sábado, 15 de março de 2014

TERÇOS – VÍDEOS


Acesse:

1 - Terço da Divina Providência - http://youtu.be/5mzUbLl_P48

2 - Terço de Cura e Libertação - http://youtu.be/TWmZ47JoC0I

3 - Terço da FÉ - http://youtu.be/-I1tuBSDtkU

4 - Terço do Espírito Santo - http://youtu.be/BJqMkwQsOeQ

5 - Terço da Libertação Cantado - http://youtu.be/9ofE4VoEZPU


TERÇO DA MISERICÓRDIA - VÍDEOS - APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA






"Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso".

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

APRENDA A REZAR O TERÇO DA MISERICÓRDIA



Para ser rezado nas contas do terço

No começo:

Pai nosso, que estais no céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

Creio em Deus Pai, todo poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espirito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna Amém.

Nas contas de Pai Nosso, dirás as seguintes palavras usando o terço de Maria:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

Nas contas de Ave Maria rezarás as seguintes palavras:

Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No fim, rezarás três vezes estas palavras:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro” 
(Diário, 476).

Oração do Angelus - Padre Antonello - VÍDEO - Como rezar o Ângelus






Como rezar o Ângelus:

1) O Anjo do Senhor anunciou a Maria
- E Ela concebeu pelo poder do Espírito Santo.
Ave Maria...

2) Eis aqui a serva do Senhor.
- Faça-se em Mim segundo a vossa palavra.
Ave Maria...

3) E o Verbo Divino se fez homem,
- e habitou entre nós.
Ave Maria...

4) Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,
- para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos: Derramai ó Deus, a Vossa graça em nossos corações, para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do Vosso filho, cheguemos por Sua Paixão e Cruz à glória da ressurreição. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

Glória ao Pai... (repete-se 3 vezes)

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistérios Gloriosos - Quarta-Feira e Domingo


Terço do Rosário: Mistérios Gloriosos





LEITURA ORANTE DA PALAVRA DE DEUS DOS DIAS 10/03/2014 a 17/03/2014

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

LEITURA ORANTE DOS DIAS 10/03/2014 a 17/03/2014

COMENTÁRIOS E REFLEXÕES DOS EVANGELHOS DOS DIAS 10/03/2014 a 17/03/2014

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 10/03/2014 a 17/03/2014

II Domingo da Quaresma (Ano A)


II Domingo da Quaresma (Ano A)

Leituras e subsídios para liturgia e homilia:

Confira as cifras do Salmo Dominical 32

Cifra Salmo 32- 16/03/2014

     A ————————–D ————-A/C#
—-Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça
—————-F———G———–A
—-pois, em vós, nós esperamos!
————  —F———G———–A
—-pois, em vós, nós esperamos!


———-Bm7————————-E4E
Pois reta é a palavra do Senhor,
——Bm7—————————E4  E
e tudo o que ele faz merece fé.
———–D                             A/C#    F#m7
Deus ama o direito e a justi………..ça,
———Bm                       D                     E4 E
transborda em toda a terra a sua graça.
Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem,
e que confiam esperando em seu amor,
para da morte libertar as suas vidas
e alimentá-los quando é tempo de penúria.
No Senhor nós esperamos confiantes,
porque ele é nosso auxílio e proteção!
Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,
da mesma forma que em vós nós esperamos


http://blog.cancaonova.com/cliquesom/cifra-salmo-32-16032014/

Baixe e Ouça o Salmo Dominical 32

Ouça e cante a melodia do Salmo 32
Com Cristiane Viana

O canal da música traz para você a sugestão de melodia para o Salmo 32, q
ue será entoado
na liturgia do 2º Domingo da Quaresma, dia 16 de março de 2014.

"— Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ venha a vossa salvação!"


Melodia: Cristiane Viana e Paulo de Jesus
Execução: Paulo de Jesus

A Quaresma nos prepara para a Páscoa; é oportunidade de rever nossa vida com relação a Deus e aos irmãos. A aliança com Deus nos compromete e nos leva a denunciar todo tipo de exploração e violência contra a vida, como faz a Campanha da Fraternidade deste ano. Vamos escutar Jesus, o Filho amado, que venceu a morte e nos devolveu a imortalidade. Nele, vivemos a fé e não há motivos para temermos. A fé é garantia de vida nele.
(Liturgia)

Assista:


http://www.cancaonova.com/cnova/ministerio/temp/inf_txt.php?id=2497

LITURGIA DIÁRIA 16/03/2014


Tema do Dia

2º Dom. Quaresma: «Senhor, é bom ficarmos aqui.»

Javé disse a Abrão: «Saia de sua terra, do meio de seus parentes e vá para a terra que eu lhe mostrarei. Eu farei de você um grande povo. Abençoarei os que abençoarem você e amaldiçoarei aqueles que o amaldiçoarem.». Abrão partiu. (Gn12,1-4ª)

Oração para antes de ler a Bíblia


Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Roxo. 2º Domingo Quaresma


Primeira Leitura (Gn 12,1-4a)
2º Domingo da Quaresma
Domingo 16/03/2014

Leitura do Livro do Gênesis:

1Naqueles dias, o Senhor disse a Abrão: “Sai da tua terra, da tua família e da casa do teu pai, e vai para a terra que eu te vou mostrar. 2Farei de ti um grande povo e te abençoarei; engrandecerei o teu nome, de modo que ele se torne uma bênção.3Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão abençoadas todas as famílias da terra!”.
4aE Abrão partiu, como o Senhor lhe havia dito.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Responsório (Sl 32)
2º Domingo da Quaresma
Domingo 16/03/2014


— Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ venha a vossa salvação!
— Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ venha a vossa salvação!

— Pois reta é a palavra do Senhor,/ e tudo o que ele faz merece fé./ Deus ama o direito e a justiça,/ transborda em toda a terra a sua graça.
— Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem,/ e que confiam esperando em seu amor,/ para da morte libertar as suas vidas/ e alimentá-los quando é tempo de penúria.
— No Senhor nós esperamos confiantes,/ porque ele é nosso auxílio e proteção!/ Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ da mesma forma que em vós nós esperamos!


Segunda Leitura (2Tm 1,8b-10)
2º Domingo da Quaresma
Domingo 16/03/2014

Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo:

Caríssimo: 8bSofre comigo pelo Evangelho, fortificado pelo poder de Deus.
9Deus nos salvou e nos chamou com uma vocação santa, não devido às nossas obras, mas em virtude do seu desígnio e da sua graça, que nos foi dada em Cristo Jesus, desde toda a eternidade.
10Esta graça foi revelada agora, pela manifestação de nosso Salvador, Jesus Cristo. Ele não só destruiu a morte, como também fez brilhar a vida e a imortalidade por meio do Evangelho.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.


Anúncio do Evangelho (Mt 17,1-9)
2º Domingo da Quaresma
Domingo 16/03/2014


O que sustenta nossa fé, é a graça da ressurreição do Senhor.

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 1Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e os levou a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. 2E foi transfigurado diante deles; o seu rosto brilhou como o sol e as suas roupas ficaram brancas como a luz. 3Nisto apareceram-lhe Moisés e Elias, conversando com Jesus.
4Então Pedro tomou a palavra e disse: “Senhor, é bom ficarmos aqui. Se queres, vou fazer aqui três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”. 5Pedro ainda estava falando, quando uma nuvem luminosa os cobriu com sua sombra. E da nuvem uma voz dizia: “Este é o meu Filho amado, no qual eu pus todo o meu agrado. Escutai-o!”
6Quando ouviram isto, os discípulos ficaram muito assustados e caíram com o rosto em terra. 7Jesus se aproximou, tocou neles e disse: “Levantai-vos e não tenhais medo”.
8Os discípulos ergueram os olhos e não viram mais ninguém, a não ser somente Jesus. 9Quando desciam da montanha, Jesus ordenou-lhes: “Não conteis a ninguém esta visão até que o Filho do Homem tenha ressuscitado dos mortos”.



— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém.

FELIZ INÍCIO DE SEMANA - ANTECIPAÇÃO... (PAULO ROBERTO GAEFKE)


:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

Não sofra antes da hora,
pare de tentar prever o futuro,
não espere respostas das cartomantes,
nem mesmo o "grande guru" vai te responder,
sobre o que só você pode mudar,
pois em tudo que colocares
verdadeira dedicação,
ainda que pareça perdido,
poderá ser recuperado.

Não se deixe levar pela correnteza,
mesmo na pior Tsunami, quem se manteve
na fé e na certeza de viver, sobreviveu,
então não serão essas pequenas
ondas que vão te abalar.

Olhe para o alto,
veja o céu que Deus te presenteou,
é um grande espelho onde se
reflete a gloria do Pai,
se esse mundo é apenas uma
fração do Universo,
que tamanho terá esse Deus que
o construiu?

Esse Deus que construiu o Universo,
é o mesmo que criou a sua vida,
e se em tudo vemos a perfeição,
não seria diferente em você.

Por isso:
na doença,
enxergue a saúde te revestindo,
na tristeza,
sinta a alegria de estar aqui,
na pobreza,
veja as possibilidades que se abrem,
na dor,
deixe-se envolver pelo "Espírito Consolador",
e diante do impossível,
use a fé que vê além do visível,
e o que não era, será,
o que não existia, existirá,
e o alivio para a alma será para sempre,
eterno como o Pai Criador,
como você mesmo,
eterno filho do amor.

PAZ E LUZ PARA TODOS VOCÊS!!!

-:¦:- E -:¦:-

Um Dia Abençoado para todos!!

:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

PESSOAS ESPECIAIS TEM EM SI A ESSÊNCIA DA AMIZADE, PARA PERFUMAR O MUNDO COM AMOR VERDADEIRO. PESSOAS ESPECIAIS SÃO DÁDIVAS DE DEUS, E VOCÊ É MUITO ESPECIAL PARA MIM!


BOM DIA! - EXISTEM PESSOAS QUE ESPALHAM LUZ POR ONDE PASSAM, TRAZEM PAZ, ALEGRIA E FORÇA NO OLHAR. NO CÉU RECEBEM NOME DE ANJO, AQUI CHAMAMOS DE AMIGOS.


BOM DOMINGO! - MUITOS SÃO OS PLANOS NO CORAÇÃO DO HOMEM, MAS O QUE PREVALECE É O PROPÓSITO DO SENHOR. PROV. 19,21

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 15/03/2014

15 de Março de 2014

ANO A


Mt 5,43-48

Comentário do Evangelho

Amar o inimigo é a atitude de quem se experimentou amado por Deus.

A exigência feita ao discípulo de superar a justiça dos escribas e fariseus, isto é, o modo de praticar a Lei, se explicita em seis antíteses (vv. 21-26; 27-30; 31-32; 33-37; 38-42; 43-48). Nosso texto de hoje é a sexta das antíteses. Trata-se de uma exigência primordial de toda a vida de fé e, em particular, da vida cristã: amar o semelhante, não importa quem seja nem o que ele fez. A exigência do amor ao próximo e ao inimigo é exigência da vida em Cristo. É a atitude de quem se experimentou amado por Deus, não obstante suas próprias faltas, e de quem tira para o seu relacionamento com os outros as consequências da misericórdia de Deus para com ele (ver: Mt 18,23-35). Essa é a atitude do misericordioso e do “fazedor de paz” (5,7.9), de quem sabe que o verdadeiro tesouro está em Deus e a sua recompensa nos bens futuros prometidos por Deus. O último versículo (v. 48) é a conclusão das seis antíteses. A perfeição consiste na superação do reducionismo legalista da Lei e na prática do amor fraterno que superam os laços afetivos. A perfeição de Deus consiste em que ele ama sem fazer acepção de pessoas. “Deus é amor” (1Jo 4,16).
Carlos Alberto Contieri, sj
Oração
Pai, faze-me teu imitador, e não me deixes cair na tentação de fazer acepção de pessoas. Que eu ame a todos, sem qualquer distinção.

Vivendo a Palavra

A prova de que o nosso coração está em paz – a Paz de Cristo – é sermos capazes de orar pelos que nos querem mal. Este talvez seja o degrau mais sublime da santidade, da pureza d’alma e da verdadeira alegria. Para alcançá-lo, precisamos ser humildes e conscientes da Presença do Senhor em nós

Reflexão

Um dos valores mais determinantes da nossa vida é a justiça, mas na maioria das vezes deixamos de lado a justiça de Deus para viver a justiça dos homens, fundamentada na troca de valores e não na gratuidade de quem de fato ama. Quem ama verdadeiramente reconhece que Deus é amor e tudo o que somos e temos vem dele, como prova desse amor gratuito. Assim, as nossas atitudes não podem ser determinadas pelas diferentes formas de comportamento das pessoas que nos rodeiam, mas pelo amor gratuito de Deus que deve fazer com que sejamos capazes de superar toda forma de vingança em nome da justiça e procurar dar a nossa contribuição para que o mundo seja cada vez melhor.

Recadinho


Você já presenciou alguém dizer que reza pelos que o perseguem? - Você consegue ser cordial com todos? - Procura se lembrar de que Deus é bom para com todos? - Você procura transmitir bondade em tudo? - Você age realmente com misericórdia?
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R

Comentário do Evangelho

O PAI, MODELO DE PERFEIÇÃO

A ordem de Jesus pode, à primeira vista, parecer exorbitante e inexeqüível. Quem será tão pretensioso a ponto de querer igualar-se, em perfeição, ao Pai? Não foi essa a tentação de Adão e Eva, no paraíso, quando ousaram querer ser como deuses, conhecedores de toda a ciência do bem e do mal? Conhecemos o resultado de um tal ousadia.
Urge entender, de maneira conveniente, o preceito de Jesus, para não tachá-lo de injusto. A ordem o Mestre desponta na vida do discípulo como um ideal, embora sabendo que jamais será alcançado. Com isso sentir-se-á impulsionado a progredir, sem se dar por satisfeito com as metas já alcançadas. Existe sempre a possibilidade de ir além e descobrir novas formas de manifestar o amor ao semelhante, de fazer-se servidor dos mais necessitados, de buscar construir comunhão e reconciliação entre todos os seres humanos, sem acepção de pessoas.
Agindo assim, o discípulo torna-se sacramento da perfeição divina na história humana. Seu modo de proceder funcionará como um alerta para quem ainda não se deu conta de quem é o Pai e do que ele exige de nós.
O discípulo deve recusar-se, peremptoriamente, a modelar o seu agir pelos esquemas mundanos, calcados no egoísmo. É o Pai que, no esplendor de sua perfeição, aparece como modelo a ser imitado.
Oração
Pai, que meu agir inspire-se na tua perfeição, de modo a rejeitar todos os esquemas egoístas que as paixões desordenadas querem me impor.
(O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado neste Portal a cada mês)
Oração
Convertei para vós, ó Pai, nossos corações, a fim de que, buscando sempre o único necessário e praticando as obras de caridade, nos dediquemos ao vosso culto. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

REFLEXÕES DE HOJE


HOMILIA
O AMOR PERFEITO
É assim que prefiro chamar o amor de Deus. Aquele que passa por cima do ódio que deveríamos sentir pelos nossos inimigos: Vocês ouviram o que foi dito: "Ame os seus amigos e odeie os seus inimigos." Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu. Nestas palavras de Jesus está a perfeição do amor.
Jesus hoje nos exorta longamente a que respondamos ao ódio com amor. Este texto, aparecendo nessa situação, ajuda-nos a compreender que Mateus vê no amor aos adversários a característica específica dos discípulos de Cristo.
As palavras de Jesus indicam duas maneiras de viver.
A primeira é a dos que se comportam sem referência a Deus e à sua Palavra. Esses agem em relação aos outros em função da maneira como eles os tratam, a sua reação é de fato uma reação. Dividem o mundo em dois grupos, os amigos e os que não são, e fazem prova de bondade só em relação aos que são bons para eles.
A segunda forma de viver não põe em primeiro lugar um grupo de homens, mas sim o próprio Deus. Deus, por seu lado, não reage de acordo com a maneira como o tratam; pelo contrário, «Ele é bom até para os ingratos e os maus» (Lucas 6,35).
Jesus chama assim a atenção para a característica essencial do nosso Deus. Fonte transbordante de bondade, Deus não se deixa condicionar pela maldade de quem está à sua frente. Mesmo esquecido, mesmo injuriado, Deus continua fiel a si próprio, só pode amar. Isto é verdadeiro desde a primeira hora. Diferentemente dos homens, Deus está sempre pronto a perdoar: «Os meus planos não são os vossos planos, os vossos caminhos não são os meus caminhos» (Isaías 55,7-8). O profeta Oseias, por seu lado, ouve o Senhor dizer-lhe: «Não desafogarei o furor da minha cólera… porque sou Deus e não um homem» (Oseias 11,9). Numa palavra, o nosso Deus é misericordioso (Êxodo 34,6; Salmo 86,15; 116,5 etc.), «não nos trata de acordo com os nossos pecados, nem nos castiga segundo as nossas culpas» (Salmo 103,10).
A grande novidade do Evangelho não é tanto o fato de que Deus é Fonte de bondade, mas que os homens podem e devem agir à imagem do seu Criador: «Sede misericordiosos, como o vosso Pai é misericordioso!» (Lucas 6,36). Através da vinda do seu Filho até nós, esta Fonte de bondade está agora acessível. Tornamo-nos, por nosso lado, «filhos do Altíssimo» (Lucas 6,35), seres capazes de responder ao mal com o bem, ao ódio com amor. Vivendo uma compaixão universal, perdoando aos que nos fazem mal, damos testemunho de que o Deus de misericórdia está no coração de um mundo marcado pela recusa do outro, pelo desprezo em relação àquele que é diferente.
Impossível para os humanos entregues às suas próprias forças, o amor pelos inimigos testemunha a atividade do próprio Deus no meio de nós. Nenhuma ordem exterior o torna possível. Só a presença, nos nossos corações, do amor divino em pessoa, o Espírito Santo, permite amar assim. Este amor é uma conseqüência direta do Pentecostes. Não é em vão que Estêvão, «cheio do Espírito Santo» termine com estas palavras: «Senhor, não lhes atribuas este pecado.» (Actos 7,60)
Como Jesus, o verdadeiro discípulo faz com que a luz do amor divino brilhe no país sombrio da violência como é o nosso Brasil.
Este amor, longe de ser um simples sentimento, reconcilia as oposições e cria uma comunidade fraterna a partir dos mais diversos homens e mulheres, da vida desta comunidade sai uma força de atração que pode agitar os corações. É este o amor que eu chamo de perfeito, o amor que perdoa até aqueles que nos pode tirar a vida.
Fonte Homilia Padre Bantu Mendonça Katchipwi Sayla
HOMILIA DIÁRIA
Que Deus nos ajude a amar o nosso próximo!
Não ame somente aqueles que o amam, não ame somente aquele que ama você, o amor é universal! O desafio do amor cristão é amar os inimigos e querer bem a quem não nos quer bem! 
”Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!”(Mateus 5, 44).


Na proposta de sermos seguidores de Nosso Senhor Jesus Cristo existe talvez uma das condições mais difíceis para se viver o amor a Deus, porque o amor a Deus, com o qual nós O amamos e damos o nosso coração para Ele, quer de nós também uma exigência: que amemos o nosso próximo.  E talvez queiramos entender que amar ao próximo é amar as pessoas de quem nós gostamos ou as pessoas que gostam de nós; fazer o bem a quem nos faz o bem, saudar a quem nos saúda, viver apenas com aquele grupo de amigos, rodeados com as pessoas que comungam dos nossos ideais. Mas isso não é nada de extraordinário, os que não conhecem a Deus, os que são pagãos fazem a mesma coisa e, algumas vezes, com uma intensidade maior.
O desafio do amor cristão é amar os inimigos e querer bem a quem não nos quer bem!Daí duas coisas importantes que o Senhor então nos ensina: não ame somente aqueles que o amam, não ame somente aquele que ama você, pois o amor é universal. Eu até costumo dizer: Nós não precisamos  gostar de todo o mundo, existem pessoas com as quais nós não nos damos bem e não comungamos da mesma forma de falar, de pensar e até vivem junto conosco, mas dá muito choque.
Não há problema nisso [em não gostarmos de todos], mas precisamos conviver com pessoas incompatíveis a nós e saber superar os rancores, os ressentimentos, a própria dificuldade de comportamento que temos com este ou com aquele. Não significa que nós gostemos de todos, mas o amor deve existir sim! Amar quer dizer querer bem, respeitar o outro; não é estar ali com aquela amizade o tempo inteiro com a pessoa. Não, mas é não querer o mal dela, mas fazer o bem quando for necessário a ela, e isso sim já é um amor cristão! Porque, algumas vezes, o nosso bem é reservado somente para as pessoas do nosso convívio e, convívio não quer dizer morar na mesma casa, convívio quer dizer que “con+viver”, que habita dentro do nosso coração. Aquelas pessoas a quem nós amamos muito é muito fácil amá-las, algumas vezes, não temos nem dificuldade para isso. No entanto, o amor cristão é um desafio!
Precisamos saudar a quem nos machucou, por vezes uma pessoa que até já conviveu conosco, que já compartilhou da nossa vida. Volto a dizer: Eu não preciso ser o grande amigo dela, mas eu posso querer muito bem a ela, evangelicamente falando. A melhor resposta que você pode dar a quem não o quer bem é a sua oração profunda e sincera. Ore por aqueles que não o querem bem, o seu coração será o primeiro beneficiado!
Que Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
LEITURA ORANTE

Mt 5,43-48 – Amar como Jesus



 
Preparo-me para a Leitura Orante, com o pedido de Raul Follereau:
Senhor, ensina-nos a não amar somente os que são nossos,
a não amar somente os que amamos.
Ensina-nos a pensar nos outros e a
amar, em primeiro lugar,
aqueles a quem ninguém ama.

1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?

Leio o texto do dia Mt 5
,43-48
- Vocês ouviram o que foi dito: "Ame os seus amigos e odeie os seus inimigos." Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu. Porque ele faz com que o sol brilhe sobre os bons e sobre os maus e dá chuvas tanto para os que fazem o bem como para os que fazem o mal. Se vocês amam somente aqueles que os amam, por que esperam que Deus lhes dê alguma recompensa? Até os cobradores de impostos amam as pessoas que os amam! Se vocês falam somente com os seus amigos, o que é que estão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso! Portanto, sejam perfeitos, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu.

A proposta de Jesus é de uma grande atualidade. O “olho por olho”, “dente por dente” dos pagãos ficou superado. Agora não se deve revidar ofensa, descontar agressões. No Novo Testamento o amor supera tudo isso. A novidade está em avançar: não apenas amar quem nos ama, mas amar aqueles que não nos amam e até aqueles que são nossos inimigos. O Pai é bom para com todos.

2. Meditação (Caminho)
- O que a Palavra diz para mim?
A Palavra me faz um convite a viver o amor como o viveu Jesus Cristo. Os bispos da América latina disseram: “A Igreja é comunhão no amor. Esta é sua essência através da qual é chamada a ser reconhecida como seguidora de Cristo e servidora da humanidade. O novo mandamento é o que une os discípulos entre si, reconhecendo-se como irmãos e irmãs, obedientes ao mesmo Mestre, membros unidos à mesma Cabeça e, por isso, chamados a cuidarem uns dos outros (1 Cor 13; Cl 3,12-14).”
(DAp 161).

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Faço minha a oração de Jesus, na cruz, pelos que o crucificavam:
“Pai, perdoai-os, pois não sabem o que fazem” (Lc 23,34).
Rezo com toda Igreja a Oração oficial da CF 2013
Pai santo, vosso Filho Jesus,
conduzido pelo Espírito
e obediente à vossa vontade,
aceitou a cruz como prova de amor à humanidade.
Convertei-nos e, nos desafios deste mundo,
tornai-nos missionários
a serviço da juventude.
Para anunciar o Evangelho como projeto de vida,
enviai-nos, Senhor;
para ser presença geradora de fraternidade,
enviai-nos, Senhor;
para ser profetas em tempo de mudança,
enviai-nos, Senhor;
para promover a sociedade da não violência,
enviai-nos, Senhor;
para salvar a quem perdeu a esperança,
enviai-nos, Senhor;
para...

4. Contemplação(Vida/ Missão)
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?

Hoje, vou procurar olhar as pessoas com o coração de Deus que faz nascer o sol para todos, sem distinção. Quero amar a todos porque todos são amados por Deus.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, ajuda-nos a trazer para nossa vida os ensinamentos de Jesus. Que eles não sejam para nós apenas idéias bonitas, mas normas de relação com os companheiros do caminho, com a natureza e contigo, Pai amado. Nós te pedimos pelo mesmo Cristo Jesus, que contigo reina na unidade do Espírito Santo.