para a beira do mar, junto com seus discípulos. Muita gente da Galileia o seguia. 8E também muita gente da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia, do outro lado do Jordão, dos territórios de Tiro e Sidônia, foi até Jesus, porque tinham ouvido falar de tudo o que ele fazia. 9Então Jesus pediu aos discípulos que lhe providenciassem uma barca, por causa da multidão, para que não o comprimisse.
10Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. 11Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: “Tu és o Filho de Deus!” 12Mas Jesus ordenava severamente para não dizerem quem ele era.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia

orkut e hi5, Religiosos, mensagem religiosa, imagem da biblia, recados de religião, scraps religioso para orkut

Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática. Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.


BOM DIA!

OBA! HOJE JÁ É QUINTA!!!

Os bispos na Conferência de Aparecida, disseram: (DAp 103)



NATUREZA

 Mudança na alimentação dos cães facilitou 
domesticação, diz estudo
Cachorro aprendeu a digerir amido para ser 'o melhor amigo do homem'.
Andes derretem a ritmo mais rápido em 300 anos (BBC)
MUDANÇA CLIMÁTICA
Andes derretem a ritmo mais rápido em 300 anos
Degelo se deve a um aumento médio de temperatura na região.
'Frear' mudança do clima exige US$ 700 bi por ano (BBC)
ESTUDO
'Frear' mudança do clima exige US$ 700 bi por ano
Se governos investirem, iniciativa privada seguirá passos.