sábado, 5 de abril de 2014

LITURGIA DIÁRIA 06/04/2014


Tema do Dia

«O nosso amigo Lázaro adormeceu. Eu vou acordá-lo.»

Assim diz Javé: Vou tirar vocês de seus túmulos e levá-los para Israel. Vocês ficarão sabendo que sou Javé. Colocarei em vocês o meu espírito e vocês reviverão. Eu os colocarei em sua própria terra, e ficarão sabendo que eu digo e faço. (Ez 37,12-14)

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Roxo. 5º Domingo Quaresma


Primeira Leitura (Ez 37,12-14)
5º Domingo da Quaresma
Domingo 06/04/2014

Leitura da Profecia de Ezequiel:

12Assim fala o Senhor Deus: “Ó meu povo, vou abrir as vossas sepulturas e conduzir-vos para a terra de Israel; 13e quando eu abrir as vossas sepulturas e vos fizer sair delas, sabereis que eu sou o Senhor.
14Porei em vós o meu espírito, para que vivais e vos colocarei em vossa terra. Então sabereis que eu, o Senhor, digo e faço — oráculo do Senhor”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 129)
5º Domingo da Quaresma
Domingo 06/04/2014


— No Senhor, toda graça e redenção!
— No Senhor, toda graça e redenção!

— Das profundezas eu clamo a vós, Senhor,/ escutai a minha voz!/ Vossos ouvidos estejam bem atentos/ ao clamor da minha prece!
— Se levardes em conta nossas faltas,/ quem haverá de subsistir?/ Mas em vós se encontra o perdão,/ eu vos temo e em vós espero.
— No Senhor ponho a minha esperança,/ espero em sua palavra./ A minh’alma espera no Senhor/ mais que o vigia pela aurora.
— Espere Israel pelo Senhor,/ mais que o vigia pela aurora!/ Pois no Senhor se encontra toda graça/ e copiosa redenção.
— Ele vem libertar a Israel/ de toda a sua culpa.

 

Segunda Leitura (Rm 8,8-11)
5º Domingo da Quaresma
Domingo 06/04/2014

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: 8Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus. 9Vós não viveis segundo a carne, mas segundo o Espírito, se realmente o Espírito de Deus mora em vós. Se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo.10Se, porém, Cristo está em vós, embora vosso corpo esteja ferido de morte por causa do pecado, vosso espírito está cheio de vida, graças à justiça.
11E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos mora em vós, então aquele que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos vivificará também vossos corpos mortais por meio do seu Espírito que mora em vós.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Anúncio do Evangelho (Jo 11,1-45)
5º Domingo da Quaresma
Domingo 06/04/2014


A morte de Lázaro


— O Senhor esteja convosco!

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor!


Naquele tempo, 1Lázaro caiu doente em Betânia, onde estavam Maria e sua irmã Marta.2Maria era quem ungira o Senhor com o óleo perfumado e lhe enxugara os pés com os seus cabelos. E Lázaro, que estava enfermo, era seu irmão.3Suas irmãs mandaram, pois, dizer a Jesus: Senhor, aquele que tu amas está enfermo.4A estas palavras, disse-lhes Jesus: Esta enfermidade não causará a morte, mas tem por finalidade a glória de Deus. Por ela será glorificado o Filho de Deus.5Ora, Jesus amava Marta, Maria, sua irmã, e Lázaro.6Mas, embora tivesse ouvido que ele estava enfermo, demorou-se ainda dois dias no mesmo lugar.7Depois, disse a seus discípulos: Voltemos para a Judéia.8Mestre, responderam eles, há pouco os judeus te queriam apedrejar, e voltas para lá?9Jesus respondeu: Não são doze as horas do dia? Quem caminha de dia não tropeça, porque vê a luz deste mundo.10Mas quem anda de noite tropeça, porque lhe falta a luz.11Depois destas palavras, ele acrescentou: Lázaro, nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo.12Disseram-lhe os seus discípulos: Senhor, se ele dorme, há de sarar.13Jesus, entretanto, falara da sua morte, mas eles pensavam que falasse do sono como tal.14Então Jesus lhes declarou abertamente: Lázaro morreu.15Alegro-me por vossa causa, por não ter estado lá, para que creiais. Mas vamos a ele.16A isso Tomé, chamado Dídimo, disse aos seus condiscípulos: Vamos também nós, para morrermos com ele.17Chegou pois Jesus, e já havia quatro dias que Lázaro estava no sepulcro.18Ora, Betânia distava de Jerusalém cerca de quinze estádios.19Muitos judeus tinham vindo a Marta e a Maria, para lhes apresentar condolências pela morte de seu irmão.20Mal soube Marta da vinda de Jesus, saiu-lhe ao encontro. Maria, porém, estava sentada em casa.21Marta disse a Jesus: Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido!22Mas sei também, agora, que tudo o que pedires a Deus, Deus to concederá.23Disse-lhe Jesus: Teu irmão ressurgirá.24Respondeu-lhe Marta: Sei que há de ressurgir na ressurreição no último dia.25Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.26E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá. Crês nisto?27Respondeu ela: Sim, Senhor. Eu creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, aquele que devia vir ao mundo.28A essas palavras, ela foi chamar sua irmã Maria, dizendo-lhe baixinho: O Mestre está aí e te chama.29Apenas ela o ouviu, levantou-se imediatamente e foi ao encontro dele.30(Pois Jesus não tinha chegado à aldeia, mas estava ainda naquele lugar onde Marta o tinha encontrado.)31Os judeus que estavam com ela em casa, em visita de pêsames, ao verem Maria levantar-se depressa e sair, seguiram-na, crendo que ela ia ao sepulcro para ali chorar.32Quando, porém, Maria chegou onde Jesus estava e o viu, lançou-se aos seus pés e disse-lhe: Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido!33Ao vê-la chorar assim, como também todos os judeus que a acompanhavam, Jesus ficou intensamente comovido em espírito. E, sob o impulso de profunda emoção,34perguntou: Onde o pusestes? Responderam-lhe: Senhor, vinde ver.35Jesus pôs-se a chorar.36Observaram por isso os judeus: Vede como ele o amava!37Mas alguns deles disseram: Não podia ele, que abriu os olhos do cego de nascença, fazer com que este não morresse?38Tomado, novamente, de profunda emoção, Jesus foi ao sepulcro. Era uma gruta, coberta por uma pedra.39Jesus ordenou: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, pois há quatro dias que ele está aí.40Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu: Se creres, verás a glória de Deus? Tiraram, pois, a pedra.41Levantando Jesus os olhos ao alto, disse: Pai, rendo-te graças, porque me ouviste.42Eu bem sei que sempre me ouves, mas falo assim por causa do povo que está em roda, para que creiam que tu me enviaste.43Depois destas palavras, exclamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!44E o morto saiu, tendo os pés e as mãos ligados com faixas, e o rosto coberto por um sudário. Ordenou então Jesus: Desligai-o e deixai-o ir.45Muitos dos judeus, que tinham vindo a Marta e Maria e viram o que Jesus fizera, creram nele.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor

Opcional

Anúncio do Evangelho (Jo 11,3-7.17.20-27.33b-45)
5º Domingo da Quaresma
Domingo 06/04/2014

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 3as irmãs de Lázaro mandaram dizer a Jesus: “Senhor, aquele que amas está doente”.
4Ouvindo isto, Jesus disse: “Esta doença não leva à morte; ela serve para a glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela”.
5Jesus era muito amigo de Marta, de sua irmã Maria e de Lázaro. 6Quando ouviu que este estava doente, Jesus ficou ainda dois dias no lugar onde se encontrava.7Então, disse aos discípulos: “Vamos de novo à Judéia”.
17Quando Jesus chegou, encontrou Lázaro sepultado havia quatro dias. 20Quando Marta soube que Jesus tinha chegado, foi ao encontro dele. Maria ficou sentada em casa. 21Então Marta disse a Jesus: “Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido. 22Mas mesmo assim, eu sei que o que pedires a Deus, ele te concederá”. 23Respondeu-lhe Jesus: “Teu irmão ressuscitará”. 24Disse Marta: “Eu sei que ele ressuscitará na ressurreição, no último dia”. 25Então Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, mesmo que morra, viverá. 26E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais. Crês isto?”27Respondeu ela: “Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo”.
33bJesus ficou profundamente comovido 34e perguntou: “Onde o colocastes?”
Responderam: “Vem ver, Senhor”. 35E Jesus chorou. 36Então os judeus disseram: “Vede como ele o amava!” 37Alguns deles, porém, diziam: “Este, que abriu os olhos ao cego, não podia também ter feito com que Lázaro não morresse?” 38De novo, Jesus ficou interiormente comovido. Chegou ao túmulo. Era uma caverna, fechada com uma pedra. 39Disse Jesus: “Tirai a pedra!”
Marta, a irmã do morto, interveio: “Senhor, já cheira mal. Está morto há quatro dias”. 40Jesus lhe respondeu: “Não te disse que, se creres, verás a glória de Deus?” 41Tiraram então a pedra. Jesus levantou os olhos para o alto e disse: “Pai, eu te dou graças porque me ouviste. 42Eu sei que sempre me escutas. Mas digo isto por causa do povo que me rodeia, para que creia que tu me enviaste”. 43Tendo dito isso, exclamou com voz forte: “Lázaro, vem para fora!”
44O morto saiu, atado de mãos e pés com os lençóis mortuários e o rosto coberto com um pano. Então Jesus lhes disse: “Desatai-o e deixai-o caminhar!”
45Então, muitos dos judeus que tinham ido à casa de Maria e viram o que Jesus fizera, creram nele.

Assista:



— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.

BOA SEMANA!!! - "DIGAM AOS DESANIMADOS: NÃO TENHAM MEDO; ANIME-SE, POIS O NOSSO DEUS ESTÁ AQUI." ISAÍAS 35:4

BOM DIA! - Faça do dia de hoje, um novo recomeço, deixe para ontem as coisas ruins e siga em frente, de cabeça erguida, pois sob o olhar dEle, você vencerá!

QUE SEU DOMINGO SEJA EMOCIONANTE!! VAMOS AGRADECER PELA SEMANA QUE PASSOU E... DESEJAR A TODOS UMA NOVA SEMANA MARAVILHOSA!!

Bem-Aventurada Pierina Morosini - 6 de abril


Bem-Aventurada Pierina Morosini

Neste dia lembramos com alegria a vida de Pierina Morosini que se tornou para nós exemplo de quem conseguiu alcançar a santidade no dia-a-dia. Mulher exemplar era operária, ativista da Ação Católica, doméstica, e muito engajada na paróquia e ação missionária.

São Celestino I, Papa - 06 de abril


São Celestino I, Papa

São Celestino I (Pontificado 422 a 432)

Comemoração litúrgica: 06 de abril.

Também nesta data:  São Xisto I, Papa; Santa Catarina de Pallanza e São Diógenes

A Igreja   comemora no dia  28 de julho, junto à  festa  de São Vitor I a  comemoração do Papa Celestino I, tendo sido o quadragésimo quarto Papa desde São Pedro.  O governo deste Papa em muito se  assemelha  ao Pontificado de São Xisto I, ou seja,  ambos combateram  novas doutrinas heréticas,  que punham em risco os preceitos da verdadeira fé.  Enquanto o Papa Xisto I,  na cátedra da Igreja primitiva (116 a 125),  combateu a  seita gnóstica,  São Celestino com a  mesma firmeza condenou ,  quase trezentos anos depois,  as heresias de Nestório e do pelagiano Celesto.

São Xisto I, Papa - 06 de abril


São Xisto I, Papa


Pontificado  - 116 a 125

Comemoração litúrgica: 06 de abril.

Também nesta data:   Celestino  I, Papa; Santa Catarina de Pallanza e São Diógenes

A Igreja  comemora no dia  06 de abril   a  festa  do Papa São Xisto I, sucessor  de  Santo Alexandre.  São Xisto era natural de Roma e nasceu no seio da família Elvidia.  Foi elevado ao trono pontifício em 155  e permaneceu governando a Igreja durante o reinado do imperador Adriano e de Antônio Pio.  Seguiu as obras implementadas e também idealizadas por seus predecessores, dando perfeita continuidade aos temas que tratavam da  organização e  estrutura eclesiástica.

Bem-aventurada Juliana de Liège - 06 de Abril


Juliana de Liège
Bem-aventurada
1192-1258
Juliana nasceu em 1192, em Retinne, próximo de Liège, província belga famosa por suas escolas. Aos cinco anos tornou-se órfã dos pais, passando a ser criada no mosteiro de Monte Cornillon. Ela estava decidida a fazer os votos de uma vida totalmente entregue a Deus e vestiu o hábito das agostinianas neste mesmo mosteiro em 1207. Suas virtudes e dons se evidenciavam e ela passou a descrever suas revelações, obtidas durante suas orações contemplativas.

São Marcelino - 6 de Abril



São Marcelino, exemplo de verdade e justiça

São Marcelino é exemplo para quem quer doar-se pela verdade e pela justiça
Ocupou um cargo eminente no Império Romano entre os séculos IV e V, tanto que o imperador Honório o enviou para a África, em Cartago, devido a uma confusão com os donatistas, que ensinavam que a eficácia dos sacramentos dependia da santidade dos ministros.

Santa Juliana de Cornillon - 05 de abril



Santa Juliana de Cornillon - Virgem



Comemoração litúrgica 05 de abril.

Também nesta dataS. Vicente Ferrer, S. Zeno e Santa Catarina Tomás

Santa Juliana nasceu no ano de  1193, numa aldeia denominada Retinne,  situada próxima à cidade de Liége, na Bélgica.   Conviveu pouco tempo com os pais, pois  ficou órfã com apenas  cinco anos de idade. Em decorrência disso,  Juliana e sua irmã Agnes, foram confiadas aos cuidados das irmãs agostinianas em Monte Cornillon, onde receberam  esmerada educação e viveram piedosamente.  Quando completou 14 anos de Idade, ingressou definitivamente na  comunidade  das irmãs agostinianas.

Bem-aventurado Mariano de La Mata Aparício - 05 de Abril


Mariano de La Mata Aparício
Bem-aventurado
1905-1983
Padre Mariano de la Mata Aparício nasceu em 31 de dezembro de de 1905 em Palência, norte da Espanha, de uma família profundamente cristã. Como seus três irmãos tinham ingressado na Ordem Agostiniana, ele também sentiu-se atraído para essa mesma vida sacerdotal.

Santa Irene - 05 de Abril


Santa Irene
+304
No século IV, época do imperador romano Diocleciano, considerado o mais sanguinário perseguidor dos cristãos, era proibido que as pessoas portassem ou guardassem escritos que pregassem o cristianismo. Todos os livros deviam ser entregues às autoridades para serem queimados. Irene, ainda jovem, junto com suas irmãs Ágape e Quilônia, pertenciam à uma família pagã da Tessalônica, Grécia, mas se converteram e possuíam vários livros da Sagrada Escritura, pois passaram a pregar o cristianismo.

Santa Maria Crescencia Hoss - 05 de Abril


Santa Maria Crescencia Hoss
1682-1744
Maria Crescencia Hoss nasceu numa família numerosa de humildes tecelões na cidade de Kaufbeuren, na Alemanha, no dia 20 de outubro de 1682. Seus pais eram católicos praticantes, mas não tinham condições de atender o desejo da filha, que era o de ingressar no mosteiro da Ordem Terceira das Franciscanas daquela cidade. Entretanto a ajuda financeira veio do prefeito protestante, sensível à vocação religiosa de Crescencia. Admitida pelas franciscanas em 1703, um ano depois recebia o hábito definitivo da Ordem Terceira.

São Vicente Ferrer - 5 de Abril



São Vicente Ferrer, homem de penitência, verdade e esperança

São Vicente Ferrer, pregava sobre a segunda vinda de Jesus
Nascido na Espanha em 1350, viveu em tempos difíceis pois, por influência política, havia um cisma na Igreja do Ocidente: por Cardeais foi declarada inválida a eleição de Urbano VI como Papa, e foi escolhido Roberto de Genebra que tomou o nome de Clemente VII. As coroas ibéricas procuraram manter-se neutras entre os dois Papas, mas o de Avinhão esforçou-se por conquistar a obediência delas e mandou como seu legado o Cardeal Pedro de Luna. Este procurou o apoio de Vicente, que lho deu em boa fé e escreveu um tratado sobre o cisma.

