quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Últimas Notícias »

Últimas Notícias »

Também:

Mundo »

Novo Secretário de Estado Vaticano espera contagiar-se com a alegria e simplicidade do Papa


O até agora Núncio Apostólico da Venezuela e, a partir de 15 de outubro, novo Secretário de Estado do Vaticano, Dom Pietro Parolin, assegurou que espera contagiar-se durante o desempenho do seu cargo com "a alegria" e o "espírito de simplicidade" do Papa Francisco.

Também:

Vaticano »

Intenções de oração do Papa para o mês de outubro


O Vaticano divulgou que nas intenções do Papa Francisco para o mês de outubro estão aqueles que estão desesperados a ponto de desejar o fim da própria vida, e que todos sejam anunciadores da Palavra de Deus.

Também:

Vaticano »

O Papa e o conselho de cardeais aprofundam no Vaticano II ao tratar o tema da reforma da Cúria


O diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, informou nesta manhã sobre o desenvolvimento da reunião do Papa Francisco com o Conselho de oito Cardeais, que ele escolheu e estabeleceu como permanente, e que se celebra no Vaticano do dia 1º a 3 de outubro.

Vaticano »

As reflexões do Papa sobre a justiça no mundo e a missão da Igreja


Em seu diálogo com o jornalista e cofundador do jornal italiano La Reppublica, Eugenio Scalfari, publicado ontem, o Papa Francisco abordou o tema da justiça no mundo, e a missão da Igreja a respeito.

Também:

Mundo »

O Papa confronta o agnosticismo no tema do bem, do mal e da alma


Em sua entrevista publicada ontem com o cofundador do jornal italiano La Reppublica, Eugenio Scalfari, o Papa Francisco se referiu ao agnosticismo e assegurou ao seu interlocutor, que não acredita na existência da alma, mesmo que ele não acredite, ele tem uma.

Também:

Mundo »

O Papa Francisco narra o que sentiu e pensou ao ser eleito no Conclave


O Papa Francisco explicou em uma entrevista com o diretor do jornal italiano La Repubblica, Eugenio Scalfari, o que sentiu e pensou logo depois de ser eleito como sucessor de São Pedro no Conclave de março deste ano.

A Igreja que é santa não é somente dos "puros" e está aberta aos mais afastados, diz o Papa


VATICANO, 02 Out. 13 / 01:20 pm (ACI/EWTN Noticias).- A Igreja é Santa porque sua origem é Deus que é santo e a ela pertencem não somente os "puros", mas também todos os pecadores, inclusive aqueles que estão mais afastados, disse nesta manhã o Papa Francisco na audiência geral que presidiu na Praça de São Pedro ante 50 mil pessoas.

O Papa e o conselho de cardeais aprofundam no Vaticano II ao tratar o tema da reforma da Cúria


VATICANO, 02 Out. 13 / 01:19 pm (ACI/EWTN Noticias).- O diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, informou nesta manhã sobre o desenvolvimento da reunião do Papa Francisco com o Conselho de oito Cardeais, que ele escolheu e estabeleceu como permanente, e que se celebra no Vaticano do dia 1º a 3 de outubro.

Você sabia que:


O purificador é um pano de linho com o que se enxagüa e purifica o cálice depois de haver sido consumida a água e o vinho da segunda purificação.

Podcast - Ouça a história do santo do dia

Podcast

Podcast - Ouça o Evangelho do Dia

Podcast

Evangelho do dia

Lucas 9,57-62

Evangelho
Data
10/02/13
10/01/13
09/30/13

A importância do Anjo da Guarda em nossa vida!


O Catecismo da Igreja diz que “a existência dos seres espirituais, não-corporais, que Sagrada Escritura chama habitualmente de anjos, é uma verdade de fé”. O testemunho da Escritura a respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição (n. 328). Nenhum católico pode, então, negar a existência dos anjos. Eles são criaturas pessoais e imortais, puramente espirituais, dotados de inteligência e de vontade e superam em perfeição todas as criaturas visíveis (cf. Cat. n. 330). São Gregório Magno disse que quase todas as páginas da Revelação escrita falam dos anjos.

TERÇOS – VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
 

TERÇO DA FÉ
 

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
 

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO


LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistérios Gloriosos - Quarta-Feira e Domingo


Terço do Rosário: Mistérios Gloriosos





TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Santos Anjos da Guarda - 02 de Outubro






Neste dia em que fazemos memória do nosso protetor, a Igreja termina assim o hino e oração da manhã: “Salvai por vosso filho a nós, no amor; ungidos sejamos pelos anjos; por Deus trino, protegidos!”

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 02/10/2013

2 de Outubro de 2013

Ano C


Mt 18,1-5.10

Comentário do Evangelho

É preciso mudar a mentalidade.

O capítulo 18 do evangelho segundo Mateus é denominado “discurso eclesial” ou discurso sobre a Igreja. Trata-se de instruções para a vida comunitária.
“Quem é o maior no Reino dos céus?” (v. 1). O maior é o menor. Por isso, Jesus afirma que é preciso se converter (v. 3). É preciso mudar de mentalidade porque o maior no Reino dos céus é o que serve a todos: “Quem quiser ser o primeiro, seja o último de todos e o servo de todos” (Mc 9,35). A “criança” símbolo do próprio Cristo, que se fez servo de todos (cf. v. 5), ele que “sendo de condição divina não se apegou o seu ser igual a Deus, mas se despojou, tomando a forma de escravo” (Fl 2,6-7a).
Os “pequenos” (v. 10) são os membros da comunidade; nos versículos 12-14 eles são identificados com as ovelhas. Os pequenos são, ainda, aqueles membros mais recentes da Igreja que precisam ser fortalecidos pelo testemunho e pela paciência daqueles que já percorreram um determinado itinerário no amadurecimento da fé. Da comunidade eclesial é exigido empenho para que os seus membros não se dispersem. Caso a dispersão aconteça, a comunidade deve fazer todo esforço possível para recuperar a ovelha que se desgarrou (vv. 10-14; ver Ez 34,11-16).

Vivendo a Palavra

A Mensagem que o Senhor revela – a Boa Notícia da nossa salvação: que o seu Reino já está em nós (embora ainda não em sua plenitude) – chega de forma sempre nova e criativa através de seus Mensageiros. São os Anjos que nos acompanham neste planeta-jardim de que devemos cuidar e partilhar com os irmãos.

Reflexão

Este trecho do Evangelho que nos é proposto pela Igreja na comemoração da memória dos santos Anjos da Guarda é um paralelo ao trecho que meditamos ontem, porém nos apresenta um acréscimo muito importante, que não podemos desconsiderar: a assistência que Deus concede a todos os que são pequenos e a necessidade que existe de valorizarmos aqueles que são os desvalidos do mundo, pois os seus anjos no céu vêem sem cessar a face de Deus. Devemos receber em nome de Jesus todas as crianças, assim como todos os demais desvalidos e excluídos da sociedade para recebermos o próprio Cristo, presente neles.

Meditação


Você busca ser simples como as crianças? - Respeita-as? - Dá-se conta de que nelas está o futuro da sociedade? - Você consegue viver sem mágoas e sem rancores? - Conhece algum adulto que vive realmente a simplicidade da vida como uma criança?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

REFLEXÕES DE HOJE


02 DE OUTUBRO - QUARTA


Liturgia comentada
 
É a mim que recebe... (Mt 18,1-5.10)
Evidentemente, qualquer pessoa se sentiria muito honrada ao receber a visita de Jesus. Dificilmente alguém se recusaria a atender a um pedido de Jesus, que viesse a bater à sua porta. Para corresponder ao pedido, seríamos capazes de notáveis gestos de heroísmo...
Ora, Jesus anda por aí, disfarçado de “pequenino”, e parece que temos dificuldade em reconhecê-lo. Talvez porque nossa sociedade focalize seus olhares e suas câmeras sobre os “grandes”, os que se destacam, os ídolos dos palcos, das telas e dos estádios... E Jesus anda por outras paragens, oculto nas enfermarias do hospital, no pátio das creches, nas celas do presídio.
Em tom de alerta, vem a voz de Jesus: “Vede lá, não desprezeis um só destes pequeninos!” (Cf. v. 10.) Des-prezar é sinônimo de depreciar. Para desprezar alguém, não precisamos insultar nem ofender, basta avaliar que não ele tem valor, não tem importância, não merece nossa atenção. Tendemos a dar mais valor aos que nos ajudam, colaboram conosco, financiam nossos projetos...
Se ouvíssemos de fato o ensinamento do Mestre, faríamos exatamente o contrário: gastaríamos nosso tempo e nosso dinheiro com aqueles que precisam de nós e não têm como recompensar nosso “investimento”. Assim agia Madre Teresa de Calcutá, ao trocar as alunas do colégio de ricos pela favela das crianças miseráveis. Assim age o pároco ao gastar seu tempo com as pessoas aflitas que o procuram, com os penitentes do confessionário, com as crianças do catecismo. Assim age a merendeira da escola que distribui a sopa com um sorriso nos lábios...
Em uma sociedade contabilizada, logo passamos a colar etiquetas nas pessoas: as que “valem” mais e as que “valem” menos. Como se o valor de alguém estivesse na conta bancária, na cor da pele, nos seus títulos de doutor. Enquanto isso, fechamos a porta (e o coração) aos deserdados do sistema.
Lembram-se de Jesus? Foi acusado de andar no meio de bêbados e prostitutas, de se juntar à ralé de sua época, recusando alianças com os poderosos. Se Ele voltasse hoje, quais seriam os seus companheiros?
Ainda é tempo... Ainda posso abrir espaço em meu coração para os “pequeninos” que o próprio Jesus iria atender...
Orai sem cessar: “Ele carrega ao colo os cordeirinhos, e conduz a lugar fresco as ovelhas que amamentam.” (Is 40,11)
Texto de Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
santini@novaalianca.com.br
O Senhor colocou um anjo para guardar o nosso caminho
O Senhor colocou um anjo para guardar o nosso caminho. Anjo é um presente de Deus para cada um de nós. 
“Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus”  (Mt 18,10).
Hoje, celebramos o Dia dos Santos Anjos da Guarda. Que graça, que maravilha, que bênção termos um anjo da guarda, que guarda nossos caminhos, protege-nos ao longo da vida e ao longo da estrada que caminhamos neste mundo.
Vamos entender essa realidade maravilhosa da presença angelical em nossa vida. Anjos são criaturas divinas, são puro espírito, embora a nossa fantasia de criança nos faça imaginar que um anjo é um ser branco com duas asinhas e com uma auréola na cabeça. Não, anjo é mais do que isso!
Ele não tem forma corpórea, carne e ossos como nós. Anjo é um ser puro, não se contaminou com o pecado nem se misturou com a nossa materialidade; é um ser puramente espiritual.
A palavra “anjo” quer dizer “mensageiro”, aquele que é enviado em nome de Deus, por isso, existem diversos anjos. Existem diversas hierarquias angelicais. Os arcanjos, os anjos, as dominações, as virtudes, as potestades, todos os anjos estão a serviço de Deus.
O Senhor colocou um anjo para guardar o nosso caminho. Você deve pensar: “Onde é que está esse anjo que eu não vejo?”. Anjo não se vê, não se sente, mas ele existe. Anjo é um presente de Deus Pai para cada um de nós. Eles são a manifestação da bondade divina na criação de cada um de nós.
Primeira coisa: nós devemos respeitar esse nosso companheiro, porque eles estão no meio de nós. Os anjos nos acompanham, nós não os vemos, mas ali estão. Devemos nos consagrar, a cada dia, ao nosso anjo da guarda, pedir a sua proteção, o seu auxílio e, é claro, colaborar com eles, sendo obedientes à vontade de Deus pelos caminhos difíceis e tortuosos.
Peçamos que esses anjos nos ajudem, tanto o nosso anjo da guarda como todos os outros que estão em nossos caminhos.
Se nós levássemos mais a sério nosso anjo da guarda, ele poderia cuidar melhor de nós. Digamos então: “Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, me guarde, me governe, me ilumine. Amém”.
Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
LEITURA ORANTE

Mt 18,1-5.10 - Como as crianças



Inicio a Leitura Orante, rezando com todos que navegam na web:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém
Senhor, nós te agradecemos por este dia.
Abrimos nossas portas e janelas para que tu possas
Entrar com tua luz.
Queremos que tu Senhor, definas os contornos de 
Nossos caminhos,
As cores de nossas palavras e gestos,
A dimensão de nossos projetos,
O calor de nossos relacionamentos e o
Rumo de nossa vida.
Podes entrar, 
Senhor em nossas famílias.
Precisamos do ar puro de tua verdade.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na minha Bíblia, o texto: Mt 18,1-5.10.
Naquele momento os discípulos chegaram perto de Jesus e perguntaram:
- Quem é o mais importante no Reino do Céu? Jesus chamou uma criança, colocou-a na frente deles e disse:
- Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não mudarem de vida e não ficarem iguais às crianças, nunca entrarão no Reino do Céu. A pessoa mais importante no Reino do Céu é aquela que se humilha e fica igual a esta criança. E aquele que, por ser meu seguidor, receber uma criança como esta estará recebendo a mim.
- Cuidado, não desprezem nenhum destes pequeninos! Eu afirmo a vocês que os anjos deles estão sempre na presença do meu Pai, que está no céu.

Os que decidem seguir Jesus encontram alguns problemas.
O primeiro é a competição. Está na pergunta feita a Jesus: "Quem é o mais importante no Reino do Céu?" E a resposta é dada por Jesus através de um exemplo: chama uma criança e a coloca na frente de todos. Naquele tempo, a criança não era considerada. Era símbolo dos pobres, fracos e humildes, pessoas sem pretensões. Jesus diz que se não mudarem de vida e não ficarem como as crianças, simples, sem pretensões, nunca entrarão no Reino do céu.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Hoje se fala e se oferecem cursos, treinamentos, para a pessoa crescer em auto-estima, se tornar importante, mais bonita, mais jovem, fazer sucesso, ser a melhor em tudo. Vivemos numa sociedade em que vemos a cada instante pessoas querendo ter mais, aparecer mais, ser o melhor e maior, e até,  ignoram as necessidades dos demais. Como disseram os bispos em Aparecida, vivemos numa sociedade em que prevalece a "lógica da vida como espetáculo": " As novas gerações são as mais afetadas por esta cultura do consumo em suas aspirações pessoais profundas. Crescem na lógica do individualismo pragmático e narcisista, que desperta nelas mundos imaginários especiais de liberdade e igualdade. Afirmam o presente porque o passado perdeu relevância diante de tantas exclusões sociais, políticas e econômicas. Para eles o  futuro é incerto. Assim mesmo, participam da lógica da vida como espetáculo, considerando o corpo como ponto de referência de sua realidade presente. Têm um novo vício pelas sensações e crescem em uma grande maioria sem referência aos valores e instâncias religiosas." (DAp 51).

A proposta de valores, de humildade e de pequenez de Jesus contradiz tudo isto. Ele fala de um Reino de iguais. Nosso coração deve estar aberto para o irmão. Como disse Jesus, é preciso mudar de vida. Se quisermos entrar no Reino do Céu.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo, com a oração dos irmãos, ensinada por Jesus.
Pai nosso que estais nos céus,
Santificado seja o vosso nome.
Venha a nós o vosso Reino.
Seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje.
Perdoai as nossas ofensas
Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação,
Mas livrai-nos do mal. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou cultivar meu olhar de fé reconhecendo as demais pessoas como irmãs,como aconselham os Bispos em Aparecida: "A Igreja é comunhão no amor. Esta é sua essência através da qual é chamada a ser reconhecida como seguidora de Cristo e servidora da humanidade. O novo mandamento é o que une os discípulos entre si, reconhecendo-se como irmãos e irmãs, obedientes ao mesmo Mestre, membros unidos à mesma Cabeça e, por isso, chamados a cuidarem uns dos outros (1 Cor 13; Cl 3,12-14)" (DAp 161).
Bênção
O Senhor o abençoe e guarde! 
O Senhor lhe mostre seu rosto brilhante e tenha piedade de você! 
O Senhor lhe mostre seu rosto e lhe conceda a paz!' (Nm 6,24-27). 
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

Ir. Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, nós te agradecemos pelos Anjos - Mensageiros que nos envias de variadas formas para nos lembrar que somos ternamente amados por ti. Faze-nos reconhecê-los e honrá-los em toda vida, acolhendo com sabedoria a Boa Notícia do teu Reino de Amor que nos chega por seu intermédio. Por Jesus, o Cristo, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.