quarta-feira, 7 de agosto de 2019

HOMILIA DIÁRIA - (CANÇÃO NOVA) - Lc 9,28b-36 - 07/08/2019


Jesus escuta o clamor do coração de cada mãe

“Eis que uma mulher cananeia, vindo daquela região, pôs-se a gritar: ‘Senhor, filho de Davi, tem piedade de mim: minha filha está cruelmente atormentada por um demônio!’” (Mateus 15,22).


O grito dessa mãe cananeia é o grito e o clamor de todas as mães, em todos os tempos e lugares da história humana, que estão reclamando “socorro” ao coração de Deus diante da realidade dos seus filhos.
Quando eu olho para o coração de cada mãe, eu vejo um semblante divino, e dentro desse semblante divino sempre um ar de cuidado, amor e preocupação para com seus filhos.
Cada mãe carrega, no coração, na bolsa que leva de um lado para outro, aquilo que tem de preocupação com seus filhos. Não é outra coisa que uma mãe deseja a não ser o bem de seus filhos.

Jesus escuta a sua prece e o seu clamor, e, junto com você, Ele quer socorrer e cuidar dos seus filhos mais do que nunca

É verdade que, no tempo em que nós estamos, não é simples, não é fácil criar os filhos. Eles são a maior bênção que Deus pode conceder a um casal, a um pai e uma mãe, mas é verdade que o mundo rouba os nossos filhos, tira-os de nós, tira os filhos de suas mães de diversos modos.
Às vezes, o próprio mundo entra com tanta facilidade dentro de casa! E os excessos que têm acontecido no uso de televisões e smartphones. O uso de mecanismos do mundo tem tirado os nossos filhos da nossa presença e os tem levado para o mundo.
À medida que vão crescendo, vão se deslumbrando com o mundo.
Nenhum pai, nenhuma mãe desejam perder seus filhos. O grito dessa mãe é para que o demônio pare de influenciar a sua filha, pare de atormentá-la, pare de tirá-la da sua família, porque aquilo é muito angustiante e triste para o coração daquela mãe. Ela chega a um ponto de desespero de não saber mais o que fazer.
Hoje, uno-me a todas as mães que rezam, pedem, suplicam e gritam ao coração de Deus em favor de seus filhos.
Mãe, Deus contigo. Ele está do seu lado. Ele sofre e alegra-se com você, mas o seu coração de mãe precisa escutar Deus todos os dias. Você precisa levar seus filhos para Deus, não importa a idade que eles estejam. Não podemos deixar que os demônios do mundo, ora de forma explícita, mas, muitas vezes, de forma implícita nos roube da presença do Senhor.
Quando você leva seus filhos para a igreja, não é para eles brincarem, mas para esterem na presença de Deus. Precisamos orar pelos nossos filhos, estar com eles. Deus escuta o clamor do seu coração de mãe, mas escute o clamor do coração de Deus, desde o ventre que você concebeu o seu filho, não deixe de consagrá-lo um dia sequer ao amor divino.
Jesus escuta a sua prece e o seu clamor, e junto com você quer, mais do que nunca, socorrer e cuidar dos seus filhos.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova


Nenhum comentário:

Postar um comentário