terça-feira, 16 de março de 2021

BOM DIA! BOA TARDE! BOA NOITE! Oração da noite, Oração da manhã e Oração do entardecer - Deus te abençoe!



Oração da Noite

Boa noite Pai.
Termina o dia e a ti entrego meu cansaço.
Obrigado por tudo e… perdão!!
Obrigado pela esperança que hoje animou meus passos, pela alegria que vi no rosto das crianças;
Obrigado pelo exemplo que recebi daquele meu irmão;
Obrigado também por isso que me fez sofrer…
Obrigado porque naquele momento de desânimo lembrei que tu és meu Pai; Obrigado pela luz, pela noite, pela brisa, pela comida, pelo meu desejo de superação…
Obrigado, Pai, porque me deste uma Mãe!
Perdão, também, Senhor!
Perdão por meu rosto carrancudo; Perdão porque não me lembrei que não sou filho único, mas irmão de muitos; Perdão, Pai, pela falta de colaboração e serviço e porque não evitei aquela lágrima, aquele desgosto; Perdão por ter guardado para mim tua mensagem de amor;
Perdão por não ter sabido hoje entregar-me e dizer: “sim”, como Maria.
Perdão por aqueles que deviam pedir-te perdão e não se decidem.
Perdoa-me, Pai, e abençoa os meus propósitos para o dia de amanhã, que ao despertar, me invada novo entusiasmo; que o dia de amanhã seja um ininterrupto “sim” vivido conscientemente.
Amém!!!

Oração da manhã

Bom-dia, Senhor Deus e Pai!
A ti, a nossa gratidão pela vida que desperta, pelo calor que
cria vida, pela luz que abre nossos olhos.
Nós te agradecemos por tudo que forma nossa vida, pela terra, pela água, pelo ar, pelas pessoas. Inspira-nos com teu Espírito Santo os pensamentos que vamos alimentar,as palavras que vamos dizer, os gestos que vamos dirigir,a comunicação que vamos realizar.
Abençoa as pessoas que nós encontramos, os alimentos que vamos ingerir.
Abençoa os passos que nós dermos, o trabalho que devemos fazer.
Abençoa, Senhor, as decisões que vamos tomar, a esperança que vamos promover,a paz que vamos semear,a fé que vamos viver, o amor que vamos partilhar.
Ajuda-nos, Senhor, a não fugir diante das dificuldades, mas a abraçar amor as pequenas cruzes deste dia.
Queremos estar contigo, Senhor, no início, durante e no fim deste dia.
Amém.

Oração do entardecer

Ó Deus!
Cai à tarde, a noite se aproxima.
Há neste instante, um chamado à elevação, à paz, à reflexão.
O dia passa e carregam os meus cuidados.
Quem fez, fez.
Também a minha existência material é um dia que se passa,
uma plantação que se faz, um caminho para algo superior.
Como fizeste a manhã, à tarde e a noite, com seus encantos,
fizeste também a mim, com os meus significados, meus resultados.
Aproxima de mim, Pai, a Tua paz para que usufrua desta
hora e tome seguras decisões para amanhã.
Que se ponha o sol no horizonte, mas que nasça
em mim o sol da renovação e da paz para sempre.
Obrigado, Deus, muito obrigado!
Amém!

Novena de São José – Oitavo Dia (DOS DIAS 10 DE MARÇO A 18 DE MARÇO) - FESTA: 19 DE MARÇO


Novena de São José – Oitavo Dia
(17 DE MARÇO)

Nota: Esta oração foi encontrada no quinquagésimo ano de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Em 1505 ela foi enviada pelo Papa ao Imperador Carlos quando ele estava indo para uma batalha.

Quem quer que leia esta oração ou a escute ou a mantenha junto de si jamais deverá morrer de morte repentina, ou ser afogado, nem mesmo veneno fará mal algum a eles; e muito menos cairão eles nas garras do inimigo, ou se queimarão em alguma chama ou serão mortos em batalha.

Oração Inicial

Oh! São José, cuja proteção é tão grande, tão forte, tão imediata diante do trono de Deus, coloco em vossas mãos todos os meus interesses e desejos.
Oh! São José, auxilie-me com sua poderosa intercessão, e obtenha para mim do seu divino Filho todas as bênçãos espirituais, por intermédio de Jesus Cristo, nosso Senhor, para que, tendo-me comprometido aqui, sob seu poder celestial, eu possa oferecer minhas graças e homenagens ao mais amável dos Pais.
Oh São José, jamais me canso de contemplar a ti e a Jesus a dormir em seus braços; Não me atrevo a me aproximar enquanto Ele repousa junto do teu coração. Abraçe-O em meu nome e beije-O ao meu último suspiro.

São José, Patrono das almas partidas; Rogai por mim.

Em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo. Amém e Amém.

Oh glorioso São José, fiel seguidor de Jesus Cristo, a ti elevamos nossos corações e nossas mãos para implorar vossa poderosa intercessão em obter do benigno coração de Jesus todos os auxílios e graças necessárias ao nosso bem-estar espiritual e carnal, particularmente pela graça de uma morte feliz e o especial favor que agora vos pedimos (mencionar pedido).
Oh! guardião dos encarnados do mundo, sentimo-nos animados e confiantes de que vossas orações em nosso favor serão graciosamente ouvidas ao trono de Deus.
Oh! glorioso São José, pelo amor que tendes por Jesus Cristo e pela glória do Seu nome, escutai as nossas orações e dai-nos o que pedimos. Amém.

Oitavo Dia

Oh! abençoado José, a quem foi concedido não apenas ver e ouvir o Deus que muitos reis ansiaram em ver e não viram; Ouvir e não ouviram; mas também carregá-Lo em vossos braços, abraçá-Lo, vesti-Lo, e guardar e defendê-Lo, vinde em nosso auxílio e intercedei junto a Ele para olhar favoravelmente nosso pedido (mencionar pedido). Amém.

Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai… São José, rogai por nós!

http://encontrocomcristo.com.br/novena-de-sao-jose-oitavo-dia/

Dias Anteriores

Tríduo de São José


Pelo sinal da santa cruz livrai-nos Deus de nossos inimigos.

V. Benditos e amados sejam os dulcíssimos nomes de Jesus, Maria e José.
R. Amém.
Oração Inicial para todos os dias

A Vos recorremos, bondoso Patriarca, e com todo o fervor de nosso afligido Coração vos pedimos que, deste trono de glória em que vos colocaram vossas virtudes e merecimentos, escuteis propicio nossas súplicas e tenhais piedade de nós.
Humildemente confessamos que nossas tribulações são penas de nossas culpas; por isso com dor de coração, pedimos a Deus perdão de todas elas.
Amoroso São José, pelo amor que professais a vosso Jesus e Maria e pela autoridade que sobre eles exercestes aqui na terra, intercede agora por nós no céu, escutando nossas petições e apresentando-as vos mesmo a vossa Esposa Imaculada e a vosso Divino Filho para que sejam favoravelmente ouvidas, para maior glória de Deus e santificação de nossas almas. Amém.
Castíssimo esposo da virgem Maria e amável protetor meu São José!, que jamais se ouviu dizer que alguém já tenha invocado vossa proteção e implorado vosso auxilio sem haver sido consolado. Cheio de confiança em vosso poder, já que exercestes com Jesus o cargo de Pai, venho a vossa presença e me encomendo a Vos com todo fervor. Não desprezeis minhas súplicas, antes bem, acolhei-as e dignai-vos atende-las piedosamente. Amém.

Oração Final para todos os dias

Gloriosíssimo Patriarca São José, castíssimo Esposo da Mãe de Deus;
Ao vosso amparo acudimos, não desprezais nossas súplicas e livrai-nos de todos os perigos.

V. Bendito Patriarca São José, rogai por nós.
R. Para que sejamos dignos da graça que imploramos.

Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus e Mãe nossa, uni vossos rogos aos de vosso castíssimo Esposo e pelos maternais cuidados que dedicastes ao Menino Jesus, intercedei e rogai por nós para que sejamos dignos de alcançar a graça que vos pedimos.
Sacratíssimo Coração de Jesus, ouvi benigno as súplicas de Maria, cheia de graça, e de José, varão justo, para que por sua intercessão logremos o favor solicitado, se for para a maior honra e glória vossa e bem de nossas almas.
Vos que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.

Primeiro Dia

Aqui nós estamos em vossa gloriosa presença, doce protetor nosso São José, implorando vosso eficaz patrocínio.
Dirige, oh Grande Santo, uma olhada amorosa sobre nós, miseráveis filhos de Eva, e alcança-nos com a graça que vos pedimos, as Virtudes da humildade, pureza e obediência, a honra de morrer assistidos por Jesus, por vossa Esposa e por vós, para o bendissermos e o louvarmos no céu eternamente. Amém.

Pede-se a graça que se deseja.
Rezar sete Pai-Nossos e Ave-Marias em memória de os sete dores e alegrias de São José.
Segundo Dia

Ao vossos pés nos prostramos com o mais humilde afeto, oh incomparável protetor nosso São José!, confiando em vosso eficaz patrocínio.
Dirige, oh grande Santo! Um olhar amoroso sobre nós, miseráveis pecadores filhos de Eva, e alcançai-nos a graça que vos pedimos juntamente com as três virtudes de: terna piedade, gratidão aos divinos benefícios e firme confiança em Deus, que tanto e com tanto fruto praticastes vós mesmo, a fim de que enriquecidos com elas, possamos expirar docemente nos braços de Jesus e Maria, e chegarmos depois em vossa companhia no céu, por toda a eternidade. Amém.

Pede-se a graça que se deseja.
Rezar sete Pai-Nosso e Ave-Marias em memória de os sete dores e alegrias de São José.
Terceiro Dia

Prostrados ante Vós, insigne protetor nosso São José, acudimos também hoje em demanda de vosso eficaz patrocínio.
Dirige,Oh grande Santo!, um olhar amoroso sobre nós, miseráveis filhos de Eva, e apresentai nossas súplicas ao Pai Eterno, cujas vezes fizestes na terra tutelando seu Divino Filho; Oferecidas também ao Espírito Santo, de quem fostes representante como Esposo de Maria; Apresentai-as, enfim, ao Filho para que sejam benignamente atendidas pela Santíssima Trindade, objeto de todo nosso amor, agora e sempre, por todos os séculos. Amém.

Pede-se a graça que se deseja.
Rezar sete Pai-Nossos e Ave-Marias em memória de os sete dores e alegrias de São José.
Fonte: Derradeiras Graças

LEITURA ORANTE DO DIA 16/03/2021



LEITURA ORANTE

Jo 5,1-16 - Levante-se e ande!


Entramos, neste momento, no nosso espaço sagrado de oração,
entrando em sintonia com o Espírito Santo
Vem Espírito de Deus,
ilumina-me.
Quero abrir-me
para acolher os desafios
que o Senhor vai me apresentar hoje.

Passo a passo, a caminho com Jesus,
estamos na  terça-feira, da 4ª Semana da quaresma
quando, hoje,  orientados por Jesus,
vamos aprender que nunca é tarde para Deus agir em nós.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Cremos, Senhor Jesus, que somos parte de seu Corpo.
Trindade Santíssima
- Pai, Filho, Espírito Santo -
presente e atuante na Igreja e na profundidade do nosso ser.
Nós vos adoramos, amamos e agradecemos.

Em silêncio e na solidão do nosso coração.
Respiramos suavemente, e olhamos
através da imaginação,
para dentro do nosso coração.
Repetimos, respirando:
“Senhor Jesus, tem piedade de nós".

Senhor, nós vos pedimos a graça desta semana, graça de
reconhecermos tantos dons recebidos de vós,
nosso Criador: a vida, a família, a natureza,...) 
e pela Redenção que nos ofereceu Jesus
(fé, a comunidade, a Casa Comum com seus pilares:
Palavra, Pão, Caridade e a Ação Missionária.)
Pedimos: dai-nos, Pai, um coração fiel,
um novo coração,
um coração que ame,
um coração humilde, aberto, bonito,
capaz, sincero, meigo
mas também sem medo,
um coração feliz, um coração em paz!


1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?
Encontre na sua Bíblia o texto de hoje: Jo 5,1-16. Nunca é tarde para Deus agir em nós.  O paralítico da grande piscina  de Betesda que o diga. 38 anos esperando um milagre é muito tempo. Vamos ler este acontecimento de forma pausada e atenta, Jo 5,1-16.
Depois disso, houve uma festa dos judeus, e Jesus foi até Jerusalém. Ali existe um tanque que tem cinco entradas e que fica perto do Portão das Ovelhas. Em hebraico esse tanque se chama "Betesda". Perto das entradas estavam deitados muitos doentes: cegos, aleijados e paralíticos. [Esperavam o movimento da água, porque de vez em quando um anjo do Senhor descia e agitava a água. O primeiro doente que entrava no tanque depois disso sarava de qualquer doença.] Entre eles havia um homem que era doente fazia trinta e oito anos. Jesus viu o homem deitado e, sabendo que fazia todo esse tempo que ele era doente, perguntou:
- Você quer ficar curado?
Ele respondeu:
- Senhor, eu não tenho ninguém para me pôr no tanque quando a água se mexe. Cada vez que eu tento entrar, outro doente entra antes de mim.
Então Jesus disse:
- Levante-se, pegue a sua cama e ande!
No mesmo instante, o homem ficou curado, pegou a cama e começou a andar. Isso aconteceu no sábado. Por isso os líderes judeus disseram a ele:
- Hoje é sábado, e a nossa Lei não permite que você carregue a sua cama neste dia.
Ele respondeu:
- O homem que me curou me disse: "Pegue a sua cama e ande."
Eles perguntaram:
- Quem é o homem que mandou você fazer isso?
Mas ele não sabia quem tinha sido, pois Jesus havia ido embora por causa da multidão que estava ali.
Mais tarde Jesus encontrou o homem no pátio do Templo e disse a ele:
- Escute! Você agora está curado. Não peque mais, para que não aconteça com você uma coisa ainda pior.
O homem saiu dali e foi dizer aos líderes judeus que quem o havia curado tinha sido Jesus. Então eles começaram a perseguir Jesus porque ele havia feito essa cura no sábado.
Então Jesus disse a eles:
- O meu Pai trabalha até agora, e eu também trabalho.
E, porque ele disse isso, os líderes judeus ficaram ainda com mais vontade de matá-lo. Pois, além de não obedecer à lei do sábado, ele afirmava que Deus era o seu próprio Pai, fazendo-se assim igual a Deus.
Refletindo
O texto apresenta o terceiro sinal de Jesus. O Evangelho de João fala de sete sinais. O texto de hoje, terceiro sinal, acontece durante uma festa dos judeus, com a cura de um paralítico.
O paralítico é símbolo do povo sem vida. O povo não está no templo, mas nos corredores, excluído da festa. Jesus está no meio do povo. Perto havia um tanque ou piscina com cinco entradas ou corredores que simbolizavam a Lei contida nos cinco primeiros livros da Bíblia (Pentateuco). No entanto, a Lei não produzia mais vida para o povo. Muitos doentes estavam ali, deitados, sem vida. O paralítico que Jesus vai curar é símbolo de todo povo paralisado pela falta de vida. O paralítico diz a Jesus: "não tenho ninguém", ou seja, falta solidariedade. As águas da piscina que se agitam simbolizam as falsas esperanças. Passam a imagem de um falso Deus, como se ele se lembrasse de vez em quando do povo. Esse não é o Deus de Jesus, nem a sua prática de vida. Deus é fiel sempre.
A insistência do paralítico é que ele sabia que Deus o ouvia, mas o bom Deus sabe o momento e o dia. Deus tem seu tempo.

2. Meditação (Caminho)
- O que a Palavra diz para nós?
Deus tem seu tempo.
Podemos nos perguntar tantas coisas.
Hoje detenho-me só num aspecto:
Como é o meu Deus?
Quem é Deus para mim?
Ocasional ou de alguns momentos apenas.
Ou é o Deus conosco, "todos os dias", como garante o próprio Jesus? ( Cf Mt 28,20).
Meditando
Veja o que disseram os bispos em Aparecida:
“Por assim dizer, Deus Pai sai de si, para nos chamar a participar de sua vida e de sua glória. Mediante Israel, povo que fez seu, Deus nos revela seu projeto de vida. Cada vez que Israel procurou e necessitou de seu Deus, sobretudo nas desgraças nacionais, teve uma singular experiência de comunhão com Ele, que o fazia partícipe de sua verdade, sua vida e sua santidade. Por isso, não demorou em testemunhar que seu Deus – diferentemente dos ídolos – é o “Deus vivo” (Dt 5,26) que o liberta dos opressores (cf. Ex 3,7-10), que perdoa incansavelmente (cf. Ecl 34,6; Eclo 2,11) e que restitui a salvação perdida quando o povo, envolvido “nas redes da morte” (Sl 116,3), dirige-se a Ele suplicante (Cf. Is 38,16). Deste Deus – que é seu Pai – Jesus afirmará que “não é um Deus de mortos, mas de vivos” (Mc 12,27). (DAp 129).

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra nos leva a dizer a Deus?
Há situações na vida que nos deixam atordoados, paralisados por algum tempo. Como este momento que estamos vivendo. Sentimo-nos como que distantes da vida e de Jesus. Parecemos pessoas paralisadas. Vamos deixar que o Senhor se aproxime de nós agora, como se aproximou do paralítico. Deixemos que ele nos diga: "Levante-se e ande".
Dizia Santo Oscar Romero, que hoje celebramos:
“Há um critério para saber se Deus está perto de nós ou se está longe: todo aquele que se preocupa com o faminto, com o maltrapilho, o pobre, o desaparecido, o torturado, o prisioneiro, com todos esses corpos que sofrem, está perto de Deus. “Chamarás o Senhor e Ele te escutará”. 

Vamos chamá-lo agora, rezando, com o Salmista (Sl 46):

Deus está conosco

1 Deus é o nosso refúgio  e a nossa força,
socorro que não falta em tempos de aflição.

2 Por isso, não teremos medo,
ainda que a terra seja abalada,
e as montanhas caiam
nas profundezas do oceano.

3 Não teremos medo, ainda que
os mares se agitem e rujam,
e os montes tremam violentamente.

5Deus vive nessa cidade,
e ela nunca será destruída;
de manhã bem cedo, Deus a ajudará.

6As nações ficam apavoradas,
e os reinos são abalados.

7O Senhor Todo-Poderoso
está do nosso lado.

4. Contemplação(Vida/ Missão)
- Qual o nosso novo olhar a partir da Palavra?
Nos momentos bons e também nos mais complicados tenhamos a certeza do salmista:
Deus está conosco O Senhor é minha força e refúgio. (Sl 46).
Confirmemos esta certeza com a bênção do nosso cardeal Dom Sérgio da Rocha:

Bênção
DO CARDEAL SÉRGIO DA ROCHA
Senhor, nosso Deus, concedei-nos nesta quaresma a graça da conversão e da reconciliação por meio da oração, da penitencia e da caridade. Dai-nos a graça de aprender convosco a  ser livres para amar, acolhendo a vida como dom e compromisso, valorizando e defendendo a vida, especialmente onde ela se encontra mais fragilizada e sofrida. Isto vos pedimos, em nome do Pai, e do Filho e do Espirito Santo. Amém.

Ir.Patricia Silva, fsp

HOMILIA - São tempos de perseguições! - Padre José Augusto (16/03/2021)


Canal do Youtube: Canção Nova Play

Publicado em 16 de mar. de 2021

Eis que estás curado, não voltes a pecar | (Jo 5, 1-16) #333​ - Meditação da Palavra - Frei Gilson



Publicado em 16 de mar. de 2021

Mãe Maria | Dom Walmor - 16/03/2021


Canal do Youtube: TV Horizonte

Publicado em 16 de mar. de 2021

Homilia Diária | Terça-feira da 4.ª Semana da Quaresma – Paralíticos de coração - Padre Paulo Ricardo


Canal do Youtube: Padre Paulo Ricardo

Publicado em 15 de mar. de 2021

A cura que Jesus realiza hoje no paralítico da piscina de Betesda é para nós um sinal da paralisia de nossos corações. O Senhor mesmo revela, nos trechos finais do Evangelho, que aquela doença física tinha origem não tanto numa condição física quanto num estado espiritual: “Vê, ficaste curado. Não peques mais, para que te não aconteça coisa pior”. Mais do que uma paralisia nas pernas, aquele homem sofria de uma paralisia na alma. Assista à homilia do Pe. Paulo Ricardo para esta terça-feira, dia 16 de março, e peçamos a Cristo que nos cure da preguiça espiritual que nos paralisa o coração.

HOMILIA DIÁRIA - (CANÇÃO NOVA) - Jo 5,1-16 - 16/03/2021


Sejamos o canal da cura para o próximo

“O doente respondeu: ‘Senhor, não tenho ninguém que me leve à piscina, quando a água é agitada. Quando estou chegando, outro entra na minha frente’. Jesus disse: ‘Levanta-te, pega tua cama e anda’” (João 5,7-8).


Essa piscina de Betesda tem um significado grande para aquele povo, porque era ali que os doentes, cegos, coxos e paralíticos depositavam, muitas vezes, a esperança de serem curados. Havia ali um poder místico e sobrenatural, havia uma crença de que o anjo descia naquelas águas e concedia uma força de cura, por isso muitos acorriam àquela piscina para serem purificados e, ao mesmo tempo, curados.
Muitos conseguiam a graça, porém, cada um por si, cada um corria atrás da sua cura, daquilo que precisava. É aquele velho ditado que colocamos na nossa cabeça: “Cada um por si e Deus por todos”.
Devemos ser todos por todos, porque Deus é para todos. O Pai é nosso e o Pão que Ele nos dá é para todos. Quem dera se deixássemos de lado esse nosso egoísmo, essa nossa visão individualista de vida, de nos preocuparmos somente conosco e o resto do mundo pouco importa.

Precisamos levar uns aos outros para o canal da bênção, da graça e da cura

Estamos enfrentando um drama terrível em toda a humanidade, a pandemia do Covid-19 que atinge a todos. Estamos procurando a cura, estamos procurando nos livrar desse mal, mas sempre escutamos as vozes egoístas: “O importante é que eu não peguei”, “O importante é que peguei, mas não tive nada”, “O importante é que meus sintomas foram leves”, “Que bom que na minha casa ninguém pegou”, “Eu peguei, mas graças a Deus sou forte e consegui ser curado”.
Muitas pessoas estão ficando para trás, estão morrendo, doentes, estão esquecidas, estão sofrendo. O egoísmo de muitos gera o sofrimento de tantos. É para esse homem do Evangelho de hoje que Jesus olha, porque fazia 38 anos que ele buscava ser curado, mas nunca conseguia porque todos passavam à sua frente e o deixavam para trás. “Senhor, não tem ninguém que me leve à piscina”, é um grito não só desespero, mas, ao mesmo tempo, de abandono. Que triste era a situação desse homem! Não tinha uma mão amiga, uma mão de irmãos, não tinha uma mão fraterna que o conduzisse às fontes de cura.
Que Jesus cure o nosso egoísmo, o nosso individualismo e a nossa soberba de pensarmos só em nós. Assim como esse homem foi levado por Jesus, precisamos levar uns aos outros para o canal da bênção, da graça e da cura. A começar em mim, que sejamos curados do nosso individualismo.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.