quarta-feira, 25 de abril de 2018

São Marcos Evangelista - 25 de Abril




São Marcos Evangelista, fez um lindo trabalho missionário

São Marcos Evangelista, ficou conhecido por ter sido agraciado com o carisma da vivência comunitária
Celebramos com muita alegria a vida de santidade de um dos quatro Evangelistas: São Marcos. Era judeu de origem e de uma família tão cristã que sempre acolheu aos primeiros cristãos em sua casa: "Ele se orientou e dirigiu-se para a casa de Maria, mãe de João, chamado Marcos; estava lá uma numerosíssima assembléia a orar" (Atos 12,12).
A tradição nos leva a crer que na casa de São Marcos teria acontecido a Santa Ceia celebrada por Jesus, assim como dia de Pentecostes, onde "inaugurou" a Igreja Católica. Encontramos na Bíblia que o santo de hoje acompanhou inicialmente São Barnabé e São Paulo em viagens apostólicas, e depois São Pedro em Roma.
São Marcos na Igreja primitiva fez um lindo trabalho missionário, que não teve fim diante da prisão e morte dos amigos São Pedro e São Paulo. Por isso, evangelizou no poder do Espírito Alexandria, Egito e Chipre, lugar onde fundou comunidades. Ficou conhecido principalmente por ter sido agraciado com o carisma da inspiração e vivência comunitária, que deram origem ao Evangelho querigmático de Jesus Cristo segundo Marcos.
O evangelho de são Marcos é o mais curto se comparado aos demais, mas traz uma visão toda especial, de quem conviveu e acompanhou a paixão de Jesus quando era ainda criança.
Ele pregou quando seus apóstolos se espalhavam pelo mundo, transmitindo para o papel, principalmente, as pregações de são Pedro, embora tenha sido também assistente de são Paulo e são Barnabé, de quem era sobrinho.
Marcos, ou João Marcos, era judeu, da tribo de Levi, filho de Maria de Jerusalém, e, segundo os historiadores, teria sido batizado pelo próprio são Pedro, fazendo parte de uma das primeiras famílias cristãs de Jerusalém. Ainda menino, viu sua casa tornar-se um ponto de encontro e reunião dos apóstolos e cristãos primitivos. Foi na sua casa, aliás, que Cristo celebrou a última ceia, quando instituiu a eucaristia, e foi nela, também, que os apóstolos receberam a visita do Espírito Santo, após a ressurreição.
Mais tarde, Marcos acompanhou são Pedro a Roma, quando o jovem começou, então, a preparar o segundo evangelho. Nessa piedosa cidade, prestou serviço também a são Paulo, em sua primeira prisão. Tanto que, quando foi preso pela segunda vez, Paulo escreveu a Timóteo e pediu que este trouxesse seu colaborador, no caso, Marcos, a Roma, para ajudá-lo no apostolado.
Ele escreveu o Evangelho a pedido dos fiéis romanos e segundo os ensinamentos que possuía de são Pedro, em pessoa. O qual, além de aprová-lo, ordenou sua leitura nas igrejas.
Seu relato começa pela missão de João Batista, cuja "voz clama no deserto". Daí ser representado com um leão aos seus pés, porque o leão, um dos animais símbolos da visão do profeta Ezequiel, faz estremecer o deserto com seus rugidos.
Levando seu Evangelho, partiu para sua missão apostólica. Diz a tradição que são Marcos, depois da morte de são Pedro e são Paulo, ainda viajou para pregar no Chipre, na Ásia Menor e no Egito, especialmente na Alexandria, onde fundou uma das igrejas que mais floresceram.
Ainda segundo a tradição, ele foi martirizado no dia da Páscoa, enquanto celebrava o santo sacrifício da missa. Mais tarde, as suas relíquias foram trasladadas pelos mercadores italianos para Veneza, cidade que é sua guardiã e que tomou são Marcos como padroeiro desde o ano 828.
Fonte: Paulinas em 2014

São Marcos (evangelista)


Hoje a Igreja comemora São Marcos ou João Marcos, autor do Evangelho Segundo Marcos e amigo de São Pedro e São Paulo apóstolos, mencionado nas Epístolas do Novo Testamento, que recebeu também o nome de Evangelista, que fugiu nu quando Cristo foi preso em Getsêmani. Era filho de uma mulher de Jerusalém de nome Maria e primo de São Barnabé.
São Marcos participou da primeira viagem missionária realizada por São Paulo, mas não permaneceu até o fim dela, tendo voltado sozinho para Perga.
Santo Irineu, Tertuliano, Clemente de Alexandria atribuiem decididamente a Marcos, discípulo e intérprete de São Pedro, o segundo Evangelho. E segundo os críticos modernos, o evangelho de Marcos foi escrito por volta dos anos 60/70, e dirigido aos cristãos de Roma.
Também acredita-se que ele tenha sido o primeiro bispo de Alexandria, mas para este episódio existem poucas provas documentais. A popularidade de São Marcos em Veneza é muito grande onde tem uma igreja denominada São Marcos.
Fonte: Catolicanet em 2014

São Marcos
Nascimento - No séc. I

Local nascimento - Jerusalém

Ordem - Apostolo evangelista

Local vida - Babilônia

Espiritualidade - São Marcos ou João Marcos, dirigiu-se à casa de Maria, a mãe de João Marcos (Atos dos Apóstolos 12,12ss.). Era primo de Barnabé (Colossenses 4,10). Discípulo de São Paulo, esteve ao seu lado quando ficou preso em Roma: "Saúdam-vos Aristarco, meu companheiro de prisão, e Marcos, primo de Barnabé, a respeito de quem já vos dei instruções: se ele aparecer por aí, recebei-o" (Colossenses 4,10s.). Foi também discípulo de São Pedro: Santo Irineu, Tertuliano, Clemente de Alexandria atribuem decididamente a Marcos, discípulo e intérprete de São Pedro, o segundo Evangelho. E segundo os críticos modernos, o evangelho de Marcos foi escrito por volta dos anos 60/70, e dirigido aos cristãos de Roma. O apóstolo marcos nos legou de uma forma muito especial as curas de Jesus, a vitória sobre os demônios, as tramas para prenderem Jesus, o mistério pascal, cumprindo de forma santa, sua vocação cristã.

Local morte - Alexandria

Fonte informação - Santo nosso de cada dia, rogai por nós

Oração - Deus, nosso Pai, por meio de São Marcos quisestes que o anúncio do Evangelho chegasse até nós, para que, movidos pelo vosso Espírito , proclamássemos pela fé que Jesus é o Filho de Deus, o Ungido do Pai, nosso Redentor, nosso Libertador e nosso Irmão. Por ele temos a remissão de nossos pecados, e na sua humanidade o homem foi elevado. Libertai, Senhor, o nosso coração para que o nosso pensar e agir nos aproximem daquele que disse: O que sai do homem, é isso que o torna impuro. Com efeito, é de dentro, do coração dos homens que saem as intenções desmedidas, maldades, malícia, devassidão, inveja, difamação, arrogância, insensatez. Todas essas coisas más saem de dentro do homem e o tornam impuro.

Devoção - À narrativa da vida de Jesus

Padroeiro - De Veneza e dos vidraceiros

Outros Santos do dia - N. Sra de Cororomoto (padroeira da Venezuela); Hermínio e Estevão (bispos) Filão e Agatópode (diac); Hermógenes, Calixta e Evódio (mártires); Aninao (conf); Uma, Tersa Ansúrez.

Fonte: ASJ em 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário