sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Ave Maria Gounod - Richard Clayderman

Consagração a Nossa Senhora


Consagração a Nossa Senhora
 (recitá-la diariamente) 
Ó Santa Mãe Dolorosa de Deus, ó Virgem Dulcíssima: eu vos ofereço meu coração para que o conserveis intacto, como Vosso Coração Imaculado. . Eu vos ofereço a minha inteligência, para que ela conceba apenas pensamentos de paz e bondade, de pureza e verdade. . Eu vos ofereço minha vontade, para que ela se mantenha viva e generosa ao serviço de Deus. . Eu vos ofereço meu trabalho, minhas dores, meus sofrimentos, minhas angústias, minhas tribulações e minhas lágrimas, no meu presente e no meu futuro para serem apresentadas por Vós a Vosso Divino Filho, para purificação de minha vida. . Mãe compassiva, eu me refugio em vosso Coração Imaculado, para acalmar as dolorosas palpitações de minhas tentações, de minha aridez, de minha indiferença e das minhas negligências. . Escutai-me, ó Mãe, guiai-me, sustentai-me e defendei-me contra todo perigo da alma e do corpo, agora e para toda a eternidade. . Assim seja.

Dia da semana: Sábado - Dedicado a - Nossa Senhora - Imaculado Coração de Maria

Sábado, dia dedicado a Nossa Senhora


"Que em cada um de vós haja a alma de Maria para
bendizer o Senhor; e em cada um de vós esteja o seu
espírito, para exultar em Deus!"
(Santo Ambrósio)


A Igreja dedica o Sábado a Nossa Senhora porque foi no 1° Sábado Santo que ela viveu sem Jesus, com Jesus morto.
Após o escurecer de Sexta-Feira Santa, quando a enorme pedra fechou a boca da sepultura, Maria passou a ficar sem Jesus, sem o amado Filho. 

FELIZ FINAL DE SEMANA! - Que os anjos te protejam!!!




BOM DIA! - OFERECIMENTO DAS OBRAS DO DIA


OFERECIMENTO DAS OBRAS DO DIA

Pai de bondade, ofereço-Te o meu dia, as minhas orações, os meus pensamentos, palavras, ações, alegrias e dificuldades, em união com Jesus, que se oferece todos os dias a Ti na Eucaristia, para a salvação do mundo.
Que o Espírito Santo, que guiou Jesus, seja a minha inspiração e a minha força neste dia, para que os outros experimentem em mim o Teu amor.
Rezo em particular pela intenção que o Santo Padre confia à Igreja neste mês e neste dia.
Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

SAGRADA FAMÍLIA - JESUS, MARIA E JOSÉ NOSSA FAMÍLIA VOSSA É! - UM ÓTIMO SÁBADO PRA VOCÊ E TODA SUA FAMÍLIA.

Podcast - Ouça a história do santo do dia

Podcast - Ouça a Homilia do Evangelho do dia

Podcast

Homilia do dia

Lucas 10,1-9

Homilia
Data
10/18/13
10/17/13
10/16/13

Podcast - Ouça o Evangelho do Dia

Podcast

Evangelho do dia

Lucas 10,1-9

Evangelho
Data
10/18/13
10/17/13
10/16/13

TERÇOS – VÍDEOS

TERÇO DA DIVINA PROVIDÊNCIA
 

TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO
 

TERÇO DA FÉ
 

TERÇO DO ESPÍRITO SANTO
 

TERÇO DA LIBERTAÇÃO CANTADO - JOÃO GREGÓRIO

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO


LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistérios Dolorosos - Terça-feira e Sexta-Feira.


Terço do Rosário: Mistérios Dolorosos




São Lucas - 18 de Outubro





Estamos em festa na liturgia da Igreja, pois lembramos a vida e o testemunho do evangelista São Lucas. Uma figura simpática do Cristianismo primitivo, homem de posição e qualidades, de formação literária e de profundo sentido artístico divino. Nasceu em Antioquia da Síria, médico de profissão foi convertido pelo apóstolo São Paulo, do qual se tornou inseparável e fiel companheiro de missão. Colaborador no apostolado, o grande apóstolo dos gentios em diversos lugares externa a alta consideração que tinha por Lucas, como portador de zelo e fidelidade no coração. Ambos fazem várias viagens apostólicas, tornando-se um dos primeiros missionários do mundo greco-romano. Tornou-se excepcional para a vida da Igreja por ter sido dócil ao Espírito Santo, que o capacitou com o carisma da inspiração e da vivência comunitária, resultando no Evangelho segundo Lucas e na primeira história da Igreja, conhecida como Atos dos Apóstolos. No Evangelho segundo Lucas, encontramos o Cristo, amor universal, que se revela a todos e chama Zaqueu, Maria Madalena, garante o Céu para o “bom” ladrão e conta as lindas parábolas do pai misericordioso e do bom samaritano. Nos Atos dos Apóstolos, que poderia também se chamar Atos do Espírito Santo, deparamos com a ascensão do Cristo, que promete o batismo no Espírito Santo, fato que se cumpre no dia de Pentecostes, e é inaugurada a Igreja, que desde então vem evangelizando com coragem, ousadia e amor incansável todos os povos.

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 18/10/2013

18 de Outubro de 2013

Ano C


Lc 10,1-9

Comentário do Evangelho

O conteúdo do anúncio é a proximidade do Reino de Deus.

Setenta ou setenta e dois, dependendo do manuscrito, é o número dos enviados. Baseando-nos em Gênesis 10, que diz ser setenta o número das nações que compõem a humanidade, podemos dizer que nossa perícope diz respeito à universalidade da missão da Igreja, enviada pelo seu Senhor, “a toda cidade e lugar para onde ele mesmo devia ir” (v. 1). Trata-se de colheita (v. 2), pois o agricultor é Deus (cf. Jo 15,1); é Deus quem faz a boa semente frutificar (cf. Mc 4,26-29). Para esta missão universal é que Jesus dá as orientações. O conteúdo do anúncio é a proximidade do Reino de Deus, anúncio que deve ser feito mesmo em situações adversas (cf. vv. 9.11). Como o discípulo não é maior que o Mestre, os discípulos enviados devem ter presente a possibilidade da hostilidade, resistência e rejeição da missão cristã: “Eis que eu vos envio como cordeiros para o meio de lobos” (v. 3; ver também: vv. 10-11). Mas não se paga o mal com o mal, por isso o discípulo é portador da paz, que é dom do Cristo Ressuscitado: “… dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’” (v. 5). Na rejeição, sacudir o pó da sandália (v. 11), isto é, não se deixar abater pelo fracasso, pois a segurança e a força do discípulo vêm do Senhor.


Vivendo a Palavra

O Pai nos escolhe hoje como discípulos, envia-nos para a Sua messe. Mas os operários continuam poucos. As recomendações são as mesmas: cuidado, com os lobos vorazes, não levemos bolsas, sacolas, nem dinheiro, mas estejamos encharcados da Paz de Cristo – para levá-la aos irmãos, oferecendo de graça o que de graça recebemos.

Reflexão

O Evangelho de hoje, reconhecidamente vocacional, nos traz frases chaves, que são essenciais para que a nossa missão tenha êxito: “pedi ao dono da messe”, ou seja, a prática da oração; “eis que vos envio”, porque agimos em nome de Jesus e na sua obra; “não leveis bolsa...” porque os valores materiais não dão garantia do sucesso do trabalho evangelizador; “dizei primeiro: ‘a paz...’”, porque devemos ser anunciadores do Evangelho da paz; “permanecei”, pois se não há comunhão, não pode haver evangelização; “curai os doentes”, ou seja, entregue-se à prática libertadora para que haja vida em abundância; “e dizei ao povo”, para que a Palavra seja anunciada, mas o anúncio seja acompanhado da prática evangélica.

Meditação



O que sua comunidade faz pelas vocações? - Existe realmente apoio aos que se dedicam a evangelizar? - Procura participar de promoções de cunho vocacional? - Sua presença é presença de paz? - Tem verdadeiro espírito missionário?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

REFLEXÕES DE HOJE


18 DE OUTUBRO - SEXTA


Liturgia comentada

Paz a esta casa! (Lc 10, 1-9)
Em toda a história da humanidade, nunca se fez ouvir tão forte o clamor pela Paz! Paz que é dom de Deus e nos foi gratuitamente oferecida na pessoa de Jesus Cristo, nossa Paz (cf. Ef 2, 14). Quando Jesus nasceu em Belém de Judá, o hino cantado pelos anjos e ouvido pelos pastores falava exatamente de paz: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados”. A presença do Filho de Deus entre os homens – muito mais que o arco-íris traçado no céu, após o dilúvio – era o sinal de que a paz estava ao nosso alcance. Fora reatada a nossa Aliança com Deus.
Passaram os séculos, a areia correu pela ampulheta e... estamos em guerra. Guerra econômica entre Norte e Sul, guerra política entre Islã e Ocidente, guerra afetiva entre marido e mulher. Os noticiários falam de ataques terroristas. As imagens da TV mostram sangue e mutilações. As páginas policiais registram o julgamento do jovem que matou os próprios pais. Onde foi que perdemos a paz?
Um dia, entrando na cidade, Jesus chorou sobre Jerusalém, a “Cidade da Paz” que ele tanto amava: “Ah! Se neste dia tivesses conhecido como encontrar a paz! Mas infelizmente isto ficou oculto aos teus olhos! [...] Não reconheceste o tempo em que foste visitada!” (Lc 19, 42.44.) O tempo tinha passado. A oportunidade fora perdida. Será que também nós iremos desperdiçar a “visitação” que Jesus Cristo nos faz?
No Evangelho de hoje, os discípulos são enviados dois a dois. De casa em casa, como portadores de uma mensagem bem específica. Ali chegando, devem anunciar: “Paz a esta casa!” Este voto de paz pode ser acolhido pelos moradores. Se for recusado, a paz recairá sobre o próprio discípulo.
Anunciar a paz: eis a nossa missão. Uma forma de paz que se traduz em serviço ao próximo (como fez Madre Teresa de Calcutá), em acolher os pequeninos (como fez Dom Bosco), em aproximar as Igrejas (como fez Ir. Roger Schutz, protestante), em curar os doentes (como fez o Dr. Albert Schweitzer, luterano), em recusar toda violência (como fez o Mahatma Gandhi, hindu), em dar a própria vida para defender os oprimidos (como fez Ir. Dorothy Stang).
Em suma, Jesus Cristo renova sempre sua promessa de paz. Nos últimos tempos, sua presença se fez sentir naqueles homens e mulheres de boa vontade que consagraram sua vida ao Evangelho. Podemos imitá-los?
Orai sem cessar: “Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz!”
Texto de  Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
santini@novaalianca.com.br
Coloque-se sob a direção do Espírito Santo
Como ocorre com a história de uma pessoa e de uma comunidade, a nossa história pessoal é mudada quando nós nos colocamos sob a direção do Espírito.
“Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos” (Lc 10,3).
Hoje nós temos a graça de celebrar o evangelista São Lucas, que era médico, doutor. É por esse motivo que, hoje, nós nos lembramos de todos os médicos, aqueles que exercem a sua profissão em favor da nossa saúde. Que Deus abençoe a cada um dos doutores, doutoras, homens e mulheres que se consagram a essa nobre profissão.
O evangelista Lucas foi um doutor que cuidou de muitas pessoas e, ao mesmo tempo, foi um médico de almas, foi discípulo do apóstolo Paulo e seguidor de Jesus Cristo, acima de tudo.
Lucas, uma vez que conheceu Jesus, procurou entrar nas nuances, nos momentos principais e íntimos da vida de Nosso Senhor Jesus Cristo. Lucas não escreveu apenas o seu Evangelho, mas também o Livro dos Atos dos Apóstolos.
Quando lemos qualquer coisa escrita pelo evangelista Lucas, temos que ter como chave da direção a Pessoa do Espírito. Na verdade, toda a obra dele, – tanto o Evangelho de Lucas como os Atos dos Apóstolos –, são a obra do Espírito Santo de Deus.
O evangelista preocupa-se em nos revelar como o Espírito Santo age na vida daquele que se coloca sob Sua dependência, sob Sua direção. Como ocorre com a história de uma pessoa e de uma comunidade, a nossa história pessoal é mudada quando nós nos colocamos sob a direção do Espírito.
Lucas deve ter tido uma proximidade muito grande com Maria, a Mãe de Jesus. Ele nos relata detalhes importantíssimos da infância de Jesus, os quais, seguramente, só a Virgem Maria conhecia, como o momento em que o anjo a visitou, a forma como se deu o diálogo entre o anjo Gabriel e ela, o nascimento de Jesus, a visita dos Pastores, o Cântico de Maria.
Enfim, Lucas é o evangelista da infância de Jesus. Depois, ele nos mostra como Jesus foi o homem conduzido pelo Espírito, como o Espírito Santo conduziu a vida d’Ele desde o momento em que Ele vence as tentações ao momento em que começa Sua missão pública, anunciando o Evangelho do Reino de Deus. É o Espírito quem O conduz quando Ele realiza as curas, os milagres e os prodígios de Deus no meio de nós.
É o Espírito quem socorre Jesus no momento da dor, da aflição, é o Espírito quem está com Jesus na hora da cruz, na hora da morte. E é esse mesmo Espírito que Jesus sopra e que O envia para junto do Pai, e para todos nós quando a Igreja nasce no Pentecostes.
Ao celebrarmos hoje o evangelista São Lucas, queremos pedir a ele que interceda por nós, para que também sejamos homens e mulheres do Espírito. Que nos deixemos conduzir por Aquele que conduz a história e muda a direção da vida dos homens.
Que o Espírito Santo venha em socorro da nossa pobreza e da nossa miséria!
Que Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
LEITURA ORANTE

