quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Terço - Mistérios Dolorosos - Terça-feira e Sexta-Feira


Terço do Rosário: Mistérios Dolorosos





"Mediante o Rosário, o povo cristão aprende com Maria a contemplar a beleza do rosto de Cristo, e a experimentar a profundidade do seu amor."
São João Paulo II

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DOS DIAS 01/09/2016 A 03/09/2016


CLIQUE ABAIXO


LITURGIA DIÁRIA DOS DIAS 01/09/2016 A 03/09/2016


CLIQUE ABAIXO


Primeira sexta-feira do mês de Setembro - Consagração ao Sagrado Coração de Jesus


Eu …………,  Vos dou e consagro, ó Sagrado Coração de Jesus Cristo, minha vida,  minhas ações, penas e sofrimentos, para não querer mais servir-me de nenhuma parte de meu ser, senão para Vos honrar, amar e glorificar.
É esta a minha vontade irrevogável: ser todo Vosso e tudo fazer por Vosso amor, renunciando de todo o meu coração a tudo o quanto Vos possa desagradar.
Tomo-Vos, pois, ó Sagrado Coração, por único bem de meu amo, protetor de minha vida, segurança de minha salvação, remédio de minha fragilidade e de minha inconstância, reparador de todas as imperfeições de minha vida e meu asilo seguro na hora da morte.
Sede, o Coração de bondade, minhas justificação diante de Deus, Vosso Pai, para que desvie de mim Sua justa cólera.
Ó Coração de amor, deposito toda a minha confiança em Vós, pois tudo temo de minha malícia e de minha fraqueza, mas tudo espero de Vossa bondade!
Extingui em mim tudo o que possa desagradar-Vos ou que se oponha à Vossa vontade.
Seja o Vosso puro amor tão profundamente impresso em meu coração, que jamais possa eu esquecer-Vos nem separar-me de Vós.
Suplico, por todas as Vossas finezas, que meu nome seja escrito em Vosso Coração, pois quero fazer constituir toda a minha felicidade e toda a minha glória em viver e morrer como Vosso escravo. Amém. (Santa Margarida Maria)

Dia da semana: Sexta-feira - Dedicado a: Paixão de Cristo - Sagrado Coração de Jesus - Oh! Coração de Amor, eu ponho toda minha confiança em Vós. porque tudo temo de minha fraqueza, mas tudo espero de Vossa Bondade.

BOM DIA! Que o Senhor te abençoe e te guarde.

ÓTIMA SEXTA! BOM DIA! "Seja amado em todas partes o Sagrado Coração de Jesus."

BOA NOITE! - "Que as nações vos glorifiquem ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem." Sl 66

BOA TARDE!!! - "A beleza das pessoas está na capacidade de amar e de encontrar no próximo a continuidade de seu ser e também, em reconhecer que nessa vida você estará sempre precisando de alguém e sempre terá alguém precisando de você."

TERÇOS – VÍDEOS


Acesse:

1  Terço da Divina Providência  http://youtu.be/5mzUbLl_P48

2 - Terço de Cura e Libertação - http://youtu.be/TWmZ47JoC0I

3 - Terço da FÉ - http://youtu.be/-I1tuBSDtkU

4 - Terço do Espírito Santo - http://youtu.be/BJqMkwQsOeQ

5 - Terço da Libertação Cantado - http://youtu.be/9ofE4VoEZPU

6 - Terço da Sagrada Face de Nosso Senhor Jesus Cristo - http://youtu.be/dr_BtsQtRvo

7 - Terço de São Bento - http://youtu.be/p-iD6TySLmY

8 - TERÇO DE CURA E LIBERTAÇÃO (PADRE JOÃOZINHO) - http://youtu.be/hUuaQk1ydWw

TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEO - APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA





"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!


APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA


Para ser rezado nas contas do terço

No começo:


Pai nosso, que estais no céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

Creio em Deus Pai, todo poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espirito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna Amém.

Nas contas de Pai Nosso, dirás as seguintes palavras usando o terço de Maria:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

Nas contas de Ave Maria rezarás as seguintes palavras:

Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No fim, rezarás três vezes estas palavras:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro” 
(Diário, 476)

LITURGIA DAS HORAS - COMO REZAR? - CATÓLICO ORANTE (Liturgia das Horas)

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Oração desta Hora



LITURGIA DAS HORAS

A essência da Liturgia das Horas é a santificação das horas do dia do cristão, através das várias horas canônicas.

Laudes ou Oração da Manhã, que é uma oração de louvor dado a Deus pela vida recebida.

Hora média, que pode se desdobrar em mais três: tércia, próxima das 09h00, sexta, próxima do meio dia e noa, próxima das 15h00.

Vésperas ou Oração da Tarde, composta por dois Salmos e um hino do Novo Testamento. Recita-se nessa hora o Magnificat, que é o Cântico de Nossa Senhora.

Completas ou Oração da Noite, composta por um Salmo e o hino de Simeão.

REZE PELO SITE CATÓLICO ORANTE (Liturgia das Horas)


CLIQUE NO LINK ABAIXO
http://www.catolicoorante.com.br/liturgiah.php

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO - Como rezar o Ângelus






Como rezar o Ângelus:

1) O Anjo do Senhor anunciou a Maria
- E Ela concebeu pelo poder do Espírito Santo.
Ave Maria...

2) Eis aqui a serva do Senhor.

- Faça-se em Mim segundo a vossa palavra.
Ave Maria...

3) E o Verbo Divino se fez homem,

- e habitou entre nós.
Ave Maria...

4) Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,

- para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos: Derramai ó Deus, a Vossa graça em nossos corações, para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do Vosso filho, cheguemos por Sua Paixão e Cruz à glória da ressurreição. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.


Glória ao Pai... (repete-se 3 vezes)

Terço - Mistérios Luminosos - Quinta-Feira


Terço do Rosário: Mistérios Luminosos





"Mediante o Rosário, o povo cristão aprende com Maria a contemplar a beleza do rosto de Cristo, e a experimentar a profundidade do seu amor."
São João Paulo II

LEITURA ORANTE DO DIA 01/09/2016



LEITURA ORANTE

Lc 5,1-11 - Lançar as redes, em nome de Jesus


Saudação
- A nós todos que nos encontramos na web, a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando com São João Paulo II:
Vinde Espírito Santo /
e dai-nos o Dom da Sabedoria  /
para que possamos avaliar todas as coisas à luz do Evangelho /
e ler nos acontecimentos da vida os projetos de amor do Pai. /
Dai-nos o Entendimento / uma compreensão mais profunda da verdade /
a fim de anunciar a salvação com maior firmeza e convicção. /
Dai-nos o Dom do Conselho / que ilumina a nossa vida /
e orientai a nossa ação segundo vossa Divina Providência. /
Dai-nos o Dom da Fortaleza / e sustentai-nos no meio de tantas dificuldades /
com vossa coragem para que possamos anunciar o Evangelho. /
Dai-nos  o Dom da Ciência / para distinguir o Único necessário /
das coisas meramente importantes. /
Dai-nos Piedade / para reanimar sempre mais nossa íntima comunhão convosco.  /
e, finalmente,
dai-nos vosso santo Temor / para que, conscientes de nossas fragilidades, /
reconhecermos a força da vossa graça. /
Vinde Espírito Santo /e dai-nos um novo coração. Amém.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Lc 5,1-11, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Certo dia Jesus estava na praia do lago da Galileia, e a multidão se apertava em volta dele para ouvir a mensagem de Deus. Ele viu dois barcos no lago, perto da praia. Os pescadores tinham saído deles e estavam lavando as redes. Jesus entrou num dos barcos, o de Simão, e pediu que ele o afastasse um pouco da praia. Então sentou-se e começou a ensinar a multidão.
Quando acabou de falar, Jesus disse a Simão:
- Leve o barco para um lugar onde o lago é bem fundo. E então você e os seus companheiros joguem as redes para pescar.
Simão respondeu:
- Mestre, nós trabalhamos a noite toda e não pescamos nada. Mas, já que o senhor está mandando jogar as redes, eu vou obedecer.
Quando eles jogaram as redes na água, pescaram tanto peixe, que as redes estavam se rebentando. Então fizeram um sinal para os companheiros que estavam no outro barco a fim de que viessem ajudá-los. Eles foram e encheram os dois barcos com tanto peixe, que os barcos quase afundaram. Quando Simão Pedro viu o que havia acontecido, ajoelhou-se diante de Jesus e disse:
- Senhor, afaste-se de mim, pois eu sou um pecador!
Simão e os outros que estavam com ele ficaram admirados com a quantidade de peixes que haviam apanhado. Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram companheiros de Simão, também ficaram muito admirados. Então Jesus disse a Simão:
- Não tenha medo! De agora em diante você vai pescar gente.
Eles arrastaram os barcos para a praia, deixaram tudo e seguiram Jesus.
Refletindo
A partir de Lucas 5, o Mestre alarga seu campo de ação e para isto forma um grupo de colaboradores. Neste texto de hoje, temos a narração do primeiro chamado, diante da multidão que “se apertava em volta dele” para ouvir a Palavra de Deus. Jesus subiu no barco de Simão e dali, sentado, ensinava à multidão. No final, manda que Simão leve o barco para águas mais profundas e lá, ele e os companheiros joguem as redes. Simão explica que eles trabalharam a noite toda e nada pescaram. Mas, farão isto porque Jesus lhes pede. E assim fizeram. Como resultado, encheram dois barcos com tanto peixe que quase afundaram. A abundância da pesca pode simbolizar a expansão da Igreja. Simão Pedro experimenta, de um lado, seu fracasso, e de outro, o grande êxito por acreditar na Palavra de Jesus. Pescar é símbolo da missão. A presença e atuação de Jesus despertou em Simão o sentimento de pecador. Caiu aos pés dele e disse: “Sou um homem pecador!” Por isso, sente que Jesus, o Santo, deve se afastar dele. O Mestre faz-lhe, então,  o chamado para ser “pescador de gente”. O Evangelho termina com os apóstolos deixando tudo e seguindo Jesus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Quais outros textos este me recorda?
Qual palavra mais me toca o coração?
Jesus entra na barca de Pedro.
Entra também na minha "barca".
Qual é ela?
O Mestre vai ampliando o seu círculo de colaboradores. Em Lc 6,12-16, lemos a convocação dos doze apóstolos. No capítulo 10, escolhe 72 discípulos para, de cidade em cidade,  anunciarem o Reino de Deus. A Igreja continua convidando, convocando, enviando discípulos e missionários, “lançando as redes em águas mais profundas”.
Meditando
Disseram os bispos, em Aparecida:
"Nestes últimos tempos, Ele nos tem falado por meio de Jesus seu Filho (Hb 1,1ss), com quem chega a plenitude dos tempos (cf. Gl 4,4). Deus, que é Santo e nos ama, nos chama por meio de Jesus a ser santos (cf. Ef 1,4-5)." (DAp 130).
Como me encontro nesta missão? Tenho a missão de ser santo ou santa, qualquer que seja minha vocação: leiga, religiosa ou para o ministério sacerdotal.
Como vivo este chamado?

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo:
Jesus Mestre,
agradeço-vos pelas luzes que me destes nesta Leitura Orante.
Perdoai-me, pelos limites
que me impediram de fazê-la melhor.
Ofereço-vos a resolução que tomei
e que espero viver, com a vossa graça. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão) 
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Sentindo a presença de Deus na minha "barca".
Vou demonstrar pela vida que estou buscando o caminho da santidade, agindo sempre "em nome de Jesus".

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

I.Patricia Silva,fsp
patricia.silva@paulinas.com.br

Setembro - Mês da Bíblia


Tema: "Para que nele nossos povos tenham vida"
Lema: "Praticar a justiça, amar a misericórdia e caminhar

Miqueias é o livro indicado para o Mês da Bíblia de 2016. O tema "Para que nele nossos povos tenham vida" e o lema "Praticar a justiça, amar a misericórdia e caminhar com Deus" (cf. Mq 6,8), foram escolhidos pela Comissão Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com a colaboração do Serviço de Animação Bíblica (SAB/Paulinas), juntamente com outras instituições bíblicas.
Este subsídio é composto por quatro encontros, os quais são precedidos por um texto de aprofundamento, e uma celebração final. Tem como objetivo proporcionar aos grupos de reflexão e círculos bíblicos um encontro pessoal e comunitário com a Palavra, a partir do livro do profeta Miqueias.
O primeiro encontro reflete sobre a identidade do profeta, que é revelada a partir das respostas às perguntas: Quem profetiza? A quem se dirige? Qual mensagem anuncia? O texto que auxiliará o estudo é Mq 1,2-7.
No segundo encontro, no texto de Mq 3,1-12, Miqueias é apresentado como o profeta da justiça, que denuncia a opressão, confrontando-se com os falsos profetas e as autoridades políticas e religiosas da sua época.
O texto de Mq 7,8-9.18-20 permeia o terceiro encontro, apresentando como Miqueias lança um olhar de esperança, vivenciando a misericórdia em um contexto de injustiças e infidelidades.
O quarto encontro reflete sobre a perspectiva messiânica a partir de Mq 5,1-3. Texto importante para a tradição cristã, que relê essa profecia, aplicando-a a Jesus de Nazaré.
No final, há uma celebração de encerramento, fazendo memória do caminho percorrido nos quatro primeiros encontros.

Fonte: Paulinas
http://leituraorantedapalavra.blogspot.com.br/

HOMÍLIA DIÁRIA - Lc 5,1-11 - (CANÇÃO NOVA) - 01/09/2016


OUÇA E/OU LEIA AGORA A HOMÍLIA DIÁRIA

O desânimo tira a força do nosso coração

Às vezes, cansamo-nos no caminho, na caminhada; encontramo-nos, muitas vezes, desanimados, mas não é hora nem tempo para o desânimo
“Avança para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca” (Lucas 5, 4).


Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova


http://homilia.cancaonova.com/homilia/o-desanimo-tira-a-forca-do-nosso-coracao/

HOMÍLIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DOS DIAS 01/09/2016 A 03/09/2016

Ano C





1 de Setembro de 2016

Comentário do Evangelho


A missão = pescador de homens

Trata-se de um relato construído sobre o de Marcos (1,16-20), e bastante próximo do de João (21). A pesca é ocasião para o chamado de Simão Pedro e dos primeiros discípulos. Os episódios precedentes ao chamado criam um marco psicológico adequado para o chamado de Simão Pedro, o que fez com que o chamado e a resposta a ele não pareçam tão surpreendentes. Para Lucas (5,10), todos foram chamados juntos, sobre o lago, mediante um apelo dirigido exclusivamente a Pedro. A missão é expressa pela metáfora “pescador de homens” (v. 10)Trata-se de um símbolo de seu futuro êxito na sua conquista das pessoas para o Reino de Deus. Mas Simão Pedro não está só; ainda que seja o primeiro a receber o chamado, também outros “deixaram tudo e seguiram Jesus” (v. 11).
Carlos Alberto Contieri, sj
Oração
Pai, confirma minha vocação de pescador de pessoas humanas, e conduze-me para águas mais profundas onde se encontram os que mais carecem de meu amor.
Fonte: Paulinas em 05/09/2013

Vivendo a Palavra

A pesca rendeu muitos frutos porque Pedro lançou a rede em atenção à palavra de Jesus – e não mais baseado em sua longa experiência. Sigamos o seu exemplo, anunciando a chegada do Reino de Deus, não confiados na nossa competência, mas total e humildemente entregues à ação do Espírito Santo.
Fonte: Arquidiocese BH em 05/09/2013

Vivendo a Palavra

«Mestre, tentamos a noite inteira e não pescamos nada. Mas, em atenção à tua palavra, vou lançar as redes.» E a pesca aconteceu. O segredo descoberto pelos apóstolos às vezes é ignorado por nós: a pesca não resulta da nossa competência, mas tudo é dom de Deus! Anunciamos o Reino, esperando colher elogios pessoais para nossa vaidade...
http://www.arquidiocesebh.org.br/mdo/pg05.php

Reflexão

Um dos elementos mais importantes do cristianismo é a vida comunitária. Para quem é cristão, não existe lugar para o individualismo. Jesus nos mostra isso quando não realiza sozinho a sua missão, mas chama os apóstolos para participarem ativamente dela. Para o apostolado, Jesus não chama os melhores do ponto de vista da economia, da sociedade ou mesmo os mais santos; Jesus chama a todos, sem fazer qualquer tipo de distinção entre as pessoas. Assim, nos mostra que na atuação pastoral, devemos nos preocupar não simplesmente em fazer o trabalho, mas sim em envolver todas as pessoas, para que a atuação pastoral seja comunitária e revele este importante valor do Evangelho.
http://liturgiadiaria.cnbb.org.br/app/user/user/UserView.php?ano=2016&mes=9&dia=1

Meditação

Deus realiza muitos milagres em sua vida? - Qual é o modo mais frequente de Deus lhe falar? - Você tem medo diante dos desafios da vida? - Em que se apega? - Procura fazer sua parte avançando “para águas mais profundas” na vida?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R
Fonte: a12 - Santuário em 05/09/2013

Meditando o evangelho

VIDA MISSIONÁRIA

A cena da pesca milagrosa ilustra a vida missionária dos discípulos do Reino.
Tudo começou com um encontro fortuito com Jesus. Comprimido pelas multidões ansiosas para ouvir a Palavra de Deus, o Mestre pediu a Simão um favor: levá-lo em sua barca um pouco para dentro do lago de Genesaré, não muito longe da margem, para que pudesse falar às multidões. Seu pedido foi prontamente atendido.
Quando concluiu a pregação, deu a Simão uma ordem inesperada: conduzir o barco para águas mais profundas e lançar a rede. Simão tinha trabalhado, em vão, toda a noite, mas por obediência à ordem do Mestre, lançou novamente a rede. E disto resultou uma pesca espetacular. Entretanto, o fato mais notável foi Simão ter tido a chance de reconhecer Jesus como Messias. O espanto que se apoderou dele e de seus companheiros foi semelhante ao que, no Antigo Testamento, acontecia nas teofanias, quando pessoas achavam que iriam morrer, caso vissem a Deus.
Simão reconheceu em Jesus a manifestação da divindade. E Jesus exortou-o a não ter medo, pois sua vida havia sido transformada. Doravante, teria outra preocupação, não mais com peixes, mas com pessoas humanas.
Simão aceitou a tarefa de ser pescador de gente, e pôs a seguir Jesus. Começava para ele uma nova vida.
(O comentário do Evangelho abaixo é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado no Portal Dom Total - http://www.domtotal.com/religiao/eucaristia/liturgia_diaria.php)
Oração
Pai, confirma minha vocação de pescador de pessoas humanas, e conduze-me para águas mais profundas onde se encontram os que mais carecem de meu amor.
http://www.domtotal.com/religiao-meu-dia-com-deus.php?data=2016-09-01


2 de Setembro de 2016