TENHA UM BELO DOMINGO!

BOA NOITE! - "Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade." Uma linda noite pra você.

São Caetano Catanoso - 04 de Abril


São Caetano Catanoso
1879-1963
Fundou a Congregação
das Irmãs Verônicas
da Sagrada Face
Caetano nasceu em Chorio de San Lorenzo, Itália, no dia 14 de fevereiro de 1879, numa família profundamente cristã. Com a idade de 10 anos, sentindo a vocação ao sacerdócio, entrou no Seminário Arquiepiscopal de Régio. Foi ordenado sacerdote em 20 de setembro de 1902. Naquele momento, manifestou publicamente o seu desejo de ser um ministro de Cristo digno, fervoroso e incansável.

Bem-aventurado Francisco Marto - 04 de Abril


Francisco Marto
Bem-aventurado
1908-1919
Francisco Marto nasceu em Aljustrel, aldeia de Fátima, na diocese de Leiria-Fátima, Portugal, no dia 11 de junho de 1908. Ainda pequeno acompanhou, com sua irmã Jacinta e sua prima Lúcia, também crianças, as aparições de Fátima, onde aprendeu a conhecer e a louvar a Deus e à Virgem Maria.

Santo Isidoro de Sevilha - 4 de Abril





O santo de hoje é resultado de uma família de santos, gente que buscou a vontade de Deus em tudo.

Santa Ágape, Santa Irene, Santa Quilônia - 03 de Abril

Santa-Irene

Santa Ágape, Santa Irene, Santa Quilônia

NascimentoNo séc. II
Local nascimentoMacedônia
OrdemLeigas
Local vidaMacedônia
EspiritualidadeAs três eram irmãs: denunciadas por levar Bíblias com elas, foram presas e levadas diante do governador da Macedônia, Dulcério. Submetidas a intenso interrogatório, confessaram sua fé e obediência a Deus .Sofreram o martírio por volta do ano 304, durante a perseguição de Diocleciano. Santa Irene havia escondido grande parte dos livros cristãos em sua casa. Depois, fugiu para as montanhas juntamente com Ágape e Quilônia. Ágape e Quilônia, porém foram encontradas e condenadas a morrer queimadas vivas. Santa Irene seria a última a passar por tal desumano sofrimento. Submetida a novo interrogatório, manteve-se firme em sua profissão de fé. Tirando-lhe a roupa, expuseram-na à vergonha pública. Também queimaram-na viva.
Local morteMacedônia
MorteNo ano de 304
Fonte informaçãoOs santos de cada dia
OraçãoDeus, nosso Pai, é o vosso espírito que dentro de nós dá testemunho de que somos vossos Filhos e que Jesus ressuscitado é o mesmo ontem, hoje e através dos séculos. Por isso rezamos: Espírito Santo, que reinais nos céus, sois nossa força! Espirito de verdade, presente em toda a parte, pleneficando o universo, tesouro de todos os bens e fonte de vida, vida habitar em nossos corações! Libertai-nos de toda a culpa e conduzi-nos, por vossa bondade, à salavção. Na força de vosso amor, uni todos os que crêem em Cristo! Santificai-os com fogo de vosso amor. Deus santo, Deus forte, Deus imortal, tende piedade de nós! Curai nossas feridas, por amor de vosso nome, e recebei-nos, enfim, no vosso Reino. Amém.
DevoçãoÀ propagação da palavra de Deus
PadroeiroDos perseguidos pela causa do Reino
Outros Santos do diaSão Xisto I, II e III (papas); São Ricardo; São Pancrácio (bispo); São Benigno. Evágrio, Santa Engrácia; Ulpiano, Urbico, Nicetas e Santa Burgundófora e Gandolfo de Binasco.
FONTE: ASJ