quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

HOMILIA DIÁRIA - (CANÇÃO NOVA) – Mc 1,29-39 - 11/01/2023


Peça a Jesus que cure o seu coração!

“A sogra de Simão estava de cama, com febre, e eles logo contaram a Jesus. E Ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu; e ela começou a servi-los” (Marcos 1,30-31).



A Palavra de Deus diz que a sogra de Pedro estava de cama, a tradução original (do grego) é: cair prostrado. Essa mulher estava prostrada, estava sem vida. E quantas situações podem significar essa condição enferma e de cama: depressão, uma cirurgia que você tenha passado, um acidente que você tenha sofrido, sessões intermináveis de quimioterapia podem ter colocado os filhos de Deus nessa situação, de cama, a estarem prostrados.
Alegra o teu coração, porque os discípulos logo contaram para Jesus — e como Ele foi rápido ao tomar conhecimento dessa situação. Certamente, acredito que Jesus vai tomar conhecimento da sua situação porque, agora, você também pode, por você mesmo, ou certamente por outras pessoas — que nós chamamos de intercessores —, dizer a Jesus da sua situação; e Ele vai tomar conhecimento do que você está vivendo.
A Palavra diz que “Ele se aproximou”. Jesus elimina as distâncias, Ele se faz presente na vida de quem sofre qualquer tipo de mal, qualquer enfermidade, por mais simples que ela se pareça. Porque a sogra de Pedro estava com uma febre, mas nada para Jesus é insignificante, qualquer coisa para Ele é importante.

Peça a Jesus que cure, em primeiro lugar, o seu coração; peça a Ele que te ensine a amar

“Segurou a sua mão”, as mãos que se encontram restabelecem a relação; tira aquela mulher da solidão, daquela prostração e tristeza. Podemos enxergar nisso um grande significado da misericórdia de Deus.
Como é bom segurar na mão de alguém no momento de dor e de dificuldade; quando nós passamos por uma tribulação, uma mão amiga é muito importante. E essa mão amiga é a mão de Deus também. Jesus estendeu a Sua mão, ajudou a levantar-se; o mesmo verbo para falar da ressurreição de Jesus, aquela mulher assume o novo modo de viver, aquela mulher é ressuscitada, e diz a Palavra que a febre desapareceu.
Como eu disse, parecia uma cura insignificante — uma febre —, mas para Jesus você é importante. O que você vive e o que você passa importa para Jesus.
Então, vimos o último passo da cura, qual foi? O serviço. Aquela mulher colocou-se a serviço dos discípulos, e não era um mero serviço, na verdade, era uma configuração a Cristo; porque Ele veio não para ser servido, mas para servir. E a verdadeira cura acontece quando nós passamos a nos colocar à disposição das pessoas, quando nos tornamos servos.
De que adiantaria uma cura física na nossa vida, se não fosse para amar e para servir os outros? Então, você que está passando hoje por uma enfermidade, por uma situação assim, você que se encontra acamado, numa situação difícil, peça a Jesus que cure, em primeiro lugar, o seu coração, peça a Ele que te ensine a amar, porque o movimento do amor vai também levantar você dessa situação.
Sobre todos vós, desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!
Padre Donizete Ferreira
Sacerdote da Comunidade Canção Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário