segunda-feira, 21 de outubro de 2013

HOMÍLIA DIÁRIA, COMENTÁRIO E REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 22/10/2013

22 de Outubro de 2013

Ano C


Lc 12,35-38

Comentário do Evangelho

Apelo à vigilância e à disponibilidade.

Nosso texto está situado, como temos insistido, na parte central do evangelho segundo Lucas, à subida de Jesus para Jerusalém. Este caminho para o Pai é caracterizado por lições que Jesus dá aos seus discípulos. Estas lições têm força normativa, pois orientam o modo de viver a vocação cristã.
Nosso texto é um apelo à vigilância e à disponibilidade. Cingir-se (v. 35) é estar disponível, pronto para partir. O livro do Êxodo descreve desta maneira como deve ser comido o cordeiro pascal, imediatamente antes da saída do Egito, o país da escravidão: “Assim devereis comê-lo: com os rins cingidos, sandálias nos pés e vara na mão…” (Ex 12,11). “Lâmpadas acesas” (v. 35) é sinal de que a cena acontece de noite, numa provável alusão à Páscoa. Tal disponibilidade e vigilância, mantidas pela luz da Palavra de Deus, é o que é exigido do discípulo para esperar e acolher o Senhor que retorna de uma festa de casamento, símbolo do Reino de Deus. O interessante a ser observado é que o patrão, ao voltar da festa de casamento, age como servo: “... ele mesmo vai arregaçar sua veste, os fará sentar à mesa e passará para servi-los” (v. 37). O Cristo é o servo de todos (cf. Jo 13,13-15).
Carlos Alberto Contieri, sj
ORAÇÃO
Pai, somente em ti quero centrar as minhas opções mais profundas, para não permitir que o egoísmo tome conta do meu coração e me afaste de ti.

Vivendo a Palavra

Mais uma vez Jesus nos adverte para que estejamos vigilantes: com os rins cingidos e lâmpadas acesas, isto é, preparados para atender prontamente ao chamado do Senhor, que nos convocará em um tempo que não sabemos. Estar vigilante é viver o tampo presente, é fazer cuidadosamente aquilo que deve ser feito agora.

Reflexão

O verdadeiro discípulo de Jesus procura viver sempre um dos valores mais importantes que aparecem no Evangelho: o serviço. Ele sempre está pronto para servir o seu senhor que chega, pois vê o próprio Jesus que vem até ele na pessoa do pobre, do nu, do faminto, do injustiçado, do doente, do abandonado, do carente, enfim, de todos os que precisam de amor, de ajuda material, psicológica, afetiva ou espiritual. Esse discípulo não fala muito de amor e de Evangelho, porque sua vida é o grande discurso da vivência do amor evangélico. Este é o que está de rins cingidos e abre a porta do seu coração sempre que o Senhor chega e este é o feliz que será eternamente servido pelo Senhor.

Meditação


Diante da correria diária, deixamos a intimidade com Deus em segundo plano. A “regra beneditina” nos ensina: orar e trabalhar! Fazer da vida uma oração! Já descobriu seu lugar na comunidade paroquial? Sempre é tempo! Não fique em cima do “muro” da vida! Espere no Senhor, mas não de braços cruzados! Lembre-se da Última Ceia: até o Senhor serviu!
Padre Geraldo Rodrigues, C.Ss.R.

REFLEXÕES DE HOJE


22 DE OUTUBRO - TERÇA


Liturgia comentada

Se os achar vigilantes... (Lc 12, 35-38)
A vida do cristão é permanente espera e expectativa do Senhor, é por natureza um tempo de vigilância. Se os humildes pastores de Belém ouviram dos anjos o convite para a gruta, é que eles velavam durante aquela noite. Dorminhocos não ouvem convites...
Naturalmente, não se trata de uma vigília tensa, como soldados sitiados que temem um iminente ataque noturno. Muito ao contrário, trata-se daquela expectativa jubilosa de um povo que tem como certa a vinda do Senhor. Enquanto Ele não chega, a noiva ansiosa se atavia com flores de laranjeira. E os amigos do noivo afinam seus instrumentos. O maior da casa, o mordomo previdente, já terá encomendado o vinho capitoso.
Um de meus cânticos – Vigia esperando a aurora -, gravado duas vezes pelo Pe. Jonas Abib, fala exatamente do “vigia que espera pela aurora”. Imagem de cada fiel que se sente responsável pelo anúncio da Boa Nova. Hoje, ofereço esta letra para sua meditação:

Vigia esperando a aurora,
Qual noiva esperando o amor,
É assim que o servo espera
A vinda do seu Senhor!

1. Ao longe, um galo vai cantar seu canto,
O sol no céu vai levantar seu manto,
Mas na muralha eu estarei desperto,
Que já vem perto o Dia do Senhor.

2. A minha voz vai acordar meu povo,
Louvando a Deus, que faz o mundo novo.
Não vou ligar se a madrugada é fria,
Que um novo dia logo vai chegar...

3. Se é noite escura, acendo a minha tocha.
Dentro do peito, o Sol já desabrocha.
Filho da luz, não vou dormir: vigio.
Ao mundo frio vou levar o Amor!

Orai sem cessar: “Eu te estabeleci como sentinela para a Casa de Israel.” (Ez 33, 7)
Texto de  Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
santini@novaalianca.com.br
 Tenhamos vigilância e cuidado com nossas atitudes
Aquele que dirige a sua própria vida deve ter vigilância e cuidado com ela. Vigilância e cuidado com suas atitudes, e nunca agir de forma irresponsável.
“Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater” (Lc 12,36).
A Palavra de Deus, hoje para nós, é para que sejamos atentos, vigilantes, cuidadosos, responsáveis com a nossa própria vida, com as nossas próprias atitudes. Que não vivamos a vida de uma forma desordenada, desregrada, ou ainda, totalmente despreocupados como se o Senhor não fosse voltar, como se o dono da casa, o dono da vida, como se o dono da nossa existência, não fosse um dia nos chamar para prestar contas do que vivemos, do que fazemos, com esse maior dom que Ele nos deu, que é a nossa vida.
Estar “com os rins cingidos e com as lâmpadas acessas” é estarmos de pé, atentos. Essa atenção que devemos dar para a nossa vida, recebe o nome de “cuidado”. O cuidado, aqui, é sinônimo de delicadeza, responsabilidade. É cuidar de todos os nossos atos, não sermos insensatos, fazermos as coisas como se elas não tivessem consequências. Tudo aquilo que fazemos, traz uma consequência a curto ou a longo prazo para a nossa vida, para a vida dos outros e, muitas vezes, para a vida da própria humanidade. 
Às vezes, estamos aí vivendo coisas desastrosas na humanidade, entre nós, na nossa casa, na nossa vida, na própria família, porque não fomos atentos ou vigilantes nesta ou naquela circunstância. Porque fizemos a coisa de qualquer jeito! Você imagina um motorista dirigindo: está despreocupado na estrada, achando que pode fazer qualquer coisa. A sua falta de cuidado, de atenção ou de diligência, às vezes provoca um desastre de consequências horríveis para a vida de muitos. 
Aquele que dirige a sua própria vida deve ter vigilância e cuidado com ela. Vigilância e cuidado com seus atos e suas atitudes, e nunca agir de forma irresponsável. Ter atenção significa cuidar dos nossos atos,e sermos responsáveis pelas nossas atitudes.
Que Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.Facebook Twitter
LEITURA ORANTE

Lc 12,35-38 - Conservar as lamparinas acesas



Saudação 
- A todos nós que nos encontramos neste ambiente virtual,
a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Jesus Mestre, que dissestes:
"Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome,
eu aí estarei no meio deles",
ficai conosco,
aqui reunidos (pela grande rede da internet),
para melhor meditar
e comungar com a vossa Palavra.
  
1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na minha Bíblia, o texto: Lc 12,35-38, e observo o ensinamento de Jesus nesta parábola.
E Jesus disse ainda:
- Fiquem preparados para tudo: estejam com a roupa bem presa com o cinto e conservem as lamparinas acesas. Sejam como os empregados que esperam pelo patrão, que vai voltar da festa de casamento. Logo que ele bate na porta, os empregados vão abrir. Felizes aqueles empregados que o patrão encontra acordados e preparados! Eu afirmo a vocês que isto é verdade: o próprio patrão se preparará para servi-los, mandará que se sentem à mesa e ele mesmo os servirá. Eles serão felizes se o patrão os encontrar alertas, mesmo que chegue à meia-noite ou até mais tarde.

Jesus Mestre exorta à vigilância, a estar preparados. O israelita se cinge e prende a barra da túnica talar para caminhar, para trabalhar. Estar cingido é estar pronto, disponível. Conservar a lamparina acesa significa que a cena acontece à noite. O evangelista Lucas apresenta o patrão como alguém que foi convidado e volta da festa de casamento. E apresenta uma atitude inesperada. Ao retornar, a qualquer hora – meia noite ou depois - o patrão, encontrando os empregados acordados, vai servi-los à mesa. Duas vezes ele diz que os empregados serão “felizes”.Este banquete é figura do banquete do céu.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Entro em diálogo com o texto.
Reflito e atualizo.
O que o texto me diz no momento?
O bem-aventurado Alberione dizia que se sentiu “obrigado a se preparar para fazer alguma coisa por Deus e pelas pessoas do novo século”. Sou uma pessoa que sempre tem algo a aprender, uma pessoa que se prepara, atenta, vigilante, no sentido de estar sempre aguardando as manifestações de Deus, suas “chegadas”, sua “presença”, o “banquete” que me serve através de tantas formas: a Palavra, a Eucaristia, uma palavra amiga, um momento de oração e até, de provação?
Os bispos nos lembram: “O encontro com Cristo, graças à ação invisível do Espírito Santo, realiza-se na fé recebida e vivida na Igreja. Com as palavras do papa Bento XVI repetimos com certeza: “A Igreja é nossa casa! Esta é nossa casa” Na Igreja católica temos tudo o que é bom, tudo o que é motivo de segurança e de consolo! Quem aceita a Cristo: Caminho, Verdade e Vida, em sua totalidade, tem garantida a paz e a felicidade, nesta e na outra vida!” (DAp 146).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Oração ao Espírito Santo
Espírito Santo, que procede do Pai e do Filho,
tu estás em mim,
falas em mim,
rezas em mim,
ages em mim.
Ensina-me a fazer espaço à tua Palavra,
à tua oração,
à tua ação em mim
para que eu possa conhecer
o mistério da vontade do Pai.  Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Vou assumir uma atitude de prontidão e atenção às manifestações de Deus.

Bênção

- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Irmã Patrícia silva, fsp
Oração Final
Pai Santo, dá-nos a sabedoria de vivermos o dia de hoje. Que nós saibamos construir nesta terra os sinais do teu Reino de Amor, com as lições aprendidas do passado e direcionados pela esperança que nos vem do futuro. Pelo Cristo Jesus, teu Filho e nosso Irmão, que contigo reina na unidade do Espírito Santo.

LITURGIA DIÁRIA 22/10/2013




Tema do Dia

«Estejam com rins cingidos e lâmpadas acesas»

A Carta aos Romanos compara o pecado, que entrou no mundo através de um só homem – Adão –, com a graça de Deus. Onde foi grande o pecado, foi bem maior a graça, que reina para a Vida Eterna e chegou até nós por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Oração para antes de ler a Bíblia


 Meu Senhor e meu Pai! Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda
e acolha tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame
 e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por
 todas as criaturas. Fazei, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores
se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos
a vida eterna. Amém.

Verde. 3ª-feira da 29ª Semana Tempo Comum


Primeira Leitura (Rm 5,12.15b.17-19.20b-21)
29ª Semana Comum
Terça-feira 22/10/13

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 12o pecado entrou no mundo por um só homem. Através do pecado, entrou a morte. E a morte passou para todos os homens, porque todos pecaram. 15bA transgressão de um só levou a multidão humana à morte, mas foi de modo bem mais superior que a graça de Deus, ou seja, o dom gratuito concedido através de um só homem, Jesus Cristo, se derramou em abundância sobre todos.
17Por um só homem, pela falta de um só homem, a morte começou a reinar. Muito mais reinarão na vida, pela mediação de um só, Jesus Cristo, os que recebem o dom gratuito e superabundante da justiça.
18Como a falta de um só acarretou condenação para todos os homens, assim o ato de justiça de um só trouxe, para todos os homens, a justificação que dá a vida. 19Com efeito, como pela desobediência de um só homem a humanidade toda foi estabelecida numa situação de pecado, assim também, pela obediência de um só, toda a humanidade passará para uma situação de justiça.
20bPorém, onde se multiplicou o pecado, aí superabundou a graça. 21Enfim, como o pecado tem reinado pela morte, que a graça reine pela justiça, para a vida eterna, por Jesus Cristo, Senhor nosso.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.



Responsório (Sl 39)
29ª Semana Comum
Terça-feira 22/10/13

— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Sacrifício e oblação não qui­ses­tes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: “Eis que venho!”
— Sobre mim está escrito no livro: “Com prazer faço a vossa vontade, guardo em meu coração vossa lei!”
— Boas novas de vossa justiça anunciei numa grande assembleia; vós sabeis: não fechei os meus lábios!
— Mas se alegre e em vós rejubile todo ser que vos busca, Senhor!” Digam sempre: “É grande o Senhor!” os que buscam em vós seu auxílio.


Evangelho (Lc 12,35-38)
29ª Semana Comum
Terça-feira 22/10/13


Os empregados alertas

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 35Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas. 36Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater. 37Felizes os empregados que o senhor encontrar acordados quando chegar. Em verdade, eu vos digo: Ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa e, passando, os servirá. 38E caso ele chegue à meia-noite ou às três da madrugada, felizes serão, se assim os encontrar!

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Oração para depois de ler a Bíblia


Dou-Te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações
que me comunicastes nesta meditação; peço-Te ajuda para colocá-los  em prática.
Minha Mãe Imaculada, meu protetor São José e Anjo da minha guarda, intercedeis todos por mim. Amém

BOM DIA! - "A vida humana deve ser defendida "sempre", desde o ventre materno, reconhecendo nela um dom de Deus e uma "garantia do futuro da humanidade" " Papa Francisco

Feliz Terça-feira! Fica na Paz!

LITURGIA DAS HORAS

Clique no ícone abaixo
para acesso à Hora Canônica

Mensagens diárias prá vc

Terço - Mistério Gozosos - Segunda-Feira e Sábado


Terço do Rosário: Mistérios Gozosos




São Gaspar del Búfalo - 21 de Outubro

São Gaspar del Búfalo, Confessor
NascimentoNo ano de 1786
Local nascimentoRoma
OrdemFundador: Instituto dos Padres do Precioso Sangue
EspiritualidadeGaspar ficou conhecido principalmente por seu poder de pacificador. Jovem sacerdote, esteve durante cinco anos preso porque se recusou a prestar juramento de fidelidade a Napoleão Bonaparte. Pregou missões populares no centro da Itália, obtendo excelentes resultados. Na época, na periferia de Roma o banditismo era tenebroso. Com sua mansidão e sua palavra, Gaspar conseguiu amansar mesmo os bandidos mais terríveis. Os pobres chamavam-no de 'anjo da paz'. Quando ele faleceu, um outro santo, são Vicente Palloti, teve uma visão de sua alma luminosa subindo ao encontro de Cristo. O papa Pio XII canonizou-o em 1954, mas o povo o considerou santo ainda em vida: sua morte atraiu um grande número de peregrinos.
Local morteItália
MorteNo ano de 1837
DevoçãoFidelidade a Jesus Cristo, a pacificação
PadroeiroDa paz
Outros Santos do diaOutros santos do dia: Santa Úrsula e companheiras, Félix de Valois (fund.) Arquilino, Artêrmia e Isala (márts); Bertoldo (bispo); Celina, Eufrosina, Modesto, (márts); Severino (bispo); Hugo (ab); Malco (er); Hilárião (ab); Dásio, Zótico, Oliva, Caio (márts); Viator (bispo).
FONTE: ASJ

Santo Hilarião - 21 de Outubro

Santo Hilarião de Gaza abade
(291-371)
Os pais (pagãos) haviam-no mandado completar os estudos em Alexandria do Egito, onde Hilarião se converteu ao cristianismo, entusiasmado pela vida que levavam os monges, particularmente os eremitas, nas proximidades da cidade.

Santa Úrsula - 21 de Outubro





Úrsula nasceu no ano 362, filha dos reis da Cornúbia, na Inglaterra. A fama de sua beleza se espalhou e ela passou a ser desejada por vários pretendentes (embora Úrsula tenha feito um voto secreto de consagração total a Deus). Seu pai acabou aceitando a proposta de casamento feita pelo duque Conanus, um general de exército pagão, seu aliado.