segunda-feira, 18 de novembro de 2019

HOMILIA DIÁRIA - (CANÇÃO NOVA) – Lc 21,5-19 – 17/11/2019


Jesus é a Luz da nossa vida

“Jesus perguntou: ‘Que queres que eu faça por ti?” O cego respondeu: “Senhor, eu quero enxergar de novo’. Jesus disse: ‘Enxerga, pois, de novo. A tua fé te salvou’” (Lucas 18,41-42).

Veja o drama desse cego, ele não era um cego de nascença, mas por circunstâncias da vida foi ficando cego. Ele queria novamente enxergar a luz. Ele precisava da luz para guiar os seus passos; e ele foi atrás de Jesus, foi clamar por Jesus. Ele vai dizer: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim”.
Não é um grito de desespero, é um grito de fé. É um clamor de esperança; de confiança; esse é o clamor que deve sair e bradar dos nossos corações, a nossa confiança em Deus em primeiro lugar. Não é cedermos ao desespero, ao desânimo, ao cansaço e as fadigas da vida.
Que a nossa fé leve-nos a clamar e a buscar em Jesus aquilo que nós precisamos, porque, o que necessitamos a cada dia é enxergarmos de novo ou enxergarmos o que não enxergamos até agora, porque, muitas vezes, estamos cegos.

Precisamos da luz para viver e para enxergar a graça de Deus, para enxergar a mão de Deus conduzindo os nossos passos

Acredite que, a pior coisa que pode acontecer a uma pessoa não é perder a visão da luz do sol; o pior que pode  acontecer é ficar cega à graça, é não enxergar a luz de Deus, a ação e a direção de Deus.
É sabermos responder a cada dia pelo questionamento: “O que fazemos da nossa vida a cada dia”. Quando nos encontramos perdidos nas situações da vida, precisamos de luz, e não é a luz do imediatismo, não é a luz que responde às nossas ansiedades para o momento do agora, mas é a luz para viver e para enxergar a graça de Deus, é a luz para enxergar a mão de Deus conduzindo os nossos passos.
Não podemos perder o referencial. Se por acaso tivermos perdido e, de fato, não encontrarmos o sentido da vida, precisamos fazer como esse cego e gritar a cada dia: “Filho de Davi, tem piedade de mim”. E movidos pela fé, ela irá abrir os nossos olhos, a mão de Jesus irá nos tocar para que, primeiro, possamos enxergá-Lo.
Quando enxergamos a Jesus, a mão d’Ele entra em nossa vida. É Ele mesmo quem nos diz: “Eu sou a Luz do mundo, quem Me segue não caminhará nas trevas.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção


Nenhum comentário:

Postar um comentário