Lc 10,1-9 - Partilhar a fé



Preparo-me para a Leitura Orante, rezando: 

Creio, meu Deus, que estou diante de Ti. 
Que me vês e escutas as minhas orações. 
Tu és tão grande e tão santo: eu te adoro. 
Tu me deste tudo: eu te agradeço. 
Foste tão ofendido por mim: 
eu te peço perdão de todo o coração.
Tu és tão misericordioso: 
eu te peço todas as graças 
que sabes serem necessárias para mim. 

1. Leitura (Verdade) 
O que diz o texto do dia?
 
Leio atentamente o texto: Lc 10,1-12.
Depois disso o Senhor escolheu mais setenta e dois dos seus seguidores e os enviou de dois em dois a fim de que fossem adiante dele para cada cidade e lugar aonde ele tinha de ir. Antes de os enviar, ele disse:
- A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, peçam ao dono da plantação que mande trabalhadores para fazerem a colheita. Vão! Eu estou mandando vocês como ovelhas para o meio de lobos. Não levem bolsa, nem sacola, nem sandálias. E não parem no caminho para cumprimentar ninguém. Quando entrarem numa casa, façam primeiro esta saudação: "Que a paz esteja nesta casa!" Se um homem de paz morar ali, deixem a saudação com ele; mas, se o homem não for de paz, retirem a saudação. Fiquem na mesma casa e comam e bebam o que lhes oferecerem, pois o trabalhador merece o seu salário. Não fiquem mudando de uma casa para outra.
- Quando entrarem numa cidade e forem bem recebidos, comam a comida que derem a vocês. Curem os doentes daquela cidade e digam ao povo dali: "O Reino de Deus chegou até vocês."

Jesus Mestre organiza a equipe de discípulos. Tem objetivo, conteúdo, estratégia e missão claros.
Equipe: setenta e dois discípulos. Setenta (setenta e dois) na tradição judaica significava o número dos povos do mundo. O número de setenta discípulos manifesta o objetivo de Jesus com relação à humanidade inteira. O novo Povo de Deus envolverá todos os povos da terra.

Objetivo: Atenção à vida das pessoas ("cura dos doentes") e anúncio do Reino de Deus.
Conteúdo: preparar a acolhida do Senhor (pré-missão).
Estratégia: oração, despojamento, ir ao encontro, visitar todas as casas, iniciando com saudação de paz.
Missão: a "colheita". Ou seja: formar o novo Povo de Deus.

2. Meditação (Caminho)
O que a Palavra diz para mim? 
Respondo aos apelos e convites de Jesus Mestre?
Atualizo a Palavra, ligando-a à minha vida. 
Faço parte do Novo Povo de Deus. Sou também convocado/a a ser discípulo/a missionário/a atento/a ao bem das pessoas e ao anúncio do Reino. Como disseram os bispos, em Aparecida:
 " Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor nos confiou ao nos chamar e nos escolher."(DAp 18). 
Qual o meu compromisso com a Igreja? Minha fé é dinâmica, comunicativa. Às vezes, tenho minha fé e compromissos adormecidos, sem expressão.
 

3. Oração (Vida)
 
O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
 
Em silêncio dou minha resposta de adesão ao Senhor que me convoca e envia e "peço ao dono da plantação que mande mais trabalhadores". E rezo:
 
Senhor, que a Messe não se perca por falta de operários. Desperta nossas comunidades para a Missão. 
Ensina nossa vida a ser serviço. 

4. Contemplação(Vida/Missão)
 
Qual o novo olhar que a Palavra despertou em mim?
Renovo meu compromisso de ir ao encontro das pessoas para lhes anunciar a paz. Disseram os bispos, em Aparecida: "Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado, podemos e queremos contemplar o mundo, a história, os nossos povos da América Latina e do Caribe, e cada um de seus habitantes".(DAp 18).

Bênção
 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, que nós saibamos acolher agradecidos os dons que recebemos de Tua Graça. Faze de nós sinais de Tua Presença e fontes perenes de Paz! Que o Amor preencha os recantos interiores do nosso ser e inunde os ambientes em que nos encontrarmos. Por Jesus, Teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA 18/10/2013




Tema do Dia

Festa de São Lucas, evangelista

Lucas era de Antioquia, Sírio pela raça, médico de profissão. Tornou-se discípulo dos apóstolos e mais tarde seguiu Paulo até o seu martírio. Profundo e cuidadoso pesquisador, sua obra abrange o terceiro Evangelho e o Livro dos Atos dos Apóstolos.

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Vermelho. São Lucas, Evangelista, Festa


Primeira Leitura (2Tm 4,10-17b)
São Lucas, evangelista
 Sexta-feira 18/10/13

Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo.

Caríssimo, 10Demas me abandonou por amor deste mundo, e foi para Tessalônica. Crescente foi para a Galácia, Tito para a Dalmácia. 11Só Lucas está comigo. Toma contigo Marcos e traze-o, porque me é
útil para o ministério. 12Mandei Tíquico a Éfeso. 13Quando vieres, traze contigo a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos.14Alexandre, o ferreiro, tem-me causado muito dano; o Senhor lhe pagará segundo as suas obras! 15Evita-o também tu, pois ele fez forte oposição às nossas palavras. 16Na minha primeira defesa, ninguém me assistiu; todos me abandonaram. Oxalá que não lhes seja levado em conta. 17Mas o Senhor esteve a meu lado e me deu forças, ele fez com que a mensagem fosse anunciada por mim integralmente, e ouvida por todas as nações.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 144)
São Lucas, evangelista
Sexta-feira 18/10/13

— Ó Senhor, vossos amigos anunciem vosso Reino glorioso!
— Ó Senhor, vossos amigos anunciem vosso Reino glorioso!

— Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, e os vossos santos com louvores vos bendigam! Narrem a glória e o esplendor do vosso reino e saibam proclamar vosso poder!
— Para espalhar vossos prodígios entre os homens e o fulgor de vosso reino esplendoroso. O vosso reino é um reino para sempre, vosso poder, de geração em geração.
— É justo o Senhor em seus caminhos, é Santo em toda obra que ele faz. Ele está perto da pessoa que o invoca, de todo aquele que o invoca lealmente.


Evangelho (Lc 10,1-9)
São Lucas, evangelista
Sexta-feira 18/10/13


A missão dos setenta e dois discípulos.


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo 1o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. 2E dizia-lhes: “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita.
3Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. 4Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! 5Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’ 6Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. 7Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. 8Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, 9curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: ‘o Reino de Deus está próximo de vós’”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém