sexta-feira, 20 de abril de 2018

HOMÍLIA DIÁRIA - (CANÇÃO NOVA) - Jo 6,52-59 - 20/04/2018


O Sangue de Cristo purifica a nossa vida

O sangue de Jesus não só nos purifica dos nossos pecados, mas fortifica a nossa vida para que tenhamos fé, sentido e direção

“Em verdade, em verdade vos digo, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós” (João 6,53).


Precisamos e queremos ter a vida, mas para tê-la é preciso que a vida eterna de Deus entre em nós. Não negligenciemos a comunhão com Deus, não negligenciemos o Corpo e o Sangue do Senhor (…) e queiramos a vida no sentido mais pleno, no sentindo mais glorioso, a glória eterna.
A glória é contemplar Deus para sempre, mas a glória começa quando vivemos a comunhão com Ele. Talvez tenha sido duro para os judeus compreenderem o significado disso.
Fomos acostumados a comer a carne dos animais: do frango, do peixe; a carne bovina; mas todas elas são apenas um alimento que nos sacia (…), mas quando pensamos na Carne do Filho de Deus, devemos pensar na vida que nela está, que viveu a santidade, na Carne que viveu a vida plena de Deus no meio de nós.
É algo muito divino, muito sublime, pois por meio dessa Carne, o Eterno entra no nosso ser corporal, mortal, inflamado de pecados, de erros, de incoerências, mas quando permitimos que a Carne de Cristo entre em nós, Ele nos transfigura, nos transforma, e a nossa vida assume outro sentido.
Não podemos esperar estarmos plenamente santos para recebermos a Carne do Senhor, pelo contrário, a nossa fraqueza tem de ser do Senhor. A nossa carne para ser santificada, precisa da Carne do Senhor; o nosso corpo precisa do Corpo do Senhor. Por isso, é preciso ter fome da Eucaristia, precisamos fazer do Corpo do Senhor o alimento da nossa vida, precisamos mergulhar n’Ele, tomar consciência de que Ele nos santifica da ponta dos pés até o fios do nosso cabelo. Quando vivemos essa comunhão, Ele santifica os nossos pensamentos e sentimentos.
O Sangue de Cristo é o símbolo maior da vida; o Sangue vertendo é a vida que perece. O Sangue que recebemos é a vida que ganhamos como dom do Alto. A vida nunca mais nos será tirada quando nos saciamos do Sangue do Senhor. O Sangue de Jesus não só nos purifica dos nossos pecados, como também, fortifica a nossa vida para que tenhamos fé, sentido e direção.
Que sejamos tomados pela presença do Corpo e Sangue do Senhor, que santificam o nosso corpo e a nossa vida.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário