sexta-feira, 30 de julho de 2021

HOMILIA DIÁRIA - (CANÇÃO NOVA) - Jo 11,19-27 - 29/07/2021


Saibamos valorizar os verdadeiros amigos

“Muitos judeus tinham vindo à casa de Marta e Maria para as consolar por causa do irmão” (João 11,19).


A Igreja nos dá a graça de celebrarmos, hoje, a festa dos irmãos Lázaro, Marta e Maria. É interessante, porque essa memória, até então, era somente de Santa Marta, mas foi o Papa Francisco quem uniu numa só festa, numa só celebração, os três irmãos. Esses irmãos eram tão unidos, eles viviam praticamente na mesma casa – apesar de Lázaro ter a sua casa. Ele era tão próximo de suas irmãs, Marta e Maria, que entre eles há um testemunho de amor e cuidado de um para com o outro.
É para nós o exemplo da convivência fraterna, de que irmão cuida de irmão, de que irmão se importa com o irmão, e de que irmão dá a vida pelo irmão. É Marta e Maria que estão desconsoladas pelo irmão que perderam (Lázaro).
Aqui tem uma coisa importante: os três irmãos serviam a Jesus, amavam a Jesus, eram amigos de Jesus. Ele fazia questão de passar em Betânia para ir à casa dos Seus amigos. Betânia é a casa dos amigos de Jesus. Marta, Maria e Lázaro são os amigos de Jesus. Só quem sabe o que é ter amigos sabe valorizar verdadeiramente a amizade. Muitas pessoas conheciam Jesus, muitas pessoas até O seguiam, mas não eram amigas d’Ele. Porque nem todo mundo que é próximo a nós é nosso amigo.
Não é que amigo precisa ser algo seletivo, mas precisa ser bem escolhido; amigo é coisa realmente do peito, do coração; e nós contamos nos dedos das nossas mãos quem são nossos amigos.

Só quem sabe o que é ter amigos, sabe valorizar verdadeiramente a amizade

Jesus tinha os apóstolos, os discípulos e toda uma multidão, era muito bem conhecido pelo bem que fazia a tantos, mas amigos, além dos três discípulos que eram próximos (Pedro, Tiago e João), estão os irmãos Marta, Maria e Lázaro.
Todos nós podemos ser amigos de Jesus à medida que O acolhemos primeiro, que O amamos e somos autênticos com Ele.
Muitas vezes, não sabemos ser amigos nem uns dos outros, quanto mais sermos amigos de Deus. E uma vez que também não sabemos ser amigos de Deus, nós também não sabemos ser amigos uns dos outros.
Amigo é aquele que goza da nossa intimidade, do nosso respeito e da nossa consideração. Amigo é, muitas vezes, mais do que irmão. Tem irmão que é amigo e tem irmão que não é tão amigo, mas tem amigo que é um verdadeiro irmão para o nosso coração.
Que aprendamos com os irmãos Marta, Maria e Lázaro, que foram os amigos de Jesus, a termos poucos amigos, mas verdadeiros e autênticos. Só pelos amigos soltamos as lágrimas mais profundas do nosso coração. Muitas pessoas morreram na época de Jesus, mas Ele não chorou tanto e não soltou o Seu coração como quando morreu seu amigo, seu irmão Lázaro. Amigo é unido, é parte de você.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário