quarta-feira, 7 de maio de 2014

Santa Flávia Domitila - 7 de Maio







Santa Flávia Domitila, socorria os pobres

Santa Flávia socorria os pobres e cuidava do enterro dos mártires
Era esposa do governador romano chamado Flávio Clemente, pertencente à família dos flavianos.
Os imperadores Vespaziano, Tito e Domiciano pertenciam também a esta família. Os dois primeiros não aplicaram o edito de Nero, que tornava cada cristão um criminoso, mas Domiciano sim. Com interesses econômicos e de impostos, oprimia judeus e cristãos.
Flávia, cujo marido permitia que ela vivesse a fé, vivia a caridade. Socorria os pobres, cuidava do enterro dos mártires. Porém, seu esposo foi assassinado por Domiciano, que não admitia ter uma cristã em sua família. Ele então desterrou Flávia para uma ilha, onde sofreu muitos maus tratos e foi martirizada.
Peçamos a intercessão da santa de hoje, para que o nosso testemunho seja atual na fé e expresso na caridade.
Santa Flávia Domitila, rogai por nós!
http://santo.cancaonova.com/santo/santa-flavia-domitila-socorria-os-pobres/

Santa Flávia Domitila


Santa Flávia Domitila
Século I
Há muito mais tradições envolvendo a existência de Flávia Domitila do que documentos históricos comprovados. Seu nome e santidade tanto se espalharam, nos primeiros tempos do cristianismo, que sua vida se mesclou a essas tradições pela transmissão dos próprios fiéis que fixaram o seu culto.
Flávia Domitila teria sido convertida ao cristianismo por dois eunucos. Enquanto ela se preparava para o casamento com o filho de um cônsul, Nereu e Aquiles lhe falaram sobre Cristo e a beleza da virgindade, "irmã dos Anjos". Ela teria abandonado o casamento e se convertido imediatamente.
Contudo o próprio imperador, inconformado, tentou vencer a recusa pelo compromisso da jovem com uma tarde dançante em sua homenagem. A morte repentina do próprio noivo aconteceu em meio às danças. Segundo a tradição, Flávia Domitila morreu queimada num incêndio criminoso que destruiu sua casa, sendo provocado por um irmão do noivo.
Mas o que existe de real sobre a vida de santa Flávia Domitila é que ela era uma nobre dama romana, esposa do cônsul Flávio Clemente e sobrinha do imperador Vespasiano, pai de Domiciano. Esses dados foram encontrados em uma inscrição da época, conservada na basílica dos santos Nereu e Aquiles, que também morreram decapitados pelo testemunho em Cristo.
No primeiro século, ela enfrentou a ira da corte por não esconder sua fé em Cristo. Banida do convívio social, foi depois julgada e condenada ao exílio, sendo deportada para a ilha de Ponza.
Sua morte aconteceu de forma lenta, cruel e dolorosa, numa ilha abandonada, sem as menores condições de sobrevivência, conforme escreveu sobre ela são Jerônimo.
Santa Flávia Domitila
NascimentoNo séc. I
Local nascimentoRoma
OrdemLeiga consagrada
Local vidaItália
EspiritualidadeVirgem e mártir, pertencia à nobre família dos Flavianos, parente próxima dos imperadores Vespasiano, Tito e Domiciano. Por ser notoriamente cristã, este último mandou desterrar Santa Flávia Domitila, entre numerosas pessoas, para a ilha de Ponza (atual Ventotene) e nessa ilha ela sofreu o martírio., por ter professado sua fé em Cristo. Pelo martírio de Santa Flávia Domitila, nobre dama romana, a força penetrante do Evangelho na sociedade romana, conquistando adeptos até mesmo entre a família imperial.
Local morteIlha de Pinza (Itália)
Morte7 de maio
Fonte informaçãoSanto nosso de cada dia, rogai por nós
OraçãoSenhor, pelos méritos de Santa Flávia Domitila, eu Vos peço perdão por todas as vezes em que não fui coerente com os ensinamentos de Jesus. Pelo meu egoísmo, pelas vezes em que julguei e condenei meus irmãos, por não ver as necessidades dos que estão a minha volta. Peço-Vos a graça da fidelidade e perseverança na Vossa Palavra para que na prática de caridade eu descubra a alegria de ser cristão. Santa Flávia Domitila, rogai por mim.
DevoçãoÀ fidelidade a fé em Jesus Cristo
PadroeiroDos réus cristãos
Outros Santos do diaSão Notkaar Balbulus (padroeiro de crianças surdas-mudas); Benedito II (papa); Juvenal, Augusto, Agostinho, Quadrado, Rufino e Saturnino (mártires); Domiciano (conf); Inocêncio (diác); Estanislau (bispo e mártir).
FONTE: ASJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário